Confira aqui o que fazer para trocar o idioma e configurar o teclado do computador.

Quem já passou por uma situação de ter o teclado do PC desconfigurado provavelmente quebrou muito a cabeça para tentar resolver o problema. Isso, claro, considerando o fato de que é algo que não temos muito o hábito de ficar mexendo. Bom, deixando isso de lado e partindo da hipótese de que você não conseguiu configurar corretamente o teclado, ou, que por algum motivo, o equipamento está dando problema, ensinaremos aqui como resolver o teclado desconfigurado e consequentemente poder fazer login no Windows 10.

Fazendo login

Caso sua conta possua senha, pode ser que você não vá conseguir fazer login no sistema para poder fazer a configuração do teclado. Para dar a volta nesse probleminha, é possível selecionar o layout do teclado que se quer usar ou ainda usar o teclado virtual.

Windows 10

Passo 1: Comece clicando sobre o botão que fica à esquerda do ícone que representa a rede, logo na tela de login do Win 10, para que seja possível alterar o layout do teclado. Na sequência, tente digitar sua senha novamente.

Passo 2: Se não conseguir fazer login, a outra alternativa é usar o teclado virtual. Para fazer isso dê um clique sobre o ícone indicador de acessibilidade (à direita do ícone de rede) e depois clique em “Teclado Virtual’.

Passo 3: Dê um clique nos campos de senha e utilize o mouse para clicar nas teclas e inserir sua senha.

Para configurar:

Clique no botão “seleção de idioma” ao lado do relógio > clique no idioma atual e depois em opções > clique em adicionar um teclado.

Para remover um idioma é só clicar sobre ele e depois clicar em “Remover”.

Se você quiser alternar entre os layouts de seu teclado é só ir até o menu de seleção de idioma. É o botão que fica logo à esquerda do relógio. Porém, é bom lembrar que se caso você configurou apenas um idioma, essa opção não deverá ser exibida.

Depois de realizar as configurações que apontamos, abra um aplicativo qualquer de texto e teste se está tudo funcionando com você queria.

E pronto. É só isso! Usando essas dicas você conseguirá fazer o login em seu sistema e configurar o teclado.

Por Denisson Soares


Novo teclado é compatível com os sistemas operacionais Windows 10 e Mac OS.

Os amantes de emojis que gostam de se comunicar através de ícones certamente ficarão mais felizes com o lançamento da EmojiWorks. Trate-se de um teclado compatível com os sistemas operacionais para desktop Windows 10 e Mac OS. Ele também tem suporte para o iOS, sendo possível utilizá-lo em iPhones e iPads.

O Emoji Keyboard seria um teclado comum se não fosse pela possibilidade de teclar emojis, ideal para uso em conversas informais e redes sociais.   O periférico é lançado no mercado em três versões: a básica com 47 emojis, a versão Plus com 94 opções, e a Pro que traz incríveis 120 ícones. Os três modelos já estão em pré-venda, custando entre US$ 79,95 (R$ 300, na cotação atual) e US$ 99,95 (cerca de R$ 380).

Os brasileiros poderão adquirir o teclado pagando uma taxa extra de US$ 20 (R$ 77).   

De acordo com os desenvolvedores do Emoji Keyboard, a grande vantagem do gadget é a possibilidade que ele oferece de tornar a digitação de emojis até 10 vezes mais rápida. Para quem utiliza bastante os emojis em suas conversas, esse número fará muito diferença para agilizar os bate-papos.

O teclado traz também letras, proporcionando o funcionamento tradicional do teclado.   

Sua conexão com tablets, smartphones, desktops e notebooks é feita através do Bluetooth. Diferente de outros teclados sem fio, ele é alimentado por pilhas AAA.

Além das populares carinhas, mãos e ícones divertidos, as versões Plus e Pro trazem um alterador de tom de pele, recém introduzido no iOS 9, por exemplo.

Apesar de anunciar compatibilidade com o Windows 10, a fabricante alerta que o suporte ao sistema operacional mais recente da Microsoft está em fase de desenvolvimento e apresenta menos emojis do que as versões para Mac e iOS.   

Com um design bastante atraente, o gadget deve cair no gosto dos consumidores. Você pode acompanhar o teclado em ação em um vídeo promovido pela fabricante EmojiWorks: 

 

Emoji Keyboard

Por William Nascimento


Na última quinta-feira (27) a Apple obteve uma patente de Smart Covers com teclado que pode colocar a marca em franca disputa mercadológica com a Microsoft. Esta já possui a linha de tablets Surface, com esse tipo de teclado, contudo a Apple quer ir além: vai investir nesses recursos extras para capas oficiais para o iPad com comandos de multitoques e ainda ser controlados por gestos.

Os modelos de Smart Cover atuais trabalham com uma conexão sem fio. A Apple quer lançar um produto do mesmo modo e ainda capaz de detectar os toques como os usados em display de touchscreen. A marca quer criar uma versão em que o usuário possa utilizar a Smart Cover personalizada como um meio de “segundo plano” de aproveitamento com o tablet, levando um conforto para o consumidor na hora da utilização, com a opção de colocar o iPad sobre a mesa e usá-lo como um computador.

Apple pretende pegar recursos de outros modelos já existentes e colocar em um produto só, com sua marca. O item, por exemplo, para identificar os comandos do usuário mesmo ele não tocando nas teclas – recurso parecido ao usado no Samsung Galaxy S4, o Air Gestures – é um dos desejos da Apple. E, segundo a patente, o usuário poderá também ativar e desativar a função sensível ao toque a qualquer momento, de acordo com a vontade do utilizador.

Os sensores do novo gadget poderão ir além, com configurações avançadas e de tecnologias inovadoras capazes de interações capacitivas, ópticas, resistivas, indutivas, acústicas, químicas, mecânicas ou eletromagnéticas como opções de sugerir a localização do toque no corpo do teclado.

A data de quando essa tecnologia estará disponível para os consumidores da marca Apple ainda não está disponível, nem mesmo como está o desenvolvimento de todo esse avanço. A marca aplicou essa patente em 2012, mas só agora foi concedida, por isso não há prazo para que isso tudo fique pronto para o mercado.

Por Carolina Miranda

Apple teclado gestual para iPads

Foto: Divulgação/Fujitsu


Você já imaginou um teclado resistente, transparente e com o design moderno que só os vidros podem oferecer?

Agora você já pode imaginar, pois essa é mais uma das novidades exclusivas presentes na CES 2012, feira tecnológica que ocorre anualmente em Los Angeles.

O evento reúne grandes e reconhecidos nomes do mercado de tecnologia mundial a fim de revelar e antecipar todas as tendências de consumo para o ano, porém, a ideia do teclado de vidro partiu de dois desenvolvedores independentes: Jason Giddings e David Rogers.

O periférico possui luzes infravermelhas e câmeras para rastrear os toques nas teclas.

Seu desempenho é similar aos teclados comuns e prometem ser tão resistentes quanto, afinal, trazem em sua matéria prima o vidro temperado.

Como a feira é também uma boa oportunidade para consolidar negócios, segundo Jason e David as já consagradas marcas Lenovo e Microsoft demonstraram muito interesse no produto.

Os criadores do novo teclado estão animados quanto ao lançamento oficial no mercado e já estimam que custará entre US$ 100 a US$ 200.

Agora basta esperar para ver a receptividade do público em relação ao moderno teclado de vidro. Não há como negar que bonitos eles são!

Por Larissa Mendes de Oliveira


Sofisticação, beleza e muito requinte são as marcas do Sony Vaio VGN-NW220AF. Seu teclado é muito confortável e sua tela de 15,5’ faz com que ninguém sinta falta de seu desktop.

Seu teclado é mais macio que os modelos antigos e o touchpad traz uma novidade que o deixa ainda mais belo e sofisticado, sele é feio de acrílico, que permite uma sensibilidade única e eficiente.

O som é outro ponto de investimento que deu retorno, afinal não há ruídos nem distorções. Para os chatos de plantão, a reclamação é somente com a falta de um leitor de Blu-ray.

O valor sugerido é de R$ 2.999,00 em todo o país.

Por José Alberi Fortes Junior





CONTINUE NAVEGANDO: