Novos modelos de computador são ideais para estudantes.

Excelente notícia para os estudantes do mundo todo. A Acer lança seus novos Chromebooks especialmente pensado para estudantes, e que serve tanto para os alunos ainda no fundamental ou colegial quanto para os universitários. E nós vamos te contar todas as novidades desses produtos inovadores.

Mas o que é um chromebook?

É um laptop criado para funcionar baseado completamente na web. Mas que também pode ser usado com pacotes Office e de forma offline, sem conexão web. Os primeiros modelos foram criados pelo Google com sistema de operação OS Chrome.

A diferença ente o Chromebooks e os laptops comuns é que os Chomesbooks são super portáteis e a leveza é o grande diferencial. As pessoas podem transportá-lo com muito mais tranquilidade e segurança. E eles ainda possuem entrada USB para HD externo e pendrives.

Os novos modelos de Chromebooks da Acer são os Spin 311 e Spin 511, apresentados na Bett Brasil Educar que aconteceu em São Paulo. Esse é um evento criado para tratar e mostrar novidades da tecnologia na educação. E é o maior e melhor América Latina.

Veja as principais características dos Modelos Spin 311 e Spin 511:

  • Eles possuem certificação MIL-STD 810, que são uma série de normas rigorosas criadas pelo departamento de defesa dos Estados Unidos para garantir a robustez de todos os equipamentos móveis. Isso quer dizer que os Chromebooks da Acer tem garantia de resistência para quedas de alturas de 122 cm e com até 60 kg de força descendente. Traduzindo, quer dizer que eles foram testados em queda livre com aplicação de força de 60 kg, em posições diferentes e resistiram;

  • Como se a certificação MIL-STD 810 não fosse suficiente, eles também também passaram por certificação de mais dois parâmetros de segurança de brinquedos, o UL/IEC 60950-1 e o ASTM F963-16. Isso garante que mesmo crianças ainda pequenas possam usar os Chromes sem nenhum risco;

  • O processador é mais rápido e a bateria tem autonomia muito maior que os modelos já existentes no mercado;

  • Possui de uma a duas entradas USB 3.0 e de uma a duas entradas USB 3.1, que é a Tipo-C. Essa entrada permite que as transferências de dados sejam mais ágeis, em velocidade de até 5Gbps . E também possibilita que o usuário possa mudar o tipo de saída vídeo;

  • Tela de 11,6 polegadas;

  • Bluetooth de até 5.0

O Acer Chromebook Spin 511 tem como principais diferenciais ser conversível, com dobradiças que podem abrir até 360º. Ele pode ser usado como tablet ou notebook. Permitindo que o usuário utilize conforme suas necessidades do momento. O processador é o ‘Intel Celeron’ e você escolhe entre o ‘dual-core N4000’ ou o ‘quad-core N4100’.

Ele tem tela touch screen antimicrobiótico que confere, além de maior limpeza, maior resistência da tela. Sua tela fica livre de odores por crescimento microbiano e de manchas ou marcas de dedos.

Dispõe também de uma caneta que pode ser adquirida opcionalmente. Trata-se da caneta ‘EMR Wacom’, que serve para fazer anotações e esboços.

Outro opcional é a câmera de 5.0 MP que foca de forma automática para vídeos e fotos.

O Acer Cromebook 311 tem um teclado resistente que suporta até 330 ml de água que for acidentalmente derramada sobre ele, protegendo assim os componentes internos.

Esse modelo traz mais opções, o R721T ou o C721. Você pode escolher entre ter uma tela touch na versão R721T com antibacteriano e as dobradiças 360º ou tela tradicional da versão C721 com uma lente especial grande angular na sua webcam. Ambas vem com processador mais recente, o AMD A4-9120C (dual-core de 1.6GHz), webcam HD e GPU Radeon R4.

Em breve em terras brasileiras, será lançado esse ano na Europa, África, EUA e Oriente Médio, sem preço divulgado até agora.

Cristiana Pereira dos Santos


Google prepara nova ferramenta para gerenciar o armazenamento nestes dispositivos.

Inicialmente a proposta de lançamento do Chromebook era trabalhar somente com ferramentas online. Isso mesmo: Era. O Chorme OS oferecia apenas aplicativos e serviços de armazenamento na nuvem, dando sensação de um dispositivo mais barato com poucos gastos de bateria, baixo armazenamento interno e um processador simples.

Mas com o aumento de funcionalidades e aplicações off-line, o Google sentiu a necessidade criar uma ferramenta que ajudasse na gerência de armazenamento. Então vejamos o que companhia andou planejando:

O hardware deste tipo de aparelho é bem simples e por trabalhar com a tecnologia de armazenamento em nuvem consegue da mesma forma ter o desempenho de aparelhos mais caros. Com processadores de frequência de aproximadamente 1,6 GHz , estes aparelhos possuem 2GB de RAM, 11 polegadas, entrada para slot de até 128 GB e a presença de uma câmera na parte superior do display que grava em 720p. O hardware simples traz vantagens em relação a duração da bateria, que chega a ter autonomia de até 11 horas, a mobilidade do aparelho, que pesa apenas 1,15 kg, também consta entre os pontos positivos.

O novo serviço por enquanto está disponível apenas para os desenvolvedores.

Está nova ferramenta terá a função de ajudar o usuário a manipular melhor os dados que armazenou, como downloads e aplicativos, pois a maioria dos Chormebooks contam com apenas 16 GB de armazenamento SD onboard. A prioridade inicial da máquina era trabalhar com a maioria dos arquivos na nuvem, ou seja, online, mas como atualmente ele já possui diversas funcionalidades off-line, tornou-se necessário acrescentar a ferramenta.

A maior novidade dos Chromebooks está na possibilidade de poder trabalhar com aplicativos Android, mas de acordo com especialistas, a atualização só chegará no Brasil em dezembro deste ano.

De acordo com o porta-voz da empresa, François Beaufort, o gerenciador de armazenamento ainda está nos primeiros estágios. A ferramenta de gerenciamento entre outras funções terá a capacidade de informar sobre a capacidade geral do dispositivo, o espaço disponível e quantias referentes ao armazenamento que está sendo usado e downloads já feitos.

De qualquer forma, antes de qualquer aplicação mais avançada para os desenvolvedores e usuários possa surgir efetivamente, vale lembrar que tem algumas “coisinhas” que podemos fazer com o Chromebook sem internet.

Entre elas podemos não apenas criar, mas também editar documentos.

Pesquisar e escrever e-mails também é possível. Isso porque algumas extensões permitem acessar as contas, pesquisar mensagens e até escreve-las. A questão é que, claro, somente serão enviadas quando o sistema for novamente conectado. São apenas algumas, mais tem muito mais.

Por Denisson Soares


Novo notebook possui ótima configuração para as tarefas do dia a dia e chegará ao mercado em outubro.

Os notebooks de baixo custo equipados com o sistema operacional do Google, o Chrome OS, estão cada vez mais populares entre os consumidores de todo mundo, em especial nos Estados Unidos. Os Chromebooks são uma excelente alternativa para os que buscam a mobilidade do notebook com um preço bastante em conta. A HP, uma das fabricantes que investe no modelo, anunciou o lançamento do Chromebook 11 G5.

Trata-se de um laptop com uma tela touchscreen (sensível ao toque) de 11 polegadas. Vale a pena ressaltar que todos os notebooks com o Chrome OS, incluindo o novo notebook da HP, passarão a executar aplicativos Android, o que lhes garante milhões de apps presentes na Google Play Store. Com isso, os aparelhos ficaram mais atraentes e certamente o Chromebook 11 G5 está na lista. Ele conta com uma tela sub HD de 11,6 polegadas. Haverá uma versão que contará com Gorilla Glass, resolução HD e tecnologia IPS.

Por dentro o notebook conta com um processador Intel Celeron N3060 de 1.6 GHz. Tal potência é suficiente para as principais tarefas do dia-a-dia, como navegar na internet, assistir vídeos, utilizar editor de textos e verificar emails e redes sociais.

Um dos pontos mais fortes do Chromebook 11 G5 é sua bateria. A HP garante que o laptop pode aguentar até 11 horas sem precisar estar conectado a uma tomada de energia. Ao adicionar a tecnologia de tela sensível ao toque em computadores de baixo custo, a HP sai na frente de suas concorrentes, como Asus e Samsung, que também fabricam notebooks da linha Chromebook.

O laptop da HP adota linhas comuns da fabricante em seus outros notebooks com Windows. Por isso, os usuários podem esperar uma boa qualidade de acabamento. Tanto o logo da HP como o logo da linha Chromebook estão presentes na tampa do notebook.

O Chromebook 11 G5 deverá chegar ao mercado norte-americano em outubro deste ano. A HP ainda não divulgou nenhuma previsão de preço para o laptop. A empresa também não afirmou se pretende lançar o computador para o Brasil. Devido ao baixo preço, a empresa poderá pensar na possibilidade de comercializar o produto em terras brasileiras no próximo ano.

Por William Nascimento


Foi apresentando em São Paulo o novo notebook da Samsung, que tem como objetivo o mercado brasileiro. Trata-se do primeiro aparelho da marca com o sistema operacional Google Chrome para o Brasil. O notebook custa aproximadamente R$ 1.099. O Chromebook vem equipado com um processador Samsung Exynos 5 Dual, conta com 2GB de Memória RAM e possui tela de 11,6 polegadas. A espessura do modelo é de 1,75 cm e o seu peso é de 1,1 kg.

O modelo foi fabricado no Brasil e conta com aplicativos adaptados para o público daqui. As configurações são medianas e se tornam uma boa opção para quem prefere um notebook a um tablet. O que deixa a dever é o espaço de armazenamento, o modelo tem apenas 16 GB de memória interna, mas quem compra pode ter até 100 GB de espaço no Google Drive de graça. Outra possibilidade é a possibilidade de usar um cartão de memória de até 64 GB.

O Chromebook para o mercado brasileiro virá apenas com conexão Wi-Fi, isso por conta de uma pesquisa de mercado feita pela Samsung. A empresa chegou a conclusão de que os modelos 3G são apenas 30% do mercado e esse é o diferencial do lançamento, que segundo a empresa, terá uma versão 3G ainda este ano.

A Samsung não informou porque o modelo foi apresentado no país somente após dois anos de seu lançamento nos Estados Unidos. O primeiro Chromebook era produzido pela Acer e chegou aqui no final de 2013.

O aparelho foi desenvolvido em parceria com o Google, dessa forma, o sistema e o software casam bem e serão atualizados a cada seis semanas. Segundo os termos e condições, o usuário não terá problemas ou gastos com as atualizações. A Samsung também afirmou que o hardware e o software se dão melhor do que em muitos concorrentes.

Por Robson Quirino de Moraes


Mal teve seu anúncio, o novo Chromebook do Google já foi alvo de dúvidas em relação à sua eficácia e seu custo-benefício. Mas não é pra menos, custando cerca de US$ 1.400 nos Estados Unidos, questiona-se acerca da qualidade final e experiência de usuário.

Uma das boas e más notícias sobre o novo Chomebook Pixel é com certeza sua tela, que tem uma altíssima definição, (2560×1700 pixels). Sua tela com certeza chama a atenção, mas talvez não só pela resolução, mas também pelo formato que é 3:2. É mais quadrada que uma televisão de tubo, que segundo o Google, serve para uma melhor visualização das páginas da web, mas será que seria prazeroso ver um vídeo nessa tela?

Uma coisa é certa, o novo Chromebook Pixel é no mínimo curioso, pois tem como item opcional um modem de conexão 4G LTE, que é uma boa para um notebook, mas infelizmente só são disponibilizados gratuitamente 100MB mensais durante 2 anos, o que praticamente impossibilita quase qualquer idéia que não seja ler as notícias ou feeds de redes sociais.

Sua configuração não é a mais incrível do mundo, pois conta apenas com um processador Intel Core i5 e uma placa de vídeo Intel HD Grafics 4000 como destaques, além de um SSD de 32GB ou 64GB.

Embora seja uma ótima sacada do Google, o novo Chromebook Pixel não deve fazer muito sucesso, muito menos emplacar o sistema Chrome OS, mas versões aprimoradas do sistema e dos próximos modelos podem dar rumos diferentes às coisas.

Por Anderson Silva.


Mais uma fabricante entra na onda dos chromebooks. De acordo com o site The Verge, a HP em breve poderá lançar o Pavilion Chromebook. O produto contará com SSD de 16 GB, bateria com autonomia de até 4 horas e sistema operacional Chrome.  

O chromebook foi desenvolvido para as pessoas que precisam estar sempre online e usam bastante os serviços de armazenamento na nuvem, ou seja, que não precisam de um hardware muito potente para guardar arquivos.

Segundo o site, o novo computador da HP ainda contará com processador Intel Celeron 847 de 1,1 GHz, memória RAM de 2 GB, podendo ser expandida para até 4 GB, webcam TrueVision e entrada para cartões de memória multi-formatos.

Para se destacar a HP teria optado por um tamanho de tela de 12,1 polegadas, maior do que o escolhido pelas concorrentes Lenovo, Acer e Samsung que é de 11,6.

A Google ainda não obteve o resultado esperado devido às limitações do próprio sistema operacional. Por outro lado, o produto agrada os consumidores devido ao seu baixo custo.

Ainda que os Chromebooks tenham sido criados para usuários que utilizam mais a internet eles têm perdido espaço para os tablets e ultrabooks, que possuem configurações mais robustas e igualmente portáteis.  

Caso a HP mantenha a faixa de preço dos chromebooks do mercado, é possível que o Pavilion Chromebook se destaque por possuir melhores especificações técnicas e uma tela maior.

Por Felipe Santos Bonfim


A Lenovo decidiu investir no mercado de Chromebooks e anunciou uma versão do ThinkPad X131 que traz o Chrome OS como sistema operacional.

O notebook, que conta com tela de 11,6 polegadas e design modesto, possui foco na facilidade de transporte e na praticidade.

O novo ThinkPad não disputará no mercado com os notebooks e ultrabooks mais tradicionais e a Lenovo está totalmente ciente disto. A companhia informou que seu novo produto possui bateria com duração de um dia inteiro de escola. O notebook é barato, simples e até um pouco rústico, desenvolvido em especial para estudantes.

O modelo conta com tela de 11,6 polegadas com resolução de 1366 x 768, processador Intel e duas opções de memória RAM: 1 ou 2 GB. Por se tratar de um Chromebook, o aparelho não conta com espaço para armazenar arquivos, mas há a opção de guardá-los na nuvem ou até em cartões de memória e pendrives, pois ele conta com leitor de cartão de memória e portas USB. Além disso, ainda há saídas de vídeo: HDMI e VGA. 

A Lenovo poderá lançar o modelo no mercado no dia 26 de fevereiro e o preço sugerido é de US$ 429, algo em torno de R$ 726.

Por Felipe Santos Bonfim


No final da terceira semana de outubro, a Google anunciou o seu mais novo Chromebook, produzido em parceria com a sul-coreana Samsung.

O aparelho roda com o sistema operacional da Google, o Chrome OS, e é um notebook de nível médio, para quem busca um aparelho razoável e útil, porém, nada superpotente. Além disso, o dispositivo conta com tela de 11.6 polegadas e é muito leve, pesando cerca de 1 kg e medindo apenas 2 centímetros de espessura.

Conforme a nota publicada pela Google, o novo Chromebook inicia em apenas 10 segundos e tem a capacidade de ser ativado logo após ser bloqueado. As especificações de hardware divulgadas são: capacidade de armazenamento interno de 100 GB em SSD (via Google Drive), processador Exynos 5 da Samsung com dois núcleos, entradas USB 3.0 e 2.0, conexão HDMI, conectividade com Wi-Fi e Bluetooh 4.0, câmera na parte da frente VGA e bateria que dura cerca de 6 horas e meia.

Tendo em vista que é um aparelho da Google, o Chromebook possui integração com todos os serviços da gigante das buscas, além de diversos apps que já vêm pré-instalados. O novo Chromebook sai por US$ 249, o que equivale a mais ou menos R$ 500, sem impostos. Não há data de previsão para lançamento no Brasil. Até então, é possível comprar o novo notebook via Amazon, Google Play, Best Buy e PC World, além de que em breve o aparelho chegará às lojas especializadas.

Por Guilherme Marcon


Na última quinta-feira, 18 de outubro, a Google revelou seu novo dispositivo feito em pareceria com a Samsung, o Chromebook. O computador que conta com o sistema operacional próprio da Google, o Chrome-OS, chegará ao mercado americano até o final de outubro, com boas especificações técnicas  e preço bem abaixo da média, apenas 249 dólares.

O Chromebook conta com tela de 11,6 polegadas, é leve e super compacto, ideal para os consumidores que precisam carregar seus computadores para todos os lugares. Além disso,  o computador conta um visual bem atraente e minimalista.

De acordo com a fabricante o aparelho possui ótimo desempenho e é capaz de iniciar em menos 10 segundos. O notebook ainda conta com processador da Samsung, o Exynos 5 dual-core, porta HDMI, uma entrada USB 3.0 e outra 2.0, câmera VGA, bateria com autonomia de 6,5 horas e SSD de 100 GB .

Por contar com o sistema Chrome OS da Google ele possui integrações com todos os serviços da companhia e vários aplicativos pré-instalados da própria Google.

O Chromebook já está em pré-venda na Amazon, PC World e Best Buy e até o final do mês ele chegará a todas as lojas físicas do mercado americano e inclusive a Google Play.

Por Felipe Santos Bonfim





CONTINUE NAVEGANDO: