É difícil encontrar alguém que tenha o tablet Nexus 7 e que esteja insatisfeito com o aparelho, mas a chegada do novo Nexus 7 dá mostras de que este é ainda mais eficiente, sendo considerado o melhor tablet de 7 polegadas.

O aparelho é proveniente da Google e esta mostra que é possível produzir um tablet eficiente por um baixo custo. O aparelho é eficiente porque sua tela é de alta definição, seu carregamento é feito sem a utilização de fios, seu processador é quad-core e sua memória RAM é de 2 GB. Não bastasse isso, o tablet custa apenas US$ 229 (preço estabelecido nos EUA).

Por ter bordas 3mm mais finas que o seu antecessor, o novo Nexus 7 pode ser segurado de uma forma mais confortável e aliado à sua ergonomia, pode ser manuseado com uma mão só, como exemplo, dando possibilidade de um usuário de metrô ou ônibus se segurar dentro do veículo e ainda fazer uso do novo Nexus 7.

Segundo a Google, o supracitado aparelho suporta até 9 horas de uso contínuo e para valorizá-lo ainda mais, ele possui uma câmera de 5MP, que se não é a melhor da atualidade, serve para registrar momentos únicos do usuário.

Por Vinicius Cunha


O novo Nexus 7 está ganhando detalhes importantes e potentes. O serviço de atendimento ao cliente da Asus vazou algumas informações sobre as especificações técnicas do próximo tablet da Google e disse que todas elas já foram definidas. O gadget trará mais memória, terá tela Full HD, possuirá melhorias no processador e também ganhará uma câmera traseira.

Segundo as informações, o novo tablet Nexus contará com tela LED de 7 polegadas, com resolução Full HD de 1.980 x 1.200 pixels. Além disso, o aparelho rodará o Android 4.3 e terá uma câmera traseira com 5 megapixels.

Para completar, o aparelho ainda trará memória RAM de 2 GB, possuirá armazenamento interno de 32 GB, terá processador quad-core Snapdragon 600, possuirá câmera frontal de 1.3 MP e contará com bateria de 4.000 mAh.

No quesito conectividade o produto possui Bluetooth, NFC, Wi-Fi, 3G e 4G.

Comparado ao modelo atual, a nova versão do tablet vem com processador mais potente, conta com o dobro de memória RAM e possui tela com maior resolução.

Até o momento, nenhuma das informações foi confirmada pela Google ou pela Asus. Além disso, ainda não foi divulgado quando será o lançamento do novo Nexus 7.

Por Felipe Santos Bonfim


Após nove meses do seu lançamento, finalmente o Nexus 7 chega ao nosso país. O tablet fabricado pela Asus e desenvolvido pela Google está sendo comercializado no site do Walmart por R$ 999. A venda começa após alguns desentendimentos entre fabricante e revendedoras, mas ao que se sabe, agora está tudo bem.

O Nexus 7 possui Android 4.1 (Jelly Bean) como sistema operacional, podendo ser atualizado para as versões mais modernas. O tablet utiliza processador Nvidia Tegra 3 de 1.2 GHz e conta com 1 GB de memória RAM.

Com tela de 7 polegadas e resolução de 1.280 x 800 pixels, o Nexus 7 possui um espaço interno de 32 GB. O aparelho é capaz de ler a maioria dos arquivos de áudio, vídeo e imagem.

A conectividade do modelo é feita por meio de Wi-Fi e Bluetooth 3.0. O Nexus 7 ainda possui câmera frontal de 1.2 megapixels, conta com bússola digital, possui giroscópio, tem sensor de luminosidade e possui acelerômetro.

Com apenas 340 gramas, o tablet da Google entra na briga com as gigantes Apple e Samsung pelo mercado brasileiro.

Para conhecer um pouco mais sobre o aparelho, acesse o site www.google.com/nexus/7/.

Por Robson Quirino de Moraes


Parece que o próximo Nexus 7 chegará ao mercado com uma grande novidade em sua tela. Segundo o jornal DigiTimes, o novo tablet da Google poderá vir equipado com um display de 1.900 x 1.200 pixels, a mesma resolução do iPad 4. O aparelho deverá ser apresentado em junho e suas vendas começarão no mês seguinte.

O público esperava que o Nexus 7 fosse apresentado na Google I/O, que aconteceu na semana passada, mas o aparelho ficou de fora do evento, da mesma forma que aconteceu com a nova versão do Android, que também está sendo muito aguardada. Mesmo assim, várias informações a respeito do tablet começaram a surgir.

De acordo com o DigiTimes, o novo Nexus 7 contará com processador Snapdragon da Qualcomm, mas ainda não foi definida qual será a versão escolhida.

Todas as informações reforçam os boatos de que a Google irá apresentar a nova versão do Android junto com o Nexus 4.

Mesmo com todos os rumores, a Google ainda não falou nada oficialmente a respeito de seus novos produtos. Além disso, a mesma ainda não informou se o novo Android será 4.3 ou 5.0.

Por Felipe Santos Bonfim


Muitos tablets do mercado de hoje em dia são suficientemente bons para rodar os melhores games da geração mobile. Mas como sempre, existem empresas que investem mais no produto para que eles possam rodar com o mais alto desempenho a maioria dos jogos de hoje.

Veja agora uma lista com os 3 melhores tablets para rodar o seu jogo preferido:

Asus Transform Pad Infinity:  A Asus já é uma das maiores produtoras de notebooks do mercado e com tablets não é diferente, esse modelo que destacamos é um dos mais indicados para rodar a maioria dos jogos com gráficos da nova geração. Além disso, ele possui o diferencial de um teclado físico, o que pode ajudar bastante dependendo da aplicação.

    – Processador: Nvidia Tegra 3 quad-core de 1,6 Ghz;
    – GPU: ULP GeForce com 12 núcleos;
    – Tela: 10,1 polegadas com a resolução 1920x1200p;
    – Memória RAM : 1 GB

Nexus 7:  O tablet da Google em parceria com a Asus também não poderia faltar, com grande potência e um diferencial extremamente útil. Uma tela de 7 polegadas, ideal para levar onde quer que você vá.

    – Processador: Nvidia tegra 3 quad-core de 1,2Ghz;
    – GPU: ULP GeForce com 12 núcleos;
    – Tela: 7 polegadas com uma resolução de 1280x800p (216ppi);
    – Memória RAM: 1 GB

– Nexus 10:  O mais robusto para quem gosta de jogos com grandes gráficos sem duvidas é o Nexus 7, suas características impressionam até mesmo os mais exigentes.

     – Processador:  Exynos 5 dual-core de 1,7 Ghz;
     – GPU: Mali T604 quad-core;
     – Tela: 10,05 polegadas e a resolução de 2560×1600 pixels e uma qualidade de 300ppi;
     – Memória RAM: 2 GB.

Por Henrique Nicolau

Asus Transform Pad InfinityNexus 7 Nexus 10


Em janeiro deste ano, a Google e a ASUS lançaram no Brasil o Google Nexus 7, tablet considerado por alguns especialistas como o aparelho Android mais competente no mercado. Porém, o preço de mercado do tablet era considerado muito alto mesmo com a conversão de valores de dólar para real – cerca de R$ 1,200 reais.

Agora, cerca de 3 meses depois de seu lançamento oficial, o Nexus 7 aparece novamente na loja online do Wall-Mart, agora com um preço mais acessível, de R$ 999. O curioso neste caso é que a vinda do aparelho não foi acompanhada de qualquer evento ou um press-release, levando a crer que não se trata de um “relançamento”, mas sim um lote trazido pelo próprio Wall-Mart. Nem a assessoria de imprensa da rede de compras, nem da Google ou da ASUS, vieram a público para esclarecer a situação.

Para quem está interessado no novo Google Nexus 7, confira as informações técnicas do novo tablet:  processador quad-core Nvidia Tegra 3 de 1.2 Ghz;, Tela LCD IPS de 7'' com resolução HD e 1280 x 800 pixels; 16 GB memória HD, Memória RAM de 1 GB, Motor gráfico Ge Force, Bateria de 9 horas de duração, Sistema operacional Android Jelly Bean, Conexão Wi-fi e Bluetooth, Câmera Frontal, 

Por Willian Gonçalves


Recentemente, um grande jornal econômico japonês divulgou uma pesquisa que realizou sobre o mercado local de tablets. Conforme a divulgação, o iPad pode ter perdido a liderança do mercado no Japão para o Nexus 7.

De acordo com os resultados da pesquisa, o Nexus 7, tablet fruto da parceria entre Google e Asus, foi muito bem aceito pelos consumidores japoneses e, por isso, 44,4% dos entrevistados apontou que prefere ele e não o iPad, que ficou com 40,1%.

Entretanto, as entrevistas feitas não levaram em conta o iPad Mini, que foi lançado pela Apple no final do ano passado e teve suas unidades disponíveis para venda esgotadas. Ainda assim, uma das principais “características” que dá a preferência ao Nexus 7 é o preço, pois ele custa US$ 130 a menos que o iPad, o que equivale a mais ou menos R$ 260.

Como o Japão é um dos mais fortes mercados, se essa tendência se confirmar nos números de vendas, pode ser que o iPad tenha sua popularidade diminuída também no mundo todo. Porém, todos sabem que a intenção da Apple em lançar o iPad Mini foi a de ter um tablet mais barato e que penetrasse em um nicho um pouco diferente do iPad tradicional, dando uma margem de mercado maior para a Maçã.

O Nexus 7 tem previsão de chegar ao Brasil muito em breve, o problema é que seu preço não sai tão barato por não haver subsídios da Google. Assim, o novo tablet da Asus e da gigante das buscas será vendido por quase R$ 1.300.

Por Guilherme Marcon


No Japão, o iPad perdeu a liderança pro Nexus 7, fruto de uma parceria entre a Google  e a Asus. O tablet conseguiu atingir bons números de vendas ultrapassando o modelo da Apple, a líder do segmento mundial.

O jornal Nikkei publicou uma pesquisa em que 2,4 mil pessoas participaram, o resultado foi que 44,4% dos entrevistados escolheram o Nexus 7 contra 40.1% do iPad. O Nexus 7 conta com o preço baixo como ponto forte, custando US$ 130 a menos que o iPad Mini, o tablet mais barato da Apple.

Vale lembrar que a pesquisa não levou em consideração  que o iPad mini se esgotou no Japão no final do ano passado, o que pode justificar a queda da popularidade do dispositivo. O site PCMag publicou em agosto do ano passado que para cada cada tablet com sistema Android em todo o mundo, há 6,6 iPads.

Porém, este resultado foi divulgado um pouco tempo depois da chegada do Nexus 7 ao mercado. Sendo assim, não foi considerado a queda do marketshare da Maçã por conta do tablet da Google. O Brasil receberá o Nexus 7 em breve, ao menos é o que afirma o diretor de produtos móveis da Google, Hugo Barra. O modelo chega ao mercado nacional importado pela Asus sem nenhum subsídio da Google, elevando o preço para o consumidor final para R$ 1.299.

Por Felipe Santos Bonfim


Finalmente o Google Nexus 7 pode chegar ao Brasil. Em entrevista ao site Ztop, Hugo  Barra, diretor de produtos móveis da Google, disse que o tablet desenvolvido em parceria com a Asus chegará ao mercado nacional ainda este mês. 

No exterior o Nexus 7 é vendido por US$ 199 e virá ao Brasil importado pela Asus sem nenhum subsídio da Google. Por essa razão, o tablet chega ao país custando R$ 1.299 na versão com Wi-Fi e 16 GB de armazenamento interno.

Apesar do preço do tablet ser um tanto “salgado”, nem tudo promete ser decepção na chegada dos aparelhos da linha Nexus ao território nacional.

De acordo com Hugo Barra, ainda no primeiro semestre de 2013 será lançado o LG Nexus 4 no Brasil, mas desta vez com subsídios da Google. Podendo ser vendido pelo preço original de US$ 299, aproximadamente R$ 605.

O Nexus 7 conta com tela de 7 polegadas, sistema operacional Android na versão 4.2, 16 GB de armazenamento interno e processador quad-core Tegra 3.

A linha Nexus está conquistando o público ao redor do mundo por contar com especificações técnicas atraentes e potentes com bons preços. 

Por Felipe Santos Bonfim


Mesmo com todas as especulações e a expectativa de que a Google lançasse o novo tablet Nexus 7 no mercado brasileiro antes do Natal, o dispositivo só chegará ao Brasil no ano que vem.

O motivo para o lançamento somente em 2013 seria devido ao fato de que a Google está adaptando o tablet às características exigidas pela Anatel, para que a homologação aconteça rapidamente. A ideia é conseguir a aprovação o quanto antes para que o Nexus 7 chegue às lojas no início do ano. Outra justificativa é que o sistema tributário aqui no Brasil dificulta um pouco também a questão da importação do produto.

Além disso, de acordo com Hugo Barra, no ano que vem a Google Play será bastante ampliada no mercado brasileiro, pois começará a oferecer revistas, músicas e séries de TV para os consumidores do Brasil. Entretanto, ainda não há um período específico do ano previsto para isso acontecer.

Mesmo com as informações divulgadas, nada foi dito sobre como a venda será feita, se a Google o fará diretamente ou fechará parcerias para tal. Porém, há informações de que o preço do tablet não será tão acessível como é nos Estados Unidos.

Por Guilherme Marcon


Após o lançamento do novo iPad Mini da Apple, no dia 23 de outubro, o tablet da Google com 8 GB de armazenamento, o Nexus 7, teve suas vendas suspensas na loja da gigante das buscas.

Na Play Store a mensagem que pode ser vista na página do Nexus 7 com 8 GB é a de “em breve”, porém, sem possibilidade de sequer encomendá-lo. Conforme informações do site Android Central, o aparelho foi retirado de vendas pelo fato de que a versão com 16 GB será lançada com o mesmo preço da com 8 GB, que era de US$ 199 (mais ou menos R$ 400 sem impostos). Junto da disponibilização de vendas do Nexus 7 com 16 GB, será disponibilizado o novo Nexus com tela de 10 polegadas produzido pela Samsung.

Entretanto, vale lembrar que para os brasileiros a Google Play Store ainda não está disponível, então não é possível acessar qualquer dispositivo Nexus para compra no território brasileiro. Além disso, não há previsão para chegada dos tablets Nexus ao Brasil, nem o lançamento da loja da gigante das buscas.

Os novos dispositivos, como o Nexus com tela de 10 polegadas, foram apresentados no evento que aconteceu no dia 29 de outubro. De fato a briga entre Apple e Samsung + Google fica cada dia mais intensa.

Por Guilherme Marcon


Recentemente surgiram boatos de que o Google estaria planejando um novo lançamento de um tablet no final deste ano, visando as compras de natal. O aparelho seria uma versão simplificada do Nexus 7 e custaria apenas US$ 99.

De acordo com o site Digitimes, diversas empresas asiáticas estão se envolvendo na produção do novo tablet, em uma preparação para um grande volume de encomendas. Entretanto, a versão de baixo custo do tablet com Android puro do Google teria que ser reformulada, de modo que teria hardware muito mais simples, sendo produzido com processador de um núcleo da WonderMedia, ao invés da Nvidia. Além disso, a tela também seria produzida por outra empresa, neste caso a HannStar Display.

Se este rumor for confirmado, a Asus acabaria ficando de lado na produção da nova versão do tablet. Entretanto, o Google não se pronunciou sobre o assunto e, quando procuradas, a Quanta Computer (que ficaria no lugar da Asus) e a Asus preferiram não se pronunciar também.

Sendo assim, as informações podem não passar de meros boatos para aquecer um pouco o mercado tecnológico. Porém, há algum tempo, antes do lançamento do Nexus 7, informações de um tablet do Google que custaria US$ 99 foram divulgadas na internet.

Por Guilherme Marcon


Há vários concorrentes do iPad no mercado, mas sem nenhuma dúvida o Nexus 7 da Google é o que mais conseguiu se destacar dentre eles. Para confirmar essa informação, David Change (CFO da Asus) deu sua declaração ao “The Wall Street Journal” e falou que por mês são vendidos aproximadamente 1 milhão de aparelhos no mundo todo.

O CFO disse que no início eram vendidos cerca de 500 mil aparelhos Nexus 7, depois passou para 600 mil, depois 700 mil e no mês passado o tablet atingiu a marca de quase 1 milhão de aparelhos vendidos. Ainda que o tablet esteja longe de conseguir chegar aos números do iPad, a informação revela claramente que diversos consumidores estão dispostos a gastar seu dinheiro em outros aparelhos e não só nos da Apple como acontecia antigamente.

O Nexus 7 vem fazendo tanto sucesso que na última terça-feira (dia 30 de outubro) a fabricante revelou que pretende aumentar consideravelmente o número de unidades do tablet que ela envia aos fornecedores e isso acontecerá já no terceiro trimestre de 2013. Mesmo a Google não revelando o total de unidades vendidas oficial, o mercado espera que a produção do aparelho suba para 200% comparado ao segundo trimestre do ano comercial.

Por Felipe Santos Bonfim


Na última quinta-feira, 25 de outubro, a FCC, agência reguladora da telefonia norte-americana, deu a confirmação de que o Google irá lançar uma versão do Nexus 7 com suporte para conexão 3G.

O aparelho surgiu na lista de dispositivos em fase de testes da agência, e será revelado em breve.

No mês passado, o fórum MoDaCo falou sobre o lançamento da nova versão do Nexus 7 e afirmou que a companhia iria apresentá-lo em outubro. Os rumores diziam que, além da conexão 3G, a nova versão teria 32 GB de armazenamento interno e custaria aproximadamente US$ 230, algo em torno de R$ 460. 

O preço baixo do dispositivo deveria preocupar a concorrência, em especial a Apple que acaba de lançar o iPad Mini por US$ 329 para a versão de 16 GB e sem conexão 3G.

Além do Nexus 7, o Google deverá revelar o LG Nexus 4 e o Nexus 10, com display de 10 polegadas e resolução superior a Full HD. Os aparelhos deverão vir equipados com a versão 4.2 do Android.

Ainda não foi revelada nenhuma informação sobre essa nova versão do sistema operacional do Google, mas a expectativa é que ela corrija os bugs que a plataforma apresenta, ofereça novos recursos e traga melhorias no desempenho.

Por Felipe Santos Bonfim


O Google lançou o Nexus 7, seu primeiro tablet com tela de 7 polegadas e processador NVIDIA Tegra 3. Agora, surgiram informações de que a empresa está com planos de lançar uma versão maior do dispositivo.

De acordo com algumas fontes ligadas ao site DigiTimes, o Google já iniciou o processo de produção e o novo aparelho da linha que terá display de 10 polegadas.

Segundo os rumores, a empresa de Sergey Brin estaria trabalhando em conjunto com a AU Optronics para desenvolver a nova versão do tablet, e a fornecedora dos painéis do Nexus 7, a Wintek, ficaria responsável de produzir as telas com as dimensões maiores. Além da Wintek, a TPK Holding também faria parte do fornecimento dos componentes da nova versão do Nexus tablet.

Ainda não há nenhuma previsão de quando o Google irá lançar o dispositivo, mas algumas evidências mostram que isso deverá demorar a acontecer. De acordo com o site SlashGear, a gigante das buscas pretende estimular o desenvolvimento de aplicativos para Android que sejam compatíveis com telas maiores, nem que para isso ela tenha que vender seus aparelhos com pouca ou nenhuma margem de lucro.

Por Guilherme Marcon


Vários detalhes do novo tablet do Google, o Nexus 7, estavam sendo especulados nos últimos meses, sempre surgiam informações na mídia de fontes anônimas sobre as características do produto. Na última segunda-feira, 25 de junho, algumas imagens e as especificações do tablet foram publicadas através de um blog australiano.

O site australiano alegava ter recebido um documento que detalhava o lançamento do tablet, acompanhado de algumas imagens renderizadas que, ao que parece, eram o design do novo aparelho.

Segundo o documento, o Nexus 7 contaria com tela de 7 polegadas, processador quad-core Tegra 3 com 1.3 GHz, CPU GeForce com 12 núcleos, memória RAM com 1 GB e câmera frontal de 1.2 megapixels. A bateria do tablet teria duração de até 9 horas de uso. Além disso, no documento ficou confirmado que o tablet será fabricado pela ASUS e deverá chegar com o Android Jelly Bean.

O Nexus 7 deverá custar US$ 199 para o modelo de 8 GB e US$ 249 para a versão 16 GB.

Os rumores divulgados pelo site realmente foram confirmados e o tablet foi anunciado durante o Google I/O, no dia 27 deste mês.

Por Guilherme Marcon


Rumores indicam que o Google irá aproveitar a próxima edição do evento I/O, organizado pela própria empresa, que acontecerá entre os dias 27 e 29 de junho no Moscone Center, em São Francisco, para mostrar ao público seu novo tablet, o Nexus 7. O dispositivo foi desenvolvido em parceria com a ASUS e deverá ser fabricado pela Quanta Computer.

O site DigiTimes conseguiu algumas informações e, segundo elas, o dispositivo conta com tela de 7 polegadas e teve sua distribuição iniciada no começo de junho deste ano, e já deverá estar disponível no mercado a partir do próximo mês. Espera-se que no mínimo 3 milhões de aparelhos sejam produzidos no próximo semestre.

Jonney Shih, CEO da Asustek, deverá estar presente na apresentação do novo tablet. Devido ao baixo custo, estimado em US$ 199, o dispositivo irá contar apenas com conexão Wi-Fi e não possuirá câmera traseira, apenas uma câmera frontal que servirá para videochamadas.

Dentre os softwares que irão acompanhar o produto, está presente uma versão do Google Chrome aprimorado com alguns códigos que prometem solucionar os problemas de compatibilidade com outros aplicativos.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: