Os aparelhos desta linha foram especialmente desenvolvidos para pessoas que utilizam o notebook suas tarefas básicas diárias.

Quem já usa notebook para trabalhar, estudar se divertir ou para tudo isso, não consegue ficar sem esse aparelho, afinal a cada dia mais modernos eles estão e cada vez mais leves, finos e potentes.

E falando de notebooks, algumas marcas já se consagraram no mercado mundial pela excelência de sua qualidade, como a Samsung, que oferece sempre os melhores computadores portáteis, conquistando assim a confiança de uma enorme quantidade de consumidores.

Uma linha de notebooks da marca Samsung que possui um grande destaque é a Essentials, que em todos os seus modelos oferece uma configuração super enxuta, o que facilita muito a vida de seus usuários.

Os aparelhos desta linha foram especialmente desenvolvidos para pessoas que utilizam o notebook para se conectar à internet, trabalhar, estudar e utilizar programas diariamente. É um laptop pronto para atividades diárias, mas não para a rodagem de jogos muito pesados. Ele é um notebook básico e, por isso, seus preços são muito acessíveis, partindo de R$ 1.300. Quem compra um aparelho dessa linha, ganha garantia de 1 ano contra eventuais defeitos.

Veja algumas características dos aparelhos da linha Essentials:

1. Samsung Essentials E21

Pode-se dizer que se trata do mais básico dos modelos dessa linha. Custando a partir de R$ 1.300 é facilmente encontrado em lojas varejistas de todo o país.

Disponível nas cores branca e preta, ele possui quase 2 quilos. Seu display é de 15,6 polegadas com tecnologia Full HD. Seu sistema operacional é o Windows 10 Home.

Já falando de conjunto interno temos um processador Celeron 3215U com 1,7 GHz. Memória RAM de 4 GB e capacidade de armazenamento de até 500 GB. Além disso, a placa de vídeo do note é Intel HD Graphics.

Externamente temos um drive de DVD/CD, duas entradas USB 2.0 e mais uma USB 3.0. Entrada para microfone e fone de ouvido e uma entrada Ethernet de 10/100.

O E21 ainda é equipado com webcam e microfone integrados, 2 alto-falantes de 3 W de potência, WIFI de 802.11 b/g/n e ainda Bluetooth de 4.0.

Para alimentá-lo o notebook possui uma bateria de 43 WH, que oferece uma duração de aproximadamente 8 horas.

Samsung Essentials E21

2. Samsung Essentials E34

O E34 possui internamente um conjunto que pode ser considerado mais robusto. Seu processador é um Intel Core i3 5005U, com 2 GHz. Já o seu armazenamento é bem grande tendo a capacidade de 1 TB e GPU do tipo HD Graphics 5500.

Além disso, o laptop ainda oferece uma memória RAM de 4 GB. No que refere à conectividade temos WiFi 802.11 b/g/n, entrada para ethernet de 10/100 e Bluetooth de 4.0.

Externamente temos uma tela de 15,6 polegadas em Full HD, com webcam e microfone integrados, e 2 alto-falantes com potência de 3W. Disponível nas cores branca e preta o aparelho pesa quase dois quilos e trabalha com o sistema operacional Windows 10 Home. Contudo, o drive de DVD/CD não existe mais e sua bateria é de 43 Wh. Pode ser encontrado no comércio varejista a partir de R$ 2.030.

Samsung E34

3. Samsung Essentials E32

Este pode ser considerado mais completo e também mais caro da linha. Mas esse valor não se deve às configurações mais avançadas que os demais, mas sim a sua quase indisponibilidade no Brasil.

Externamente o E32 vem com um acabamento escovado e uma tela de 14 polegadas em HD. Pesando 2,2 kg suas características são praticamente as mesmas do E34.

Seu processador é Core i3 5005U e seu HD é de capacidade para 1TB, além da memória RAM de 4GB. Temos ainda um GPU HD Graphics 5500.

Possui as mesmas entradas que o E34, porém com o Drive de CD, além de leitor de cartão e uma saída VGA.

Sua bateria é de 48Wh, que oferece uma autonomia de até 8 horas. O notebook Essentials E34 é vendido a partir de R$ 3.800.

Samsung E32

Fotos: Divulgação

Por Sirlene Montes


Samsung alterou o processador do novo modelo, passando a ser um Intel Celeron N2840 de 2,58 GHz, e com isso, o preço caiu de US$ 320 para US$ 250.

A empresa Samsung  lançou o Chromebook 2, uma versão um pouco mais em conta. A marca sul-coreana decidiu realizar uma alteração no processador, tirando o Exynos ARM, que estava presente no modelo original e colocando um Intel Celeron N2840 de 2,58 GHz. Com essa mudança, o preço também foi modificado caindo de 320 para 250 dólares.  Tirando isso, quase nada mudou e as especificações se mantêm as mesmas.

Com relação ao seu desenho, o novo Chromebook 2 com novo processador possui um teclado diferente. Para oferecer um pouco mais de conforto aos usuários, as teclas do dispositivo são levemente curvas, entretanto, a disposição das teclas continua sendo a mesma. Este Chromebook se destaca entre os outros com aspecto mais barato, devido ao uso de um couro falso para realizar o acabamento da tampa, recurso este que vem sendo muito utilizado pela empresa.

Após o uso e também alguns teste realizados com Chromebook 2, foi constatado que o desempenho dele está bem abaixo do primeiro, pela troca dos processadores. Na contra partida a bateria tem uma duração bem melhor do que a do outro dispositivo, podendo chegar a uma autonomia de até 9 horas, já no primeiro modelo esse tempo era de oito horas e meia, conforme informações divulgadas pela própria marca.

Abaixo você pode conferir as configurações do aparelho com o novo processador da Intel:

– Novo processador Intel Celeron N2840 de 2,58 GHz, Capacidade de Armazenamento de até 16 GB em SSD, Memória RAM de 2 GB, Possui duas saídas de áudio estéreo, com 2 Watts, tela de 11 polegadas com resolução de 1366×768, Armazenamento estendido no Google Drive, e Webcam que realiza captura em 720p HD.

O dispositivo pessoal está sendo vendido aqui no Brasil por quase R$ 1 mil. Recentemente, segundo Sandra Chen, head de notebooks da Samsung no Brasil o produto conquistou diversos consumidores, pelos avanços tecnológicos e também pelo preço.

Por Nádia Neves 

Samsung Chromebook 2

Samsung Chromebook 2

Fotos: Divulgação


O preço dos produtos  Apple nunca foi um atrativo, sobretudo no Brasil. Anunciados recentemente os novos MacBook Pro podem chegar até R$ 12.999, isso mesmo quase 13 mil reais. E o que ele oferece para justificar esse valor?

O preço da versão mais simples, ainda é salgado, mais não assuta tanto. O modelo de 13 polegadas com as configurações mais básicas da linha custa R$ 5.999. O modelo vem equipado com a última geração do processador Intel Core i5, 4GB de memória para processamento e 128 GB de armazenamento.

O grande diferencial é a tela Retina, conhecida nos iPad e iPhones com uma resolução que é realmente incrível e enche os olhos do usuário. O Design também deve agradar, a fabricante sempre teve um cuidado especial nesse quesito e com o MacBook air não deve ser diferente, seguindo a identidade visual já consolidada pelos produtos da linha.

Muitos usuário fiéis da Apple juram que o investimento vale a pena, ainda assim as vendas por aqui devem ser pouco expressivas pois a maior parte dos usuários com o poder aquisitivo para tal aquisição  costumam viajar com frequência para o exterior e costumam trazer os seus de lá. 

Foto: Divulgação

O modelo mais caro, aquele de quase 13 mil, é de 15 polegadas, e vêm equipado com processador Intel Core i7, 16 GB de RAM e 512 GB e é equipado com uma placa de vídeio NVIDIA GeForce que promete uma impecável performance.

Achou caro? No fim do ano começa a ser comercializados no Brasil os Mac Pro e o modelo top desta nova linha vai custar quase 18 mil Reais. E você achando o novo PlayStation caro!

Longe dos holofotes há um modelo de MacBook sem tela retina, que também é muito bom e custa R$ 4.799 sendo vendido no meio destes monstros da nova geração. Vai encarar algum deles?

Por Bruno Hardt


PS4Preços de consoles lançados tendem a sofrer um relativo aumento com a carga de impostos cobrada no Brasil. O resultado são vendas abaixo do esperado e migração, dos compradores em potencial, para outros tipos de mercados, como a venda em camelôs, onde os consoles não têm a mesma garantia comercial e podem se transformar em verdadeiros problemas ao comprador.

Por causa da carga tributária nacional, executivos da Sony estudam meios de lançar o PS4 pelo mesmo valor que nos EUA (cerca de US$ 399,00), o que seria uma catapulta de vendas do console em lojas, aumentando o faturamento e em alguns casos, até na demanda de geração de emprego e renda.

Segundo Jack Tretton, CEO da Sony Computer Entertainment of America, a Sony estuda formas de sugerir preços abaixo de R$ 1.000,00 para que o console tenha o número de vendas esperado.

Com a pré-venda, o preço chegou a R$ 1.600,00 em alguns sites, sem contar o preço do frete.

Espera-se que em outubro, durante a Brasil Game Show, seja anunciado o início das vendas do console no mercado nacional, assim como os títulos mais aguardados do ano.

Por Junior Almeida


O Acer Timeline X é um dos modelos de notebooks mais vendidos da Acer. Ele consegue aliar design, bom desempenho e qualidade de imagem por um preço que agradou os consumidores. Com a onda dos processadores Intel e Windows 7, os notebooks precisam inovar no design, tamanho e resolução de tela e potências periféricas, como portas USB com mais desempenho, baterias mais duráveis e portabilidade.

A tampa do notebook é revestida e impressiona por modelo espaçoso e com poucos detalhes. O design sóbrio agrada consumidores que utilizam o computador no trabalho. Ótima qualidade em conferências de vídeo e conectividade. Mais resistente à quedas, esquenta menos, bateria mais durável e mais leve, tudo isso leva a Acer a competir de igual para igual com as marcas líderes de mercado por um preço mais acessível.

O display LCD possui retroiluminação LED de 14 polegadas e resolução de 1366×768. A tecnologia Acer CineCrystal garante imagens mais nítidas e coloridas. A qualidade do som foi considerada superior á das marcas líderes concorrentes, além de possuir mais portas USB, quatro no total.

O modelo funciona com disco rígido de 320 GB, chip Intel I3 de 2 GHz e memória RAM de 3G expansível  para 8 GB.

O preço dessa jóia negra da Acer está por volta de R$ 2.500,00 e promete ser atualizado em breve sem aumento de custo.

Por Bruna Fernandes


Em janeiro deste ano, a Google e a ASUS lançaram no Brasil o Google Nexus 7, tablet considerado por alguns especialistas como o aparelho Android mais competente no mercado. Porém, o preço de mercado do tablet era considerado muito alto mesmo com a conversão de valores de dólar para real – cerca de R$ 1,200 reais.

Agora, cerca de 3 meses depois de seu lançamento oficial, o Nexus 7 aparece novamente na loja online do Wall-Mart, agora com um preço mais acessível, de R$ 999. O curioso neste caso é que a vinda do aparelho não foi acompanhada de qualquer evento ou um press-release, levando a crer que não se trata de um “relançamento”, mas sim um lote trazido pelo próprio Wall-Mart. Nem a assessoria de imprensa da rede de compras, nem da Google ou da ASUS, vieram a público para esclarecer a situação.

Para quem está interessado no novo Google Nexus 7, confira as informações técnicas do novo tablet:  processador quad-core Nvidia Tegra 3 de 1.2 Ghz;, Tela LCD IPS de 7'' com resolução HD e 1280 x 800 pixels; 16 GB memória HD, Memória RAM de 1 GB, Motor gráfico Ge Force, Bateria de 9 horas de duração, Sistema operacional Android Jelly Bean, Conexão Wi-fi e Bluetooth, Câmera Frontal, 

Por Willian Gonçalves


As vendas de tablets continuam subindo no Brasil, mas muitos clientes se atentam apenas ao valor do produto sem se preocupar com as diferenças sobre as configurações.

Não é só a memória do aparelho que conta. Quem pretende usar a internet também precisa se atentar aos tipos de conexão.

Os tablets mais baratos se conectam à internet apenas via Wi-Fi, para poder conectar será necessário estar em ambiente com rede.

Quem é cliente de operadoras de telefonia móvel e quer usar o pacote de dados no tablet precisa comprar aparelhos com conexão 3G, porém, não são todos os modelos que vêm com este tipo de acesso.

Uma recente pesquisa da GFK Consultoria comenta que aparelhos com conexão 3G custam em média R$ 350 a mais que os modelos que só conectam via Wi-Fi.

Para se ter uma ideia, o iPad 4 com acesso 3G e Wi-Fi custa R$ 2.100,00, o modelo com apenas Wi-Fi custa R$ 1.750,00.

A diferença de preço na produção do aparelho é o que faz com que os modelos mais vendidos no Brasil sejam os com conexão Wi-Fi. Os modelos brasileiros que possuem as duas alternativas de conexão com a internet custam em média R$ 1.400,00, com apenas Wi-Fi o aparelho sai por R$ 620.

Por Leiliane Lopes





CONTINUE NAVEGANDO: