No final de fevereiro, o site Mashable divulgou uma notícia informando que o Instituto Brasileiro de Direito da Informática (IBDI) entrou com um processo contra a Apple referente ao iPad 3.

Apesar de a quarta geração do iPad ter agradado muita gente, muitos consumidores brasileiros ficaram descontentes com o anúncio do iPad 4 em outubro do ano passado. Isso, porque o lançamento aconteceu apenas sete meses depois de o iPad 3 ter sido anunciado.

Por isso, o IBDI resolveu processar a Maçã tendo em vista a obsolescência supostamente programada do iPad 3. De acordo com o Mashable, o Instituto Brasileiro afirma que a Apple deveria ter disponibilizado as atualizações liberadas no iPad 4 já no iPad 3 e por não ter feito isso acabou usando de uma forma desleal de negócio.

Segundo o que foi divulgado pelo advogado do IBDI, os consumidores compraram o iPad 3 tendo em mente que ele era um tablet de ponta, mas na verdade já era uma versão obsoleta, pois o iPad 4 provavelmente já estava com seu desenvolvimento bem avançado para ter sido lançado em outubro.

Se a Apple perder essa ação judicial, pode ser que pessoas que compraram um iPad 3 na época recebam alguma indenização ou bonificação para adquirir um iPad 4.

Por Guilherme Marcon


Se não bastassem os problemas já relatados com o novo iPad, pouco tempo depois de ele ser lançado, os hackers da Dev-Team conseguiram fazer o jailbreak no aparelho.

Ao que parece, o chip A5X, que vem equipando a terceira geração do iPad, é vulnerável aos mesmos problemas que o antigo A5, que está no iPhone 4S e no iPad 2.

Por essa vulnerabilidade, os hackers conseguiram desbloquear o novo iPad por meio de três métodos diferentes e publicaram fotos de tal feito, mostrando o Cydia rodando no tablet da Apple.

Mesmo que essa seja uma “boa notícia”, isso não garante que já passará a existir uma ferramenta para desbloquear o seu novo tablet da maçã. Simplesmente, porque agora os hackers começarão a fazer testes de estabilidade, para depois criar uma ferramenta definitiva que faça o processo de hackeamento de forma automatizada.

Somente após todos os testes nos novos iPads confirmarem que não há falhas e problemas com o destravamento, é que os hackers irão liberar para o público a ferramenta para o desbloqueio dos aparelhos comprados.

Por mais que ainda vá demorar algum tempo para lançarem a ferramenta, é provável que esta saia juntamente com o jailbreak para o iOS 5.1 do iPhone 4S e do iPad 2.

Por Guilherme Marcon


O novo iPad da Apple chegou a mais 26 novos países na última sexta, dia 23 de março. O tablet, que foi lançado oficialmente dia 16 de março em alguns países, ainda não tem data de lançamento no Brasil.

Mesmo com as reclamações sobre o novo iPad, o aparelho conseguiu ser sucesso de vendas. Em apenas 3 dias foram vendidos 3 milhões de unidades, isso somente nos Estados Unidos, de acordo com a Apple.

O aparelho possui tela de retina de alta resolução, conexão com internet 4G e poder de processamento gráfico muito maior que suas versões anteriores.

Nessa segunda leva, os países que receberam o iPad foram: Bulgária, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, República Checa, Grécia, Hungria, Finlândia, Islândia, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Macau, Luxemburgo, México, Nova Zelândia, Holanda, Noruega, Portugal, Polônia, Romênia, Eslovênia, Eslováquia, Suíça e Suécia.

Até o momento ainda não foi divulgada nenhuma informação oficial da Apple sobre a chegada do iPad ao Brasil. A última notícia que foi divulgada é de que o novo tablet ainda nem passou pelo processo de homologação da Anatel, fator importantíssimo para que produto chegue ao mercado brasileiro.

Por Guilherme Marcon


Foram relatados alguns problemas de aquecimento anormal no novo iPad. Uma organização norte-americana de defesa do consumidor muito influente está investigando estes relatos.

O grupo Consumer Reports, que realiza testes de carros e eletrônicos, resolveu fazer uma análise no aparelho após surgir alguns comentários na internet de pessoas que teriam adquirido o aparelho e também após ter sido divulgada uma notícia sobre este assunto no site da empresa Apple.

O grupo irá publicar as conclusões em que chegaram ainda está semana, depois de realizar vários testes no aparelho.

Segundo um represente da Apple, o iPad está dentro das especificações térmicas da empresa.

A nova versão do iPad chegou às prateleiras na última sexta-feira, dia 16 de março, e já foram vendidos mais de 3 milhões de unidades.

Em sentido geral, as críticas sobre o novo tablet foram bem positivas. Porém, alguns especialistas dizem que o novo iPad está bem longe de ser revolucionário.

Na sexta-feira antes dos comentários referentes ao calor excessivo do novo iPad, a notícia que circulava na mídia era de que o aparelho estava se revelando o melhor tablet até o momento.

Por Guilherme Marcon


Para os fanáticos pelos equipamentos lançados pela Apple que já estão pensando em trocar o seu iPad 2 pelo 3, que será lançado esta semana nos Estados Unidos e em diversos outros países, uma excelente notícia. A empresa anunciou esta semana um programa de incentivo para que os consumidores comprem o mais novo lançamento da empresa. A Apple fez uma página especial na internet apenas para divulgar esta novidade.

O que a empresa está oferecendo para os clientes que pretendem colocar o seu iPad 2 no negócio são cupons de desconto, que poderão ser utilizados em qualquer loja da Apple na compra de um iPad 3. Utilizando esse cupom que o cliente vai receber, ele poderá trocar o seu tablet antigo e receber um desconto na compra do novo iPad.

Os valores oferecidos vão variar de acordo com o modelo de iPad 2 que o consumidor possui, sendo que o desconto poderá chegar até US$ 320,00. Mas para participar o iPad não poderá ter nenhum defeito e estar em perfeito estado de uso, utilizando o sistema operacional original.

A promoção não é válida para o Brasil.


O mercado dos tablets cresceu muito rápido no Japão, teve um aumento de 3,6% de outubro a dezembro em comparação com mesmo período de 2010.

Nesta sexta-feira, dia 16 de março, começou a ser vendido no Japão o novo iPad, quase um ano depois do lançamento do iPad 2. O novo tablet da Apple chegou às lojas japonesas custando entre 42.800 ienes (US$ 508) e 58.800 ienes (US$ 698).

O público estava com grandes expectativas e enfrentaram longas filas nas portas das lojas da Apple. O primeiro felizardo a adquirir o aparelho foi um universitário japonês que estava na porta da loja desde quarta-feira.

 Às 8h em Tóquio as portas da principal loja da Apple foram abertas com duas horas de antecedência, 450 pessoas aguardavam ansiosamente para comprar o novo modelo do iPad.

As principais novidades do novo tablet da Apple são: uma tela táctil com alta resolução (2.048×1.536 pixels), um processador de quatro núcleos, além de comando de voz e conexão de alta velocidade.

No Japão a Apple domina o mercado e está muito a frente de seu principal concorrente, a Sony.

A Apple espera vender no ano de 2012 cerca de 75 milhões de unidades do novo tablet, é quase o dobro dos tablets comercializados em 2011.

Por Guilherme Marcon


No dia 28 de fevereiro a gigante Apple enviou um convite para integrantes da mídia, como jornalistas de vários veículos. O convite chamava-os para um evento que a empresa irá proporcionar no dia 07 de março, em  São Francisco (EUA).

Os rumores são em relação ao lançamento do iPad 3. Mas não é para menos, tendo em vista que o convite veio com uma imagem do iPad e com a frase: "Nós temos algo que você realmente precisa ver. E tocar".

Se for verdade, a Apple estará cumprindo com os lançamentos anuais de aparelhos, pois o iPad 2 foi lançado em março de 2011. O bom de tudo é que a Apple lança os aparelhos no mercado muito rápido após anunciá-los para a mídia.

Mesmo a empresa não dando nenhum detalhe sobre o motivo do encontro com a mídia, ela quis dar grandes indícios – já para gerar especulações, é claro – de que é algo relacionado ao suposto lançamento da terceira geração do iPad. Principalmente pelo encontro acontecer onde a Apple já realiza grandes lançamentos: Yerba Buena Center for the Arts, em São Francisco (EUA).

Só nos resta aguardar a confirmação do que será divulgado, faltam poucos dias!

Por Guilherme Marcon


Uma informação não oficial, porém de boa procedência, andou causando furor entre os geeks e applemaníacos mundo afora. O site All Things D publicou no último mês que a Apple estaria pronta para mostrar ao mundo seu novo e aguardado filhote, o iPad 3.

Segundo o site, a Apple vai lançar seu novo tablet na primeira semana de março, na cidade de São Francisco (Califórnia).

Entre as novidades do novo iPad,  estaria uma tela com resolução de 2.048 x 1.536 pixels, semelhante à Retina Display do iPhone 4 e 4s.

Outra novidade poderá ser a presença de uma bateria com maior capacidade, o que pode deixar o aparelho um pouco mais grosso que seu antecessor, com cerca de 1 milímetro a mais. Apesar disso, dizem que as bordas do novo iPad estariam mais finas.

É esperado que o novo tablet da Apple venha com um chip gráfico melhor do que o atual A5 e com um processador de dois núcleos, que promete mais potência.

Outro boato divulgado por sites especializados é de que o novo iPad 3 teria uma câmera de 8 megapixels. Vale lembrar que atualmente o aparelho possui uma câmera traseira de apenas 0.7 MP e outra frontal VGA.

Por Simone Lima


Com a febre mundial do iPad, nada mais justo do que a Apple lançar um modelo novo a cada ano, não é? O lançamento do iPad 2 aconteceu no ano passado e cerca de sete dias depois, o aparelho já estava disponível para compra.

Não há pronunciamento oficial da Apple sobre o assunto, mas a espera pelo novo modelo pode estar chegando ao fim. Conforme o site Repair Labs – e sua divulgação da imagem da parte traseira do iPad 3 – o novo aparelho terá uma bateria maior e a sua câmera terá um novo layout.

As especulações são inúmeras, porque afinal de contas todos esperam com ansiedade pelo novo iPad da queridinha Apple. E, assim, são muitos os boatos feitos em torno do aparelho, e o que todos indicam é que a aparência será similar ao do antecessor, o iPad 2, porém com muito mais rapidez e melhoria no processamento gráfico, e também a nova tela com Retina Display  terá resolução de 2048 x 1536.

Agora só nos resta aguardar para saber se 2012 será o ano do novíssimo iPad3.

Por Guilherme Marcon


Rumores indicam que o iPad 3 poderá chegar ao mercado norte-americano em março. Essa informação foi veiculada pela agência de notícias Bloomberg e tal fato coincidiria com o lançamento do modelo anterior – 11 de março de 2011.

Ao que tudo indica, o tablet terá um processador de quatro núcleos, conexão 4G dotada da tecnologia LTE (Long Term Evolution) que permite que o usuário utilize velocidades de até 100Mb/s de Download e uma tela com uma resolução 4 vezes maior, em relação ao modelo anterior. 

O iPad 3 poderá ter duas configurações. A primeira mais robusta com resolução em 2048×1536 pixels em sua tela. Já o segundo modelo, de entrada, viria com 1024×768 pixels. A intenção da empresa ao fazer um modelo mais simples é brigar com o Kindle Fire da Amazon.

Em resposta as críticas feitas ao iPad 2, haverá modificações na câmera do produto que tinha resolução de 1 megapixel. Os modelos do iPad 3 poderão ter câmera de 5 megapixels da Samsung, ou então, 8 megapixels da Sony. 

Há a possibilidade de que os funcionários da Foxconn – empresa responsável por fazer os aparelhos da Apple – estejam trabalhando num regime de 24h, para atingirem a provável demanda do tablet. No começo do mês, um grupo de aproximadamente 150 trabalhadores protestou após o anúncio de que seriam transferidos de unidade.   

Por Felipe Ogawa





CONTINUE NAVEGANDO: