Como Deixar o Computador Mais Rápido





Saiba aqui o que fazer para deixar o seu computador mais rápido.

Já estamos acostumados com a mesma novela quando os computadores vão ficando mais velhos, já começam a apresentar lentidão. É sempre a mesma coisa: nós começamos a excluir arquivos e programas numa tentativa de deixá-lo mais rápido (ou menos lento). Mas essas tentativas muitas vezes se mostram ineficazes. Qual é, afinal, a melhor forma de deixar o computador mais antigo mais rápido?

Foco no HD

Muitas vezes as pessoas se concentram no processador e colocam toda a culpa nele, já que o processador realmente pode deixar um computador lento se ele estiver com problemas. Mas na maioria das vezes em que um computador fica mais velho e se torna lento, a culpa está mais no seu disco rígido (HD), tanto em computadores de mesa quanto em laptops. Ou seja, primeiro foque no HD, depois vá para o processador e memória RAM.




O segredo está no SSD

Já estamos no último ano da década de 2010 e a maioria dos computadores ainda vêm equipados com um disco rígido mecânico. Esses discos rígidos não são sinônimos de problemas, mas oferecem uma velocidade de rotação muito baixa, algo em torno de 5.400 rotações por minuto (90 giros por segundo).

Essa relativa baixa velocidade de rotação põe um limite na velocidade que o sistema consegue escrever e ler os dados armazenados, criando uma lentidão quando há muitos dados a serem lidos. Os fabricantes ainda utilizam esses HDs mecânicos por questões de economia de dinheiro e muitas pessoas não prestam atenção nesse detalhe quando estão comprando um computador.


Como alternativas a esses HDs, o usuário tem à sua disposição alguns HDs com rotações mais rápidas, chegando a 7.200 rotações por minuto (120 rotações por segundo). Mas essa solução não é a mais recomendada quando estamos chegando ao ano de 2020. A melhor opção são cartões SSD, que é uma tecnologia “mais recente”.

A diferença de velocidade de transferência é “monstruosa”. Um HD de ótima qualidade transfere os dados a uma velocidade de 130 megabytes por segundo, enquanto os SSD podem ultrapassar os 2 GIGABYTES por segundo. Portanto, se os seus dados estiverem armazenados em um SSD, eles serão transferidos mais de 10 vezes mais rápido do que com os antigos HDs.

Mas a vantagem da velocidade tem um preço: em 2019, um bom HD de 1 TB de armazenamento custa por volta de R$ 280, enquanto um SSD com os mesmos 1 TB custa entre R$ 700 e R$ 1.000. Se mesmo assim você optar pela compra de um cartão de memória, lembre-se de verificar se o gabinete de seu computador ou o seu laptop tem espaço para um slot de SSD. Se não tiver, você vai precisar adquirir um case e fazer o chamado HD externo.

Essa troca pode ser feita na sua casa ou numa assistência técnica, ela é rápida e fácil. Tenha certeza que a troca do HD tem um enorme potencial de aumentar a velocidade de seu computador.

Agora sim, vamos ao coitado do processador e da memória RAM

O processador e a memória RAM podem não ser os culpados principais pela lentidão, mas são coadjuvantes dela. Se você trocar esses componentes juntamente com o HD terá certeza que a velocidade vai aumentar. Mas o seu bolso bode sofrer um pouco, já que às vezes é necessária a troca da placa-mãe, que costuma não sair barato. O componente que tem menor chance de ser culpado é a memória RAM, já que hoje em dia essa tecnologia foi otimizada para não atrapalhar a velocidade do computador.

Nos tempos do Windows 98 a adição de 256 MB de memória RAM fazia uma enorme diferença para os computadores, pois a tecnologia ainda não era capaz de gerenciar o armazenamento temporário de dados com eficiência, sendo necessária a adição. Com a chegada do ano de 2020, isso não é mais problema. Portanto, dê uma colher de chá para a memória RAM.

Por Bruno Rafael da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *