Acesso de crianças a conteúdo impróprio é grande no Brasil

Pesquisa revela que estamos no oitavo lugar na lista dos dez países com maior conteúdo inadequado disponível para crianças

Novamente o Brasil volta a aparecer nos rankings digitais. Porém, dessa vez, a notícia não é lá muito agradável. Como bem sabemos, já faz alguns “séculos” que a internet, ou melhor, o seu uso, deixou de ser apenas para adultos e pessoas com bom-senso. Nos últimos anos, a reviravolta foi tão grande que, em alguns casos, as crianças usam mais a internet do que seus próprios pais. E é aí que reside o problema.

Será mesmo que a internet pode ser tão segura, a ponto de possibilitar que crianças a usem sem nenhum receio de encontrar pela frente algum conteúdo impróprio?

Foi pensando nisso que o pessoal da Kaspersky Lab resolveu fazer uma pesquisa para tentar identificar as prováveis ameaças online para os pequenos. A empresa fez uso de seus próprios produtos para se chegar a uma conclusão. Esses produtos eram equipados com uma solução chamada de Controle Parental.

O estudo revelado pelo laboratório, e que recebeu o nome de “Crianças Online”, apontou números até surpreendentes. Os resultados mostraram que 68% dos usuários, no caso, as crianças, já tiveram de uma forma ou outra, acesso a conteúdo impróprio ou até perigoso.

No meio dessa análise, ainda vamos encontrar os tópicos mais procurados que, segundo a Kaspersky, foram sites que divulgam informações sobre armas, jogos e, claro, conteúdo adulto.

Sendo um pouco mais preciso nas informações sobre o relatório, temos os seguintes dados:

– Pouco mais de 56% dos usuários acabaram encontrando pornografia. Cerca de um quarto, uma fatia de 26,6%, caíram em sites que tratam de jogos de azar e um quinto dos usuários pesquisados se depararam com sites de armas.

– Os principais países que encabeçaram a lista dessa pesquisa foram a China, os Estados Unidos, a Alemanha, Reino Unido e Rússia. O Brasil também fica entre os dez primeiros, na oitava posição.

O interessante é que cada país tem sua ameaça mais “forte” para as crianças. No caso da Alemanha, por exemplo, o conteúdo adulto lidera. Para as crianças brasileiras os chamados “chats” e “conteúdo adulto” dominam.

Por Denisson Soares

Foto: Divulgação / Pixabay

Recent Posts

ProArt e Zenbook S16: a nova era dos notebooks Asus chegou

A Asus revela o Zenbook S16 e a linha ProArt na Computex 2024, trazendo notebooks de alto desempenho com processadores… Read More

Novos notebooks Microsoft Copilot Plus: desempenho e inteligência artificial

A Microsoft lança os inovadores Copilot Plus PCs, notebooks com IA integrada que prometem desempenho superior e bateria de longa… Read More

Descubra o Poder da IA nos Novos Notebooks Galaxy Book4 da Samsung

A linha Samsung Galaxy Book4 aposta em inteligência artificial para proporcionar notebooks mais inteligentes e conectados. Os novos notebooks Samsung… Read More

Novo Notebook Gamer Dell Alienware M16 – Ficha Técnica, Novidades

Conheça o novo notebook gamer da linha Alienware da Dell. Boa notícia para os gamers de plantão. No dia 23… Read More

Os melhores notebooks gamer para escolher em 2023

Veja 10 modelos de notebooks GAMER com excelente custo-benefício para entusiastas dos jogos eletrônicos. Conheça as principais características que deixam… Read More

O Mouse Pad Gaming mais vendido do Brasil em 2022

Conheça o Mouse Pad profissional de preço acessível e líder absoluto de vendas. O mouse pad Gaming Havit, modelo HV-MP830,… Read More