Aparelho deverá utilizar processadores Intel de sétima geração e contará com teclado para ser utilizado como Notebook.

Os rumores envolvendo o lançamento do novo Surface Pro, da Microsoft, ganharam mais informações. Agora, especula-se que a empresa americana deverá lançar seu novo tablet ainda este ano. Pelo que tudo indica, o Surface Pro 5 deverá ser apresentado ao público no mês de setembro, custando a partir de US$ 899 em sua configuração menos potente. Como era de se esperar, o tablet será equipado com o Windows 10 e muito provavelmente terá um teclado para poder utilizá-lo como um notebook.

A versão Redstone 2 do Windows 10 deverá trazer grandes avanços de software que deixarão o Surface Pro 5 ainda mais atraente para o mercado. A promessa, de acordo com os rumores na web, é de que o hardware seja bastante potente, superando qualquer concorrente do segmento. O processador utilizado no dispositivo seria a recém lançada sétima geração da Intel, com a arquitetura Kaby Lake. Com isso, o tablet da Microsoft deverá contar com poder de sobra para o processamento de qualquer programa, aplicativo ou jogos.

A tela do Microsoft Surface Pro 5 terá resolução 4K (3840 x 2160 pixels), também conhecida como Ultra HD. Haverá opções com preços mais em conta, com resolução de 2K. O tablet também contará com até 16 GB de memória RAM, com a possibilidade de redução de acordo com o modelo. A placa de vídeo utilizada ficará por conta da NVIDIA Pascal ou AMD Polaris.

Seguindo a tendência de mercado, a Microsoft optou por utilizar o conector USB Tipo-C. Uma nova caneta Sytlus, chamada de Surface Pen, estará presente com pequenos ajustes que irão melhorar a escrita e a integração com o equipamento. As câmeras também receberão melhorias, assim como a bateria. O modelo de US$ 899 seria equipado com o processador Intel Kaby Lake i5, enquanto a versão mais cara contaria com o Intel Kaby Lake i7, custando US$ 1.599.

O Surface Pro 5 será lançado no mercado para concorrer diretamente com o iPad Pro. Visto que o sistema operacional utilizado é o mesmo de laptops e desktops, o equipamento da Microsoft tem tudo para ser adotado não só pelo segmento corporativo, mas também pelos consumidores tradicionais. Suas especificações também o fazem atraente até para os usuários mais exigentes. Ainda não há qualquer rumor sobre os países que receberão o novo tablet da Microsoft.

Por William Nascimento


Campanha de lançamento da Microsoft desafia usuários do MacBook a trocarem seus aparelhos pelo Surface Book.

A campanha lançada este mês pela Microsoft desafia os usuários de MacBook a terem uma nova experiência! Dessa vez o lançamento Surface Book da Microsoft chegou para despertar os usuários de MacBook!

O lançamento da Microsoft chega com tudo no mercado americano, fazendo com que os amantes de tecnologia tenham uma nova experiência e um novo conceito de tecnologia. A campanha lançada este mês, foi uma ótima maneira de instigar a curiosidade pelo produto ofertado, pois que tecnologia seria ousada demais para sugerir uma troca pelo MacBook?

A campanha chega de maneira informativa, levando os interessados a uma página virtual (www.microsoft.com/en-us/switch/mac-surface), onde há um passo a passo de como realizar essa transação.

A publicidade conta com informações e esclarecimentos de possíveis dúvidas e oferece todo o suporte que o usuário precisa ter, levando ao público uma segurança maior em relação à troca.

Vale dizer que o Surface Book da Microsoft é o primeiro notebook realmente fabricado pela dona do Windows e vem com a promessa de oferecer tudo o que há de melhor no sistema operacional. Recentemente na divulgação do produto, em um evento no início deste mês, foi afirmado que o Surface Book é duas vezes mais rápido que o novo MacBook Pro da Apple. Essa afirmação agitou os internautas, fazendo com que muitos realizassem pesquisas, testes e comparações sobre os dois produtos.

Assim como sua campanha de lançamento, o Surface Book da Microsoft já está sendo reconhecido pela sua ousadia e eficiência, quando comparado com os fortes concorrentes.

E você o que acha? Você trocaria seu MacBook pelo lançamento da Microsoft?

A novidade ainda não tem previsão para chegar ao Brasil, mas o que tudo indica é que vem aá mais um avanço tecnológico, enquanto isso nos resta esperar para ver. Não é mesmo?

Por Denise de Almeida Silva

Surface Book

Surface Book

Fotos: Divulgação


Microsoft SurfaceA empresa fundada por Bill Gates emitiu um comunicado na última semana se dizendo insatisfeita com o desempenho de vendas que o seu tablet Surface vem alcançando nos últimos meses.

A empresa não quis revelar o número exato de tablets comercializado até o momento. No entanto, relatórios fornecidos aos órgãos fiscais dos Estados Unidos apontam que a linha de tablets gerou um montante que chega à casa dos US$ 860.000.000,00, somente em vendas do produto, descartando outras fontes de capital que o tablet gerou. Vale ressaltar que embora o valor seja exorbitante é muito provável que a insatisfação da Microsoft se deva ao fato dela não ter lucrado com essas vendas, afinal esse é um valor bruto que não desconta custos de envio e nem os de manutenções.

Outro fator que também desanima diante do valor exorbitante é que os US$ 860 milhões são um acumulado que vem desde outubro do ano passado até o dia 30 de junho de 2013 e que o valor ainda engloba tanto a versão RT quanto a versão PRO.

A mídia especula que ao menos 900 mil unidades foram encaminhadas às lojas somente nos primeiros 3 meses deste ano.

Por Fernando Setoue


A empresa Microsoft revelou na ultima quarta ( 15/05) que o novo modelo de seu tablet hibrido, o Surface Pro chega aos mercados do Reino Unido dia 23 deste mesmo mês. O novo gadget da empresa chega com várias novidades, como várias versões.

O lançamento do produto também deve ser palco para que a empresa lance sua série de acessórios exclusivamente para o novo Surface, como capas de proteção e etc. A empresa ainda anunciou que mesmo o lançamento oficial chegar apenas para o Reino Unido, outros países europeus podem esperar que até o dia 30 já devem começar a vender e comprar o novo tablet

Alguns locais já foram confirmados, como Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Finlândia, Alemanha, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Espanha e Portugal. Porém alguns outros países já podem conferir a novidade a partir dessa sexta feira (17/05) como Nova Zelândia e Austrália.

O preço do dispositivo vai variar de acordo com seu armazenamento interno, o modelo com 64 GB chega por £ 719 e o modelo com maior capacidade, 128 GB chega por £ 799 no mercado europeu. Para os mercados americanos, nenhuma previsão de lançamento foi feita ainda.

Por Henrique Nicolau 


Depois de uma sessão com membros da imprensa, cresceu a expectativa de que a Microsoft lance um novo acessório que atue na vida útil da bateria.

Conforme o que foi dito no encontro, o vice-presidente do Surface, Panos Panay, deixou claro que existe a possibilidade de que seja lançado um extensor para o tablet, que atuaria diretamente na bateria, garantindo mais tempo para a sua vida útil.

O executivo explicou que para a criação de um acessório assim é necessário que exista um conector diferenciado, porque ele precisa ser capaz de transferir corrente elétrica entre o gadget e a bateria, que já existe na nova versão Pro do Surface, mas que acabou ficando de lado na geração anterior, que rodava com Windows RT.

Com isso, a expectativa é de que a Microsoft lance um dispositivo que seja capaz de prolongar a vida útil da bateria e talvez até permita que a bateria tenha carga que dure por algumas horas a mais que o normal. Além disso, outra especulação que surgiu é que talvez a companhia lance uma fonte secundária que mantenha a carga da bateria por mais tempo, o que entusiasmaria os usuários.

Por Guilherme Marcon


Parece que o lançamento do Surface foi apenas o começo para a Microsoft, pois ao que tudo indica a companhia pretende ampliar sua linha de tablets. Segundo Steve Ballmer, presidente da Microsoft, o objetivo da empresa é aumentar sua linha de produtos muito em breve.

Steve afirmou que o lançamento do Surface marca o início dos futuros lançamentos da Microsoft. O diretor executivo disse que a companhia sempre que observa uma oportunidade para poder estabelecer um padrão, ela investe nisso.

Claro que após a declaração de Steve, diversos rumores começaram a aparecer na mídia. Um grande exemplo disso, foi o site ZDNet, que disse que o próximo aparelho da Microsoft será um tablet com 7 polegadas. O boato referente ao tamanho do próximo tablet da fabricante surgiu depois da equipe de desenvolvimento do Surface ter se negado a responder se a companhia pretendia lançar uma versão menor de seu atual tablet para poder concorrer com o iPad Mini da Apple.

Além disso, informações apontam para outra possibilidade, aparelhos com o nome de Surface Phones, ou seja, smartphones produzidos pela própria Microsoft podem estar nos planos da empresa. Porém, não há nada que confirme essas hipóteses, principalmente se for levado em consideração que a empresa está investindo e apostando alto no novo Windows Phone 8, que conta com a parceria de várias fabricantes, como a HTC e a Nokia.

Por Felipe Santos Bonfim


A Microsoft pretende investir bastante no mercado de tablets. Grande prova disso é o Surface RT, o primeiro tablet da empresa que contará com o Windows 8 RT como sistema operacional, que terá espaço interno maior do que o do iPad e custará bem menos do que o tablet da concorrente.  A versão mais simples do aparelho, que conta com 32 GB de armazenamento interno, será comercializado por apenas 499 dólares.

Ainda que o Surface RT seja mais barato que o iPad, caso o consumidor decida comprar a Touch Cover o aparelho acabará saindo mais caro do que o tablet da Apple, pois o acessório custará 120 dólares, sendo assim o consumidor irá ter que desembolsar aproximadamente 620 dólares pelo Surface.

Segundo o site Business Insider, após avaliar o aparelho da Microsoft ele chegou á conclusão que o Surface conseguiria ser um forte concorrente em um mercado que é completamente dominado pelos tablets da Apple. Por outro lado, especialistas afirmam que, apesar da grande capacidade de memória interna não vale a pena trocar o iPad por um aparelho que ainda não é conhecido e que terá uma plataforma totalmente nova.

O Surface e o Windows 8 serão lançados dia 26 de outubro.  Além da versão RT do aparelho, chegará as lojas uma versão com processador da Intel que contará  uma versão mais aprimorada do sistema operacional da Microsoft, porém ele será bem mais caro do que a versão RT.

Por Felipe Santos Bonfim
 


Mais rumores surgiram sobre o primeiro tablet da Microsoft, o Surface. Dessa vez, são informações sobre o modelo para Windows RT, que foram baseadas em uma divulgação feita pela própria fabricante sobre como os aparelhos com o RT devem ser.

As únicas informações oficiais divulgadas pela Microsoft apontam que o Surface RT deverá ter bastante vantagem em questão da duração da bateria, pois ele será capaz de executar vídeos em HD entre 9 e 13 horas ininterruptas.

Entretanto, tendo em vista as especificações listadas, é provável que a Microsoft lance o seu tablet com os itens mais potentes e atrativos. Sendo assim, conforme as medidas disponíveis na tabela oficial, o tablet em sua versão mais fina deverá ter espessura e peso inferiores ao Novo iPad e ao Galaxy Tab. Porém, isso é só um rumor que se baseia nos dados divulgados pela dona do Windows.

Até então nada foi confirmado pela Microsoft, que se mantém misteriosa. Ainda assim, outros boatos apontam que o investimento da empresa no seu tablet será grande, para que ele assuma um ótimo patamar no mercado. E também, os valores comentados na internet para o custo do Surface chegam a variar entre US$ 199 e US$ 1.000.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: