Novo e-reader chegam com resistência à água e serviço de assinatura de livros.

A Amazon lança no Brasil a nova versão do Kindle paperwhite. O aparelho resistente à água, será comercializado no valor de R$ 499,00. Além de oferecer uma memória com o dobro da capacidade da versão anterior, a Amazon também oferece três meses de Kindle Unlimited, que permite aos usuários a leitura de quantos livros desejarem, gratuitamente, pelo período de três meses.

As mensalidades do serviço serão cobradas após esse período,como uma espécie de Netflix literária. Veja outros detalhes

Kindle Paperwhite

O novo leitor digital, de acordo com o fabricante, poderá ficar submerso em água doce em uma profundidade de até 2 metros por no máximo 60 minutos. Claro que a proteção IPX8 contida no aparelho, não foi feita para permitir longas horas em mergulho. Ela existe para evitar acidentes, quando estamos lendo aquele e-book e não queremos parar de ler durante atividades que envolvem água, como lavar louça ou ler a beira da piscina.

O conteúdo do catálogo contido no programa Kindle unlimited reúne cerca de 1,5 milhões de ebooks, incluindo toda saga Harry Potter, da autora JK Rowling. Lembrando que a gratuidade de acesso por três meses termina no dia 7 de março, quando a Amazon deixa de oferecer a promoção.Quem adquirir após essa data, tem acesso a um mês gratuito.

Especificações técnicas

O leitor digital tem uma tela alinhada as bordas, com 6 polegadas sendo 300 pixels a cada polegada. Como num smartphone, o design escolhido pela Amazon nesta versão traz à tela plana, mas não cansa a visão como em outros dispositivos eletrônicos.

A iluminação pode ser regulada de acordo com o ambiente e necessidade do usuário. Independente do espaço estar escuro ou apresentar luz solar, a leitura ainda será eficiente.

Também existe a opção claro / escuro, em que o leitor pode inverter as cores, deixando assim as letras brancas e a cor de fundo preta, por exemplo.

Se o usuário desejar ainda uma memória maior para seu aparelho, tem a versão Kindle 32GB no valor de R$ 649,00. A empresa informa que esta capacidade é para atender a demanda dos leitores de mangás e quadrinhos de forma geral, contemplando também os adeptos dos audiolivros. A Amazon, não informa sobre quando irá comercializar o Audible em português, mas está atenta às necessidades dos usuários brasileiros, buscando oferecer sempre um vasto conteúdo.

Sobre E-reader

Existe uma discussão antiga, que teve início com o surgimento dos ebooks, sobre se eles substituiriam os livros impressos.O que podemos observar desde o lançamento dos primeiros leitores digitais, é que os e-readers ampliam as possibilidades de leitura, proporcionando um aumento significativo na quantidade de livros lidos.

O kindle tornou-se o leitor digital preferido das pessoas, por ele ter sido elaborado justamente para conquistar os leitores mais resistentes a esse tipo de leitura.

Assim, o Kindle paperwhite proporciona uma experiência agradável, por sua tela não ser lcd e não cansar a visão. Os usuários encontram uma tela mais próxima o possível de um livro impresso. Também é possível fazer assinatura de revistas e jornais e importar livros e pdf de outros dispositivos.

Com o kindle, os usuários podem fazer marcações, consultar palavras desconhecidas no dicionário em português ou inglês, criando assim uma lista com seu próprio vocabulário extraído das leituras, já que o dispositivos salva todas as suas consultas.

O kindles também calcula seu progresso na leitura, o tempo gasto para ler cada página e quanto tempo falta para terminar o livro com base no seu progresso individual.

É possível também customizar a diagramação dos livros, aumentando a fonte ou trocando o tipo das letras.

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Após diversos rumores serem divulgados na internet, finalmente a Amazon anunciou oficialmente o seu novo leitor digital com diversas melhorias. O aparelho ganhou o nome de Kindle Paperwhite e trata-se de uma evolução do Kindle Touch.

Dentre as novidades, a principal é a nova tecnologia que foi aplicada na tela, que se mantém como a e-ink no quesito economia, porém ganha uma camada de fibra ótica para distribuir a luz emitida pelos LEDs de forma mais eficaz. Assim, o usuário pode ler de forma mais tranquila e agradável, sem que haja prejuízo na autonomia da bateria do dispositivo, que dura até 8 semanas em uso contínuo.

Outras melhorias foram feitas em questão da qualidade de imagem, pois o novo Paperwhite tem 25% mais contraste e 62% mais pixels por polegada do que o Touch. Além disso, agora o usuário pode ler livros na resolução de 1028 x 768 pixels também.

O design do Kindle Paperwhite se assemelha muito ao novo Kindle Fire, pesando 213 gramas e medindo apenas 9.1 milímetros de espessura, o que facilita muito o seu manuseio e transporte.

As vendas do novo Kindle Paperwhite iniciarão, de acordo com a Amazon, no dia 1º de outubro. A versão mais básica custará US$ 119 e a versão com 3G sairá por US$ 179.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: