A publicidade é capaz de modificar para sempre a maneira como um produto é visto e percebido pelo consumidor. Uma grande empresa do ramo de informática emplacou a questão do herói em seu comercial televisivo no Brasil, atribuindo a Ajay Bhatt, co-criador do sistema USB, tal concepção.

As portas USB vieram para alterar, de fato, o modo como acessórios são construídos, bem como suas capacidades. A Super Talent, por exemplo, anunciou na segunda-feira (21/03) a expansão de sua linha de memórias flash USB 3.0, com o Express DUO 2-CH.  O diferencial do produto é o design, que conta com acabamento ‘Black Piano’, além da velocidade de transmissão, de 67 MB/s.

De acordo com a fabricante, três são as versões disponíveis: 8 GigaBytes (GB) de capacidade, 16 GB e 32 GB. Por enquanto, a Super Talent não divulgou qualquer informação sobre data de lançamento e preços.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A empresa chinesa RunCore desenvolveu um cartão SSD acoplado a duas entradas USBs 3.0 – o RunCore Pro IV Express Solid State Card. O cartão oferece 64GB de espaço (também em versão 32GB).

Para que a gravação/leitura dos dados ocorra em alta velocidade (110MB/s e 80MB/s) o dispositivo deve estar conectado diretamente na PCI Express. Porém, quando o SSD estiver ocupado (leitura/gravação) a velocidade da USB 3.0 vai cair significativamente.

Com dimensões de 116.5mm x 34.0mm x 4.8mm e peso aproximado de 100g, o dispositivo também oferece gerenciamento inteligente de blocos inválidos (bad blocks), wear leveling e reciclagem inteligente para liberação de espaço.

A tecnologia usada é a MCL NAND, que oferece maior capacidade com desempenho significativamente mais rápido para gravar e apagar, além de exigir uma interface de entrada/saída (E/S) muito mais complexa (veja aqui uma explicação).

Por Christian Neves





CONTINUE NAVEGANDO: