Como melhorar o desempenho do notebook



Fazer alguns upgrades no seu notebook podem melhorar o desempenho do mesmo. Fique atento às dicas e saiba o que pode ser trocado.

É possível melhorar o desempenho do seu notebook fazendo upgrades, ou seja, trocando alguns componentes, como a substituição de HDs tradicionais por SSDs, instalando uma unidade de armazenamento no lugar do leitor óptico e aumentando a quantidade de memória RAM . Tudo isso pode não ser fácil, mas certamente irá dar uma sobrevida maior ao seu aparelho, deixando-o mais ágil e melhorando sua eficiência.

Vale lembrar que alguns modelos não aceitam tais mudanças, pois não trazem fácil acesso para upgrades. Além disso, algumas pessoas não possuem habilidades necessárias para realizar o processo sozinhas, necessitando da ajuda de profissionais do ramo. Outra questão importante que precisa ser observada é a garantia, já que é necessário abrir a máquina para algumas trocas. Caso o seu notebook esteja dentro do período de garantia, vale a pena esperar. Porém, se o aparelho estiver com algum problema, procure o atendimento autorizado da fabricante.



Confira abaixo algumas dicas de como melhorar o seu notebook:

– Memória RAM

Uma das principais ações para melhorar o desempenho do notebook é adicionar mais RAM, mas antes de comprar uma unidade nova de memória, é preciso descobrir quantos espaços o computador oferece e qual o valor máximo e tipos de RAM são suportados pelo produto. Você encontra essas informações no manual do aparelho ou no site da fabricante.

Alguns notebooks contam apenas com um espaço para adicionar memória, enquanto o restante é soldado à placa. Caso você já tenha todos os slots ocupados, vale verificar se é possível substituir os módulos instalados por opções melhores.



– HD ou SSD no lugar do leitor óptico

Outra alternativa que vale a pena para quem quer expandir o armazenamento do notebook é substituir o drive de CD/DVD por um HD ou SSD. Isso é possível por meio dos adaptadores Caddy, que se conectam à porta SATA dos leitores de mídia adaptando um drive de 2.5 mm. Para realizar isso, é necessário que o aparelho tenha uma unidade do tipo, e o usuário deve abrir mão do uso de CDs e DVDs.

Ao procurar o dispositivo, uma dica é observar os modelos e séries de notebooks com que cada um é compatível. Vale ressaltar que essa troca é um procedimento mais específico, e deve ser realizada por alguém que entenda bem do assunto.

– SSD no lugar do HD

Os SSDs trazem uma melhor performance ao seu notebook, visto que a inicialização do sistema operacional e a abertura de programas ficarão mais rápidas.

Anteriormente, os SSDs tinham um preço muito elevado em relação aos HDs tradicionais, dificultando o acesso de muitas pessoas a tais peças, mas hoje em dia estão casa vez mais acessíveis no mercado. Por exemplo, é possível encontrar opções de 480 GB por valores bem acessíveis.

Outra dica é verificar se a placa-mãe do notebook tem suporte a dispositivos M.2, já que esse tipo de conexão oferece maior desempenho em relação às portas SATA. Notebooks mais recentes e modernos costumam contar com o padrão, permitindo ao usuário ter mais discos em uma mesma máquina.

– Placa de rede sem fio

Trocar a placa de rede wireless do notebook pode ser feito com certa facilidade. Utilizar uma placa dual-band que trabalhe com redes de 5 GHz pode ser uma boa alternativa, principalmente, em locais com banda larga de alta velocidade. Porém, antes de realizar a troca do componente, é importante observar o modelo exato do notebook e os dados da placa-mãe para descobrir se há suporte ao padrão e o componente correto a ser comprado.

– Tela

As telas também podem ser substituídas para oferecer maior conforto aos usuários. Grande parte dos notebooks de entrada vendidos no Brasil, ainda trazem painéis HD, mas já existem empresas que oferecem displays Full HD compatíveis com diversos modelos. Porém, essa troca requer muito cuidado, isso porque o cabo flat, que realiza a passagem das informações para a tela, é bastante sensível e, caso seja danificado, pode levar a um custo ainda maior para o reparo. Portanto, é necessário ter um bom conhecimento do assunto para realizar este procedimento.

Além disso, para comprar um novo display é muito importante observar as informações do computador e procurar saber a respeito da compatibilidade da tela.

Notebook

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *