Como Excluir Aplicativos Indesejados do Windows 10



Saiba aqui como remover aplicativos indesejados do Windows 10.

Quando você identificar lentidão ou falta de espaço no Windows 10 é possível resolver o problema através da remoção de aplicativos indesejados ou que não sejam mais utilizados. Você pode remover os aplicativos da Microsoft Store, também conhecidos como Original Equipment Manufacturer (OEM), aplicações de fábrica criados especificamente para determinadas montadoras e que tendem a ser desnecessários para quem adquire um desktop.

Existe um categoria de aplicativos do Windows, responsável por sobrecarregar seu pc, e que constituem um problema chamado bloatware. Essa situação ocorre devido a pré-instalação realizada por fabricantes, fornecedores e operadoras. A frequência desta ocorrência também é responsabilidade dos desenvolvedores de softwares, pois estes contratam fornecedores para instalação de seus produtos nos computadores.



Apesar da utilidade de alguns aplicativos pré-instalados, é corriqueiro seu equipamento adquirir apps coletores de dados de usuário de acordo com as atualizações de sistema operacional e software realizadas. Logo, além do esgotamento da memória do computador, o prejuízo se estende à privacidade do usuário. Mas não é necessário se desesperar, pois esta questão pode ser resolvida de forma bem simples, removendo a aplicação causadora do problema.

Remoção através de comandos simples

A remoção de alguns aplicativos do Windows 10 não demandam um processo complexo. O primeiro passo é clicar no botão do teclado do pc correspondente ao símbolo do Windows, selecionar o aplicativo desejado, clicar com o botão direito do mouse sobre ele e selecionar a opção desinstalar.



Ao realizar este procedimento é possível remover diversos app, como por exemplo Calculadora, Calendário e Skype, dentre outros. Porém, esta ação não pode ser realizada considerando todos os aplicativos instalados no pc. Para estes casos o recomendado é utilizar o Fresh Start, que será detalhado a seguir.

Leia também:  EndoSync - Novo aplicativo para iPad auxiliará médicos em exames

Remoção de apps através do Fresh Start

Utilizando o Fresh Start, o usuário pode deletar os OEMs, além de instalar nova cópia do Windows 10 dos servidores Microsoft. Esta ação dispensa o acesso ao site oficial da fabricante para download do sistema operacional e a criação de unidade USB para sua reinstalação.

O primeiro passo é clicar no menu Windows e na sequência selecionar a opção Configurações. Em seguida vá até o final da tela e clique em Atualização e Segurança. Como próximo passo clique na opção Recuperação e depois em Restaurar o PC e Começar Agora. Confirme a manutenção de arquivos clicando em Manter Arquivos, selecione uma nuvem local, clique em Alterar configurações. Os dois últimos passos são clicar na opção não quando for perguntado se deseja restaurar aplicativo pré-instalados e depois em Avançar.

Fresh Start através do prompt de comando

O prompt de comando, opção para execução de comandos inseridos e funções administrativas de caráter avançado, é a segunda possibilidade de utilização do Fresh Start. Primeiramente acesso o menu Windows, localize o Prompt de comando e o execute comoa administrador, clicando com o botão direito do mouse e selecionando a opção Executar como administrador.

Quando a tela do prompt se abrir você precisar confirmar a exibição do caminho C:\\Windows\\System32. Feito isso, será necessário digitar o comando systemreset.exe -cleanpc e pressionar a tecla Enter. Alguns segundos depois será aberta a tela Fresh Start, bastando que o usuário clique na opção Avançar para dar início ao processo.

Apps com código aberto

Uma última opção para remoção dos bloatwares é escolher ferramentas especializadas neste tipo de ação, o que tende a facilitar este processo. O Bloatbox é uma boa opção de ferramenta para remoção manual de app pré-instalados.

Leia também:  Lenovo Yoga 2 Pro e S5000 - Lançamento na IFA 2013

Um exemplo é o Bloatbox, que remove manualmente os aplicativos pré-instalados.Após baixar e instalar a ferramenta basta acessá-la, escolher o aplicativo que deseja remover e clicar na opção Remove selected e confirmar a remoção na tela que será aberta. Neste método não será necessário reiniciar o dispositivo para confirmar a desinstalação.

Luis Fernando Bernardo

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *