Para incrementar ainda mais o mercado dos aparelhos híbridos, a Asus lançou seu mais novo Transformer AiO, que é uma inovação nesse setor.

O novo Transformer AiO não é mais um notebook, mas sim um desktop que vira tablet. Quando o aparelho é utilizado como tablet, ele tem 18,5 polegadas de display, possui tela touchscreen, funciona com sistema operacional Android Jelly Bean ou Windows 8 e utiliza processador Tegra 3.

Já quando ele “vira” desktop (o que acontece apenas acoplando o tablet gigante no dock do monitor do aparelho), o dispositivo conta com entradas HDMI e USB 3.0, possui capacidade de armazenamento interno de 1 TB, utiliza um processador Core i5, tem memória RAM de 8 GB e funciona com sistema operacional Windows 8.

Apesar de ter revolucionado bastante o mercado, o novo Transformer AiO torna-se difícil de manusear quando utilizado como tablet, devido às 18 polegadas de tamanho.

O gadget não terá um custo tão elevado, pois será vendido no mercado norte-americano por US$ 1.200 dólares, mais ou menos R$ 2.400.

O novo Transformer AiO deve ser lançado no dia 12 de abril, porém, não há nenhuma informação sobre o lançamento aparelho no Brasil.

Por Guilherme Marcon


Com o avanço da tecnologia as empresas estão desenvolvendo equipamentos que possam ser usados de várias formas como o lançamento do Transformer AIO da marca Asus. Ele é um equipamento muito versátil que pode ser usado como um desktop-tablet multitouch com tela de 18.4 polegadas e com uma resolução Full HD de até 1080 pixels, também pode ser usado como tablet de um tamanho maior que o convencional, mas é um equipamento muito prático.

Quando usado na mesa ele fica acoplado a um dock e ganha a semelhança de um monitor de tela LED dispensando assim o uso de mouse, de teclado e te livra da parafernália de fios. O tablet pode ser retirado e colocado no dock de forma prática.

Ele usa processadores i3 ou i7 quando acoplado ao dock que roda o Windows 8 tranquilamente, tem um HD de 1 TB, possui 4 entradas USB 3.0, drive de DVD, um leitor de cartões de memória e saída HDMI.

Quando está em uso como tablet ele roda o Android Jelly Bean e usa o processador Tegra 3. Poderá usar os softwares da Microsoft, porém de modo remoto quando usado como tablet.

Estima-se que o aparelho chegue em abril ao mercado americano custando mais ou menos US$ 1.200, cerca de R$ 2.400, mas ainda não se sabe a data prevista para o lançamento no Brasil.

Por Mariana Rodrigues





CONTINUE NAVEGANDO: