Latitude 11 Série 5000 e Latitude 12 Série 7000 chegam ao mercado podendo ser utilizados como Notebook ou Tablet.

Uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, a americana Dell, lançou dois novos produtos para o mercado corporativo. Trata-se do Latitude 11 Série 5000 e o Latitude 12 Série 7000. Ambos são focados em aplicações para empresas e são de extrema portabilidade. Os laptops são 2 em 1, ou seja, podem ser utilizados como notebooks ou tablets, conforme a necessidade do usuário.

O menor modelo conta com uma tela de 10,8 polegadas com resolução Full HD. Seu processador é o Intel Core M da nova geração Skylake, o que deve garantir bom desempenho para as tarefas profissionais. Há também portas USB C e USB 3.0, além de uma entrada micro HDMI, conectividade Wi-Fi (802.11 ac) e Bluetooth 4.1. O teclado que o transforma em notebook é vendido separadamente. Já o modelo de 12,5 polegadas possui um processador Intel Core M Skylake e tela de 2160p. Ele também fornece maior suporte para configurações de CPU mais potente. Este modelo conta com o teclado incluso. Ambos os modelos lançados pela Dell contam com duas opções de memória RAM: 4 GB e 8 GB. O armazenamento interno é a partir de 128 GB SSD. Uma caneta óptica, que pode ser utilizada para anotações no modo tablet, é vendida separadamente. Há outros acessórios especiais vendidos para os novos produtos.

A aparência dos tablets lembra de certa forma um de seus maiores concorrentes, o Surface, da Microsoft. Os modelos deverão brigar diretamente com iPad Pro, da Apple, além do Surface. A grande vantagem da Dell é a influência que a empresa tem no mercado corporativo mundial. Certamente será uma tarefa mais fácil inserir seu produto nas mãos de diversos tipos de profissionais que precisam de portabilidade em sua rotina de trabalho. O sistema operacional utilizado de fábrica em ambas as máquinas é o Windows 10.

Os valores dos computadores estão na média do mercado corporativo americano, mas para o Brasil os preços são elevados. O Latitude 11 Série 5000 custa US$ 749 (R$ 2.950), enquanto o Latitude 12 Série 7000 custa US$ 1.049 (R$ 4.130). A Dell não mencionou se pretende vender os modelos na América Latina, portanto, não há previsão de chegada dos dois portáteis para o Brasil.

Por William Nascimento


Modelos Latitude 11 5000, Latitude 12 7000 e Latitude 13 7000 devem ser lançados no primeiro trimestre deste ano.

A Dell aproveitou a feira Costumers Electronic Show para fazer o lançamento dos três novos laptops da linha Latitude 7000. Os modelos da renovação são o Latitude 11 5000, o Latitude 12 7000 e o Latitude 13 7000.

A versão 11 5000 (menor entre elas), de 11 polegadas, é um aparelho híbrido que pode ser usado como notebook ou tablet. Ele vem com caneta Stylus para uso com toque na tela, que permite escrita de forma cursiva. O display tem tamanho de 10,8 polegadas com resolução Full HD. Os processadores para escolha na compra são o Intel Core M3 e o M5. O lançamento deve ser no próximo mês, nos Estados Unidos, custando a partir de US$ 749, aproximadamente R$ 3 mil.

O modelo intermediário é o 12 7000, que também pode ser usado como notebook ou tablet. A tela, com proteção Gorilla Glass, tem 12,5 polegadas e oferece as opções de resolução 4K UHD ou Full HD na aquisição. Outra configuração que pode ser escolhida é o processador Intel Core dos modelos M3, M5 e M7. O laptop possui câmera traseira de oito megapixels e dianteira de cinco. Assim como o híbrido de entrada, ele será lançado em fevereiro no país norte-americano. O custo inicial será de US$ 1.049, equivalente a cerca de R$ 4.230.

O top de linha Latitude 7000 é o Latitude 13 7000. Ele é um pequeno ultrabook da categoria business de 13 polegadas. O produto é disponibilizado em fibra de carbono ou alumínio. A resolução da tela tem tecnologia Infinity Edge e o gadget é equipado com leitor biométrico. Os processadores e as resoluções para escolha são os mesmos disponíveis para o modelo 12 7000. A fabricante garante que a autonomia da bateria é de dez horas. O início da comercialização no mercado estadunidense ficará para março, por no mínimo US$ 1.299 – R$ 5.240.

Datas e valores para comercialização dos aparelhos no Brasil não foram anunciados.

Bruno Klein





CONTINUE NAVEGANDO: