Tablets são dispositivos pessoais em um formato, digamos, que de uma “prancheta”, que pode ser utilizado para organização pessoal, visualização de fotos e vídeos, acesso à Internet, leitura de livros e entretenimento com jogos. Sua tela é touchscreen, ou seja, sensível ao toque.

Já os Ultrabooks são um tipo de “laptop” ultrafino. Foram criados em 2013 com iniciativa da Intel, para criar um no tipo de PC no mercado que concorresse com o MacBook Air, da Apple. Para ser considerado ultrabook, o dispositivo deve ter um padrão de 21 mm de espessura para telas de 14 polegadas ou mais. Para telas de 13,3 polegadas ou inferiores, deve se ter 18mm de espessura.

E por que não os dois juntos ?

Pensando em inovação, praticidade e comodidade para os usuários. Veio a iniciativa de se criar os Ultrabooks Híbridos (ou Ultrabooks Conversíveis). Onde se obtém o tablet e também o ultrabook reunidos em 1 só dispositivo!

Lenovo Yoga 2 Pro:

Possui uma dobradiça que permite o usuário alternar entre o modo Tablet e o modo Ultrabook. Ele possui um tamanho de 13,3mm. Sua resolução é super alta, de 3200x1800p. Você pode escolher esse dispositivo com 4 ou 8Gb de RAM e uma unidade SSD, padrão do dispositivo.

Ele é ótimo para quem gosta de resolução alta.

O único contra para este dispositivo é que quando alternado para o modo tablet, o seu teclado fica exposto na parte de trás. Trazendo certo desconforto para o usuário que sente suas mãos pressionando as teclas.

Dell XPS 12:

Feito de alumínio usinado, possui tela Corning Gorilla Glass (tela resistente a danos). Sua tela Full HD de 12,5mm proporciona visão em um ângulo de até 170 graus, sem perda de nitidez ou claridade.

O aparelho possui Tecnologia Intel Smart Connect, que atualiza automaticamente seus contatos, e-mails, aplicativos e redes sociais.

Ao passar para o modo tablet, seu teclado fica “escondido” atrás da tela, tirando do usuário aquela “sensação ruim” de estar pressionando as teclas.

Há também modelos que separam a tela do teclado, para que se use em modo tablet. Essa ação é permitida por um imã que une as duas partes.

Estes dois modelos citados já podem ser encontrados para compra.

A faixa de preço é de R$ 3.000 até R$ 6.000.

Por Jaime Pargan


O atual mercado tecnológico oferece aos seus diversos clientes em todo o mundo uma grande quantidade de aparelhos de ultima geração que são lançados visando atender melhor a necessidade dos exigentes clientes.

Para aqueles que estão em busca de um ultrabook de grande qualidade e capaz de rodar jogos de ultima geração, saibam que a Micro-Star International (MSI) lançou recentemente o seu ultrabook que é voltado para os gamers.

Caso ainda não saibam o mais novo lançamento da MSI é justamente o GS60 Ghost Pro que entre as suas principais novidades podemos destacar justamente a placa gráfica da Nvidia com a nova arquitetura Maxwell e tela quase Ultra HD com resolução de 3K, o que permite ao mesmo rodar com folga a grande maioria dos games mais recentes em suas configurações máximas e de execução.

Esse ultrabook da MSI vem equipado com tela de 15,6 polegadas e a resolução 3K como foi citado acima. Vale ressaltar que esta resolução trata-se de 2880 x 1620 uma das melhores do mercado. Além disso, podemos ainda destacar o designer do aparelho e sua leveza, o que deixa o ultrabook ainda mais prático. Ao todo o aparelho possui espessura de 19,5 milímetros e pesa menos de dois quilos, peso muito baixo em relação a ouros ultrabooks para gamers que se encontram no mercado.

É importante destacar que o aparelho em questão não foi projeto para agradar apenas os gamers, isso mesmo, ele dispõe de uma configuração robusta em geral, na qual podemos destacar: processador Core i7, armazenamento SSD duplo, suporte Wi-Fi e etc.

Se você está interessado em adquirir o aparelho, saiba que ainda terá de esperar um pouco mais, o mesmo só deve chegar ao mercado brasileiro em abril.

O preço do mesmo sairá bastante salgado no Brasil, em torno de R$ 5 mil ou R$ 6,5 mil, sem os impostos. Além disso, o preço final irá variar de acordo com a escolha do consumidor em optar ou não por configurações adicionais.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


A marca de computadores Asus deve apresentar, em breve, seu novo Ultrabook 4K. Os rumores vieram depois que fotografias foram vazadas antes da hora certa. O modelo chamado Zenbook NX500 surgiu com imagens na internet há poucos dias e mostraram um pouco do design que o ultrabook poderá ter.

O aparelho deverá chegar ao mercado com o tradicional acabamento no estilo monocromático de alumínio que a marca normalmente usa e uma aparência de última geração. O equipamento parece não possui teclado numérico em separado, o que demonstraram as fotos vazadas do novo ultrabook. As suas teclas, em geral, são bem pequenas, possivelmente tiradas na ideia de aparelhos como MacBook Pro e similares.

A marca Asus ainda não se pronunciou sobre as imagens e não confirmou oficialmente de que vai lançar o novo NX500, como detalhou as fotos. Contudo, caso a fabricante confirme nos próximos dias ou semanas a novidade, ela seria a segunda empresa a lançar um notebook 4K no mercado.

Algumas outras empresas trabalham atualmente em modelos parecidos, como é o caso da marca Toshiba, que anunciou seus projetos na CES acontecida neste ano. Mas, infelizmente, mesmo depois de revelado, os seus consumidores, até o momento, ainda não tiveram a oportunidade de comprar um.

Mesmo com os desenvolvimentos que já acontecem nas fábricas das outras empresas, a Asus sairá na frente de suas concorrentes. Além da tela 4K, o ultrabook deve contar também com outra vantagem. Seu sistema de som usa a tecnologia da ICEpower, da empresa Bang & Olufsen – que fechou parceria com a Asus em 2012.

O site de tecnologia Gizmologia publicou sobre os rumores e aponta que a companhia pretende oficializar o seu NX500 durante a Semana de Design de Milão, na Itália, que acontece entre os dias 8 e 13 de abril. Provavelmente os detalhes das informações restantes do ultrabook, como data de lançamento, preço e outras especificações técnicas devem ser mostradas no evento na Europa.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Os tão cobiçados computadores portáteis agradam a maioria das pessoas pela praticidade. Hoje em dia, existem diferentes modelos no mercado, para os mais variados públicos: dos simples usuários que só querem ler e-mails e acessar a internet, até os gamers avançados que precisam de uma máquina potente para rodar gráficos pesados, sem perder a portabilidade do aparelho.

Mas com toda a certeza, você não esperava por um notebook como esse, que possui sua carcaça quase toda em vidro. Essa notícia deixa qualquer um surpreendido!

Se você pensou que o produto será lançado daqui um tempo, então você está profundamente enganado. O notebook Zenbook UX301LA já está no mercado internacional há algum tempo, ele é produzido pela fabricante de componentes eletrônicos ASUS.

Na verdade, o modelo trata-se de um Ultrabook, um notebook com tecnologia avançada capaz de ser ainda mais fino e leve do que as versões tradicionais.

O aparelho da fabricante taiwanesa tem várias razões para chamar tanta atenção. Não é qualquer um que desenvolve e produz um dos ultrabooks mais finos de todo o mundo, com especificações que o tornam um aparelho extremamente veloz.

Não só a tampa, mas também a parte da carcaça que envolve o teclado do ultrabook, são feitos de vidro. No entanto, não vá pensar que é um vidro comum! Trata-se do Gorilla Glass 3.

Quem pensou logo de cara que o aparelho iria encher de marcas de dedos, se enganou. A parte de dentro do aparelho é construída por um vidro fosco escovado, por isso, marcas de dedo não são problema.

O Gorilla Glass 3 é uma espécie de vidro que garante uma excelente resistência a riscos e até mesmo a quedas, pois o prejuízo seria grande se o notebook caísse no chão.

O material é resistente o suficiente até para os que costumam segurar o notebook pela ponta, causando pressão no aparelho.

O design do aparelho é um dos maiores atrativos. A logo da ASUS está posicionada na parte traseira da tampa e tem um destaque especial.

Segundo a fabricante, existem possibilidades do notebook chegar ao território brasileiro até o fim deste ano, porém, não se sabe ao certo as datas de lançamento ou o preço da máquina.

Por Júnior Beluzzo


A feira de eletrônicos CES continua. Todo dia, novos aparelhos ou tendências aparecem por aquelas bandas. São alguns dias onde as empresas mostram as novidades a cada ano, o que irá disponibilizar para o usuário final e tudo mais. E o interessante é que são produtos para todos os gostos e bolsos.

Inúmeras empresas agregam ao evento mais tecnologia e inovação. Pensando no usuário final, algumas empresas trouxeram um modelo novo que tenta conquistar uma parte do publico final: os híbridos. Eles são tablets que acoplados a um teclado, tornam-se uma espécie de notebook ou ultrabook, para uso corporativo. Alguns modelos oferecem apenas um sistema operacional embarcado de fábrica, geralmente o Windows 8 é o sistema apostado, mas existem outros com Android incluído. E a Asus resolveu trazer para a CES, um ultrabook embarcado, tanto com Windows 8, quanto com Android (a versão escolhida é a 4.1).

O aparelho se chama Transformer Book Duet, com tela de 13,3 polegadas. O usuário terá ainda 4 GB  de RAM para as tarefas um pouco mais pesadas e pode escolher entre Core i3 ou Core i7. Segundo a ASUS, no momento em que você usufruir o brinquedinho, não há uma limitação de sistema operacional, deixando livre ao usuário optar, ou por usar Windows naquele momento, ou pode usar o Android e instalar os aplicativos que vinha usando no antigo tablet ou no smartphone atual. Para quem tem um tablet com processador Atom, da Intel, sabe que o Android deu uma evoluída em compatibilidade com este segmento de processadores.

Não podemos deixar de mencionar o tamanho de armazenamento que a Asus colocou dentro do híbrido. A promessa é que tenhamos para o tablet até 64 GB de armazenamento, começando com 32 GB. Já para a função notebook, o usuário final pode ter até 1 TB de armazenamento dento do aparelho. Lá fora, toda essa modernidade custa em torno de 599 dólares.

Por Leandro de Souza

Asus Transformer Book Duet

Foto: Divulgação


Antigamente costumava-se reclamar demais do tempo de duração das baterias dos notebooks. Agora com a chegada dos ultrabooks o assunto também é o mesmo. Chega a ser tão comum o problema que ele representa uma das principais reclamações dos consumidores de computadores portáteis. Isso já deveria ser até previsto (se é que fingem que não) uma vez que a cada dia usamos mais e mais aplicativos simultaneamente e isso sem contar com o brilho da tela.

Entretanto, algumas empresas do setor parece que finalmente resolveram dar atenção a essa gama de reclamações dos consumidores. A Toshiba é uma dessas empresas. Recentemente a fabricante anunciou sua nova linha de ultrabooks chamada de Dynabook KIRA. De acordo com as informações divulgadas pela empresa a previsão é de que bateria dos aparelhos dure até 22 horas seguidas de uso sem ter que ver a “cor” de uma tomada.

Em relação às especificações técnicas do Dynabook KIRA V634 as informações são as seguintes: o aparelho chega ao mercado com um processador Intel Core i5 (Haswell) e tem até 8GB de memória RAM. O ultrabook também conta com SSD de 128 GB de capacidade de armazenamento. O peso total do aparelho é de 1,12 kg e tem 17,9 mm de espessura. Já a tela tem a dimensão de 13 polegadas com uma resolução de 1.366 x 768 pixels. No mais vamos encontrar o Bluetooth 4.0, entrada HDMI com suporte para saída de vídeo em Ultra HD (4K) e também conectividade via Wi-Fi.

Um detalhe interessante de se observar é a questão da resolução do monitor do Kira V634. É exatamente essa resolução que permite que o ultrabook tenha uma reserva extra de bateria uma vez que não requer muito desempenho para o processamento gráfico. Em termos comparativos podemos citar o iPad Air que conta com uma tela de 2048×1536 de resolução. O que claro aumenta o consumo de energia e diminui a autonomia da bateria durante o dia.

Por Denisson Soares

Toshiba Dynabook KIRA

Foto: Divulgação


Recentemente a Dell anunciou no mercado nacional o lançamento de um novo notebook para os consumidores brasileiros. O nome de batismo do modelo é Vostro 5470 e ele traz algumas características interessantes para este tipo de equipamento. Mas antes de qualquer coisa, vejamos algumas informações básicas.

O Vostro 5470 possui uma tela que conta com 14 polegadas. Vale ressaltar que a tela possui sensibilidade ao toque. O peso do aparelho não passa dos 1,53 kg. Os preços iniciais do modelo começam na cifra de R$ 2.299.

O acabamento do notebook foi feito em uma camada de alumínio anodizado e as dobradiças foram reforçadas por aço inoxidável. De acordo com algumas informações dadas pela fabricante do produto em relação a testes de durabilidade, o produto foi submetido a diversas análises, entre elas o abrir e fechar que foi feito por mais de 20 mil vezes e o fato de que ele suporta uma pressão de até 10 kg. O modelo também foi testado em condições críticas de umidade e temperatura.

A “alma” do Vostro 5470 é um processador Intel de quarta geração. O aparelho também vem com uma placa gráfica integrada.

De acordo com a fabricante, em relação à geração anterior, a performance do aparelho aumentou cerca de 63%. Ressaltando que ele também pode ser equipado com uma placa Nvidia.

A tela do notebook conta com uma resolução de 1366 x 768 pixels e o aparelho oferece a possibilidade de se configurar a sensibilidade ao toque. No mais, temos ainda um armazenamento em SSD de 128 GB e memória RAM de 8 GB. São também três portas USB 3.0, Bluetooth 4.0 e uma saída HDMI. A espessura do aparelho é de 18 mm.

Em relação aos programas, o aparelho vem com o Windows 8 integrado e também traz um serviço diferenciado da Dell chamado de ProSupport, este oferece ao usuário suporte de software e hardware 24 horas por dia. Também há outros serviços como o Complete Care (um tipo de proteção contra danos acidentais) e o LoJack (que atua com um detetive rastreando e recuperando dados em caso de roubo).

Por Denisson Soares


A Asus lança dois modelos de ultrabooks para o mercado brasileiro, o UX301 e o UX302.

Os ultrabooks destacam-se pelo design e o acabamento em vidro presentes na tampa e ao redor. A tecnologia é a Native Damage Resistance com material é semelhante ao Gorila Glass 3, desenvolvido pela Samsung e que apresenta grande resistência, sobretudo a arranhões.

Há também uma moldura metálica lateral. O aparelho apresenta duas opções de cor, uma azul com acabamento fosco no vidro e ao redor do teclado e outra branca brilhante. Apesar de ser de vidro, os ultrabooks dão uma aparência sólida, contudo fina e leve. Cada um possui 1,55 cm de altura e peso de apenas 1,2 quilos.

As configurações também são surpreendentes, o UX301 vem equipado com processador Intel Core i7 Haswell, além de tela LCD IPS de 13 polegadas com resolução WQHD (2560×1440) e touch. O modelo possui 8 GB de RAM, duas unidades SSD de 256 GB e gráficos integrados Intel Iris Graphics 5100. O UX301ainda possui conexões Wi-Fi e Bluetooth, portas USB 3.0 e saídas HDMI.

O modelo UX302 possui um processador Intel Core i5, 4 GB de RAM mais HD de 512 GB, Cache SSD de 16 GB. A tela é de 13 polegadas, com resolução de 1920 x 1080 e uma GPU Nvidia GeForce GT730M que proporciona 2 GB de memória de vídeo. Os valores dos modelos variam entre R$ 6.999 a R$ 9.999, na configuração mais elevada. 

Asus UX301

Por Robson Quirino de Moraes


Samsung ATIV Book 9 PlusQuando a Samsung lançou o Serie 9 em 2011 ele tornou-se rapidamente um dos favoritos daquele ano. Infelizmente, o tempo passou rápido demais para o aparelho e a geração Touchscreen chegou para abocanhá-lo, fazendo sumir parte do seu glamour com o surgimento do Windows 8.

O novo SO da Microsoft prioriza as telas sensíveis ao toque e o modelo ainda não tinha essa opção, algo que o fazia ficar muito aquém de algumas concorrentes da época.

No entanto, a Samsung não é nada boba e procurou atualizar o modelo para que pudesse utilizar da melhor maneira possível o Windows 8. Além da função touch a Samsung fez uma série de melhorias no ultrabook, melhorando a resolução para 3,200 x 1,800 e também deu um upgrade no processador, que agora é o novo Haswell, que promete ser mais rápido e poupar mais a bateria do sistema.

Em termos de números, o ultrabook da empresa coreana vem com processador Intel Core i5 de 1.6GHz, 4GB de memória RAM, placa de vídeo integrada Intel HD 4400 e 128 GB de armazenamento SSD.  O aparelho atualmente é um dos melhores do segmento e não fica para trás de outras grandes marcas como a própria Intel. O valor nos EUA é de US$ 1.400, cerca de R$ 3.000 na cotação atual.

Por Ebenézer Carvalho


Com tantos lançamentos que a Lenovo está se empenhando em trazer, existe um modelo em especial. O laptop chamado de ThinkPad 9 Slim é uma das possíveis novidades que a marca pode apresentar. Este pode ser considerado o ultrabook mais fino que o Macbook Air. Isso porque a espessura aproximada dele é de 0,96 cm, o que significa que é a metade do Macbook.

A empresa estuda essa possibilidade para mostrar a sua capacidade em trazer produtos que mesclam tecnologia com comodidade. Tudo para facilitar o uso e transporte do consumidor. E esse não é o único diferencial que a marca procura oferecer. Há rumores de que a Lenovo pensa em mudar o corpo dos seus notebooks. A idéia é produzir com um material utilizado em carros, barcos e trens: a fibra de carbono reforçada (CFRP), seguindo as características do X1, produto já existente no portfólio da marca.

O novo ultrabook teria um display de 13 polegadas com resolução de 3200 x 1800 pixels e peso aproximado de 990 g. Mas, alguns detalhes ainda não foram divulgados, porque o lançamento do produto não foi anunciado oficialmente. Os rumores vem do site chinês Yetski.

Quem gosta de tecnologia e da novidades do mercado espera a chegada do novo aparelho no mercado.

Por Jaime Pargan

Lenovo ThinkPad 9 Slim


A Intel realmente anda de olho no que o futuro reserva. A empresa de acordo com as informações do site ITWorld anda trabalhando em uma maneira eficiente de possibilitar que as câmeras integradas aos tablets e laptops tenham maiores funcionalidades em relação a tecnologia 3D. Entre os possíveis feitos da tecnologia estão o monitoramento do hábito de leitura das crianças e reconhecimento de movimentos.

Em um primeiro momento pode até parecer estranho, mas o objetivo é fazer com aconteçam certas melhorias nas webcam que possibilitem que o computador entenda melhor o as hábitos do ser humano. Isso quer dizer, por exemplo, que os jogos terão um nível de interatividade bastante diferente do que conhecemos nos dias atuais e as videoconferências seriam mais “animadas” possibilitando novas formas de contato e interação. Imagine ainda a possibilidade de fazer uso de certos tipos de sensores que permitiriam, por exemplo, que o usuário do aparelho pudesse literalmente pegar os objetivos na dimensão 3D dos jogos.

Como bem sabemos já existem câmeras 3D disponíveis no mercado atual. Mas o que Intel está realmente planejando é uma maior ligação, afinidade, ou seja, lá do que quiserem chamar entre os algoritmos e o hardware. Caso isso funcione em um futuro bem próximo já estaremos dispensando certos periféricos como o teclado e o mouse na hora de usar o computador.

Por Denisson Soares


Samsung Ativ Book 9 PlusFinalmente, o Ativ Book 9 Plus, mais novo ultrabook da Samsung para 2013, ganhou data de lançamento e preço definido. No site oficial da rede de lojas B&H Photo-Video foi publicado que, nos Estados Unidos, as vendas do aparelho começarão no dia 20 de agosto e irá custar US$ 1,4 mil, aproximadamente R$ 3,1 mil.

O Ativ Book 9 Plus foi uma grande surpresa em um evento da Samsung realizado em Londres, pois eram esperados apenas tablets e smartphones. O ultrabook possui especificações técnicas bem atraentes e bastante elogiadas por especialistas, como por exemplo, a nova geração Haswell (i5 e i7) de processadores da Intel e Windows 8.

O novo aparelho conta com tela de 13,3 polegadas QHD+ com resolução 3.200 x 1.800, densidade totalmente inédita em um aparelho deste tipo. A bateria do novo integrante da linha Ativ Book possui autonomia de até 12 horas, seu armazenamento interno tem de 126 a 256 GB SSD e memória RAM de 4 a 8 GB.

Para completar, o Ativ Book 9 Plus possui espessura de apenas 13,6 mm e pesa somente 1,39 kg. No quesito conectividade, ele já vem de fábrica com mini-portas VGA e HDMI, e portas USB 3.0.

O modelo de US$ 1,4 mil vem com processador Haswell Core i5 de 1,6 GHz Dual-Core, 128 GB SSD, 4 GB of DDR3 RAM e Intel HD 4400 nos gráficos.

Por Felipe Santos Bonfim


No final do mês de abril, a Dell disponibilizou no mercado brasileiro o seu novo ultrabook, o Inspiron 14R.

O ultrabook possui sistema operacional Windows 8 e tem por grande atrativo a tela sensível ao toque (característica opcional). Além disso, o aparelho conta com resolução de 1366 x 768 pixels, possui display de 14 polegadas com tecnologia LED HD, utiliza um processador Intel Core i5 ou Core i7, tem capacidade de armazenamento interno de 1 TB, possui memória RAM de 6 GB, tem bateria de 4 células ou 6 células (que dura até sete horas), conta com entrada HDMI e possui webcam.

O Dell Inspiron 14R pesa apenas 1,97 kg e tem espessura de apenas 2,54 mm, características dignas de um ultrabook.

Como de costume, o comprador pode customizar o ultrabook na hora de comprá-lo no site da Dell. Por isso, as configurações do ultrabook podem sofrer algumas mudanças. Assim, o Inspiron 14R com tela touch sai por R$ 2.599. Já a versão com Core i7 sai por R$ 2.999. Vale lembrar que todas as versões possuem McAfee Security Center e Microsoft Office Trial.

Por Guilherme Marcon


A empresa brasileira Positivo Informática, há algum tempo lançou seu ultrabook que ganhou o nome de Ultra X8600 para competir com os equipamentos importados ou de marcas famosas. 

Ele vem com o sistema operacional Windows 8, tem um design moderno e carrega bem rápido, leva apenas 17 segundos . 

O Ultra X8600 vem com uma boa configuração, pois possui um processador Intel Core i5 de 1,7 GHz (Ivy Bridge), vem com placa gráfica Intel HD Graphics 4000, memória RAM de 8 GB de 1.333 MHz, Chipset, Intel HM77, traz um HD de 500GB e também cartão SSD de 32 GB. 

O monitor de 14 polegadas de LCD vem com tecnologia LED com resolução de 1366×768 pixels, uma saída HDMI, 2 portas USB sendo uma 2.0 e outra 3.0, leitor de cartão SD, MMC, SDHC e SDXC. Tem conectividade Bluetooth 4.0, 802.11 b/g/n WLAN e LAN. 

O Ultra X8600 não vem com gravador de CD/DVD por ter o leitor de cartão SD, uma da grandes vantagens que o Ultra X8600 é um dispositivo contra roubo, uma vez furtado o dono do aparelho pode bloquear o seu uso de qualquer outro computador inibindo o uso do equipamento pelos meliantes. 

Ele começou a ser vendido ao preço de R$ 1.700 e R$ 2.300, pode variar de acordo com a loja.

Por Mariana Rodrigues


O Série 5 Ultra Touch é o primeiro ultrabook com tela touchscreen lançado no país. Contendo o Windows 8 como sistema operacional, o modelo é o mais fino entre os modelos lançados pela Samsung.

Dentre as principais características do modelo estão o processador Intel Core 5, o espaço de 500 GB de armazenamento e 4 GB de memória RAM. Outro diferencial do produto é a autonomia da bateria, quando está carregada pode durar ate 7 horas, tornando o produto um dos modelos com maior autonomia.

O Série 5 Ultra Touch tem a menor espessura e peso da categoria. Ele apresenta 1,9 cm e pouco mais de 1,6 kg. A parte externa é feita com alumínio metálico escovado e fibra de vidro, o que garante maior segurança a impactos que o ultrabook venha a sofrer. A tela do ultrabook apresenta 13,3 polegadas. A tecnologia usada é a SuperBrigth e Image Enhacer, o que permite 40% de ganho em brilho.

O ultrabook ainda apresenta conexão Wi-Fi e teclado iluminado, que identifica quando o ambiente não tem iluminação suficiente. O modelo estará nas lojas a partir da segunda metade de abril e o valor irá girar em torno de R$ 2.999,00.

Por Robson Quirino de Moraes


A Toshiba vem causando mais confusão com a Apple. Após o rebuliço do lançamento de seu "G Gradiente iPhone" – fazendo comparações  e alegando seus pontos fortes em relação ao seu rival da Maça, desta vez a empresa ataca os ultrabooks com o lançamento do seu KiraBook. Não por ele ser parecido com um Air, com sua tela de 13 polegadas e 2560×1440 pixels, mas porque a Toshiba comparou seu novo ultrafino com o da Apple, mostrando que ele é melhor ou igual.

O Kira conta com o que você pode esperar em um ultrabook top de linha: configurações com no mínimo 8GB de RAM e SSD de 256GB, além do processador Ivy Bridge i5 ou i7 de terceira geração, com atualização para a próxima geração Haswell assim que a nova arquitetura for lançada.

O modelo tem 1.179g e 1,78cm de espessura.

Por enquanto, o modelo tem duas configurações, o mais básico custando de US$ 1.600 (aproximadamente R$ 3.205) e o mais completo, com processador Core i7, custando US$ 2.000 (aproximadamente R$ 4.006).

Este é o primeiro modelo de ultrabook com Windows 8 e altíssima resolução.

Por Atila Felipe


As vendas de notebooks crescem a cada dia. A previsão é de que esse crescimento continue com força total nos próximos 5 anos, graças ao crescimento monetário da classe C, que está marcando presença na economia do país.

O fato se deve principalmente pelo interesse da população em tecnologias avançadas. E com a correria cotidiana, os computadores portáteis são as melhores opções.

Entre as últimas novidades apresentadas, está o Ultrabook Asus TAICHI. O computador possui um design inovador que encanta com funções como tela giratória, que amplia a sua forma de utilização.

O aparelho possui um sistema avançado de duas telas, uma de 13 polegadas voltada para o lado de dentro e outra de 11 polegadas na tampa. Com este sistema de duas telas, é possível utilizar o aparelho fechado, como se fosse um tablet.

O notebook é superfino, possui tela Full HD multitoque, conta com HD de 128 GB e possui memória RAM de 4 GB.

Pesquisas apontam que o público consumidor ficou dividido nas opiniões, alguns acham exagero e de pouca funcionalidade 2 ecrãs, mas muitos se entusiasmaram e pontuaram a novidade como válida.

Uma das principais preocupações era se toda essa tecnologia tornaria a vida útil da bateria baixa, mas o Asus TAICHI surpreende mais uma vez garantindo 5 horas de duração.

Acesse a página www.asus.com e confira mais detalhes sobre o aparelho.

Por Luciana Ap. Santos e Silva


A empresa americana Dell anunciou um novo ultrabook híbrido chamado XPS Duo 12, ele é considerado hibrido porque pode ser usado também como tablet. Tem a tela rotativa de 12,5 polegadas Full HD que é sensível ao toque, a bateria dura mais de 5 horas, pesa 1,5 kg e possui 35 mm de espessura quando estando fechado.

Normalmente, os aparelhos híbridos são compactos e os materiais são bem mais resistentes, além de ganharem um aspecto bem mais elegante, além disso, o Dell XPS 12 vem com o vidro resistente Gorilla Glass, também é produzido com fibra de carbono e com um alumínio escovado.

O XPS 12 chegará no Brasil com um preço inicial bem salgado de R$ 4.999 na versão i5 de 1,7 GHz com o Windows 8, tem 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento SSD.

A Dell também oferece mais duas opções de SSD, RAM e processador mais potente, porém o preço chega a R$ 6.499.

O XPS 12 é um aparelho que facilita a vida das pessoas, pois é um modelo prático, moderno e rápido ao acessar.

Por Mariana Rodrigues


Lenovo lançou o seu hibrido que funciona como ultrabook e tablet, assim fica fácil usar o aparelho da maneira mais conveniente em cada situação. O aparelho ganhou o nome de IdeaPad Yoga 13, já vem com Windows 8 como sistema operacional de fábrica e com processador i5 de 1.7GHz que deixa a navegação rápida.

Tem um acabamento de alta qualidade com a cor prata no lado externo e preto no interno, é um aparelho bonito e possui um design atraente. 

Vem com tela IPS de 13,3 polegadas com a resolução de 1600 x 900 pixels e conta com a praticidade do touch screen para facilitar no manuseio do equipamento quando estiver sendo usado como um tablet. Vem com web cam em HD com 720 p que proporciona fotos de boa qualidade, uma entrada 3.0 e outra 2.0, uma entrada HDMI, um leitor de cartões SD/MMC e uma entrada FireWire, porém, não tem entrada cabeada Ethernet e acaba dificultando a vida de quem não tem conexão Hi-Fi. 

O aparelho torna-se um tablet facilmente, basta apenas girar o teclado em 360 graus de forma que o teclado fique na parte de traz do tablet. Também poderá colocar o tablet no modo stand e display para se tornar uma espécie de porta retrato. 

O Yoga é muito prático e só pesa 1,54 KG, mas o preço é pouco atrativo pois chega a R$ 5.500,00 mesmo tendo uma bateria de curta duração que tem autonomia de no máximo 4 horas.

Por Mariana Rodrigues


A Samsung esta lançando o ATIV Smart PC Pro e o ultrabook Series 9 Premium. O ultrabook Series 9 Premium é um aparelho que vem com uma tela de 13.3 polegadas com uma ótima resolução de 1920 x 1080p FULL HD. O equipamento vem equipado com processador Core i7 de 1.9 GHz, memória RAM com 4GB e memória SSD de 256 GB, 2 entradas USB sendo uma 3.0 e a outra 2.0 apesar da boa configuração faltou a entrada 4G. Seu preço de mercado é pouco convidativo, mas está de acordo com todas as vantagens oferecidas, seu preço aproximado é de US$ 1.900.

O ATIV Smart PC Pro vem com tela touchscreen de 11.6 polegadas com resolução de 1920 x 1080p FULL HD, além do comando por toque na tela, que vem com uma canela stylus. Vem ainda com um processador Core i5 de 1.7 GHz ,4 GB de memória RAM e memória SSD de 125 GB, possui conexão 4G LTE da AT&T usado somente nos Estado Unidos. O ATIV Smart PC Pro esta a venda com o preço de US$ 1.600.

Tanto o ATIV como o Premium, possuem um preço salgados para o bolso do brasileiro e vem apenas na cor preta.

Por Mariana Rodrigues


Os ultrabooks, famosos notebooks finos, estão ganhando cada vez mais espaço no mercado da computação. Sendo assim, as empresas começam a investir em peso nesses modelos.. 

A HP, por exemplo, não perde tempo, e no final de 2012 lançou em terras brasileiras o modelo Envy 4.

Esse modelo apresenta um design incrível, sua estrutura metalizada chama muito atenção logo de início, apesar de design não ser o principal requisito de um consumidor quando procura uma máquina nova. Não tem como negar que o Envy 4 ganha alguns pontos pelo excelente acabamento externo.

O modelo ainda conta com 4 GB de memória RAM, processador Intel Core i5 de terceira geração, conexão bluetooth e sistema operacional Windows 8. 

A máquina que pesa cerca de 1,8 kg demonstra um ótimo resultado quando o assunto é velocidade. Além de rápida, tem facilidade em executar vários programas ao mesmo tempo sem nenhum tipo de travamento. A inicialização do sistema leva cerca de apenas 10 segundos. 

Os interessados em adquirir essa super máquina, terão de desembolsar cerca de R$3.400,00, que é o preço base na maioria das lojas. Apesar de parecer um preço meio salgado, é um bom investimento já que se trata de um excelente ultrabook de última geração. 

Por Jonathan Alves


A Dell lançou em junho do ano passado o modelo XPS 14 de ultrabook, que tem em seu diferencial a duração da bateria e a rapidez para executar programas. O modelo foi lançado no fim do ano no Brasil, e agora começa a ser mais comercializado pelas principais lojas do ramo.

Por ser um ultrabook grande, sua única desvantagem é o peso que se for comparado pode ser mais pesado que o de alguns notebooks populares. Apesar disso, o modelo executa muito bem todas as funções e se destaca pela sua rapidez ao executar programas e funções. Para quem procura uma máquina potente para programas e aplicativos mais pesados como editores profissionais de vídeo e foto, essa pode ser uma boa opção.

O ultrabook XPS 14 conta com uma tela de 14 polegadas, Windows 8, processador  Intel Core i7 e 8GB de RAM, mas essas configurações podem variar por máquina, já que podem ser ajustadas.

Para o usuário que trabalha com programas de edição de vídeo e foto, o ultrabook oferece uma ótima resolução com imagens em ótima qualidade.

Sendo assim, podemos concluir que se trata de um ultrabook rápido, com duração de bateria superior aos outros do mercado (podendo chegar até 10 ou 11 horas) e com bons gráficos. Ideal para quem está à procura de uma boa máquina.

Os preços variam entre R$ 3.449,00 e R$ 4,899,00, dependendo da versão do modelo e suas configurações.

Mais informações sobre o modelo podem ser encontradas no site da Dell.

Por Jonathan Alves


Junto do lançamento do novo sistema operacional para computadores e notebooks da Microsoft, o Windows 8, diversos novos ultrabooks foram disponibilizados no mercado. Um deles é o Positivo Ultra X8600, da Positivo Informática, que vem ampliando a produção de aparelhos potentes e nacionais.

Um dos principais destaques do aparelho fica pelo seu design, que foi muito bem trabalhado, deixando o aparelho com apenas 200 gramas e 2 mm a mais que o MacBook Air (no modelo de 13 polegadas), ou seja, peso de 1.6 kg e espessura de 19 mm.

Em questão de hardware, o Ultra X8600 pode ser considerado bom, pois conta com processador Intel de terceira geração Core i5 com 1.7 GHz, placa gráfica Intel HD Graphics 4000 e memória RAM de 8 GB em DDR3, o que torna o ultrabook capaz de rodar a maioria dos softwares e games. Ainda, o dispositivo possui capacidade de armazenamento interno de 30 GB em SSD e 500 GB em HD, display com 14 polegadas em LCD (também com tecnologia LED), 1366 x 768 pixels de resolução de tela, câmera de 1 MP, compatibilidade com Bluetooth 4.0, entradas HDMI, USB 2.0 e USB 3.0, e também bateria com 8 células.

O novo ultrabook já pode ser comprado em diversas lojas e sites varejistas, sendo que o preço tem variado entre R$ 1.700 e R$ 2.300.

Por Guilherme Marcon


Todos os entusiastas do sistema operacional Ubuntu poderão comemorar, pois a Dell anunciou recentemente o seu novo ultrabook, resultado do Project Sputnik XPS13 Developer Edition.

O novo dispositivo foi oficialmente lançado no início do mês de dezembro e conta com um hardware muito potente, sendo um processador Ivy Bridge Core i5 ou i7, capacidade de armazenamento interno de 256 GB em SSD, 8 GB de memória RAM, resolução de tela de 1366 x 768 pixels e sistema operacional Ubuntu 12.04.

A parceria entre a Canonical e a Dell de fato gerou um ótimo ultrabook, porém o que chamou mais ainda a atenção foi o preço do aparelho. Conforme divulgado, o novo dispositivo com sistema operacional open source custa US$ 1.550 (mais ou menos R$ 3.300), sendo mais caro do que um ultrabook com o novo sistema operacional da Microsoft, o Windows 8.

Mesmo com o poderoso hardware, há muita insatisfação sobre o preço do aparelho e também da sua resolução de tela, que é razoavelmente baixa. Além disso, muitos comentários vêm sendo feitos sobre qual seria o motivo que levaria a Dell a cobrar mais caro por um dispositivo com sistema operacional open source.

Por Guilherme Marcon


Todo ano as empresas de tecnologia se superam lançando novos produtos que impressionam os consumidores com seus designs e funções. Alguns até parecem tornar realidade o universo da ficção científica com sua interatividade e recursos.

2012 foi um ano recheado de lançamentos na área tecnológica. Celulares, Tablets, Games e Computadores, todas estas linhas ganharam novos modelos ou novos aplicativos para tornar os aparelhos cada vez mais atrativos.

Acompanhando o ritmo dos telefones super fininhos e mais fáceis de transportar, os Ultrabooks entraram no mercado com características bem atrativas: portáteis, mais finos, mais rápidos e com bateria acima da média. Criado inicialmente pela Intel em 2011, os primeiros ultrabooks surgiram em junho de 2011 (durante a conferência Computex em Taiwan) e caíram no gosto do consumidor agora em 2012. 

No total foram mais de 300 milhões de dólares gastos pela Intel para o desenvolvimento e divulgação da categoria dos ultrabooks. O único problema está no valor de revenda do portátil. Devido aos custos de importação, o preço aqui no Brasil acaba sendo um pouco acima da média do valor de um notebook. Um exemplo é o HP Folio 13,  que custa US$ 899,00 nos EUA e aqui no Brasil sai por R$ 3.799,00.

Por Dayane Garcia


Chegou ao Brasil a primeira linha de ultrabooks da Qbex com dois modelos, o Qbex UX640 e o Qbex UX620.

Os dois aparelhos possuem processadores Intel, 4 GB de memória RAM, armazenamento de arquivos em disco rígido e em SSD e bateria com autonomia de até 6 horas.

Além da parte técnica, as medidas de ambos os modelos são iguais, 19 mm de espessura e 1,8 KG de peso. A diferença entre os dois ultrabooks é que o UX640 possui tela touchscreen, uma característica bem comum entre os aparelhos da nova geração graças ao Windows 8.

O ultrabook UX640 é  muito mais fino, leve, prático e inovador e a fabricante afirma que essas são apenas algumas das características do novo modelo. O aparelho conta com monobloco feito em alumínio, bateria de alta autonomia, teclado chocolate e velocidade impressionante, capaz de iniciar o sistema em apenas sete segundos.

É importante lembrar que a Qbex é uma companhia nacional criada em 2000 e que se firmou no mercado brasileiro por produzir dispositivos de baixo custo com boa qualidade. Além disso, a fabricante é conhecida por apoiar projetos de inclusão social usando a informática. Além dos novos ultrabooks, a empresa vende notebooks, netbooks, tablets, all-in-one e desktops.

Por Felipe Santos Bonfim


A Acer anunciou dois novos ultrabooks, o Aspire M5 e o Aspire V5.

Os modelos foram apresentados pela primeira vez na IFA, que aconteceu no mês passado, e só agora tiveram seus detalhes revelados. Ambos contarão com o Windows 8 como sistema operacional e deverão chegar já no dia 26 de outubro.

O M5 conta com display touchscreen de 14 polegadas com resolução de 1366×768, processador dual-core com 1,7 GHz, memória RAM de 6 GB, drive para DVD, 20 GB de armazenamento SSD e 500 GB de disco rígido. O preço sugerido do aparelho é de US$ 750, aproximadamente R$ 1.500.

Já o V5 possui tela de 14 polegadas com resolução de 1366×768, a mesma usada no M5, porém essa versão não conta com o armazenamento híbrido SSD. A diferença na parte externa entre os dois modelos é o design mais grosseiro do V5, que não conta com o acabamento em alumínio.

O usuário pode escolher entre os processadores Core i3, i5 e i7 e optar por um HD de 500 ou 750 GB.

O V5 tem preço sugerido de US$ 499.

Os dois modelos contarão com o Windows 8 e telas com capacidade tochscreen de até 10 toques. Até o momento, não há informações se os modelos serão lançados internacionalmente.

Por Felipe Santos Bonfim


Recentemente, foi apresentado um novo produto que irá contar com a nova plataforma da Microsoft. A Sony revelou seu primeiro ultrabook que irá operar com o Windows 8. O modelo foi batizado de VT13 e começará a ser vendido dia 16 de outubro, data esta que é bem próxima do lançamento do novo Windows.

O ultrabook em questão trata-se de uma espécie de releitura do T13 original, mas que traz algumas alterações bem atraentes. A grande mudança na nova versão é o painel touchscreen, uma característica comum nos novos produtos com Windows 8. Além disso, a versão mais poderosa ainda apresenta processador Core i7, 256 GB de SSD, memória RAM de 8 GB e tela com resolução de 1.366×768 pixels. Há ainda edições com processadores Core i3 e i5 e com quantidade menor de armazenamento de dados.

O VT13 será vendido por 900 euros para as versões mais simples e 1,6 mil euros para a versão mais poderosa.

Devido à proximidade do lançamento do Windows 8, a tendência é que novos produtos que irão contar com o novo sistema operacional sejam apresentados logo.

Por Felipe Santos Bonfim


Os também chamados Ultrabooks, são caracterizados como híbridos, devido a sua capacidade de se transformar em notebook ou tablet, dependendo do desejo do consumidor.

Funcionando com o novo sistema operacional da Microsoft, o Windows 8, ou com Windows RT, o IdeaPad Yoga vem com trouchscreen, e a tela pode ser dobrada, para transformar o notebook em tablet. diferente de outros modelos de Ultrabooks, a tela do IdeaPad Yoga não se destaca, mas essa característica confere ao produto um aspecto mais semelhante ao de um notebook padrão.

O modelo tem duas versões, Yoga 11 e Yoga 13, com tela de 11 e 13 polegadas, respectivamente. A bateria dura entre 8 e 13 horas, e os aparelhos devem custar em torno de 800 e 1100 dólares, com lançamento previsto nos Estados Unidos para o próximo dia 26 de outubro.

Além do IdeaPad, a Lenovo vai lançar também outro híbrido, de tamanho reduzido, chamado ThinkPad, com uma tela de 12.5. O ThinkPad possui uma variação que funciona apenas como tablet, com uma tela ainda menor, de apenas 10 polegadas, e com uma bateria mais resistente, podendo durar até 10 horas. A versão tablet pode ser adquirida com um teclado destacável, que é vendido separadamente.

Por Matheus Camargo


Última palavra em design, o Ultrabook Zenbook da Asus chama a atenção pela beleza e espessura. Possui somente 3 milímetros na parte dianteira e 9 milímetros na parte de trás, gerando praticidade e ergonomia para os usuários.

O projeto do Zenbook é todo diferenciado e único e apesar da espessura delicada, é um aparelho bastante resistente e forte. Melhor ainda são suas funções. O Zenbook através da tecnologia Super Hybrid Engine II, faz com que seja inicializado de forma ultra rápida, em apenas 2 segundos.

Pode ficar até duas semanas em standby, com salvamento de arquivos na memória em segurança. Mesmo que a bateria do Ultrabook esteja quase para acabar, é feito um backup automático de seus documentos, evitando assim que você perca todo o seu trabalho.

Para transferência de arquivos, o Ultrabook Asus Zenbook vem com portas USB de 3.0, superior aos comumente encontrados em computadores e notebooks, de 2.0. Isto faz com que seus arquivos sejam transferidos com até 10 vezes mais rapidez.

O áudio é outra particularidade deste fenomenal Ultrabook. Ele excede os limites do que normalmente é encontrado em notebooks comuns, tornando sua experiência de som mais impactante e de alto alcance, com quatro vezes mais potência, sem que precise ser um aparelho pesado ou grande no tamanho. Por estas e outras qualidades, o Ultrabook Zenbook da Asus sai na frente em performance.  

Por Monique Mota


A Panasonic acaba de revelar sua nova linha de ultrabooks híbridos que contarão com o Windows 8, o novo sistema operacional da Microsoft. Investindo todas as suas fichas em um aparelho totalmente conveniente, que é tanto tablet como ultrabook, a nova série AX apresenta telas de 11,6 polegadas (com resolução de 1.366 x 768 pixels) e é totalmente sensível ao toque.

Os híbridos contam com processadores Intel, com três versões, sendo que duas serão com Core i5 de 1.7 GHz ou 1.8 GHz e a outra será com Core i7 de 1.9 GHz. Não importa qual o processador que o consumidor irá escolher, a série AX terá memória RAM de 4 GB e SSD de 128 GB.

A versão com processador Core i7 terá mais opções no quesito de conectividade, pois o modelo terá uma porta especial para que possam ser ligados projetores. No restante, todos os híbridos possuirão HDMI, saídas USB 3.0, leitor de cartão de memória, saída para áudio, entrada para microfone e ethernet.

Os aparelhos pesam apenas 1.14 kg, o que oferece maior mobilidade ao usuário. Além disso, os novos ultrabooks híbridos apresentam vantagem sobre os tablets tradicionais, pois contam com um hardware mais poderoso, teclado físico embutido e a possibilidade de remover a bateria.

A série AX deverá chegar ao mercado já no próximo mês, porém, nada foi dito oficialmente a respeito do lançamento, nem mesmo quanto o aparelho custará no mercado.

Por Felipe Santos Bonfim


Como diversas empresas apresentaram seus novos dispositivos na IFA 2012, que aconteceu em Berlim, a Acer não poderia ficar de fora. Assim, a fabricante anunciou o seu novo ultrabook, chamado de Aspire S7.

O aparelho já havia sido demonstrado durante a Computex, porém, surgiu novamente com algumas reestruturações. O ultrabook possui espessura muito fina, mas ainda assim é bastante resistente, pois possui partes compostas por um conjunto de magnésio e alumínio. Além disso, o novo Aspire possui tela touchscreen e sistema operacional Windows 8.

A novidade apresentada na IFA 2012 é nada menos que um dos melhores ultrabooks já produzidos pela Acer, pois em geral seus aparelhos têm foco na massa da população, sem muitos diferenciais. Entretanto, o Aspire S7 veio para complementar a linha Aspire S em questão de ultrabooks superfinos, além de trazer um design moderno e diferenciado, específico para públicos mais elitizados.

A tela possui 13.3 polegadas ou 11.6 polegadas, sendo capacitiva em ambos os casos. A resolução aplicada no novo Aspire S7 é de 1366 x 768 pixels, que acabou trazendo o Full HD aos aparelhos da Acer. Para complementar o dispositivo, a empresa acrescentou um novo tipo de sistema de ventilação, nunca utilizado nos modelos da linha Aspire S, que é o Twin Air, para manter o equipamento em uma temperatura razoável sem superaquecer.

Por Guilherme Marcon


A Acer é a segunda maior fabricante de computadores do mundo todo e busca sempre satisfazer seus clientes com aparelhos de altíssima qualidade. Agora, a companhia anunciou que irá lançar mais um modelo para sua linha de ultrabooks, o Aspire S7 e já confirmou a data de lançamento do aparelho.

Segundo a fabricante, o produto chegará a todas as lojas britânicas em setembro deste ano e será vendido por  1.149 euros, mais ou menos R$ 2.930. O aparelho contará com sistema operacional Windows Seven, mas a Acer irá liberar uma atualização para a plataforma mais recente da Microsoft algumas semanas após o lançamento do aparelho.

Além disso, o ultrabook traz diversos componentes de primeira linha, como por exemplo, processador Core i 5 da Intel de última geração, armazenamento SSD com 128 GB e memória RAM de 4GB.  A fabricante afirma que a bateria do aparelho é capaz de durar até 12 horas de uso continuo, ou seja, sem a necessidade de ser feita uma nova recarga neste período.

Os usuários ainda poderão escolher uma versão opcional do Aspire S7 que conta com processador Intel Core i7 e sistema de refrigeração Twin Air.

Por Guilherme Marcon


Atualmente, os conceitos de “pequeno” e “fino”, em um aparelho, já não representam sinônimo de praticidade ao consumidor. Porém, ainda assim, a disputa das fabricantes para desenvolver aparelhos ultraportáteis com certeza dá grandes resultados, trazendo diversos dispositivos interessantes. Um grande exemplo disso é o LaVie Z, um ultrabook lançado pela NEC, que traz como destaque sua espessura, pois ele é considerado o computador mais fino do mundo.

Segundo a fabricante, o LaVie Z pesa somente 875 gramas. Para que isso fosse possível, a NEC resolveu investir em uma liga metálica de lítio e magnésio, que proporciona um peso menor e reduz ainda mais a espessura do produto, que é de 14,9 milímetros na parte mais grossa do dispositivo.

O ultrabook traz uma tela de 13 polegadas com resolução de 1600×900 pixels, processador Core i5-3317U ou o Core i7-3517U, até 256 GB de armazenamento em SSD, 4 GB de memória RAM e bateria com duração de até 8 horas. Além disso, o computador ainda conta com uma câmera de alta definição e suporte para as redes Wi-Fi e Bluetooth.

A NCE prometeu que até o dia 23 de agosto o LaVie Z começará a ser comercializado. Porém, a fabricante não revelou o valor pelo qual ele será vendido.

Por Guilherme Marcon


Ao que parece, o ASUS Zenbook Prime UX31A já está disponível para compra no site da Amazon. O que chamou atenção de algumas pessoas foi o fato de a companhia que produz o dispositivo não fazer nenhum tipo de evento sobre o início da venda do aparelho.

O preço do Asus Zenbook Prime UX31A equipado com processador Core i5 de 1,7 GHz é de US$ 1.149,99, cerca de R$ 2.330. Já a versão com processador Core i7 de 1,7 GHz custa US$ 1.349,99, mais ou menos R$ 2.740.

Os dois modelos contam com tela de 13,3 polegadas, 128 GB de memória SSD, placa de vídeo Intel HD 4000, 4 GB de memória RAM e teclado com backlight. E para os que não gostam muito da placa gráfica da Intel, é possível optar pela placa NVIDIA GT 620M, mas esta opção está disponível apenas para o modelo com processador Core i7.

Segundo o site Netbook News, a Amazon tem poucas unidades disponíveis em estoque e demora de oito a nove dias para que o comprador receba a versão com i5 ou a versão i7 com a placa de vídeo da NVIDIA.

Por Guilherme Marcon


Como todos sabem, a HP tem planos de lançar um novo ultrabook muito potente no mercado, porém a fabricante resolveu adiar um pouco a data de lançamento prevista. Mesmo que o novo equipamento já esteja em pré-venda, os pedidos só começarão a ser enviados a partir do dia 22 de junho deste ano, exatamente duas semanas depois do previsto.

O modelo mais simples do novo ultrabook da HP vem com 4 GB de memória RAM, Webcam de 720p, processador Intel Core i5 Ivy Bridge de terceira geração com 1.7 GHz, armazenamento interno em SSD com capacidade de 128 GB e monitor com resolução de 1366 x 768 pixels em uma tela de 13.3 polegadas.

As pessoas que desejarem podem adquirir um modelo do aparelho com upgrades específicos, personalizando o dispositivo conforme a sua necessidade e os seus gostos, algo parecido com o que a Dell já realiza na sua loja oficial.

São vários modelos disponíveis para o HP Envy Spectre XT nos Estados Unidos, sendo que os preços deles iniciam em 999 dólares para o mais simples (cerca de 2000 reais).

A HP ainda não divulgou informações sobre o lançamento do novo ultrabook no Brasil.

Por Guilherme Marcon


Há pouco tempo, a LG fez um comunicado oficial de que deseja fazer a renovação dos seus ultrabooks Z330 e Z430, baseando-se nos novos processadores Ivy Brigde Core i5 e Core i7 da Intel.

Porém, apesar de informar a atualização nos processadores, a fabricante não divulgou nenhuma especificação técnica dos futuros aparelhos.

Conforme o site The Verge, os novos modelos dos ultrabooks manterão o chassis das versões antigas e continuarão com 13.3 polegadas e 14 polegadas, para o Z330 e o Z430, respectivamente. O Z330 será relançado com o nome de Z350, enquanto que o Z430 passará a se chamar Z450.

Tudo indica que o novo Z350 medirá 14,7 milímetros de espessura e terá um peso de mais ou menos 1,2 kg, que são números bastante próximos ao antigo Z330. E também, tanto o Z350 como o Z450 virão equipados com o sistema Intel WiDi, que permite aos ultrabooks o envio de vídeos de até 1080p para televisores e outros aparelhos compatíveis.

Mesmo com o pronunciamento oficial da LG, ainda não foram divulgadas datas para lançamento, muito menos os valores que serão cobrados pelos aparelhos no mercado estrangeiro e no Brasil.

Por Guilherme Marcon


Diante de vários lançamentos de ultrabooks que estão invadindo o mercado, as fabricantes estão em busca de diferenciais que façam seus produtos ser tornarem melhores e mais atrativos ao público.

A Toshiba, por exemplo, se esforçou bastante para trazer um dispositivo bem diferente dos apresentados pelas outras fabricantes, após iniciar a sua saída do mercado de netbooks.

O novo aparelho foi batizado de Satellite U845W e conta com um design ultrafino, o que torna um aparelho ainda mais portátil. O que chama bastante atenção no ultrabook é a proporção de sua tela, de 21:9 com resolução de 1.792×768 pixels, tamanho ideal para exibição de filmes.

Graças ao desenho diferenciado, o Satellite U845W permite visualizar estes conteúdos sem  aquelas faixas acima e abaixo da imagem, preenchendo toda a tela do aparelho.

O ultrabook possui ótima capacidade de processamento e conta com processador Intel Ivy Bridge, GPU Intel HD 4000, disco rídido de 500 GB, 32 GB de memória SSD, tela de 14 polegadas, saída HDMI e três portas USB 3.0.

O Satellite U845W chegará em breve a todas as lojas dos Estados Unidos, com preço sugerido de 999 dólares, aproximadamente 2.020 reais.

Por Guilherme Marcon


A Acer anunciou sua nova linha de ultrabooks, a Aspire M5, que oferece dois tamanhos de tela, além de placas gráficas da NVIDIA e os novos processadores da Intel, nomeados de Ivy Bridge. Os modelos possuem design bem sofisticado, com traços escuros em uma carcaça de apenas 20 milímetros de espessura, somado a um teclado retroiluminado.

Como dito anteriormente, a linha possui dois tamanhos de tela, sendo uma de 14 e outra de 15 polegadas, com resolução de 1366×768 pixels e placa de vídeo da NVIDIA GT640M com 1 GB de memória RAM. Além disso, os ultrabooks também contam com um recurso chamado de Instant Mode (que é capaz de tirar o aparelho do modo de hibernação em apenas 1,5 segundos) e também com uma bateria com autonomia de até 8 horas de duração.

A Acer ainda não revelou todos os detalhes do hardware dos dispositivos, mas antecipou que os novos Aspire M5 poderão ser comprados em versões com memória SSD ou com SSD+HD.

A previsão para o lançamento dos ultrabooks da nova linha da Acer é para o mês de junho, porém a fabricante ainda não revelou quais serão os valores cobrados pelos produtos.

Por Guilherme Marcon


A Sony está entre as grandes fabricantes de eletrônicos do mundo graças aos seus aparelhos de alta tecnologia que possuem visuais cada vez mais modernos. E no início de maio, a empresa anunciou o lançamento da sua nova linha de ultrabooks, que leva o nome de Vaio T.

Os dispositivos são fabricados em metal escovado e terão 17,8 milímetros de espessura. Em questão das configurações, o novo produto da Sony conta com processador Core i3 Sandy Bridge, 4 GB de memória RAM e GPU integrada Intel HD 3000.

Além disso, os modelos estão disponíveis nas versões de 11 e 13 polegadas, e possuem opção para armazenar dados em um disco rígido normal ou em um sistema híbrido que também utiliza memórias SSD. E também, de acordo com a fabricante, a bateria dos aparelhos suporta até 9 horas de uso continuo sem que haja a necessidade de uma nova recarga.

Um ponto que se destaca nas especificações dos novos ultrabooks é que mesmo eles trazendo o processador Sandy Bridge, muito em breve estes modelos serão relançados com a nova arquitetura Intel, pelo fato de que a fabricante já lançou seus novos processadores Ivy Bridge.

A previsão é que a linha Vaio T chegue às lojas ainda este mês, mas seu preço ainda não foi divulgado pela Sony.

Por Guilherme Marcon


Os ultrabooks, nome dado pela Intel para os notebooks finíssimos, top de linha e com menor consumo de bateria, já estão presentes no Brasil. Algumas das marcas que disponibilizaram seus ultrabooks no mercado brasileiro, como a Asus, Dell, Acer, HP e a Samsung, sofrem muito com as altas tributações do governo brasileiro, o que resulta em aparelhos muito mais caros para os consumidores. E mesmo que o Brasil seja o terceiro maior mercado de computadores do mundo, ainda há muita dificuldade em se popularizar os ultrabooks no nosso país.

Além disso, outras fabricantes de ultrabooks também estão de olho no mercado brasileiro, como a Megaware, Sony, CCE, Toshiba, LG e a Positivo, pois, mesmo com os altos valores, o Brasil é um mercado promissor para os notebooks top de linha.

Conforme o presidente da Intel, Fernando Martins, há uma grande expectativa para o ramo de ultrabooks no mercado brasileiro, pois haverá a diminuição das taxas aplicadas em cima destes aparelhos com a sua produção sendo feita dentro do país. Além disso, estudos estão em andamento para providenciar a substituição do alumínio por plásticos mais desenvolvidos e para a fusão de drives SSD com HDs físicos, o que diminuiria o custo final dos ultrabooks.

Com certeza isso é algo que deixará os consumidores brasileiros muito contentes, pois cresce cada vez mais o interesse por ultrabooks, principalmente no quesito segurança. Isso, porque os ultrabooks contam com tecnologias de proteção de conteúdo e seu funcionamento só ocorre mediante impressão digital.

Por Guilherme Marcon


A Dell decidiu criar um novo mercado para os ultrabooks, que tem como diferencial design ultrafino e hardware poderoso. Sendo assim, a companhia divulgou uma nova versão do XPS 13, que, diferente do modelo tradicional, trabalha com sistema operacional Ubuntu. O modelo que vem com o Linux como plataforma é igual à outra versão do XPS 13 que roda o Windows Seven.

Caso o novo ultrabook com sistema Ubuntu seja disponibilizado para os usuários comuns, isso representará uma economia bastante interessante para o público, tendo em vista que, diferente do outro modelo, a nova versão dispensa a compra de licença de software na hora de adquiri-lo.

Porém, a expectativa da Dell é que novo ultrabook seja mais voltado para os desenvolvedores do que para os consumidores domésticos, pois de acordo com a empresa, um sistema operacional livre e o perfil de hardware do computador é um apelo para conquistar os programadores e profissionais de informática. A ideia é fornecer um tipo de sistema que atenda às necessidades de quem cria softwares para sistemas operacionais como o Android, ou ainda para aqueles que escrevem em códigos para Ruby e Java Script.

Devido a esse foco mais profissional, o novo XPS 13 virá acompanhado de uma suíte de ferramentas e recursos para o desenvolvimento de softwares e, até o momento, a Dell não anunciou nenhuma informação oficial de como o novo XPS 13 será comercializado.

Por Guilherme Marcon


Depois da verdadeira onda de notebooks, agora as empresas estão se preparando para vender seus ultrabooks, e a Sony é uma empresa que anunciou recentemente sua entrada neste mercado. A empresa aproveitou um grande evento de tecnologia que aconteceu nos Estados Unidos para apresentar o seu Vaio T, o primeiro de uma série de aparelhos nesta linha de ultrabook. A principal característica destes novos aparelhos será a leveza e também a durabilidade, bem como a performance dos equipamentos.

Algumas características que estarão nesta linha de ultrabooks da Sony são: todos eles trarão a tecnologia Rapid Wake, que permite que o equipamento inicialize muito mais rápido do que os outros computadores quando se encontrar em situação de hibernação. Além disso, os equipamentos da linha de ultrabooks da Sony também trarão uma nova economia para otimizar os recursos de energia, que é capaz de manter dados e configurações intactas consumindo muito pouca energia.

O primeiro modelo de ultrabook na Sony promete uma bateria de até 9 horas de uso e uma alta performance, com processadores Intel Core i3-2367M de segunda geração e com armazenamento híbrido de 32 GB, o que permite mais velocidade para acesso aos programas.


A empresa ASUS está com a corda toda na preparação de uma atualização para sua linha de aparelhos Zenbook, que provavelmente irá chegar a Taiwan em junho deste ano.

De acordo com algumas informações exclusivas que foram obtidas pelo site Engadget China, a atualização virá acompanhada do novo processador da Intel, o Ivy Bridge, e telas IPS com resolução de 1920×1080 pixels.

Até agora a empresa não passou nenhuma informação oficial sobre as configurações dos novos produtos. Porém, mesmo com a empresa não confirmando, tudo indica que o produto não trará só chip da Intel como novidade, pois, além dele, os ultrabooks virão acompanhados da nova série de GPUs da NVIDIA.

Ao ser questionada sobre o possível lançamento da nova linha de produtos em escala mundial, a empresa se mostrou totalmente evasiva. O motivo disso seria porque a ASUS ainda está esperando a aprovação da Intel para poder divulgar publicamente os novos aparelhos.

Ainda, de acordo com o Engadget China, o preço da nova linha Zenbook deverá ser bem parecido ao que foi estipulado para a geração anterior destes dispositivos, quando esta foi lançada.

Por Guilherme Marcon


Como todos sabem, a nova interface Metro do Windows 8 foi projetada para suportar telas touchscreen, o que pode desencadear em uma nova onda no mercado: notebooks com telas sensíveis ao toque. Para que tal funcionalidade seja aplicada, muito provavelmente os fabricantes abandonarão o formato tradicional de concha para adotar designs inovadores e incomuns.

Mesmo que não haja problema em simplesmente adotar a tela touchscreen nos notebooks tradicionais, o problema maior acontece no caso dos ultrabooks superfinos. Isso porque ao interagir com a tela o usuário pode acabar empurrando o aparelho todo para trás, dificultando o seu uso.

Já existem algum aparelhos com design inovador no mercado, que poderiam ser utilizados com Windows 8 sem nenhum problema. Um deles é o Fujitsu Lifebook T580, um tablet PC conversível, ou seja, cuja tela pode girar 180 graus. Essa classe de aparelhos, caso utilizado com Windows 8, seria muito mais fina e leve, além de muito mais barata que os modelos atuais.

Outro tipo é o Lenovo IdeaPad Yoga, anunciado na CES 2012 em janeiro e que só chegará ao mercado na metade deste ano. Trata-se de um ultrabook com 1.7 cm de espessura, cuja tela pode ser dobrada em 360 graus. Essa forma dobrável é capaz de ficar como se fosse uma tenda, o que facilitaria, e muito, a interatividade touch.

Há diversos outros tipos de aparelhos facilmente adaptáveis, como o Samsung Series 7 Tablet,  o ASUS Eee Pad Transformer, o Samsung TX100 e o  Lenovo ThinkPad Tablet. Portanto, é fácil perceber que o Windows 8 certamente revolucionará o mercado até mesmo no formato dos notebooks e ultrabooks.

Por Guilherme Marcon


O site alemão Tweakers publicou alguns rumores de que a Dell, fabricante de excelentes aparelhos de informática e com alta qualidade, finalmente está pronta para uma nova versão mais “tunada” do seu ultrabook XPS 15. Além disso, o site ainda revelou todas as configurações do novo modelo de notebook, que promete ser mais fino, com grande potência e super-resistente.

Segundo o site, as novidades serão em todos os aspectos, a começar pela tela que será uma Gorilla Glass de 15,6 polegadas. O processador será da inédita linha Ivy Bridge, além disso, o XPS 15 contará ainda com 1 TB de HD ou 512 GB de SSD, placa gráfica NVIDIA GeForce GT 630M ou NVIDIA GeForce GT 640M, entrada HDMI, USB 3.0 e Bluetooth 3.0.

A Dell ainda não revelou oficialmente informações sobre o assunto, mas se tudo isso for confirmado, o ultrabook poderá ser lançado no final de abril deste ano, pois tendo em vista que o novo modelo contará com um processador Ivy Bridge, a expectativa é que ele seja lançado junto com os primeiros aparelhos que contarão com este novo sistema.

Por Guilherme Marcon


Durante a CeBIT 2012, a Fujitsu anunciou o lançamento do seu primeiro ultrabook, chamado Lifebook UH572. A principal novidade no computador é a presença do processador Ivy Bridge da Intel.

O aparelho ainda não possui previsão de lançamento, tendo em vista que o notebook ainda está em sua fase de produção, mas a Fujitsu não perderia a oportunidade de já demonstrar algumas das características do seu ultrabook.

O Lifebook UH572 possui 2 GB de memória RAM, processador de 1,5 GHz e 320 GB de HD, configurações bem simples se compararmos com outros ultrabooks. Apesar disso, vale ressaltar que estas características podem ser alteradas até a data de lançamento.

O site Engadget teve acesso ao aparelho e postou em sua página algumas informações. Segundo o site, o Lifebook UH572 terá um par de portas USB 3.0, entrada HDMI e conectores para energia elétrica e fones de ouvido.

Com relação ao sistema operacional, o ultrabook foi apresentado com o Windows 7. Porém, como o lançamento do Windows 8 está próximo, é bem provável que o sistema operacional presente no aparelho seja atualizado para a nova versão.

Por Guilherme Marcon


Os ultrabooks mal surgiram e já conquistaram definitivamente o seu espaço no mercado. Roubando a cena dos tablets convencionais, o novo eletrônico já pode ser considerado o computador do futuro.

Os ultrabooks são exclusivos e funcionais em vários aspectos, pois possuem a portabilidade e leveza dos netbooks, com a capacidade dos notebooks. Como se não bastasse, seu design superfino encanta.

Na última edição da CES (Consumer Electronics Show), realizada em Los Angeles entre 10 e 13 de janeiro de 2012, a Dell lançou o seu primeiro ultrabook, o XPS 13.

O aparelho é bastante portátil, possui alto desempenho e um grande poder de processamento. Além disso, o XPS 13 possui ainda um acabamento impecável em liga de alumínio e fibra de carbono.

A parte mais larga do ultrabook em questão mede menos de 2 centímetros e o teclado é retroiluminado.

O modelo conta ainda com uma tela WLED de 13 polegadas (com resolução de 1366×678 pixels), bateria com capacidade de duração de até nove horas, processador Intel Core i7, HD de 256 GB, placa de vídeo Intel HD 3000 e 4 GB de memória RAM.

Ainda no primeiro trimestre de 2012 os ultrabooks da Dell devem chegar às lojas norte-americanas.

O preço sugerido para o aparelho é de aproximadamente mil dólares.

Por Larissa Mendes


Destaque na Computex 2011, os chamados Ultrabooks parecem estar aos poucos surgindo no mercado. Depois de explorar este mercado praticamente sozinho, o MacBook Air parece que irá ganhar um concorrente de peso. É o Asus UX21.

O modelo utilizará um processador Intel Core Sandy Bridge, usará armazenamento em SSD, terá um peso de apenas 1,1kg e espessura de 17 milímetros.

Segundo informações do site DigiTimes, o novo notebook terá mais um atrativo para concorrer com o MacBook Air, é o seu preço. O aparelho custará aproximadamente 899 dólares (100 dólares a menos que o notebook da Apple).

O novo notebook deve chegar as lojas por volta do mês de setembro.





CONTINUE NAVEGANDO: