O novo tablet da Apple, o iPad Mini, que já tem até um hotsite especial no site da Apple Brasil, recebeu uma nova homologação da Anatel em substituição à que foi liberada em novembro.

A nova homologação diz respeito ao local de fabricação do tablet, incluindo a unidade da Foxconn que está localizada em Jundiaí, São Paulo. Além disso, as informações do novo certificado da Anatel apontam o registro do aparelho A1454 por prazo indeterminado e este tablet possui versões com EDGE/GPRS e HSDPA/WCDMA/HSUPA.

Talvez com a inclusão da Foxconn de Jundiaí na lista de possíveis fábricas que produzirão o aparelho, o iPad Mini seja lançado finalmente no mercado brasileiro, já que ele foi homologado há bastante tempo e ainda não foi disponibilizado para venda.

Apesar da notícia boa de que é possível que o iPad Mini seja produzido em território nacional, nada foi informado sobre o lançamento definitivo do aparelho no Brasil. Vale lembrar que a própria Apple já começou a divulgar o gadget para os consumidores brasileiros, mesmo não o colocando à venda.

Por Guilherme Marcon


Parece que a conexão de internet banda larga no Brasil não está satisfazendo a população em geral.

Interessada em medir a qualidade da conexão de oferecida no Brasil, a Anatel está começando a distribuir o Whitebox. Trata-se de um aparelho capaz de medir a qualidade da transmissão de dados, entregue gratuitamente a cerca de 12 mil voluntários dos mais diferentes perfis espalhados pelo país.

O aparelho não tem mistério nenhum. É um medidor de velocidade, que funciona quando ligado ao aparelho roteador de empresas ou residências, gratuito, de baixo consumo de energia e que não exige nenhum conhecimento especial para ser instalado. Tudo é muito intuitivo.

Quem se dispuser a testar o Whitebox, precisa apenas possuir internet banda larga com roteador, e um computador capaz de rodar o plugin em Java, responsável por medir a velocidade.

O instituto EAQ é o responsável pela distribuição da Whitebox, e é no site da empresa que você pode se cadastrar, informando o interesse em participar dos testes, como voluntário, e preenchendo alguns dados do seu perfil, como cidade e operadora de internet.

A participação é voluntária e não remunerada.

Por Matheus Camargo

Fonte: Gizmodo





CONTINUE NAVEGANDO: