De acordo com o site MacRumours, parece que a nova geração do Mac Pro deverá ser lançada no segundo trimestre deste ano. As informações foram transmitidas pela France Systèmes, revendedora francesa da Apple.

Conforme a divulgação, as vendas do Mac Pro serão encerradas no dia 1º de março devido à nova legislação do Regulamento IEC 60950-1, que passa a valer no mesmo dia. Essa legislação, que vale em todo o território da União Europeia, evidencia a maior necessidade com relação ao sistema elétrico dos PCs que são vendidos e o Mac Pro, da Maçã, infelizmente não está de acordo com as novas regras.

Além disso, de acordo com a fornecedora, a Apple estaria tentando alterar o hardware do seu aparelho para conseguir estar de acordo com a legislação o quanto antes. A informação foi repassada em um newsletter. No e-mail, está a afirmação que de a Maçã está desenvolvendo uma nova versão do seu computador e ela será lançada até o mês de julho deste ano.

Quem quiser adquirir o Mac Pro com as configurações atuais, pode fazê-lo via estoques das lojas autorizadas. Porém, espera-se que o PC esteja esgotado em todo o mercado europeu muito em breve.

Por Guilherme Marcon


Há pouco tempo, o site Netkas conseguiu descobrir que a próxima geração do Mac Pro poderá ter suporte para as placas Radeon HD 7000.

A descoberta foi feita por meio dos códigos do Mac OS X 10.8.3, indicando que as placas da AMD estão na listagem de itens de hardware suportados pela plataforma da Maçã. Entretanto, não faz muito tempo que a relação entre a Apple e a AMD ficou enfraquecida, pois aconteceram diversos problemas no fornecimento de hardware por parte da AMD, deixando a Maçã “na mão”, além dos contratempos com peças que superaqueciam. Assim, a empresa de Tim Cook resolveu cortar relações.

Só que com a revelação do suporte, provavelmente a Apple vai oferecê-lo oficialmente para as placas da AMD, dando a possibilidade de os usuários optarem por elas, caso tenham interesse. Mesmo assim, dificilmente a Apple confiará na AMD em questão do desenvolvimento em grande escala.

Conforme o site Softpedia, além da Radeon HD 7000, a lista de itens conta com a Radeon HD 7900 (utilizando a GPU Tahiti), que é, até então, a melhor placa de vídeo disponibilizada pela AMD, o que forneceria alto desempenho aos Macs Pro.

Por Guilherme Marcon


No começo do mês de agosto, alguns rumores diziam que a Apple iria acrescentar à sua lista de produtos uma versão do MacBook Pro com tela de Retina de 13 polegadas. Agora, novas informações surgiram e pode ser que isso realmente seja verdade.

As novas informações revelam que os displays mais modernos da Apple já estão sendo fabricados junto com a versão menor do notebook da companhia. As novas telas estão sendo produzidas desde o início do terceiro trimestre de 2012 pela LGD, Sharp e Samsung.

O lado bom da tela de Retina é a grande densidade de pixels, que é capaz de reproduzir conteúdos com resolução de 2880×1800. Os resultados são imagens com muito mais nitidez e cores mais vibrantes.

Outro lado positivo é o preço do novo produto. Como era de se esperar, o valor da nova versão do MacBook Pro com tela de Retina deverá ser mais baixo.

Levando em consideração que o produto começou a ser produzido há certo tempo, a expectativa é que a Apple lance a nova versão do notebook entre setembro e dezembro de 2012, inicialmente nos Estados Unidos.

Por Felipe Santos Bonfim


De acordo com o site Ubergizmo, a Apple deve lançar no segundo semestre deste ano as novas versões do Mac Pro.

Segundo o site, o processador presente nos novos computadores será o Ivy Bridge da Intel. Já as placas gráficas presentes no aparelho serão substituídas pelas placas da Nvidia, o motivo desta substituição se deve aos problemas ocorridos na parceria com a AMD.

As novas placas gráficas da Nvidia, chamadas Kepler, ainda vão estrear no mercado. Já devido aos problemas de aquecimento que os computadores Apple tiveram, e tendo em vista que a Intel divulga que seus processadores atuais possuem cerca de 30% mais eficiência no consumo de energia (reduzindo o calor dissipado pelo computador), a utilização do modelo Ivy Bridge de processador é a melhor opção.

Conforme o site M.I.C Gadget, os produtos Intel e Nvidia ajudarão a Apple a manter a sua vantajosa margem de lucro com a linha Mac, isso talvez nos mostre que os preços dos novos computadores sejam similares às versões anteriores.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: