Novo modelo foi lançado no Brasil e conta com configurações excelentes.

E para os brasileiros que adoram uma tecnologia na área de informática, acaba de ser lançado no Brasil o já esperado Swift 7, o novo notebook da marca Acer.

O novíssimo notebook já havia sido lançado no exterior no ano de 2016, chega ao Brasil com um design admirável, que se deve ao fato de ser extremamente fino. O que o coloca na posição de notebook mais fino do mundo.

Além dessa característica marcante o acabamento que o laptop apresenta também é de se admirar, pois a sua qualidade é Premium.

Se exteriormente ele já conquistou muitos admirados, as suas configurações também prometem muita qualidade e tecnologia que chegam para bater de frente com os já consagrados ZenBook, MacBook, Surface Book e outros notebooks que representam os topos de linha de várias marcas.

No que se refere ao seu processador, o Acer Swift 7 chega com um Intel Core i7 pertencente a sétima geração, 8 GB de memória RAM, memória expansível de 512 GB de SSD. Tudo isso com uma impressionante espessura 9,8 milímetros.

Embora muita gente esteja reclamando da espera pelo lançamento da Acer, os brasileiros ganham certa vantagem, pois o aparelho já foi testado fora do país e já vem com muitas avaliações, justamente de outros usuários. E por falar em avaliações o notebook da Acer, o Swift 7 é campeão de excelentes avaliações.

É isso mesmo, quem comprar o novinho da Acer vai levar um dos melhores ultrabooks que está disponível no mercado. Pois, segundo o diretor de marketing da empresa, ele alia beleza à tecnologia.

E as qualidades do modelo não param por aí, o aparelho ainda é equipado com uma tela de 13” polegadas Full HD, que opera com tecnologia IPS, proteção Gorilla Glass e ainda um sistema de som Dolby Audio Premium aliado a tecnologia da TrueHarmony, da marca.

De acordo com informações da marca, com apenas uma recarga o aparelho funciona por nove horas. Uma autonomia incrível, não é?

E ainda temos leitor biométrico que desbloqueia a tela a partir da impressão digital.

Se você se interessou pelo aparelho, ele já está à venda nas lojas da Acer no Brasil. Aproveite a promoção de lançamento em que o aparelho sai por R$ 8.999. Passado a promoção o preço será fixado em R$ 10.999.

Por Sirlene Montes

Acer Swift 7


O console que é uma inusitada mistura de Playstation 4 com o Xbox One que conseguiu chamar a atenção pela semelhança deve custar pouco mais de R$400

Um videogame chinês está dando o que falar devido a sua semelhança ao Playstation 4. O console apresenta a sua interface muito parecida no menu e na sua loja (comparada a Playstation Network).

O videogame tem a sua fabricação feita através da companhia Fuze Entertainment. Segundo informações, o mesmo deverá ser comercializado no mercado pelo preço de R$ 480, o que é bem abaixo do praticado pelo console da Sony.

O produto tem como sistema operacional o Android e recebe o nome de Fuze Tomahawk F1. A previsão do seu lançamento é o mês de junho deste ano de 2016. As semelhanças do console são, no geral, como é o caso do design, referentes ao PS4, mas o seu controle já é tido como uma cópia do Xbox One.

Ainda no quesito de visual, o Tomahwak F1 é diferenciado do Playstation 4 apenas por uma linha lisa que fica situada na diagonal e segue até a parte superior do console chinês. Fora esse mísero detalhe, ambos são a “cara de um e fucinho de outro” no seu visual.

As configurações

Nesse âmbito, o videogame chinês contará com 500 GB em seu armazenamento interno e um processador de 4 GHz. O console deverá funcionar frente a maioria dos jogos que foram desenvolvidos para a plataforma do sistema Android. Ainda são poucos os detalhes referentes à configuração e especificidades do videogame.
Por enquanto, podemos falar que jogos importantes do cenários que vão rodar no Fuze Tomahawk F1 são Red Ash – The Indelible Legend, BlazBlue – Chrono Phantasma Extend, Hawken e o renomado Assassin’s Creed Chronicles.

Próxima geração de consoles longe da realidade?

Muitos dizem que uma próxima geração dos consoles, principalmente do Playstation 4, está longe de acontecer. Isso acontece, devido ao fato que muitos apostam que as empresas começarão a visar o mercado do streaming de games em televisores cada vez mais modernos.

A coisa pode acontecer da mesma maneira como ocorreu com o streaming de filmes e séries, quando, no início, somente algumas empresas ofereciam seus serviços com um catálogo diminuto e um preço baixo. Porém, depois de um tempo, empresas, como o Netflix, subiram um pouco os preços, mas também ofereceram uma gama maior de conteúdo.

OSCAR ARIEL COLAÇO


A ideia é fazer com que as pessoas fiquem mais tempo no site e que ele se pareça cada vez mais com uma rede social

Os Youtubers e usuários geralmente se socializam no Youtube todos os dias em seus vídeos através dos comentários. Porém, esse recurso ainda não é visto como o melhor meio por esses grupos. Agora, o site do Google visa melhorar a comunicação com a inserção de um recurso que possibilita a troca de mensagens entre os participantes do Youtube.

Desta maneira, o site de compartilhamento de vídeos começou os testes da ferramenta que vai deixar com que seja possível conversar, enviar fotos e também vídeos. Os primeiros usuários foram contemplados com o que o Youtube chama de compartilhamento nativo. Com isso, eles poderão repassar para os amigos esse novo recurso.

O intuito do Google com isso é disponibilizar para os usuários uma maior interação entre os mesmos. Isso também vai deixar com que o Youtube fique com um estilo mais parecido com uma rede social. Como a comunicação ficará mais facilitada com o novo recurso, os usuários deverão passar mais tempo dentro do site.

O compartilhamento nativo chega para que o Google deixe os comentários de uma maneira mais organizada. Parece mesmo que essa será a nova empreitada da gigante da internet frente as demais redes sociais que também tem os vídeos como especialidade.

Segundo dados do Youtube, o usuário fica em média 40 minutos dentro do site. Ele tem o seu maior alcance na faixa etária que vai dos 18 anos até os 49 anos, apenas tendo com base dados de dispositivos móveis.

Outro dado importante é uma receita maior que o Youtube visa, e vai ter, quando os seus usuários começam a trocar mensagens e ver os vídeos. Isso significa que os mesmos ficarão um tempo maior no site e os patrocinadores devem apresentar um maior interesse em termos de investimento.

Sem pular anúncios:

No final do mês passado, o Youtube divulgou que o seu site começa a ter um novo formato para a publicidade dos vídeos. Com isso, as propagandas terão até seis segundos, mas não poderão ser puladas pelos usuários.

O objetivo do site de compartilhamento de vídeos é deixar as publicidades adaptadas frente aos consumidores do conteúdo por meio de celulares, sendo que esse público, geralmente, assistem propagandas quando são de curto período.

OSCAR ARIEL COLAÇO


Novas opções de reações já estão disponibilizadas para os usuários da rede social.

Não é novidade para ninguém que o Facebook vem tentando repaginar não somente sua rede social como seus aplicativos. A empresa vem trabalhando com futuras mudanças para ambos, desde mais simples como mudanças visuais, até mesmo a possibilidade de termos, em breve, publicidade no aplicativo do Messenger. Agora, uma das novidades comentadas para fazer parte da rede social, as novas opções de Reações já estão sendo disponibilizadas para os usuários.

As novas reações são uma alternativa para que os usuários não acabem usando apenas o bom e já bem velho botão curtir das postagens, contando com mais opções para poder avaliar o que sentiu ou achou ao ver a publicação de um amigo ou de uma página.

O pedido para que a rede social disponibilizasse outras opções fora o tradicional Like, era antigo. Uma das reações mais pedidas pelos usuários é o botão ''Deslike'', mas que certamente causaria muita polêmica e até mesmo confusão na rede, já que hoje muitos acabam tendo de lidar com diversos Haters e até mesmo pessoas pagas para desqualificar posts e pessoas. Agora, para resolver a reclamação desses usuários, será possível utilizar alguns emojis nas publicações.

A novidade também pode ter um impacto quanto ao resultado obtido com anunciantes na rede social, já que se tornará mais fácil identificar o que seu cliente vem pensando sobre seus produtos, vídeos e anúncios, visto que muitos usuários acabam optando simplesmente por não comentar e como mesmo assim, diversos usuários fazem comentários nas publicações, fica difícil para as empresas acompanhar a todas as reações. Com a mudança, se tornará mais fácil para os anunciantes medir o ''termômetro'' dos consumidores de uma marca por meio da maior rede social do mundo, atualmente.

Vale lembrar que a novidade já estava em fase de testes com alguns usuários em alguns países, ou seja, a tentativa de criar uma diversidade de opções maior para os usuários avaliarem um post, era antiga, agora, ela finalmente se tornou realidade e deverá chegar em breve, para absolutamente todos os usuários da rede social, já que nem todos já estão com os emojis disponíveis em seu perfil para poder utilizar.

Por Isis Genari

Reações Facebook


Novo teclado é compatível com os sistemas operacionais Windows 10 e Mac OS.

Os amantes de emojis que gostam de se comunicar através de ícones certamente ficarão mais felizes com o lançamento da EmojiWorks. Trate-se de um teclado compatível com os sistemas operacionais para desktop Windows 10 e Mac OS. Ele também tem suporte para o iOS, sendo possível utilizá-lo em iPhones e iPads.

O Emoji Keyboard seria um teclado comum se não fosse pela possibilidade de teclar emojis, ideal para uso em conversas informais e redes sociais.   O periférico é lançado no mercado em três versões: a básica com 47 emojis, a versão Plus com 94 opções, e a Pro que traz incríveis 120 ícones. Os três modelos já estão em pré-venda, custando entre US$ 79,95 (R$ 300, na cotação atual) e US$ 99,95 (cerca de R$ 380).

Os brasileiros poderão adquirir o teclado pagando uma taxa extra de US$ 20 (R$ 77).   

De acordo com os desenvolvedores do Emoji Keyboard, a grande vantagem do gadget é a possibilidade que ele oferece de tornar a digitação de emojis até 10 vezes mais rápida. Para quem utiliza bastante os emojis em suas conversas, esse número fará muito diferença para agilizar os bate-papos.

O teclado traz também letras, proporcionando o funcionamento tradicional do teclado.   

Sua conexão com tablets, smartphones, desktops e notebooks é feita através do Bluetooth. Diferente de outros teclados sem fio, ele é alimentado por pilhas AAA.

Além das populares carinhas, mãos e ícones divertidos, as versões Plus e Pro trazem um alterador de tom de pele, recém introduzido no iOS 9, por exemplo.

Apesar de anunciar compatibilidade com o Windows 10, a fabricante alerta que o suporte ao sistema operacional mais recente da Microsoft está em fase de desenvolvimento e apresenta menos emojis do que as versões para Mac e iOS.   

Com um design bastante atraente, o gadget deve cair no gosto dos consumidores. Você pode acompanhar o teclado em ação em um vídeo promovido pela fabricante EmojiWorks: 

 

Emoji Keyboard

Por William Nascimento


Xiaomi lançará seu primeiro notebook em breve. Fabricação está prevista para o primeiro semestre de 2016 e o lançamento poderá ocorrer até o final do mesmo ano.

A Xiaomi, empresa popular da China, está, atualmente, com grande destaque no mercado e conforme dados recentes da Canalys ocupa o sexto lugar na escala mundial do TOP 10 das empresas que trabalham com dispositivos móveis. A companhia executa seus planos com sucesso, já que seus produtos são considerados de alta qualidade e possuem preços que as demais empresas não conseguem chegar.

A Xiaomi, ainda que conhecida, principalmente, pela produção de smartphones, também conta com outros tipos de mercadorias, como, por exemplo, pulseiras fitness. Agora, a empresa está prestes a expandir seus negócios e irá adentrar no mercado de notebooks.

Na quarta-feira, dia 23 de setembro, Richard Lee, presidente da Iventec Corp., confirmou que a Xiaomi, de fato, lançará seu primeiro notebook em breve, conforme dito no site www.wantchinatimes.com.  As negociações estão limitadas entre duas empresas e a produção do notebook está prevista para a primeira metade de 2016, sendo que o lançamento deve ocorrer até o final do mesmo ano.

A parceria da Xiaomi com a Inventec já existe há mais tempo, uma vez que já montaram cerca de 30 milhões de smartphones em 2014 e tiveram envolvimento no comércio de tablets.

Considerada com a “Apple da China”, a Xiaomi poderá trazer novidades ao mercado dos notebooks. Na entrevista mencionada acima, Lee disse que espera que a chegada da Xiaomi no segmento de notebooks traga algo de novo.

As pessoas estão apostando que o aparelho será semelhante ao MacBook e terá como sistema operacional o Linux. Os detalhes acerca das especificações técnicas e do design ainda não foram divulgados. Informações sobre o valor do produto também não foram oficialmente divulgadas, mas se a empresa seguir a mesma estratégia que usou com os smartphones, com certeza podemos aguardar um notebook muito bom e com um preço que deixará as concorrentes em uma situação difícil. Existem especulações na mídia tawanesa de que o valor será a partir de 2.999 yuan, que correspondem a cerca de R$ 1.930 atualmente.

Resta-nos esperar ansiosamente a chegada do produto ao Brasil!

Por Bruna Rocha Rodrigues

Notebook da Xiaomi


Uma nova atualização do Google Chrome foi liberada para download nessa última terça-feira (08/04). A versão 34 do navegador do Google disponibiliza mais recursos tecnológicos. Os chamados “usuários supervisionados” e o “imagens responsivas” são algumas das alternativas que o Chrome dará aos seus usuários.

A nova versão vai ter mais suporte e até mesmo uma otimização no carregamento de fotos. O Google, como era de se esperar, também melhorou o desempenho do browser e procedeu correções de bugs, dando assim mais segurança aos internautas.

Será possível perceber melhor navegação de sites para os internautas, apesar da atualização ser voltada para desenvolvedores. Os usuários irão ver um maior fluido no funcionamento da ferramenta. O Google Chrome teve uma adição do recurso chamado “usuários supervisionados”, que já estava em testes na versão beta do navegador.

A opção vai permitir ao usuário criar outros perfis no Chrome e poder capacitá-los para que outros computadores aceitem o seu funcionamento. Inclui os arquivos favoritos dos usuários e outras configurações de forma automática. Essa liberdade de comandar outros perfis em várias máquinas, não vai debilitar a segurança, ou seja, será possível controlar os sites que os eles terão acesso para visitar, uma ideia que se encontra com pais ou responsáveis que precisam limitar o uso do computador por crianças.

O recurso “imagens responsivas” também é um outro dispositivo que o Google Chrome lança na sua nova versão 34. O serviço vai otimizar o carregamento de imagens na internet. O recurso funciona por meio da identificação das principais características do conteúdo que será carregado. Contudo, vale a pena ressaltar que isso dependerá do equipamento e da tela em que está sendo carregado a mídia, se é computador, tablet ou smartphone.

O Google Chrome também fez correções de 31 erros de segurança para proteger o acesso do usuário. O navegador também incluiu um modo Windows 8 modificado, que lembra muito o design do Chrome OS. 

Por Carolina Miranda

Chrome vers?o 34

Foto: Divulgação


O maior buscador da internet quer ampliar o seu poder de atuação. O Google quer lançar em pouco tempo a sua própria rede sem fio de telefonia. O projeto vem sendo avaliado pelos altos executivos da empresa e pode virar realidade nas áreas que já possuem possibilidade para o serviço. Os locais provavelmente serão onde já existe o Google Fiber, recurso que leva TV a cabo e internet de alta velocidade nos Estados Unidos.

O Google faria um trabalho funcionar como uma operadora virtual e também ser um dispositivo que esteja fisicamente nas residências e locais de trabalho das pessoas. O buscador deseja se transformar em uma MVNO, que aluga a estrutura de outras empresas e proporciona pacotes próprios de internet, TV a cabo e telefone, do mesmo formato de funcionamento da NET aqui no Brasil.

Uma empresa que possui uma rede de fibra ótica, a The Verge, que atua nas regiões do Kansas, Provo e Missouri, já demonstrou seu interesse em viabilizar e expandir o projeto. A empresa entrou em contato com as redes americanas que podem oferecer o serviço e deve, em breve, atender as áreas do Texas, Atlanta, Austin, Portland, Georgia, San Jose, Oregon, Califórnia e outras seis regiões metropolitanas. A empresa vai oferecer o serviço com a própria rede de fibra, usando ponto de acesso de conexão Wi-Fi. Nos locais em que a estrutura sem fio não chegar, a companhia vai contar com o apoio das operadoras.

A ideia vai proporcionar melhorias e mais opções para os usuários americanos, contudo a entrada neste mercado tem concorrentes fortes. A AT&T já iniciou a instalação de sua própria rede de fibra ótica super rápida para rivalizar com o Google. A entrada do gigante da internet já causa preocupação e mexendo com as empresas Verizon e AT&T.

No começo do ano, o Google já tinha deixado uma mensagem que pode ser o próximo operador wireless. Alguns rumores diziam que a marca estaria desenvolvendo um aplicativo para o sistema Android capaz de acabar com cadastros e logins para conexão em hotspots gratuitos e públicos. Agora é esperar para ver. 

Por Carolina Miranda

Google

Foto: Divulgação


De acordo com as informações divulgadas no site oficial da Samsungno início deste mês novos tablets da linha Galaxy Tab 4 estarão brevemente chegando ao mercado. A empresa afirmou que nesta empreitada serão lançados no total três modelos de aparelhos. Cada um deles contará com um tamanho diferente de tela: Um com 10.1 polegadas, um modelo intermediário de 8 polegadas e um menor que contará com 7 polegadas.

Outro detalhe importante é que todos os três novos modelos deverão ser vendidos já rodando a versão mais recente do Android, a 4.4, que é comumente conhecida como KitKat.

Com relação à resolução dos dispositivos, a informação é de que contarão com telas de 1.280 x 800 pixels. Entre outras configurações dos novos tablets estão o processador quad-core de 1.2 GHz, a câmera frontal terá 1,3 megapixels, enquanto que a traseira contará com 3 megapixels.

Em relação às versões que contam com 10.1 e 8 polegadas, a informação é de que vão contar com um espaço interno de 16 GB para armazenamento. Lembrando que este espaço poderá ser aumentado caso queira o usuário, por meio do uso de um cartão de memória microSD. No caso da versão de 7 polegadas, os usuários terá a opção de optar pelo armazenamento de 8 ou 16 GB. Entretanto, essa versão não conta com espaço para cartão de memória. O peso total da maior versão é de 487 gramas, a versão intermediária pesa 320 gramas, enquanto que versão de 7 polegadas tem apenas 276 polegadas.

No mais, não a muito que dizer. A Samsung lançará todos os dispositivos com aplicativos customizados. Entre esses apps estão o Group Play (que tem como possibilidade a troca e audição de músicas entre amigos em tempo real) e o WatchON (para que o usuário possa assistir  TV ou filmes diretamente no seu tablet.

Os preços e datas exatas de lançamento não foram divulgados pela Samsung. Mas a previsão é de que eles sejam lançados no segundo trimestre de 2014, em escala mundial, com versões na cor preta ou branca.

Por Denisson Soares


A Computação em Nuvem é uma aposta de diversas empresas ao longo dos anos. Com a disseminação de aparelhos mobiles como tablets e smartphones, os serviços na nuvem se tornaram algo obrigatório e bastante interessante. A Microsoft tem o Onedrive, a Google o Drive e o Megaupload tem o Mega. Todos de qualidade e que oferecem desde espaços mínimos de graça a planos não tão exorbitantes assim.

A Canonical, empresa por trás do Ubuntu, tentou emplacar também seu serviço na Nuvem. Chamado de Ubuntu One, ele vinha integrado no sistema de código livre mas tinha aplicativos para aparelhos mobile e também para sistemas operacionais de mesa. O usuário pagava seu plano normalmente, mas quem não precisava de tanto espaço tinha um limite totalmente gratuito, assim como a concorrência oferece. Mas com a concorrência cada vez mais investindo em publicidade e disseminando seus serviços, a Canonical ficou esquecida nesse meio todo.

Sendo assim, a empresa anunciou na última semana que encerrará seus serviços no dia 1 de Junho. A justificativa dada pela Canonical aos usuários e fãs do serviço foi o alto custo de manutenção, o que no fim devia acabar em prejuízo. Mas quem pagou o serviço não precisa ficar apreensivo, pois o dinheiro será reembolsado. Quem tem seus arquivos salvos por lá, terá ainda dois meses depois do encerramento do serviço para salvar o que precisa da sua conta. Após os dois meses, o serviço será encerrado definitivamente, sem volta.

A Canonical ainda avisou que pretende investir no sistema operacional Ubuntu. Para quem não sabe, logo logo no mercado sairá aparelhos com o sistema mobile do mesmo. A próxima versão, a 14.04 LTS, já não terá mais suporte ao serviço. Aos fãs, resta procurar outro serviço de armazenamento.

Por Leandro de Souza


Nessa última terça-feira (1º/04) a marca Samsung divulgou seus três novos tablets que irão fazer parte da linha Galaxy Tab 4 em um futuro próximo. Os três modelos têm configurações parecidas, se olhados pelas especificações básicas, como o processador quad-core de 1,2 GHz e 1,5 GB de memória RAM. A intenção da marca é que em breve aconteça o lançamento dos modelos, possivelmente no segundo semestre deste ano. As linhas foram divulgadas, mas ainda sem preços certos.

O Galaxy Tab 4 que virá com uma tela de 10,1 polegadas contará com um processador quad-core de 1,2 GHz, a tela de 10,1 polegadas com resolução de 1280 x 800 pixels, câmera traseira de 3 megapixels e frontal de 1,3 megapixel, o sistema operacional Android 4.4, possibilidade de 16 GB de armazenamento e memória RAM de 1,5 GB. É um modelo simples, sem grandes novidades. As suas medidas serão de 243.4 x 176.4 x 7.95 mm, com uma bateria de 6.800 mAh – que pode ser o destaque do equipamento no quesito de uso por longas horas – e conectividades 4G (outra novidade) e Wi-Fi.

Outro modelo da mesma linha tem as mesmas configurações técnicas de processador quad-core de 1,2 GHz, sistema operacional Android 4.4, 16 GB de armazenamento e memória RAM de 1,5 GB. A diferença é o tamanho da tela, que será de oito polegadas e a bateria de 4.450 mAh, que seria de menor potência. O terceiro da linha Galaxy Tab 4 será composto por uma tela de sete polegadas e com opção de menos memória interna (8 GB e que deverá ter um menor preço) ou com a mesma possibilidade de armazenamento dos outros dois (16 GB). Ambas vão ter telas de 1280 x 800 e câmeras de 3 MP na traseira e 1,3 megapixel frontal.

Para trazer mais novidades aos consumidores, a Samsung vai colocar de “fábrica”, vários aplicativos diferentes e a interface Touchwiz da marca. As opções de cores serão preto ou branco. 

Por Carolina Miranda

Nova linha Galaxy Tab 4

Foto: Divulgação


O pacote Office, suíte de aplicativos de escritório da Microsoft, é um dos principais programas da companhia. Recentemente, foi anunciado que os usuários de iPad finalmente poderiam utilizar o Word, Excel e PowerPoint em seus dispositivos portáteis. Entretanto, especialistas dizem que o anúncio foi feito bastante tarde, o que resultou em uma perda considerável clientes em potencial, já que diversos outros apps semelhantes e de qualidade já dominam as lojas de aplicativos tanto da Apple quanto do Google. Um dos motivos para essa demora seria o temor de oferecer um programa que até então era exclusivo apenas para dispositivos Windows, desde o seu lançamento.

A grande verdade é que a Microsoft jamais se preocupara em criar um pacote Office exclusivo para a nova geração Multi Touch. Mesmo após o surgimento do Windows 8 e dos dispositivos Surface, o Office se manteve basicamente inalterado em termos de design e facilidade de uso em telas sensíveis ao toque. Esse detalhe pode parecer irrelevante, mas a geração atual praticamente obriga que os aplicativos sejam facilmente controlados por toque, apesar de o mouse continuar sendo bastante útil em alguns casos.

A Microsoft ainda não revelou oficialmente quando o novo Office deve chegar para o Windows. Sabe-se, porém, que a data deve estar bastante próxima já que a CEO Satya Nadella disse que os usuários do Windows irão saber mais sobre os planos da empresa para o Office “Touch” na conferência para desenvolvedores que acontece nesta semana em São Francisco, Califórnia. Outro assunto importante que deve fazer parte da empresa são os planos de assinatura e utilização da nuvem por aplicativos da companhia. Atualmente o Office está disponível para iPad através de uma assinatura anual U$ 99 e passa a ser gratuito em Tablets Android.

Com a novidade, a Microsoft visa desbancar o domínio de outros serviços, principalmente o Google Docs, que oferece uma ótima suíte de aplicativos de escritório tanto para tablets quanto para smartphones.

Por Ebenezer Carvalho

Pacote Office para iPad

Foto: Divulgação


A marca Microsoft quer ampliar seus serviços de tecnologia. A empresa quer fazer com que o seu sistema operacional Windows seja um programa que atenda também o funcionamento de robôs, canecas inteligentes e até mesmo ursos de pelúcia. O comunicado aconteceu de forma acidental em um dos sites que a empresa sustenta. A Microsoft pretende fazer o anúncio oficial desse novo investimento em outros segmentos nesta semana, entre os dias 2 e 4 de abril, na Conferência para Desenvolvedores Build 2014, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Na manhã desta quarta-feira, um dos sites da Microsoft, o portal Windows on Devices publicou um texto contendo algumas informações sobre a pretensão da marca sobre a ampliação de desenvolvimento em outros ramos, porém o comunicado foi retirado do ar longo em seguida.

Algumas instituições de ensino estão usando um hardware da Microsoft para a graduação de engenharia e a companhia pretende agora usar esse mesmo dispositivo – o chip Galileo da Intel – para sua nova empreitada.

Esse chip será analisado e reformulado para o lançamento de um kit de desenvolvimento nos próximos meses, com o objetivo de realizar atualizações regulares para ativação de suporte para serviços de nuvem e outras ferramentas que a Microsoft quer trabalhar. O site em que o comunicado apareceu sem querer – windowsdevices.com – agora não consegue ser acessado, redirecionando o usuário para um portal do Windows Azure.

Há alguns rumores que a Microsoft também pretende entrar no mundo de alta tecnologia. Ainda não se tem certeza se o “Windows on Devices” será alimentado para trabalhar em equipamentos como o smart watches ou os óculos inteligentes como o Google Glass. O seu concorrente Google investe em novas tecnologias, em relógios compostos com programas de celular e óculos tecnológicos e o boato é de que a Microsoft planeja entrar nesse segmento também.

A marca do sistema Windows aparece querendo desenvolver novas tecnologias após o Google revelar planos para o Android Wear, um sistema para aparelhos vestíveis. 

Por Carolina Miranda

Microsoft

Foto: Divulgação


Muitas pessoas ainda não sabem quais aplicativos para o Chromecast funcionam no Brasil, por isso, preparamos um guia para identificar quais os dispositivos disponíveis para os brasileiros.

A primeira coisa a se fazer é acessar a lista de aplicativos disponíveis para o Chromecast internacional no site do Google e verificar todos os dispositivos que podem ter compatibilidade com o aparelho. Da lista visualizada, somente alguns aplicativos funcionam com o Chromecast no Brasil. Para descobrir se os seus aplicativos preferidos são compatíveis com o Chromecast, é preciso abrir o seu aplicativo móvel e tocar no ícone do canto esquerdo superior.

Quando fizer isso, clique no quadro “Descobrir Aplicativos” e automaticamente os usuários será redirecionado para a página “Chromecast” do Google Play, local em que será exibido os aplicativos que podem ser baixados no dispositivo do usuário e que são compatíveis com o Chromecast da região em que a pessoa se localiza.

A negativa do programa é que ele foi lançado em julho do ano passado nos Estados Unidos e até a poucas semanas o Chromecast não estava disponibilizado em outros países. 11 países já estão comercializando o dispositivo, contudo, o Brasil ainda não integra esta lista e não se sabe quando estará possibilitado em vender o produto.

Alguns dos aplicativos mais acessados e que funcionam no Brasil são: Netflix, YouTube, Play Music, Vevo, Red Bull TV, Plex, Viki e Real Player Cloud. O Photowall for Chromecast também pode ser baixado normalmente, apesar de não estar na lista do Google Play exibida pelo app do ChromeCast.

Dispositivos como Hulu Plus e Pandora não integram a lista disponibilizada para serem usados no Brasil e nem mesmo tem previsão de ativação deles por aqui. Os dois aplicativos que funcionam como serviços de streaming de vídeo e de música sequer têm liberação para cadastros de brasileiros.

A novidade é de que com a abertura do Chromecast para todos os desenvolvedores, o número de aplicativos disponíveis para o Brasil vai crescer em pouco tempo.

Por Carolina Miranda


Para tentar conquistar usuários e chegar próximo ao sucesso do Facebook, o Google + lançou uma novidade nesta segunda-feira (31). Os usuários poderão ter a possibilidade de saber qual o número de visualizações que seu perfil teve, e até mesmo saber o número de acessos do conteúdo publicado nele. A nova ferramenta relembra as realizações feitas no Orkut, quando visualizações do perfil por semana ou no total vêm separadamente. A novidade está agregada tanto para páginas pessoais quanto de amigos ou públicas.  

O usuário que quiser saber desses detalhes precisa acessar o perfil de quem ele deseja obter os dados e, assim, o número de acesso de visualizações aparecerá para ele. Para saber do seu próprio perfil é só o usuário ir até o menu lateral do Google + e escolher a alternativa “Perfil” e lá estará os números detalhados. Se a curiosidade for para saber a contagem de visualizações de amigos ou até mesmo de personalidades, é só acessar a página daquele usuário que saberá quais os números atingidos por ele. A contagem vai aparecer embaixo da imagem do usuário e do nome dele ou instituição.

Essa possibilidade revelada pelo Google + vai atender principalmente personalidades públicas e empresas, para continuar ou melhorar estratégias de marketing para mais divulgação e visualizações. O interessante é que qualquer um pode ter acesso a esses números, dos outros e de si próprio. O usuário pode saber da sua popularidade na rede social e ainda pode comparar a sua com os dos amigos e conhecidos. O Google divulgou a novidade, mas afirmou que a contagem em certos momentos pode não estar atualizada em tempo real e que talvez os números não sejam tão precisos como o usuário queira. O recurso só está disponível para computadores, o programa ainda não tem disponibilidade para Android e nem iOS.

Ao usuário mais reservado que não quer que o número de visualizações apareça em seu perfil e nem utilizar o recurso para saber a contagem de outros, o Google + deu a opção de desativação do dispositivo. Basta ir novamente no “Perfil” e desmarcar a opção “Mostre quantas vezes o seu perfil e conteúdo foram visualizados”. 

Por Carolina Miranda

Google +

Foto: Divulgação


Na última quinta-feira (27) a Apple obteve uma patente de Smart Covers com teclado que pode colocar a marca em franca disputa mercadológica com a Microsoft. Esta já possui a linha de tablets Surface, com esse tipo de teclado, contudo a Apple quer ir além: vai investir nesses recursos extras para capas oficiais para o iPad com comandos de multitoques e ainda ser controlados por gestos.

Os modelos de Smart Cover atuais trabalham com uma conexão sem fio. A Apple quer lançar um produto do mesmo modo e ainda capaz de detectar os toques como os usados em display de touchscreen. A marca quer criar uma versão em que o usuário possa utilizar a Smart Cover personalizada como um meio de “segundo plano” de aproveitamento com o tablet, levando um conforto para o consumidor na hora da utilização, com a opção de colocar o iPad sobre a mesa e usá-lo como um computador.

Apple pretende pegar recursos de outros modelos já existentes e colocar em um produto só, com sua marca. O item, por exemplo, para identificar os comandos do usuário mesmo ele não tocando nas teclas – recurso parecido ao usado no Samsung Galaxy S4, o Air Gestures – é um dos desejos da Apple. E, segundo a patente, o usuário poderá também ativar e desativar a função sensível ao toque a qualquer momento, de acordo com a vontade do utilizador.

Os sensores do novo gadget poderão ir além, com configurações avançadas e de tecnologias inovadoras capazes de interações capacitivas, ópticas, resistivas, indutivas, acústicas, químicas, mecânicas ou eletromagnéticas como opções de sugerir a localização do toque no corpo do teclado.

A data de quando essa tecnologia estará disponível para os consumidores da marca Apple ainda não está disponível, nem mesmo como está o desenvolvimento de todo esse avanço. A marca aplicou essa patente em 2012, mas só agora foi concedida, por isso não há prazo para que isso tudo fique pronto para o mercado.

Por Carolina Miranda

Apple teclado gestual para iPads

Foto: Divulgação/Fujitsu


Uma “impressora” de chocolates foi apresentada este ano na CES 2014, um equipamento compacto parecido com uma cafeteira. A chamada ChocaByte é um estilo mesmo de uma impressora de 3D, só que ao invés de sair papel, para alegria de quase todos ela imprime chocolates. O gadget, um produto bastante tecnológico, começou a ser vendido na Austrália e o preço dela, além do trabalho que ela faz, é bem atraente: por apenas US$ 100 pode-se adquirir o aparelho. Convertendo para o real, a média de preço fica entre os R$ 230, sem impostos.

A utilização da ChocaByte é simples e não há dificuldades para a “fabricação” dos chocolates. Ela é reconhecida como um produto semelhante a eletroportáteis vendidos por aí. Qualquer um pode usar e pode ser colocado em um cantinho do balcão da cozinha, sem ocupação de muito espaço. E, por ser de fácil manuseio, ninguém precisa de conhecimentos de softwares específicos para ser guiar o aparelho. O que, mesmo sendo nomeada como uma “impressora”, o equipamento não é de difícil utilização como várias impressoras 3D existentes no mercado.

E as barras de chocolates que a ChocaByte consegue imprimir também não são nada mal. O equipamento é pequeno, mas as barras podem medir 5 cm de altura e largura, por 2,5 cm de espessura. Uma especificação do site oficial do produto diz “basta aquecer o cartucho de chocolate no microondas ou água quente e, em seguida, colocá-lo na impressora e pressionar ‘Start’. Uma impressão de chocolate duro é feia em menos de 10 minutos, pronta para consumir imediatamente”, explica.

De equivalência a impressora, os cartuchos de chocolate também são baratos, podem ser encontrado na Austrália por US$ 10 (na média de R$ 23). O usuário também tem a opção de criar barras de chocolates de outros formatos de sua preferência e, para isso, basta baixar outros modelos de impressão gratuitos disponíveis na internet e colocar a ChocaByte para trabalhar naquele projeto diferenciado de barras de chocolates.

Por enquanto, somente o país da Austrália, mais especificamente na cidade de Sydney o ChocaByte está disponível e, mesmo assim, somente para 500 pessoas de lá. Contudo, para a nossa alegria, o produto deverá chegar a vários mercados no prazo de 1 a 3 meses. 

Por Carolina Miranda

ChocaByte

Foto: Divulgação


A HP lançou este mês o SlateBook x2, que de longe parece um netbook, mas na verdade é um tablet híbrido. O aparelho possui um teclado encaixável que dá um conforto no uso. A sua negativa é o sistema adotado, o Android, que restringe as possibilidades se comparado aos sistemas de desktop. Ainda há uma outra baixa, o seu preço no Brasil será de R$ 1.899.

SlateBook x2 é considerado bonito e bem moderno, contudo, no quesito portabilidade deixa um pouco a desejar. Com o conjunto teclado e tablet, ele pesa 1,4 kg. Com esse peso levado na bolsa ou na mochila, depois de um tempo ele começa a incomodar. O peso agrega as infelizes medidas de 284 x 212 x 20 mm. Além disso, a bateria é naquele formato “tijolo”, o que pesa ainda mais.

O teclado apresenta quatro possibilidades de entrada, três no lado direito (HDMI, carregar e “Play”) e uma no esquerdo (USB), além do espaço para fone de ouvido. Na tela, as entradas ficam situadas na parte de baixo do display, escondidas quando em contato com o teclado. O tablet possui ainda um slot de cartão SD, conta com porta de carga própria e possui fone de ouvido e microfone.

Na parte de baixo da tela ficam as caixas de som, nas extremidades. Na parte de cima, há antena de WLAN, câmera frontal e iluminação para webcam.

A tela utilizada possui 10,1 polegadas e é bem confortável de ser manipulada. O aparelho possui uma boa resolução Full HD e um zoom em ícones menores, o que facilita a leitura. O sistema operacional utilizado é o Android Jelly Bean 4.2.2 e o tablet possui um processador móvel Nvidia Tegra 4. O tablet é capaz de rodar jogos sem travar. Outros aplicativos também rodam facilmente.

O HP SlateBook x2 tem duas câmeras: uma traseira com 2 megapixels e uma frontal apenas VGA. As duas possuem recursos para regular a qualidade da imagem a situação, mas sem muitas novidades quando comparadas às câmeras de tablets.

Por Carolina Miranda


No ano passado uma empresa chamada Logbar começou o desenvolvimento de um anel digital com capacidade de controlar atividades cotidianas como aparelhos domésticos, luzes e até atividades mais complexas envolvendo contas. Recentemente a Logbar criou uma campanha no Kickstarter para tentar a comercialização do produto e agora que conseguiu o dinheiro necessário, vem se preparando para entrar no mercado.

A empresa, que inicialmente precisava da quantia de US$ 250 mil, já ultrapassou o valor de US$ 438 mil vindos de mais de 2,6 mil pessoas. Faltando ainda um mês para o fim da campanha no site de financiamento colaborativo, a Logbar já arrecadou um valor bem acima do que ela realmente precisava. Mas porque tanto interesse das pessoas? Porque o Ring, o anel digital, aparenta ser tão bom quanto o prometido.

O usuário do Ring poderá fazer atividades como controlar a televisão, luzes de casa, aplicativos e diversas outras coisas. Será possível escrever textos simplesmente desenhando no ar e para abrir um aplicativo de fotos será necessário apenas imitar o ícone da câmera com o dedo. O anel também emite alertas luminosos e vibra quando o usuário recebe notificações.

Infelizmente por enquanto o sistema do anel só está compatível com o Android e iOS, mas os usuários do Windows Phone não precisam ficar tristes pois uma versão para este sistema já está sendo desenvolvida.

Seu preço inicial será abaixo dos US$ 200 e o anel começará a ser entregue no mês de julho. Alguns dos doadores poderão desfrutar do Ring com um mês de antecedência como forma de recompensa. Ah, os brasileiros não precisam ficar tristes, pagando uma taxa de US$ 15 cobrada a pedidos realizados fora dos Estados Unidos, o anel poderá ser adquirido por qualquer um.

Por Jaime Pargan


No último dia 3 de março, a Samsung oficializou os produtos, enviando um release para a imprensa internacional com os detalhes dos dois modelos que chegam ao mercado já em abril.

Um deles tem tela de 11,6’’ e vem em duas cores: branco e preto. O segundo modelo, com tela de 13,3’’ pode ser encontrado apenas em cinza, mas tem algumas configurações mais interessantes que o irmão menor. Os dois modelos e as três cores têm o acabamento em falso couro, como o Galaxy Note 3.

Eles ainda contam com uma entrada para cartões SD, 16 GB de armazenamento em SSD, além de saídas HDMI e USB 2.0 e 3.0. O visor octa-core, sem dúvidas, é um dos pontos fortes do aparato.

Assim como o nome já presume, o sistema operacional do Chromebook 2 é o Chrome, sendo possível a instalação de vários apps para melhor comodidade do usuário. Pode facilmente ser assemelhado ao desempenho do Windows (Microsoft) nos computadores convencionais.

Lembrando que o sistema é eficiente, mas não tão eficaz quanto o Android da mesma empresa, líder atual mundial dos segmentos de telefonias móveis e tablets.

O modelo de 13,3 polegadas possui uma resolução Full HD, 4GB de RAM, 16GB de armazenamento interno, processador Exynos 5 e bateria com capacidade para até oito horas e meia (a custar cerca de 289 euros), e um modelo de 11,6 polegadas com uma resolução de 1366×768 pixels, um processador menos capaz e uma bateria que garante até oito horas de funcionamento (a custar cerca de 231 euros).

Um novo valente competidor no mercado mundial de computadores móveis e, ao que tudo indica, após a elevada procura do produto em sua pré-venda na Europa, terá uma efetiva aceitação comercial.

Vale ressaltar que o Chromebook 2 não tem previsão de chegada no Brasil e a empresa nem ao menos informou quanto poderá custar os novos modelos.

Por Jaime Pargan

Chromebook 2

Foto: Divulgação


Geralmente, damos mais destaque aos tablets e smartphones. Esses são os aparelhos mais vendidos e procurados no mercado atual do mundo da tecnologia. Cada vez com mais aplicativos, recursos, funções específicas e novidades de todos os tipos, esses dispositivos vêm ganhando mais espaço no mercado. Porém, no meio desses dois gadgets, há um aparelho que está crescendo a passos largos no cenário tecnológico da atualidade. Estamos falando dos phablets. Mas qual o diferencial deles em relação aos smartphones e tablets?  Aqui veremos os pontos positivos que fazem do phablet um diferencial e uma excelente opção em todos os sentidos.

– Tela grande:

A tela grande é, sem sombra de dúvidas, um fator de vantagem e um ponto positivo para o phablet. Essa novidade, por sua vez, traz conforto para a visão e uma facilidade maior de manejo por parte dos usuários, além de facilitar ainda mais a questão do toque na tela;

– Armazenamento:

Os phablets têm um armazenamento muito maior que a maioria dos outros dispositivos móveis. E essa é uma qualidade essencial, pois sua capacidade de armazenar é de primeira linha.  Com uma memória interna de até 32 GB, é possível armazenar uma miríade de filmes, músicas, vídeos, jogos e demais recursos que o cliente quiser baixar para seu aparelho;

– Caneta:

A caneta, além de bacana para se usar, é de suma relevância para quem tem um phablet. É uma ferramenta especial que permite fazer que o dono possa tomar notas, o que é primordial nos dias de hoje. Bom para edições e telefones.

Essas são as vantagens dos phablets que, neste ano de 2014, esperam vender ainda mais aparelhos e conquistar um público  cada vez mais fiel. Seja como for, o mercado é amplo e, por essa razão, todos os gadgets têm espaço.  

Agora só nos resta a expectativa para ver as cenas dos próximos capítulos.

Phablets

Foto: Divulgação


Com uma presença marcante em 2013 com seus lançamentos, a coreana Samsung não para. Em 2014 já vem com gás total em busca de destaque no mercado, agora com o  Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro que falaremos mais para você.

Memória:

O Galaxy Tab Pro apresenta a mais recente Octa-Core chips Samsung Exynos com 3GB de RAM (alguns modelos serão lançados com Snapdragon 800). Quanto aos detalhes técnicos, estamos falando de uma combinação de quatro big.LITTLE 1.9GHz de altíssimo desempenho com núcleos Cortex A15 e quatro núcleos de 1.3GHz Cortex A7, que são famosos por sua eficiência em termos de energia. Os gráficos são atendidos pela GPU Mali-T628 MP6, que deve ser poderoso o suficiente para lidar até mesmo com os  jogos que requerem mais do aparelho.

O Tab 12.2 Pro vem em uma modelo com 32 GB de armazenamento interno e outro com 64 GB, mas tendo suporte para armazenamento expansível, com cartões microSD de até 64GB. Assim, o total de armazenamento pode chegar a 128 GB, que deve ser suficiente para a maioria dos usuários.

Internet e Conectividade:

Você pode acessar a web no Galaxy Tab 12.2 Pro  tanto através do navegador Samsung  personalizado Android, ou via o aplicativo móvel do Google Chrome (Adobe Flash não é suportado originalmente). A grande vantagem de se ter 12,2 polegadas no  Tab Pro é que ele é quase tão grande quanto o ultrabook médio, possibilitando assim ao usuário desfrutar de páginas web em seu tamanho real e formato, sem a necessidade de ampliar ou lidar com versões móveis.

A alta resolução faz uma grande diferença quando se lê, podendo-se utilizar ainda fontes menores. O  Tab 12.2 Pro vem em  um modelo com Wi-Fi-only 4G LTE habilitado. Por todos os indícios visíveis, parece que a Samsung vai lançar uma versão separada para os Estados Unidos que suporta bandas LTE específicas, e outra para o resto do mundo, que utiliza as bandas europeias e asiáticas LTE. Ambas as versões 4G também serão capazes de utilizar redes 3G. No caso de sua operadora não suportar LTE ainda, outras opções de conectividade incluem dual-channel Wi-Fi, A-GPS e Bluetooth 4.0.

Por Jaime Pargan

Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro

Foto: Divulgação


No momento do MWC 2014 a HP aproveitou para anunciar seu novo notebook, o Pavilion x360. Só que, ele não se enquadra somente no que chamamos de notebook: ele pode também se transformar em um tablet, pois sua tela tem um espectro de quase 360º de mobilidade, o que deu raiz ao nome do gadget.

O novo notebook e tablet da HP, o Pavilion X360 pode ser chamado de Multiuso. Mas, no comparativo dos dois quesitos, ele funciona melhor como notebook. Ele é um laptop compacto, bem acabado e leve, mas muito grande e pesado para um tablet, com seus 1,4 kg. Quando ele “vira” um tablet, o teclado e o trackpad ficam exibidos do outro lado, desativados.

O que chama mais atenção do Pavilion X360 é o seu design. Na parte interna, próximo ao teclado, o acabamento é de alumínio e uma carcaça externa de plástico duro para dar resistência. Ao mesmo tempo em que a sensação é de um notebook delicado por dentro, externamente ele demonstra ser robusto e forte. E há um detalhe interessante: o plástico, quando debaixo da luz, apresenta pequenos pontos luminosos. É parecido com glitter, em que o usuário pode escolher entre a cor vermelhar e cinza.

O que desanima no novo notebook/tablet da HP é a tela de 11,6 polegadas. Atende bem aos comandos e tem boas cores, contudo a visibilidade dele é ruim para o usuário que não está exatamente de frente à tela. Outra desvantagem é que quando utilizado como notebook, a tela é instável, tremendo de maneira cavalar a cada toque.

O teclado é bem macio, prazeroso de usar. Tem um conforto extremo e as teclas não parecem acumular a oleosidade dos dedos. O X360 também tem um som exemplar nas duas saídas e, por isso, possui em sua característica o selo Beats Audio, o que qualifica ainda mais o equipamento.

O preço é bem atraente pelas suas qualificações. Ele será vendido a partir de US$ 399, o que seria cerca de R$ 950.

Ficha técnica: chip Intel 64-bit, 4 ou 8 GB de RAM e hard drive de 320 GB, 500 GB, 720 GB ou um híbrido de 500 GB.

Não há previsão de chegada no Brasil e nem seu preço por aqui. O que se sabe é que a novidade chegará ao mercado americano e europeu neste mês (março). 

Por Carolina Miranda

HP Pavilion x360

Foto: Divulgação


O novo H160 SlidePad da LG proporciona a você conveniência em todos os momentos além de ter em suas mãos um modelo ultramoderno.

A LG está com um super lançamento, é o conversível H160 SlidePad. Com ele você terá agilidade e conforto em todas as ocasiões, pois com apenas um clique você muda do modo Tablet PC para o modo Touch PC. É só escolher qual modo você quer usar e pronto, simples assim.

Além do seu design bonito e moderno, com detalhes em prata e branco que deixam o device com um ar elegante, sua tela de 11,6 polegadas é touch e responde a até 5 dedos simultaneamente, ótimo para editar imagens, jogar ou até mesmo trabalhar.

A tela do H160 SlidePad também possui a tecnologia IPS, uma tecnologia exclusiva da LG que proporciona imagens perfeitas em ângulos de até 178°, com cores muito mais nítidas e consistentes ao longo de toda a tela, não importa em que modo esteja usando. Incrível, não?

Em relação as suas especificações técnicas, o H160 SlidePad vem com memória RAM de 2GB e espaço em disco rígido de 64GB para você guardar todos os seus arquivos. Tem também câmera frontal  – com LED,  Bluetooth 4.0 + LE, entrada USB e saída HDMI.

Com seu novo processador Intel Atom Z2760, a autonomia da bateria alcança até 12 horas, permitindo que você trabalhe ou jogue mais tempo sem se preocupar. Ficar sem bateria com o H160 Slidepad não é uma opção.

Para completar ainda mais a sua experiência com este conversível, ele já vem com Windows 8 instalado. Com ele, você poderá deixar seu H160 SlidePad ainda mais pessoal e com a sua cara utilizando, por exemplo, sua foto favorita como senha. Vale foto da festa, com os amigos, ou com a família – é você quem escolhe. Além de ser mais pessoal, é mais seguro também, pois além da foto, você marca três gestos na tela touch para desbloquear.

Depois de desbloquear o computador é só se jogar no mundo de apps que a Windows Store disponibiliza, lembrando também que o Windows 8 já vem com vários apps pré-instalados. Uma das opções é o app E-mail, para você sincronizar seus endereços eletrônicos e receber todas as suas mensagens em um só lugar. O app Pessoas – que é uma grande lista de contato que reúne seus amigos de todas as redes sociais, vai deixar você ainda mais próximo de quem ama. Já o app Notícias mostra todas as atualidades automaticamente, sem você precisar sequer abrir o aplicativo.

O H160 Slidepad com Windows 8 é a combinação de conveniência e tecnologia que você estava esperando.

Por Danilo Moraes

LG H160 SlidePad

Foto: Divulgação


A divisão de PCs Vaio não faz mais parte da Sony. A gigante japonesa vendeu a divisão para o fundo de investimento Japan Industrial Partners (JIP). A Sony anunciou que também haverá uma separação da unidade de TVs. Agora a marca quer focar nas áreas mobile e de games.

Segundo as informações da empresa, o motivo da venda foi as grandes perdas no segmento de negócios eletrônicos e as drásticas mudanças que a indústria de computadores sofreu nos últimos anos.

Agora, a empresa focará seus esforços nas áreas mais importantes da companhia, a de imagem, games e mobile.

A marca japonesa fez questão de avisar que todos os clientes que comprarem os produtos Vaio continuarão recebendo suporte da empresa.

As duas empresas envolvidas na transação não divulgaram os valores da negociação. O que se sabe é que a JIP irá tomar conta do mercado de PCs e o nome da marca passará a ser somente “Vaio”. A princípio a linha “Vaio” será comercializada apenas no Japão, com a possibilidade de expandir para outros países.

Em 1996 a Vaio entrou no mercado de computadores e no decorrer dos anos conseguiu atrair diversos olhares de admiração, inclusive de Steve Jobs, que em certa feira declarou ser fã da marca e imaginava um dia ver seus produtos rodando seu sistema OS X.

A empresa passará por uma reestruturação e contará com a divisão de TVs.

O negócio acabou por acarretar em uma série de demissões de funcionários, sendo 3,5 mil no Exterior e o restante no Japão. Porém, existe a possibilidade de alguns profissionais serem remanejados para outras corporações. A JIP irá ficar com cerca de 250 a 300 empregados.

Vale lembrar que em 2012 a Sony comprou parte da empresa sueca Ericsson, o que fez a parte mobile crescer e manteve o mercado aquecido com os lançamentos da linha Xperia.

Um relatório financeiro divulgado recentemente pela empresa mostrou um aumento de 45% nas vendas de aparelhos móveis, chegando a mais de 10 milhões de unidades vendidas no último trimestre.

Outra divisão da empresa que vai muito bem é a de games, que lançou o PS4 e seu faturamento está batendo a casa dos US$ 172 milhões.

Por Ageu da Rocha


A nova patente da Apple promete transformar o trackpad dos Macbooks em algo inovador. A companhia registrou a patente em um escritório nos Estados Unidos e em breve poderá sair do papel e ser estudada detalhadamente. A patente irá substituir os cliques por novos sensores de força, que podem ser utilizados tanto para clicar como para arrastar e segurar.

O documento foi feito ainda no ano de 2009, por oito inventores que trabalharam juntos. A tecnologia inventada incorpora ao trackpad quatro sensores, um em cada canto. Estes irão detectar a força que o usuário fez sobre eles. Com esse mecanismo, não há necessidade de utilizar botões mesmo quando for necessário. Segundo os desenhos do projeto, haverá uma grande mudança no controle do mouse no Macbook.

Estes sensores possuem a capacidade de calcular melhor o que o usuário pretende fazer, somente pelo modo de como ele passa seu dedo em cima do trackpad. Desse modo, ações de soltar e arrastar serão facilitadas. Com os quatro sensores que serão incorporados, o nível de sensibilidade aumenta, possibilitando o usuário controlar o mouse com maior precisão. O trackpad irá emitir alertas vibratórios, como por exemplo, avisar o usuário quando uma mensagem for recebida.

A ideia da empresa é facilitar a usabilidade do trackpad. Este irá economizar espaço no interior do aparelho, deixando os Macbooks ainda mais finos. Ao tocar nele, os sensores dariam uma resposta com uma vibração. Ele ainda permite que o usuário controle a sensibilidade dos sensores, dando funções específicas aos toques mais leves e mais fortes. O controle da barra de rolagem, função complicada de realizar segundo usuários, será bastante facilitada.

A tecnologia não ficará restrita somente nos Macbooks, mas também poderá ser incorporada nas telas dos iPads e iPhones. Mesmo com a patente já registrada no escritório, não há previsão de quando a nova tecnologia será implantada nos produtos da Apple.

Por Danilo Gonçalves


Há exatos trinta anos atrás, Steve Jobs apresentava o Macintosh. Desde aquela época, já era possível se ter uma visão revolucionária do que viria a ser a Era Digital e também o início do grande sucesso da Apple.

Na época, o preço do Macintosh chegava a US$ 2.495 (mais em conta que seu antecessor Lisa, que chegava a absurdos US$ 10.000).

O modelo, com design super quadrado (inclusive referindo se ao mouse), tinha nove polegadas, entrada para disquete e pesava pouco menos de oito quilos. Apesar da grande novidade na época, sua produção foi sessada um ano depois, em Janeiro de 1985. 

A versão "compacta" do Lisa foi apresentada ao lado do diretor executivo da Apple naquela época, John Sculley. Os doze meses de produção, assim como os seus reparos, eram feitos em San Diego, na Califórnia. Segundo pessoas próximas a Jobs, o gênio com visual hippie e muito jovial nunca se importou tanto com a opinião dos consumidores em relação aos componentes do Macintosh e trabalhava em prol da adaptação ao uso do mouse, já que muitos usuários não tinham o costume de utilizá-lo mesmo sendo parte importante da nova invenção.

O Macintosh tinha uma ferramenta exclusiva que convertia texto em voz, um verdadeiro paradoxo na época. A primeira frase que deu "start" na função era composta por uma breve apresentação da máquina, que ainda relatava ser muito bom ter saído da "maleta" e que não estava acostumado a falar com o público. A máquina ainda disse para os presentes do auditório nunca confiarem em um computador que não pudessem levantar ou ser carregado, em alusão as máquinas da concorrente IBM, como o IBM PC, que também foi lançado em 1984.

O auditório Flint, local que a "máquina falante" se apresentou, foi tomado por diversos comentários e segundo o autor da Biografia de Steve Jobs, Walter Isacson, fez com que o ilustre gênio retribuísse apenas com um sorriso sensato que aguardou cerca de cinco minutos até que pudesse dar continuidade na sua apresentação.

Por Luciana Ávila


A empresa japonesa Nikon anunciou o lançamento de sua mais nova câmera, a DSLR D7100.

Combinando características inovadoras, tecnologia de ponta e uma excelente performance, o objetivo do novo produto é criar, cada vez mais, uma qualidade de imagem superior.

Pesando apenas 675 gramas, a novidade foi feita para todos os apreciadores da portabilidade. Feita para os apaixonados por fotografia, ela apresenta um novo método para recortar imagens, aumentando o ângulo de visão para o fotógrafo em até 1.3x  em uma tela LCD TFT com 3,2 polegadas, facilitando a visualização e proporcionando um menu em que se pode utilizá-lo de uma melhor maneira.

O conhecido sistema Nikon AF com 51 pontos foi melhorado, produzindo uma maior velocidade nos disparos em até sete quadros a cada segundo. Com seu foco melhorado e uma rápida detecção, a mais nova câmera do mercado será um sucesso de vendas. Anteriormente a captura de cada imagem, o sistema AF é interpretado pela câmera, sendo incluído cores mais vivas através de um sensor RGBW, fazendo com que, a cada quadro, o foco não se perca.

Quando o usuário enfrentar situações em que a iluminação é pouca, a nova faixa de ISO de até 6.400 pode expandir-se para mais de 25.000. Para uma melhor praticidade, em seu lado esquerdo a DSLR D7100 apresenta um botão o qual poderá acessar todas as funções.

Com sua parte traseira feita em liga de magnésio, a novidade é antipoeira e impermeável. Inúmeras qualidades, porém, não estão acessíveis a todos. Seu preço, quando completa com suas lentes e flashs, ultrapassa os R$ 3.000, porém, é uma excelente aquisição para quem procura boas fotos.

A nova câmera poderá, brevemente, oferecer um controle remoto sem fio. Além disso, a mesma vem com disponibilidade de conexão Wi-Fi e, sua conexão para passagem de dados pode ser utilizada sem fio.

Por Danilo Lacalle

Nikon DSLR D7100

Foto: Divulgação


A ASUS é uma empresa especializada em hardware, que trabalha na fabricação de vários produtos de informática como computadores portáteis, placa-mãe, placa de vídeo e outros. Além da parceria com empresas como HP, Apple, Sony e outras do ramo. Sempre trabalhando na criação de produtos informatizados cada vez mais modernos, lançou o mais novo modelo de notebook conhecido como Transformer Book T100.

Em um showroom, a ASUS apresentou este modelo de computador que atraiu o interesse de muitos compradores, principalmente nos Estados Unidos, o Transformer Book T100 ganhou destaque pela praticidade e sofisticação. Compreende que seja um notebook, pois oferece os mesmos recursos, mas é do tamanho de um netbook e prático como o tablet.

O Transfomer Book T100 apresenta uma facilidade de desencaixe da tela da mesma forma do tablet, dispõe de 1 cm de espessura, por isso permite maior conforto ao levá-lo para onde desejar. Além do peso de 544 gramas, não pesa na bolsa ou na sacola onde permanecer guardado durante a locomoção. A tela de 10 polegadas é muito compacta, não ocupa muito espaço, permite uma boa visualização e não é grande como de outros modelos de computadores. O teclado na mesma proporção da tela é pequeno para não ocupar espaço e com as mesmas utilidades de outros teclados, atende todas as necessidades e permite a uma boa agilidade de digitação.

O programa é o Windows 8.1, o mais usado no mundo e ainda contém a bateria que dura em torno de 8 horas, oferecendo maior disponibilidade de tempo para aqueles usuários que precisam de um computador em tempo maior sem necessariamente usar uma fonte de energia, indicado para quem faz viagens ou participa de reuniões. O processador também atende muito bem, sendo um dos melhores do mercado e com um bom desempenho. O preço parece bem interessante, um valor acessível em produto que parece ser completo. É claro que é necessário fazer uma boa pesquisa de preço em várias lojas e conferir as ofertas.

Enfim, as pessoas estão buscando produtos digitais cada vez mais modernos e sofisticados, com maiores recursos de aplicativos em tamanhos menores com facilidade de manuseio e de transporte. Acreditamos que o Transformer Book T100 chegou para proporcionar todo o conforto que o usuário merece. Quem está precisando de um notebook precisa conferir as vantagens do Transformer Book T100.

Por Jaqueline Mendes

Transformer Book T100

Foto: Divulgação


No fim do ano passado tivemos muita repercussão com o lançamento do Android KitKat que chegou causando devido ter  o seu lançamento junto com o Nexus 7. Até agora o que sabemos, é que são poucos os aparelhos que receberam esta atualização e muitos que são top de linha, como o Samsung Galaxy S4, também continuam aguardando pela novidade.

Mas e para os tablets, o que realmente pode melhorar nesta atualização?

Os dispositivos que mais são comentados até então são os smartphones, mas muitos se esquecem que alguns usuários utilizam o convencional tablet e que o mesmo pode aceitar a atualização destes recursos. A principal dúvida é se realmente irá acrescentar benefícios. A resposta é que nem todos os benefícios do atual Android KikKat podem ser relevantes para os tablets atuais, mas sem dúvida a versão 4.4.2 não vai decepcionar tantos com os problemas apresentados anteriormente já no início do procedimento.

Algumas das pessoas que já testaram o KikKat em tablets, poucas não gostaram dos detalhes acrescidos para SMS, por exemplo, ou algum outro detalhe de pouca importância para quem procura realmente por outras questões e utilidades. Nesta atualização o "immersive mode" ocupa a tela inteira e tem maior integração com o assistente Google Now (caso o tablet esteja configurado na língua inglesa), em português ele pode apresentar um certo limite de desempenho como no comando de voz, por exemplo.

Outros benefícios são melhor controle de memória RAM e baixos índices de travamento durante a navegação online. 

O desempenho do Android KiKat foi testado na sua maioria em dispositivos Nexus, mas os resultados para outras marcas são muito próximas ou semelhantes aos resultados da nova atualização. Todo cuidado reflete apenas no modelo e na versão atual que o seu tablet apresenta, o recomendado é que antes de efetuar a atualização os proprietários chequem a compatibilidade para evitar uma possível decepção.

Por Luciana Ávila

Android KitKat para Tablets

Foto: Divulgação


Mesmo parecendo ser meio que “bajulação” a Razer é uma das empresas que deu e continua dando a “cara a tapa” quando o assunto é o mercado de produtos voltados para os consumidores assumidamente gamers.

Os últimos lançamentos da companhia só vieram para consolidar ainda mais a marca no setor e torná-la referência nesse assunto. Talvez seja exatamente por isso que quando outra companhia se embrenha nesse caminho as comparações sejam quase que inevitáveis. Como exemplo, temos o fato de que a Razer foi uma das primeiras empresas a desenvolver a ideia de reduzir o tamanho dos laptops para gamers, entretanto, outra companhia da área parece estar de olho nesse mercado. Estamos falando da Gigabyte que anunciou recentemente o lançamento do Aorus X7. O aparelho conta com 2,29 cm de espessura e foi alçado ao posto de principal produto de uma nova marca da empresa voltada para PCs de jogos.

O Aorus X7 possui uma dimensão de 17,3 polegadas. As configurações do aparelho são bastante poderosas. Ele traz integrado duas GPUs NVIDIA GeForce GTX 765M. A “alma” da máquina é um processador Quad-Core Intel Core i7-4700HQ. Fora isso o novo computador conta ainda com 32 GB de memória RAM, traz também um par de SSDs que possibilita uma expansão para até 512GB. O disco rígido tem nada mais nada menos que 1 TB. Aí vem a pergunta: Como é que tudo isso vai ser resfriado? Pois bem, o X7 vem com dois coolers e possui quatro aberturas para a entrada de ar. Também tem cinco dutos termais.

Já no que diz respeito à conectividade apresentada pelo aparelho a informação é de que ele já virá com HDMI dual, um conector VGA e uma Mini DisplayPort. O VGA permite que o usuário possa ligar até três monitores extras à tela do laptop que conta com uma resolução de 1080px.

Já os itens propriamente voltados para os jogos a informação é de que o Aorus X7 possui botões dedicados a macros (o teclado é retroiluminado), um chip Killer de Lan e uma placa de rede Wireless 802.11ac.

Com relação à bateria a dúvida ainda permanece. Mas como nada foi dito a respeito, a expectativa é de que a mesma não tenha uma duração muito grande.

De acordo com a fabricante o aparelho deverá fazer sua estreia oficial nas lojas já no mês de março deste ano. O preço estimado do dispositivo deverá oscilar entre  US$ 2.100 e US$ 2.800. Em Real isso seria algo em torno dos R$ 4.979 e R$ 6.638 sem contar com os impostos.

Por Denisson Soares

Gigabyte Aorus X7

Foto: Divulgação


Para quem costuma acompanhar o mundo da tecnologia, em especial o setor de que envolve os computadores, já sabe que de uns tempos para cá a indústria que envolve o mesmo não anda muito bem. O lançamento e o barulho causado pelo Windows 8 e os investimentos cada vez maiores em tablets com display touch com o foco de se aumentar as vendas não conseguiram mudar o rumo das coisas. Para falar a verdade a situação piorou.

No ano passado houve uma retração de 10% na área. Entretanto, a Intel parece não estar muito a fim de “chorar o leite derramado” e se depender dela isso vai mudar. De acordo com informações divulgadas por meio do site The Verge, a empresa anda trabalhando com o objetivo de apresentar uma nova marca de computadores com um diferencial que irá chamar muito a atenção: os aparelhos deverão ser capazes de rodar Android e Windows ao mesmo tempo.

Conforme as informações divulgadas a companhia que construiu bases sólidas como fabricante de chips já estaria implementando acordos com diversos fabricantes de computadores com o intuito de tornar viável a fabricação do novo dispositivo. Caso tudo ocorra bem não será preciso esperar muito para vermos os resultados. A Intel estaria planejando apresentar a nova linha de computadores ainda na Consumer Electronic Show 2014 (CES), que acontece em Las Vegas.

O protótipo do dispositivo foi batizado de “Dual OS”. O Android irá rodar virtualizado dentro do Windows. Isso vai permitir que o usuário do aparelho tenha acesso tanto a aplicativos do Windows quanto do Android ao mesmo tempo. Uma boa sacada, já que assim não será preciso que a pessoa reinicie a máquina para trocar de sistema.

Mesmo sendo uma ideia interessante ela não é de todo nova. Vale lembrar que no passado a Samsung já havia lançado um notebook híbrido, o AtivQ, baseado no Windows 8 e no Android. A Asus também já deu sinais que estar trabalhando em algo parecido.

Por Denisson Soares

Intel deve lançar computador híbrido

Foto: Divulgação


A revolução que os smartphones trouxeram junto com seus sistemas operacionais alavancaram uma série de possibilidades, além de trazer comodidade ao dia a dia das pessoas. Essas características, aliadas às inovações tecnológicas que vêm surgindo mundo afora, levam algumas empresas a acreditar em uma conectividade que possibilite ao usuário uma experiência mais duradoura com seu smartphone/tablet. É o caso da Lenovo, que parece acreditar muito nessa experiência.

A empresa aposta em novas telas capazes de fazer com que os usuários se conectem em sistemas Android de maneira similar à experiência que já têm em seus smartphones e tablets. Atribuindo ainda mais utilidade ao que antes era possível apenas em computadores de mão.

O ThinkVision 28 possui uma tela de 28 polegadas com uma incrível resolução 4K com densidade de 157 ppi. A tela traz funcionalidades extras de conectividade e processamento, tudo funcionando perfeitamente através de um dispositivo Android.

A ideia é criar uma experiência única entre o usuário do sistema Android com a comodidade do desktop. As facilidade do sistema operacional mais famoso do mundo dos smartphones, como o toque na tela, sem a necessidade de mouse ou teclado, tudo em um lugar cômodo e eficiente. Espera-se que o novo mecanismo traga ao usuário uma incrível central multimídia, capaz de satisfazer suas necessidades básicas de entretenimento como jogos, filmes, vídeos e música. Tudo baseado em aplicativos Android.

O novo equipamento, destinado a casas e escritórios, deve chegar com compatibilidade ao Android KitKat, conectividade WiFi, Bluetooth 4.0, DisplayPort, Ethernet, um incrível NFC chip NVIDIA Tegra 4i, além de 3 portas HDMI, entrada para cartão micro SD e múltiplas entradas USB. Como se não fosse suficiente, o modelo vem com uma memória RAM de 2GB e 32 GB de disco rígido.

A previsão é de que o modelo ThinkVision 28 da Lenovo será lançado em julho no mercado internacional com preço em torno de US$ 1 mil. Sem dúvida alguma a Lenovo está tentando fazer do ano de 2014 o ano da sua marca no mercado.

Por Halifas do Bonfim

Foto: Divulgação


A feira de eletrônicos CES continua. Todo dia, novos aparelhos ou tendências aparecem por aquelas bandas. São alguns dias onde as empresas mostram as novidades a cada ano, o que irá disponibilizar para o usuário final e tudo mais. E o interessante é que são produtos para todos os gostos e bolsos.

Inúmeras empresas agregam ao evento mais tecnologia e inovação. Pensando no usuário final, algumas empresas trouxeram um modelo novo que tenta conquistar uma parte do publico final: os híbridos. Eles são tablets que acoplados a um teclado, tornam-se uma espécie de notebook ou ultrabook, para uso corporativo. Alguns modelos oferecem apenas um sistema operacional embarcado de fábrica, geralmente o Windows 8 é o sistema apostado, mas existem outros com Android incluído. E a Asus resolveu trazer para a CES, um ultrabook embarcado, tanto com Windows 8, quanto com Android (a versão escolhida é a 4.1).

O aparelho se chama Transformer Book Duet, com tela de 13,3 polegadas. O usuário terá ainda 4 GB  de RAM para as tarefas um pouco mais pesadas e pode escolher entre Core i3 ou Core i7. Segundo a ASUS, no momento em que você usufruir o brinquedinho, não há uma limitação de sistema operacional, deixando livre ao usuário optar, ou por usar Windows naquele momento, ou pode usar o Android e instalar os aplicativos que vinha usando no antigo tablet ou no smartphone atual. Para quem tem um tablet com processador Atom, da Intel, sabe que o Android deu uma evoluída em compatibilidade com este segmento de processadores.

Não podemos deixar de mencionar o tamanho de armazenamento que a Asus colocou dentro do híbrido. A promessa é que tenhamos para o tablet até 64 GB de armazenamento, começando com 32 GB. Já para a função notebook, o usuário final pode ter até 1 TB de armazenamento dento do aparelho. Lá fora, toda essa modernidade custa em torno de 599 dólares.

Por Leandro de Souza

Asus Transformer Book Duet

Foto: Divulgação


Antigamente costumava-se reclamar demais do tempo de duração das baterias dos notebooks. Agora com a chegada dos ultrabooks o assunto também é o mesmo. Chega a ser tão comum o problema que ele representa uma das principais reclamações dos consumidores de computadores portáteis. Isso já deveria ser até previsto (se é que fingem que não) uma vez que a cada dia usamos mais e mais aplicativos simultaneamente e isso sem contar com o brilho da tela.

Entretanto, algumas empresas do setor parece que finalmente resolveram dar atenção a essa gama de reclamações dos consumidores. A Toshiba é uma dessas empresas. Recentemente a fabricante anunciou sua nova linha de ultrabooks chamada de Dynabook KIRA. De acordo com as informações divulgadas pela empresa a previsão é de que bateria dos aparelhos dure até 22 horas seguidas de uso sem ter que ver a “cor” de uma tomada.

Em relação às especificações técnicas do Dynabook KIRA V634 as informações são as seguintes: o aparelho chega ao mercado com um processador Intel Core i5 (Haswell) e tem até 8GB de memória RAM. O ultrabook também conta com SSD de 128 GB de capacidade de armazenamento. O peso total do aparelho é de 1,12 kg e tem 17,9 mm de espessura. Já a tela tem a dimensão de 13 polegadas com uma resolução de 1.366 x 768 pixels. No mais vamos encontrar o Bluetooth 4.0, entrada HDMI com suporte para saída de vídeo em Ultra HD (4K) e também conectividade via Wi-Fi.

Um detalhe interessante de se observar é a questão da resolução do monitor do Kira V634. É exatamente essa resolução que permite que o ultrabook tenha uma reserva extra de bateria uma vez que não requer muito desempenho para o processamento gráfico. Em termos comparativos podemos citar o iPad Air que conta com uma tela de 2048×1536 de resolução. O que claro aumenta o consumo de energia e diminui a autonomia da bateria durante o dia.

Por Denisson Soares

Toshiba Dynabook KIRA

Foto: Divulgação


Ele vai chegar para integrar o time dos super tablets. Tudo porque terá uma tela de resolução tão poderosa, que no ano de 2014, será o item de cobiça para quem atua no universo empresarial ou no segmento educacional. Trata-se do iPad 12,9”, o super computador de tela LED que é a promessa da Apple para 2014.  

A resolução da sua tela será de 2048 x 1536 pixels, associado a todos os aplicativos que os usuários irão precisar para trabalhar ou se entreter, com toda a leveza do mais novo lançamento da Apple. Une-se a esses atributos, o design sempre inovador que faz parte da geração de super tablets da companhia americana.

A noção de preço ainda é um mistério, já que está agendado para o final de 2014 o lançamento do iPad 12,9” da Apple, no entanto, já começaram as expectativas para quem gosta de tecnologia e gosta de usá-la para desenvolver todos os segmentos da vida.

Para os curiosos, a boa notícia é de que já circulam pela grande rede mundial imagens de outros grandes lançamentos da Apple como o iPad 5 e o mini 2. Ao menos é um consolo para saber o que aguardam, para o próximo ano, os loucos por tecnologia.  

Não se pode esquecer que as concorrentes não ficarão paradas, vendo a Apple avançar, o que deixa a entender que a Samsung, entre outras companhias, também prometem lançar moderníssimos tablets. A expectativa mesmo é que a Samsung lance em 2014, o seu tablet com tela flexível, câmera frontal de 3 megapixels e até 32 GB de memória. O preço dele também é um mistério ainda, o que atiça ainda mais a ansiedade de compradores de tecnologia.

Mas, o ano novo está chegando, é só aguardar as novidades que vêm por aí e que chegarão ao Brasil com todo o vapor.

Por Michelle de Oliveira

iPad 12,9 polegadas

Foto: Divulgação


Talvez você ainda não tenha ouvido falar da GT Advanced Technologies, mas em futuros dispositivos da Apple, a empresa ocupará espaço mais notável no mundo das tecnologias.

A empresa, que fornece cristal e materiais para indústria eletrônica, entre outras indústrias, anunciou no dia 5 de novembro que está assinado um acordo de fornecimento com a Apple para fornecer materiais de safira.

A safira tem aparecido com destaque em produtos mais recentes da Apple – o iPhone 5S com leitor  identificador de impressão digital apresenta um corte na tampa de cristal confeccionado em safira e o iPhone 5 foi o primeiro a apresentar uma lente de cristal de safira.

Os comentários agora são que a Apple poderá usar o material reluzente em touchscreens futuros e os rumores são de que esta inovação seja vista já no iPhone 6, previsto para 2014. A Apple também poderá estender o revestimento de safira a suas outras linhas de produtos, incluindo o próximo iPad.

Como parte do acordo, entre a GT e Apple, GT vai possuir e operar o equipamento necessário para a produção de safira em uma nova fábrica da Apple, no Arizona, que contará com fornos de capacidade para proporcionar baixo custo, alto volume de fabricação de materiais de safira.

A Apple, em contrapartida, teria acesso às cargas deste material por um preço mais acessível, o que tornará ideal a produção em massa de milhões de celulares, tablets e muito mais.

O negócio entre a GT Advanced Technologies e Apple ainda é novo, e com o iPhone 5S, iPhone 5C, iPad Air e iPad Mini 2 com tela de Retina recém-anunciados, é muito provável que vejamos a safira com material de confecção nas próximas gerações de produtos da marca.

Aos tecnomaníacos resta aguardar mais esta inovação prometida no mercado tecnológico. Isso é a Apple buscando impressionar cada vez mais seu público exigente por qualidade e  desempenho.

Por Jaime Pargan

iPhone 6

Foto: Divulgação


Após anunciar seu primeiro tablet a Nokia irá lançar mais uma versão Lumia, o produto de 8 polegadas está em desenvolvimento e aguardando lançamento.

As informações foram primeiramente divulgadas pelo site The Verge e pelo perfil @evleaks do Twitter. Ambas as fontes afirmam que alguns detalhes sobre o novo produto da empresa finlandesa foram confirmados por pessoas com acesso ao planejamento da companhia. Segundo tais fontes o codinome do gadget seria “Illusionist” (“Ilusionista” em português).

O novo tablet Lumia virá equipado com Windows RT 8.1, terá processador Qualcomm e tela de 8 polegadas. Segundo o site The Verge o aparelho terá um design semelhante ao Lumia 2520, que teve seu lançamento em outubro deste ano. Além disso, também antecipa que há probabilidade de tal produto possuir um preço mais acessível.

A fabricante de smartphones ainda não se pronunciou em relação ao lançamento do Illusionist, porém há expectativa para que ocorra em meados de novembro deste ano, quando mostrará seu novo produto, além de outros lançamentos. Entretanto o acordo entre a fabricante e a Microsoft seria oficialmente fechado nessa mesma época e, apesar de ambas as companhias serem obrigadas por lei a continuar com os planos de vendas, a futura dona da linha pode resolver cancelar o produto para que não ocorra interferência nas vendas de um possível aparelho Surface.

A Microsoft aguarda para fechar acordo com a Nokia para que possam adquirir seu negócio de hardware no início de 2014. O fechamento do acordo está em aguardo devido à pendência de aprovação regulamentar, até que a situação se estabilize ambas as empresas estão incapazes de cooperar entre si. A divisão mobile da Nokia foi comprada pela Microsoft, mas isso não impede a empresa prossiga com o lançamento de uma série de produtos da linha. Ainda haverá diversos dispositivos em processo de desenvolvimento e que serão anunciados nos próximos meses.

Mais informações sobre o novo tablet Lumia da Nokia poderão ser divulgadas dentro de algumas semanas, após a esperada aquisição da Microsoft. 

Por Miriã Marconi

Nokia Lumia 2520

Nokia Lumia 2520

Foto: Divulgação


Os tablets revolucionaram o jeito com que as pessoas se conectam umas com as outras, se tornando tão populares quanto os desktops. Já são diversos modelos no mercado direcionados para públicos diferentes, como estudantes, professores, gamers, entre outros. Um modelo que chama muito a atenção é o Razer Edge Pro Gaming, um tablet focado nos jogos e que possui um processador gráfico similar a um PC. Conheça abaixo mais detalhes sobre o modelo lançado na BGS 2013.

O aparelho surpreende começando pelo processador, um Intel Core i7 Dual Core, que se completa com a memória de 8GB e o chip gráfico Nvidia GT 640M LE (2GB DDR3). Você pode não entender bem algumas nomenclaturas, mas saiba que é um aparelho potente, capaz de rodar alguns dos jogos mais exigentes, sem engasgos e com ótimo desempenho gráfico. O tablet não decepciona mesmo nos jogos com gráficos mais complexos, contudo, nem sempre é possível colocar a qualidade máxima de alguns jogos que exigem mais do processador.

O tablet de 10 polegadas possui resolução de 1366 x 768 pixels, conta com auto-falante stereo com Dolby Home Theater v4, possui suporte para os principais codecs atuais, tem câmera, possui microfones, conta com capacidade de armazenamento inicial de 128 GB (podendo ser expandida usando cartão microSD) e possui portas USB 3.0, mais rápidas que muitos modelos disponíveis no mercado. São configurações consideráveis, mas o que realmente chama a atenção são os acessórios (vendidos separadamente) do tablet. Começa pelo controle que pode ser acoplado ao aparelho, que por ser um pouco maior e mais pesado que alguns modelos, pode exigir um pouco mais do usuário. Nesse caso, os controles podem ser de grande ajuda.

O sistema operacional utilizado é o Windows 8, o que permite o uso de qualquer controle que o Windows possa identificar através da porta USB ou por Bluetooth. Por falar em conexão, o Razer Edge tem conexão Wi-Fi, mas nada foi informado quanto a conexão 4G ou 3G. Ainda não há previsão de seu lançamento no Brasil. 

Por Robson Quirino de Moraes


Nokia apresentou várias novidades em seu evento Nokia World, que foi realizado no dia 22 de outubro, nos Emirados Árabes. Entre as novidades está o Lumia 2520, o primeiro tablet da marca, que conta com tela de 10 polegadas e sistema operacional Windows RT 8.1.

O design do modelo é similar aos demais da linha Lumia, contudo, o tablet da empresa finlandesa possui laterais diferentes, além de uma espessura um pouco menor para ajudar no manuseio. São quatro opções de cores: azul, branca, vermelha e preta. O diferencial fica por conta da tela de 10 polegadas com resolução Full HD (1920×1080) e do recurso que permite o uso em ambientes com muita luminosidade.

O Lumia 2520 vem equipado com um processador quad-core Snapdragon 800 de 2,2 GHz. O aparelho possui ainda 2 GB de memória RAM, 32 GB de capacidade de armazenamento (expansível usando cartão de memória) e câmera frontal de 2 megapixels. A bateria é 8.000 mAh, suficiente para manter o aparelho ligado por um dia todo sem necessidade de carga. O peso do produto é de apenas 615 gramas.

O lançamento marca o início da briga da empresa finlandesa no mercado de tablets, mostrando que a Microsoft quer apresentar mais produtos com seu sistema operacional, o Windows RT 8.1.

O Lumia 2520 será vendido por US$ 499 e ainda não tem data certa para o início das vendas.

Por Robson Quirino de Moraes


A Apple sempre foi pioneira em lançar novidades que realmente atraem e despertam a vontade do consumidor.

Uma das revoluções da companhia foi o iPad que viria a revolucionar o mercado de eletrônicos no mundo todo. Apesar de já existirem há um bom tempo, a Apple renovou o conceito e criou uma maneira nova e intuitiva para a leitura. Com a criação do primeiro iPad Mini, a companhia procurou atingir um público mais diversificado, com um produto similar ao original e menor, capaz de ser algo mais portátil. Agora o gadget da companhia americana está próximo de chegar à sua segunda versão.

Dentre as novidades, a nova tela de Retina é talvez a mais aguardada, já que a concorrência tem investido forte em resoluções cada vez maiores em seus tablets.

iPad Mini 2

Foto: Divulgação

O Nexus 7, do Google, e o Kindle Fire HDX, da Amazon, já possuem, por exemplo, telas de 1920 x 1200 enquanto o tablet da Apple ainda permanece com display obsoleto de 1024 x 768.

As mudanças de cores também são muito aguardadas. Segundo rumores na web, o aparelho deve seguir a mesma tendência do iPhone e ter uma versão dourada exclusiva. Ainda nessa tendência, um leitor de  digitais e um processador de 64-bits A7 também deve estar presente, já que a tecnologia foi muito bem aceita no iPhone 5S.  

Resta agora apenas aguardar para ter certeza de que realmente as expectativas do público sejam comprovadas.

Por Ebenézer Carvalho


A linha de tablets da Asus deve foi lançada no dia 21 de outubro e ganhou uma configuração de botar inveja em diversas concorrentes da companhia. O modelo TF701T possui o Android como sistema operacional, tem um display de 2560 x 1600 pixels e conta com uma tela de 10.1 polegadas. O processador é um NVIDIA Tegra 4 quad-core com suporte à tecnologia USB 3.0, que irá permitir uma transferência bem mais rápida de dados entre aparelhos. Além disso, o modelo possui suporte à tecnologia 4K e tem ângulos de visão de até 178°.

A Asus também é sinônimo de qualidade sonora. Por isso, o TF701T também possui alto-falantes com a tecnologia Sonic Master, que vai proporcionar muito mais entretenimento ao usuário, seja para games, filmes ou música. O mobile dock também está presente no Transformer, assim como nas versões anteriores. O dispositivo permite a utilização de um teclado bastante semelhante ao de um notebook. Além da praticidade para a digitação, o dock oferece também opções de conectividade como portas USB 3.0 e entradas para cartões SDXC.

Segundo a companhia, o lançamento do aparelho no Brasil, assim como em outros países, deve acontecer em etapas. Os preços do tablet no Brasil não foram divulgados, mas nos EUA o aparelho irá custar U$ 499, já com a adição do teclado.

Ebenézer Carvalho


A marca chinesa Lenovo, mostrando que ainda terá a Microsoft como parceira por longo tempo, lançou o seu primeiro tablet de 8 polegadas com o Windows 8.1, o novo sistema operacional desenvolvido pela empresa de Bill Gates. O modelo foi apresentado na quarta-feira (dia 16 de outubro) e já tem preço determinado.

O Miix2, como foi batizado o tablet, marca o início da era de modelos com Windows da Lenovo. O aparelho possui tela com resolução de 1280 x 800 pixels, conta com processador Intel Bay Trail-T quad-core, possui 2 MB de memória RAM e tem capacidade de armazenamento de 64 GB, que pode chegar a 128 GB usando cartão de memória microSD.

Com duas câmeras, uma traseira de 5 MP e outra frontal de 2 MP, o Miix2 mostra-se competitivo no mercado de tablets. Ele ainda pode ser adquirido com caneta stylos e diferentes capas. O dispositivo começará a ser vendido após a Microsoft liberar o novo Windows 8.1 para o público em geral.

O valor do tablet é de US$ 299 e há previsões de lançamento para o Brasil, principalmente após a aquisição da CCE pela empresa chinesa, que prevê aumentar sua atuação no mercado brasileiro. Agora resta esperarmos por esses e outros lançamentos da Lenovo.

Por Robson Quirino de Moraes


A Acer anunciou o lançamento Chromebook C720-2800, o primeiro modelo de sua linha C720 com processador de tecnologia Haswell. Vale lembrar que o lançamento aconteceu depois de um mês da apresentação dos protótipos no Intel Developer Fórum. A novidade, que é fruto da parceria do Google com a companhia chinesa, está com um preço atrativo. Com apenas US$ 250 é possível comprar um aparelho pelos sites da BestBuy e Amazon.

Mas vamos falar sobre o modelo. O C720-2800 está equipado com um processador Intel Celeron 2955U. Além disso, o notebook conta com 4 GB de RAM e possui 16 GB para armazenamento. O aparelho pode ser considerado um modelo de entrada, tanto pela configuração interna quanto pela tela de 11.6 polegadas (com resolução de 1366 x 768 pixels e acabamento fosco antirreflexo).

Entre as demais configurações estão uma porta HDMI, Conexão Wi-Fi, webcam com resolução HD, slot para cartão SD, porta USB 3.0 e 2.0, além de um teclado com teclas estilo ilha.

O modelo é 30% mais fino que a versão anterior, apresentando somente 1,9 cm de espessura e peso de 1,2 quilos (100 gramas mais leve). Segundo a Acer, o aparelho pode permanecer ligado por até 8.5 horas, devido à arquitetura Haswell do processador Intel.

Por Robson Quirino de Moraes


A americana Apple começou a enviar os convites para o evento que a empresa irá realizar no dia 22 de outubro de 2013. Durante o evento, é esperado que a companhia apresente as novas versões do iPad e iPad Mini, contudo, não foi informado o motivo da convocação, mesmo coincidindo com o período parecido com que a empresa apresentou as últimas versões do tablet mais famoso do mundo.

A data é parecida com a que foi apresentada a 3ª geração dos tablets da empresa, entretanto, espera-se ainda mais da companhia de Steve Jobs. Os mais esperançosos acreditam que seja lançado também o novo notebook Mac Pro e uma versão atual do OS X Mavericks.

Não se sabe muito sobre o novo tablet da Apple, entretanto, as expectativas são de um modelo mais fino, com design renovado, câmera mais potente e chip de 64 bits A7. Novidades que devem aumentar o interesse do público, já que as vendas dos tablets com Android superaram as do iPad, porém, é uma concorrência desleal, tendo em vista o número de fabricantes que usam o sistema operacional livre do Google.

O evento ocorrerá na cidade de São Francisco, nos EUA, no Yerba Buena Center for the Arts e é aguardado não só pelos jornalistas como também pelos fãs da marca. Vale ressaltar que no mesmo dia a Nokia também programou um evento onde irá apresentar os lançamentos da empresa, o primeiro depois que foi adquirida pela gigante Microsoft por pouco mais de US$ 7 bilhões.

Por Robson Quirino de Moraes


A Google Play é a loja oficial de apps para os dispositivos Android. Embora tenha uma boa quantidade de aplicativos, a maioria deles é direcionada exclusivamente para os smartphones com telas menores. Os aplicativos disponíveis para tablets geralmente possuem um formato diferenciado, exclusivo para uma plataforma com tela maior e capacidade de processamento levemente aumentada. Muitas vezes não é possível encontrar um aplicativo ideal para a utilização em tablets, o que acaba levando o usuário a instalar um app criado especialmente para telas menores, o que causa uma visualização ruim em dispositivos com telas maiores, como 10 polegadas, por exemplo.

Para resolver esse problema, a Google anunciou que irá modificar a página do Google Play para que os aplicativos desenvolvidos exclusivamente para telas maiores possam ficar mais visíveis quando o acesso for feito a partir de tablets. A data escolhida para as mudanças foi o dia 21 de novembro e de acordo com a companhia, uma nova área descrita como “especialmente para tablets” deve ficar na página inicial, bem ao centro.

O anúncio vem junto com a notícia de que cerca de 50% dos dispositivos vendidos com o Android são tablets com telas de 7 ou 10 polegadas. Apesar das mudanças, o usuário será capaz de modificar as preferências caso queira ver todos os tipos de aplicativos do serviço.

O objetivo principal da mudança é oferecer mais facilidade tanto para usuários quanto para desenvolvedores na hora de encontrar aplicativos ideais para seus dispositivos.

Ebenézer Carvalho


Os modelos All-in-One tornaram-se uma tendência no mercado de informática. Embora não possam ser considerados um exemplo de portabilidade, eles são ideais tanto para o público corporativo quanto para quem deseja ter mais performance no seu dia-a-dia.

Geralmente esses computadores híbridos possuem um monitor de tamanho médio ou grande, sensível ao toque, que é capaz de carregar todo o hardware de um computador desktop padrão, algo que elimina a necessidade dos conhecidos gabinetes.

Para o público corporativo, a facilidade de possuir um dispositivo sem fios e relativamente “portátil” é bastante interessante. Além disso, as funcionalidades do formato de tablet garantem uma gama maior na utilização desse tipo de aparelho.

Após várias fabricantes apresentarem seus modelos All-in-One, agora é a vez da ASUS lançar o ET2321. Embora não possua o formato tablet, o aparelho tem uma tela de 23 polegadas sensível ao toque e seu grande diferencial é o design, que é bonito e intuitivo ao mesmo tempo.

O processador do aparelho é um Intel de quarta geração e ele ainda possui como opcional uma placa de vídeo NVIDIA 740M. A empresa ainda não divulgou informações detalhadas do aparelho, mas sabe-que que o seu display deve possuir resolução de 1920×1080 pixels e o SO utilizado será o Windows 8.

Um dos principais concorrentes do modelo deve ser o Sony Vaio TAP 20, que apesar de possuir uma tela menor, pode ser utilizado com um grande tablet, apoiado horizontalmente numa superfície, ideal para o mercado corporativo.

A empresa de Taiwan ainda não revelou os preços e nem a provável data de lançamento.

Ebenézer Carvalho


A Apple fez história no mundo da tecnologia com o lançamento do primeiro iPad há quatro anos. Agora, o aparelho já está quase na sua quinta geração e algumas novidades devem agradar os fãs da marca. A Apple deve fazer um evento no dia 22 de outubro para anunciar seu mais novo tablet e também divulgar a versão “mini” do aparelho.

Segundo informações do analista Ming-Chi Kuo da empresa KGI Securities, a Apple tem uma nova tecnologia de hardware e deverá utilizá-la nas próximas versões de seus dispositivos. Uma das principais apostas de quem entende do assunto é que o dispositivo terá uma tela de retina melhorada, com capacidades 30% a 40% melhores que as atuais. Kuo também cogita que a empresa poderá lançar um novo MacBook Air com 12 polegadas no terceiro ou quarto bimestres do ano que vem.

MacBook Air 12 polegadas

MacBook Air

Foto: Divulgação

Apesar das informações serem empolgantes, são somente rumores que devem ou não se confirmar ainda neste mês. No entanto, a companhia americana se tornou recentemente a líder em valor de mercado e é uma das mais confiáveis do consumidor. Portanto, a inovação sem dúvida deve ser a prioridade no lançamento e podemos aguardar algo bastante interessante por aí. Agora só nos resta aguardar o dia 22 de outubro para ver como será a próxima geração de tablets da companhia.

Por Ebenézer Carvalho


A fabricante chinesa Lenovo se consagrou como uma das maiores fabricantes de notebooks do mundo graças à grande qualidade e competitividade de seus dispositivos no mercado. Um dos mais recentes lançamentos da companhia é a linha IdeaPad U430 Touch, que possui um design bonito caracterizado por um teclado grande, desempenho competitivo, além de possuir uma bateria que aguenta mais tempo que seus principais concorrentes.

O grande diferencial do modelo U430 Touch é o preço, mais barato que outros dispositivos da mesma categoria, porém, com tecnologia bem superior. O processador é um Core i5-4200U. Além disso, o ultrabook possui capacidade de armazenamento de 500GB e placa gráfica Intel HD 4600, que dá conta de tarefas básicas de vídeo.

No entanto, um dos maiores problemas diz respeito justamente à qualidade do display e gráficos, que muitas vezes se apresentam sem o devido brilho e com um contraste desajustado. Os alto-falantes também poderiam ser um pouco melhores se comparados com outros aparelhos da mesma categoria.

De maneira geral, o preço do IdeaPad U430 Touch agrada bem. O aparelho custa US$ 700 (aproximadamente R$ 1.600). Embora o display e a qualidade da imagem não sejam tão bons, o aparelho cumpre o que promete e faz uma forte concorrência com outros ultrabooks da mesma categoria.

Ebenézer Carvalho


A inovação é fundamental quando se trata de tecnologia. As maiores empresas do setor inovam a cada geração de seus dispositivos, atraindo assim mais clientes e ampliando as escolhas do consumidor. Dentre as maiores novidades da geração atual, os híbridos entre tablets e notebooks se tornaram a sensação do momento, exatamente por mesclarem a funcionalidade e portabilidade dos tablets com a alta capacidade dos notebooks.

No segmento, o novo Dell XPS merece um destaque mais que especial, já que a empresa inovou mais uma vez no design de seus produtos. O principal diferencial do XPS é a capacidade de girar 180 graus em torno de sua própria moldura. Dessa forma, o aparelho pode usar o próprio teclado como apoio e ser utilizado como um tablet inclinado. Caso o usuário necessite de um teclado físico, basta girar novamente para que ele retorne ao formato de um notebook padrão.

Dell XPS

Foto: Divulgação

Entretanto, as novidades do XPS não estão apenas no design. O aparelho possui uma ótima capacidade de processamento, com um Intel Core i5-4200U, armazenamento no formato SSD e 4GB de RAM, além de uma tela de 12 polegadas de 1080p.

O preço também é outro atrativo do modelo. O XPS 12 possui o valor atual de US$ 1.200, cerca de R$ 2.600 sem considerar eventuais impostos. Um preço bem justo a pagar por um híbrido charmoso e diferente dos outros modelos atuais disponíveis. Além disso, a qualidade da Dell o torna ainda mais competitivo no mercado de híbridos atual.

Por Ebenézer Carvalho


O Kobo Arc está prestes a ter um lançamento oficial no Brasil. Já disponível nos Estados Unidos, o tablet é voltado para a leitura e possui algumas características para esse público. Com 7 polegadas, o Kobo Arc será comercializado pela Livraria Cultura, com o preço aproximado de R$ 1.200, cerca de R$ 100 a menos que o iPad Mini, da Apple.

A Livraria Cultura é a revenda autorizada do Kobo, fabricante canadense de dispositivos eletrônicos. A pré-venda já pode ser feita no site, contudo, o lançamento oficial acontecerá no dia 31 de outubro de 2013. Por essa razão, o envio dos aparelhos comprados até lá só será feito a partir dessa data.

O sistema operacional do aparelho é o Android 4.0, entretanto, o modelo carrega consigo o software da Kobo, o Reading Life, que apresenta uma gama de recursos, além de estatísticas de leitura do usuário.

Serão duas versões para a venda, a mais modesta possui 16 GB de armazenamento e será vendida por R$ 980, enquanto, o modelo mais top custará R$ 1.200. Ambas as versões possuem um processador dual-core de 1.5 GHz e conta com 1 GB de memória RAM. A tela de 7 polegadas apresenta uma resolução de 1280×800 pixels, além de câmera frontal de 1.3 MP e bateria que permite a leitura por até 10 horas.

Por Robson Quirino de Moraes


A CCE é uma companhia brasileira que foi recentemente adquirida pela chinesa Lenovo. Desde então a empresa mudou o foco de seus produtos e hoje conta com uma linha de oito diferentes tablets, o que representa um mercado de 14%, isso se levar em conta a estimativa do IDC de que em 2013 serão comercializados 7,2 milhões de tablets no Brasil.

O carro chefe da CCE entrou no mercado de tablets no fim de 2012 e alcançou o segundo lugar, atrás somente da Positivo. O diretor executivo de marketing da Lenovo no Brasil, Humberto De Biase, afirmou que a empresa pretende vender 1,5 milhão de unidades em 2014, alcançando 16% do volume de vendas já no ano que vem.

O diretor também disse que o foco da empresa são os aparelhos de entrada, oferecendo produtos de qualidade a preços acessíveis. A CCE também está preocupada em oferecer produtos próprios para seus tablets e smartphones, dessa forma, uma equipe da Lenovo se dedica a esse fim, não só no Brasil como na América Latina.

O mercado da empresa em smartphones é menor, sobretudo pela concorrência mais acirrada. A empresa pretende comercializar 500 mil unidades dos cinco modelos da linha atual.

Por Robson Quirino de Moraes


A Lenovo é a maior fabricante de computadores do mundo. A empresa chinesa se manteve em primeiro, contudo, apresentou uma queda nas vendas na China, seu principal mercado. Os dados foram divulgados pela empresa de pesquisa em tecnologia Gartner.

Os números não são nada animadores, pois a empresa teve uma queda de 8,6% nas vendas de PCs no terceiro semestre, mostrando quanto as vendas de tablets tem se mostrados superiores.

A divisão de PCs da Lenovo renderam US$ 80,3 milhões no último trimestre. Os valores podem ser altos, mas representam números parecidos com o ano de 2008, mesmo com a temporada de volta às aulas, período em que as vendas crescem.

Na Europa, África e Oriente Médio, a queda foi de 13,7%. Já na Ásia, a queda foi de 11,2%. Somente nos Estados Unidos houve crescimento de 3,5%, ocasionado pelos baixos estoques e pelos novos chips da Intel.

Apesar do retrospecto negativo, as vendas elevadas na Europa e nos Estados Unidos mantém a Lenovo no topo das empresas que atuam com PCs. Em 2012, a empresa teve aumento de 2,8% nas vendas, num total de 17% do mercado mundial de seu segmento. 

Por Robson Quirino de Moraes


A Asus acaba de anunciar o G750JX, um poderoso notebook que possui especificações de botar inveja em qualquer outro da categoria. O notebook foi chamado de “definitivo para os gamers” e pretende concorrer diretamente com os desktops, que ainda são preferência dos amantes de games por todo o mundo devido às especificações fortes que possuem.

O notebook da Asus possui as seguintes características: memória RAM de 32 GB, processador Intel Core i7-4700HQ de última geração, tela de 17,3 polegadas e placa gráfica NVIDIA GeForce GTX770M de 3 GB. Já o armazenamento será feito em um HD de 1TB e em duas unidades de memória com 256 GB no formato SSD.

Além disso, o sistema operacional do notebook é o Windows 8 e ele vem ainda com leitor de Blu-Ray 6X e câmera HD. O design dele é bastante moderno e suas linhas possuem um formato quase aerodinâmico, lembrando bastante os jatos Stealth F-22.

Uma das características que mais desanimam o consumidor, principalmente o brasileiro, é o preço salgado. O valor sugerido pela empresa é de R$ 14 mil, suficiente para comprar e equipar dois PCs top de linha com as melhores tecnologias disponíveis na atualidade. Se o objetivo da empresa é competir no mercado gamer, o notebook é um passo inicial, mas ainda deve estar longe da primeira opção de muita gente.

Ebenézer Carvalho


Na última quarta-feira, dia 2 de outubro, a Dell mostrou que resolveu investir de vez no mercado de tablets e lançou quatro novos aparelhos da linha Venue. Dois dos lançamentos (Venue 7 e Venue 8) foram “inesperados” e utilizam o Android 4.2.2, com preços a partir de US$ 149. Os outros dois aparelhos (Venue 8 Pro e Venue 11 Pro) já eram aguardados e contam com Windows 8.

Com especificações técnicas consideradas intermediárias, o Venue 7 e 8 possuem processador dual-core Intel Z2760 de 2 GHz e contam com resolução de 1.280 x 800 pixels IPS. A diferença entre os tablets é o tamanho da tela e do espaço de armazenamento, pois um possui display de 7 polegadas e armazenamento interno de 16 GB e o outro possui display de 8 polegadas e 32 GB de espaço interno.

Já o Venue 8 Pro e o 11 Pro contam com processador quad-core Intel Atom “Bay Trail”, Office 2013 e aplicativos pré-instalados pela própria Dell. Um conta com tela de 8 polegadas e o outro com 11 polegadas, ambos com Full HD. Além disso, os dois vêm equipados com memória RAM de 2 GB. O preço do Venue 8 Pro é de US$ 687, já o Venue 11 Pro custará US$ 499.

A versão com tela de 11 polegadas ainda traz bateria e teclado removível, bateria de longa duração, porta UBS 3.0 e opção de customização, podendo trocar o processador para um Core i5 Haswell e a quantidade de memória para até 256 GB.

Por Felipe Santos Bonfim


Dell XPS 11 Aproveitando a onda de atualização de seus produtos, a Dell anunciou algumas novidades para o seu híbrido chamado de XPS 11, que é o all in one mais leve da empresa.

O gadget, que é um híbrido entre notebook e tablet, agora tem uma maior capacidade de processamento, mas continua superfino e confortável de se utilizar. Isso, porque um dos maiores problemas dos aparelhos híbridos é que quando coloca-se o teclado atrás do display para transformar num tablet, o dispositivo fica muito grosso e ruim de manusear, mas isso não acontece com o XPS 11.

Além do melhor processador, agora o XPS 11 também tem gráficos integrados e uma resolução de tela mais potente.

As principais características do novo XPS 11 são a resolução da tela com 2560 x 1440 pixels, memória RAM  de 4 GB em DDR3, display de 11,6 polegadas, processador Core i3 ou Core i5, e capacidade de armazenamento em três opções: 256 GB, 120 GB e 80 GB.

O início das vendas do novo XPS 11, que foi  apresentado na Computex 2013, está marcado para o mês que vem no mercado norte-americano e o seu preço deve girar em torno de US$ 1.000, o que equivale a mais que R$ 2.000. 

Por Guilherme Marcon


No dia 23 de setembro foram anunciados pela Microsoft as últimas versões dos tablets Surface 2 e Surface pro 2. Apesar de terem sido anunciados a pouco tempo, a empresa fundada por Bill Gates já pensa em novas versões para o dispositivo.

De acordo com o site especializado GeekWire, Panos Panay, que é o vice-presidente do Surface na Microsoft declarou que já prepara novos modelos do dispositivo para serem lançados em breve. As versões do tablet viriam em tamanhos diferentes, Além disso, o executivo também anunciou que a Microsoft planeja lançar em breve uma versão do Surface 2, já no início do ano que vem.

O Microsoft Surface 2 é o sucessor do original, que foi apresentado pela Microsoft como o tablet mais produtivo já desenvolvido. No entanto, o modelo antigo não teve sucesso nas vendas e deixou uma imagem negativa na linha.

Dessa forma, esse novo aparelho busca resolver os problemas apresentados. Segundo o vídeo comercial do produto, ele está mais fino, mais leve e mais poderoso. De fato, um dos detalhes que mais chamam a atenção realmente é o design do produto que possui um apoio na parte de trás e vem com um teclado que facilita a sua utilização como um notebook.

Por Ebenézer Carvalho


Dell XPS 15 Na última quinta-feira, dia 3 de outubro, a Dell anunciou a atualização da série de laptops que inclui o XPS 15 – que acabou sendo a maior realizada.

Uma das principais novidades do XPS 15 é a nova resolução do aparelho, que agora é de 3200 x 1800 pixels. Com isso, a qualidade das imagens passa a ser cinco vezes melhor do que o HD “normal”. No total, a nova tela possui 5 milhões e 700 mil pixels.

Além da grande resolução, o XPS 15 é o primeiro aparelho que conta com óxido TFT no seu display.

Outras características do laptop são tela de 15,6 polegadas, memória RAM de 16 GB, bateria que dura até 14 horas, processador da Intel com quatro núcleos no modelo Haswell i7, capacidade de armazenamento interno de 512 GB, placa de vídeo GeForce GT 750M da NVIDIA e possibilidade de movimentação em 160 graus.

Uma alteração considerável também foi a espessura do aparelho, que agora não tem mais a bandeja do driver de DVD. Agora, o XPS 15 possui 18 milímetros de espessura, além de pesar apenas 2 quilos.

Quem gostou das novas configurações do XPS 15 pode comprá-lo por US$ 1.500 (mais ou menos R$ 3.500) a partir de 18 de outubro, nos EUA.

Por Guilherme Marcon


Atualmente os aparelhos de som não fazem o mesmo sucesso que faziam antes, mas ainda assim a RCA desenvolveu um modelo com um tablet Android acoplado. O aparelho, batizado de Internet Music System, é capaz de acessar serviços de streaming de músicas e ainda pode se comunicar com Smart TVs via HDMI. O som possui um tablet com tela de 7 polegadas e processador dual-core.

O tablet Android acoplado ao sistema de som parece somente um visor comum, mas na realidade ele trabalha como uma central de mídia conectada à internet. O aparelho consegue reproduzir, entre outras coisas, músicas de serviços streaming como o Spotify e o Google Play Music.

Ainda que o dispositivo possua um visual mais antiquado para os dias atuais, ele traz funções bastante interessantes, como por exemplo, áudio transmitido via bluetooth para pequenas caixas de som, que permite que o usuário retire o tablet e controle a reprodução a distância.

Além disso, uma função bem interessante é poder reproduzir os vídeos do Internet Music System na TV, pois ele possui uma entrada HDMI e é possível conectá-lo a TV e acessar sites de streaming de vídeos como o Netflix e o YouTube. A RCA decidiu manter as funções básicas dos aparelhos de som, como ouvir músicas através do CD Player e sintonizar rádios FM.

Não há nenhuma informação sobre quando o produto chegará às lojas, mas ele deverá custar aproximadamente US$ 178.

Por Felipe Santos Bonfim


A Lenovo é uma das maiores fabricantes de computadores do mundo e não está a fim de ficar para trás com a sua linha de all-in-ones. O destaque fica por conta do modelo B750, que é considerado o primeiro do mundo a ter um display de 29 polegadas e resolução de 2560×1080 pixels, ideal para quem gosta de assistir filmes ou realizar múltiplas tarefas. O aparelho vem equipado com sistema de áudio JBL de 2.1 canais, possui um novo processador Haswell da Intel e conta com uma placa de vídeo GeForce GTX 760A, ideal para quem costuma jogar no PC. O computador deve chegar em outubro com preços por volta de US$ 1.199,00.

Junto desse top de linha, a Lenovo está liberando também outros modelos mais simples e com uma tela menor. O A530, o B350 e o B550 são uma melhoria dos seus antecessores e também vem com processadores Haswell e opções de armazenamento de 1 TB no formato híbrido, que combina o Disco Rígido padrão com as recentes memórias SSD. Essas opções menores serão lançadas juntamente com o B750 e custarão entre US$ 799 e US$ 1.199.

Atualmente a empresa é líder na produção de PCs e notebooks em boa parte da América e Europa. Além de computadores, a empresa também investe no segmento de smartphones e procura fazer uma concorrência direta com outras gigantes do ramo, como Microsoft e Apple, que já migraram para o crescente mercado de dispositivos móveis.

Ebenézer Carvalho


Segundo a Associação Brasileira de Telecomunicações, o número de acessos de banda larga no Brasil cresceu consideravelmente e já chegou à marca de 114 milhões em agosto desse ano, com um índice de 41% a mais de crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os acessos via 3G e 4G alcançaram um total de 92,2 milhões também em agosto, com quase 50% de crescimento também em relação a agosto de 2012.

Ainda segundo a associação, 78,2 milhões de acessos partem de dispositivos móveis (incluindo celulares e smartphones) e 15 milhões são de terminais de acesso (como modems de operadoras e chips de conexão máquina-máquina).

A grande responsável pela melhora desses números foi a expansão das redes de 3G e a criação das redes 4G, que é uma tecnologia relativamente recente. Essa tecnologia permite uma velocidade de conexão até 10 vezes mais rápida que o 3G convencional e já conta com 380 mil acessos. Segundo o informe, a tecnologia já atinge cerca de 59 cidades, número bem maior que a exigência prevista nos editais de liberação.

Embora os resultados sejam promissores, ainda há um caminho muito longo para o país se igualar a outros países da Europa e EUA. A banda larga brasileira é uma das piores do mundo e até países como África e Índia possuem índices melhores relacionados tanto à qualidade quanto à velocidade.

Ebenézer Carvalho


Samsung ATIV Book 9 PlusQuando a Samsung lançou o Serie 9 em 2011 ele tornou-se rapidamente um dos favoritos daquele ano. Infelizmente, o tempo passou rápido demais para o aparelho e a geração Touchscreen chegou para abocanhá-lo, fazendo sumir parte do seu glamour com o surgimento do Windows 8.

O novo SO da Microsoft prioriza as telas sensíveis ao toque e o modelo ainda não tinha essa opção, algo que o fazia ficar muito aquém de algumas concorrentes da época.

No entanto, a Samsung não é nada boba e procurou atualizar o modelo para que pudesse utilizar da melhor maneira possível o Windows 8. Além da função touch a Samsung fez uma série de melhorias no ultrabook, melhorando a resolução para 3,200 x 1,800 e também deu um upgrade no processador, que agora é o novo Haswell, que promete ser mais rápido e poupar mais a bateria do sistema.

Em termos de números, o ultrabook da empresa coreana vem com processador Intel Core i5 de 1.6GHz, 4GB de memória RAM, placa de vídeo integrada Intel HD 4400 e 128 GB de armazenamento SSD.  O aparelho atualmente é um dos melhores do segmento e não fica para trás de outras grandes marcas como a própria Intel. O valor nos EUA é de US$ 1.400, cerca de R$ 3.000 na cotação atual.

Por Ebenézer Carvalho


Os aparelhos híbridos já são uma febre de consumo na maior parte do planeta. A facilidade de utilização de um tablet passou a ficar aliada com a capacidade de armazenamento e processamento de notebooks e deu origem a algo prático e muito funcional. A Sony é uma das empresas que pretende investir pesado nesse mercado e promete inovar cada vez mais no segmento. Recentemente, a empresa anunciou a pré-venda do Duo 13, uma mistura de ultrabook e tablet que possui uma caneta digital de alta precisão que reconhece até 256 níveis de pressão, o que permitirá ao usuário fazer quase de tudo, como escrever, desenhar, realizar anotações, criar projetos, dentre várias outras coisas. O aparelho será vendido nas cores branca e preta, pesa cerca de 1,3 kg e mede 33cm X 21cm X 1,9cm.

A nível de capacidade de hardware, o aparelho vem com processador Intel Core i7 de quarta geração, possui 4GB de memória RAM, conta com placa de vídeo Intel HD 4400, possui 128 GB de armazenamento do tipo SSD, tem display de 13 polegadas Full HD e conta com conexão NFC, Wi-Fi, USB 3.0 e Bluetooth.

Para aqueles que tiverem interesse em adquirir o aparelho, ele já se encontra em pré-venda no site da Sony e custa 6 mil reais. O preço ainda é um pouco salgado se considerarmos que já existe um mercado bastante saturado de híbridos mais baratos com capacidades iguais e até superiores ao aparelho. No entanto, os fãs da marca podem se agradar das novidades apresentadas junto com o modelo.

POR EBENÉZER CARVALHO


A Lenovo, empresa chinesa de tecnologia, está lançando dois modelos de notebooks com tela sensível ao toque. Os modelos S400 Touch e G400s Touch são modernos e apresentam boas configurações por preços competitivos.

O modelo S400 Touch sai de fábrica com um processador Intel Core i3, Windows 8 e memória RAM de até 4GB. A tela é de 14 polegadas HD multitouch e possui touchpad inteligente. O S400 pesa 2,1 quilos e seu preço é de R$ 1.799.

Já o G400s está disponível nas versões com e sem touchscreen. As duas possuem processador Intel Core i7, Windows 8 e tela de 14 polegadas HD. A versão touch possui um peso de 2,5 quilos e preço é de R$ 1.899. Já a versão sem touch pesa 2,2 quilos e custa R$ 1.499.

Todos os três notebooks são equipados com teclado AccuType, webcam integrada, entradas USB 3.0 e demais itens. Cada um dos modelos será lançado até o começo de outubro de 2013.

Os aparelhos chegam para concorrer com outros notebooks das concorrentes. As principais fabricantes já lançaram modelos com tela touch. A Lenovo está no caminho certo para liderar o mercado de pcs no Brasil. A empresa, que detém atualmente 9,7% do mercado, afirmou que deseja ser líder de vendas até o fim de 2015. 

Por Robson Quirino de Moraes


A Positivo, fabricante brasileira de eletrônicos, apresentou a nova linha de tablets da marca. Os modelos chegam às lojas até o fim do ano e um modelo que se destaca é o tablet Positivo Mini, com tela de 7,85”. O modelo possui características ideais para quem deseja o primeiro tablet e não quer gastar horrores com um equipamento de bom desempenho.

A resolução do tablet é igual ao do iPad Mini da Primeira Geração (1024 x 768). Ele possui um processador quad-core ARM Cortex A9, com um 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento, podendo ser espandido com cartão microSD.

O SO é o Android 4.2 Jelly Bean, que foi instalado sem muita diferença dos demais modelos, com uma customização básica, que pode agradar muitos usuários. O design também é um diferencial do modelo, que possui acabamentos em metal ao invés de plástico, comuns nos modelos da marca.

O modelo apresenta alguns jogos da Gameloft pré-instalados, além de conexão Wi-Fi e Bluetooth. Apesar disso, o aparelho peca em não apresentar suporte 3G e 4G, disponíveis nos concorrentes.

O preço sugerido do tablet é de R$ 699, um valor muito mais em conta que os modelos top de linha, contudo, é um preço justo a ser pago por um aparelho com essas configurações.

Por Robson Quirino de Moraes


Os notebooks híbridos se tornaram uma tendência nos dias atuais. Com a chegada do Sistema Operacional Windows 8, a facilidade e conforto dos tablets se uniram à praticidade única de um teclado e deram origem a uma classe nova de produto. Agora é possível acoplar um teclado a uma tela sensível ao toque ou utilizá-la livremente, com a vantagem de possuir uma capacidade superior e mais liberdade na utilização de diversos programas. Existem no mercado uma infinidade de produtos que variam muito de preço conforme a sua marca ou especificação técnica. Aprenda agora a identificar os melhores híbridos do mercado e tenha mais economia na hora de fazer as suas compras.

O LG SlidePad é um dos pioneiros nesse formato e sem dúvida vai agradar os olhos de quem procura um produto desse estilo. Equipado com uma tela de 11,6 polegadas, ele é capaz de reconhecer até 5 toques simultaneamente. O teclado é embutido e basta apertar um botão para que ele apareça e a função touch é desabilitada automaticamente. Um dos melhores do segmento na atualidade.

Já o Lenovo ThinkPad Helix possui uma caneta digital e tela do tipo Corning Gorilla Glass com capacidade de reconhecimento de até 10 pontos. Além de uma caneta digital, o aparelho também possui um teclado para ser acoplado e pode ser comprado por cerca de 6 mil reais.

Além destes, outros aparelhos do mesmo estilo são o HP Envy x2, Asus Taichi 21, Sony Vaio Duo 11, Dell XPS e Samsung Ativ SMART PC Pro.

Por Ebenézer Carvalho


A empresa Canadense, Wewi telecomunicações acaba de criar o Sol, um notebook que dispensa tomada por ser equipado com placas de energia solar. 

O sol é recomendado para pesquisadores em locais como desertos, trabalhos militares em regiões isoladas ou ainda locais carentes de energia elétrica.

De acordo com informações da companhia, o dispositivo roda Ubuntu Linux, tem resolução HD, disco rígido de 250GB e 2GB de memória RAM. O que mais chama a atenção nesse aparelho é a duração da bateria, que quando estiver totalmente carregada, ela pode suportar de 8 até 10 horas totais de autonomia.

Sua alimentação é feita por três placas solares que ficam logo atrás do monitor. Foi montada especialmente para situações de quedas, feito com uma resistência muito maior se comparada com outros notebooks. Esse projeto é muito interessante com a introdução de equipamentos de informática para as pessoas que não tem muito dinheiro e até acesso a energia elétrica.

 Inicialmente o notebook vai chegar em Gana na África, o valor inicial está em US$300(cerca de R$680), na versão mais simples US$400(cerca de R$910) na versão especial resistente à água.

O notebook pode ser considerado como mais uma nova oportunidade de inclusão digital, uma vez que pode ser recarregado nos mais remotos lugares.

Por Jaime Pargan


A Microsoft lançou a nova geração dos tablets Surface, o Surface 2 e o Surface Pro 2. Com diferenças no hardware, os aparelhos têm maior potência de processamento e duração da bateria.

Os aparelhos chegam para a Microsoft fazer frente ao domínio da Apple e do Android no mercado de tablets. Eles vêm instalados com o Windows 8.1, contam com agenda Outlook e possuem vários aplicativos pré-instalados.

O Surface 2 possui resolução Full-HD, porta USB 3.0 e processador Tegra 4. Já o Surface Pro 2 tem um processador mais potente, o Intel Core i5 de quarta geração (Haswell), com desempenho gráfico 50% superior.

Os acessórios também vêm cheios de novidades. A capa de proteção para o tablet “se transforma” em um teclado portátil. Há também opções de capa com bateria e um novo dock especial.

O Surface 2 chega aos EUA custando cerca de US$ 449. Já o Surface Pro 2 estará à venda com preços a partir de US$ 899. Após o lançamento nos Estados Unidos e na Europa, a China será o país seguinte a receber o lançamento. O Brasil ainda não tem previsão de data de estreia dos novos tablets da Microsoft.

Por Jorge Souza


O Minha Casa Melhor, programa desenvolvido pelo governo federal com o objetivo de financiar móveis, eletrônicos e eletrodomésticos por meio de baixas taxas de juros para os inscritos no programa Minha Casa, Minha Vida deverá ter acrescentada a sua lista de itens os tablets.

A proposta de incluir esse aparelho entre os itens que podem ser adquiridos por meio do programa foi apresentada a presidente Dilma Rousseff no último dia 17, pela  Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Durante a realização da reunião com a presidente, Humberto Barbato, presidente da referida instituição ressaltou que os laptops já estão inclusos no programa, uma vez que se tornaram fundamentais para a inclusão digital no Brasil, mas também afirmou que assim como os laptops, os tablets também terão um papel essencial em um futuro próximo. Ainda de acordo com Barbato, a presidente não se mostrou contra a ideia o que em outras palavras quer dizer que o plano poderá ser levado adiante.

Através do Programa Minha Casa Melhor o inscrito beneficiário pode conseguir crédito para adquirir até dez itens de diferentes espécies para sua casa. As limitações feitas são referentes ao uso e ao valor da cada produto. O financiamento máximo proposto pelo programa é de R$5 mil com juros de 5%.

No caso dos laptops as compras são restritas ao valor máximo de R$1.150,00 e que tenham acesso à internet. A previsão é de que para os tablets o valor máximo seja de R$799,00.

Por Denisson Soares


Buscando oferecer produtos competitivos em relação as demais fabricantes de eletrônicos, a Asus atualizou os modelos do PadFone Infinity. O aparelho, que é um misto de tablet e telefone, passará a usar um novo processador mais potente, o Qualcomm Snapdragon 800, que apresenta quatro núcleos e chega ao clock máximo de 2.2 GHz, um dos mais potentes do mercado atualmente.

O sistema operacional também foi atualizado, passando do antigo Android 4.1 para o 4.2 (ambos Jelly Bean). Batizado de PadFone Infinity, o modelo passa a ter suporte para cartão microSD, aumentando a capacidade de armazenamento que sofreu redução em relação ao modelo anterior. Antes eram versões de 32 GB e 64 GB e agora são versões de 16 e 32 GB.

O diferencial do modelo fica por conta da câmera de 13 MP, que apresenta um software renovado com o recurso Pixel Master. Trata-se de uma técnica de fotografia em oversampling, ou seja, de amostragem. Nela, o sensor da câmera gera imagens com 3 MP e combina os pixels, gerando uma imagem de melhor qualidade, similar ao PureView da Nokia.

O PadFone Infinity custará cerca de R$ 1.464,00, porém, não há previsão de chegada ao Brasil.

Por Robson Quirino de Moraes


Imagina poder desenhar em uma folha de papel e passar para o iPad de maneira simples? A solução foi pensada por desenvolvedores do site Kickstarter que estão desenvolvendo uma capa chamada iSketchnote. Trata-se de uma capa que vai sob a tela do iPad e que permite ao usuário fazer anotações e desenhos em folhas de papel. O mais legal disso é que o conteúdo da folha ganha versões digitais de maneira bem simples.

O projeto de crowdfunding, que deve ser lançado em maio de 2014, é uma capa que fica por cima do iPad e que deixa o tablet parecido com um caderno. O usuário posiciona a folha sobre a parte lateral da capa e após selecionar o aplicativo do iSketchnote, já pode começar a escrever ou desenhar na folha. Os sensores irão decodificar os traços e exibir instantaneamente no iPad.

O projeto iSketchnote está no Kickstarter, um site que recebe doações do público para realizar diversos produtos. Os usuários estão muito empolgados, já que o valor inicial pedido para desenvolver o sistema era de US$ 30 mil, contudo, o projeto já arrecadou mais de US$ 76 mil.

Os usuários que contribuírem com o valor de US$ 149 para o iSketchnote receberão uma capa por conta da contribuição, porém, há pacotes mais baratos, para as pessoas que quiserem contribuir com a inovação.

Por Robson Quirino de Moraes


O tablet Multilaser M7 é um modelo de entrada que pode ser usado por muitas pessoas. Ele possui características singelas, contudo, da conta do recado. Com uma tela de 7 polegadas, o modelo apresenta resolução de 480 x 800 pixels.

As configurações são dignas de um aparelho de baixo custo: o processador single-core de 1.2 GHz e a memória RAM de 512 MB são um pouco inferiores aos das grandes marcas, contudo, é o suficiente para rodar diversos aplicativos. O sistema operacional é o Android Jelly Bean 4.1, entretanto, não há muitos aplicativos instalados.

A capacidade de armazenamento do aparelho deixa a desejar, já que ele possui apenas 4 GB, dos quais 2 GB estão disponíveis para o usuário. Contudo, é possível aumentar a capacidade de armazenamento para até 32 GB usando um cartão microSD.

Os demais atributos do Multilaser M7 ficam por conta das entradas USB, carregador destacável e entrada para fones de ouvido. O modelo ainda vem com um adaptador micro USB para USB fêmea, para uso de pen drive. É um modelo barato, leve (340 gramas) e pequeno, com cerca de 1 cm de espessura. Ideal para quem não exige muito de um tablet.

Por Robson Quirino de Moraes


A boa receptividade do Galaxy Note 8 tem agradado a Samsung, que está firme na briga entre os tablets. A líder de vendas em smartphones não parece estar muito preocupada com o design de seus produtos. A maioria dos tablets lançados pela marca sul-coreana preza pelo bom hardware e o design é apenas mediano.

O modelo apresenta um processador Quad Core de 1.6 MHz, memória RAM de 2 GB e capacidade de armazenamento de 16, 32 ou 64 GB (expansível usando cartão de memória). O aparelho possui duas câmeras, uma frontal de 1.3 MP e outra traseira de 5 MP. O Galaxy Note 8 mede 210.8 x 135,9 x 8 mm e seu peso é de apenas 338 gramas.

O tablet tem um bom acabamento, contudo, as partes em plástico (na traseira) são um dos poucos elementos que deixam a desejar no aparelho. O aparelho não possui muitos botões e conta com uma tela com resolução de 800 x 1289 pixels. Não bastasse isso, o Galaxy Note 8 pode ser usado tanto com os dedos quanto com a caneta S Pen.

A caneta S Pen permite uma utilização mais dinâmica com o aparelho. O acessório pode ser fixado e recolocado junto ao tablet rapidamente.

Por Robson Quirino de Moraes


A volta da LG ao mercado dos tablets finalmente chegou. A marca anunciou recentemente o LG G Pad 8.3, um modelo que tem a missão de ser um competidor no setor de tablets de pequenas telas, como é o caso do Galaxy Note 8 e do iPad Mini. O tablet foi anunciado em um evento ocorrido na Coreia do Sul, mas sua primeira aparição oficial foi na IFA 2013.

A companhia decidiu que o LG G Pad 8.3 seguiria os passos de um smartphone conhecido por todos nós, o LG G2. Outro detalhe é que a marca “Optimus”, que vinha sendo utilizada em seus lançamentos com o Android, foi abandonada. Vale lembrar que esse é o primeiro tablet lançado pela companhia coreana há algum tempo. Para ser mais exato, desde 2011, época em que o LG Optimus Pad com tecnologia 3D deu as caras. Entretanto, este aparelho teve suas vendas e fabricação canceladas devido ao fracasso na comercialização do dispositivo.

O LG G Pad 8.3 chega às mãos dos consumidores com uma tela de 1.920 x 1.200 pixels de resolução. O processador do tablet é um Snapdragon 600 quad-core de 1,7 GHz. O aparelho ainda conta com memória RAM de 2 GB e terá 16 GB de memória interna. O aparelho também traz uma câmara traseira e outra frontal, de 5 e 2 megapixels, respectivamente. A bateria é de 4.600 mAh e o sistema operacional é o Android 4.2.2 Jelly Bean.

Apesar de todas as informações divulgadas, até o momento a LG não comentou nada a respeito de quanto deverá custar o tablet.

Por Denisson Soares


Durante a IFA 2013, uma feira de eletrônicos que ocorre na Alemanha, a Lenovo apresentou o Yoga 2 Pro, novo híbrido de notebook e tablet da marca. A nova versão do aparelho possui uma tela de 13,3 polegadas, com resolução ultra HD de 3.200 x 1.800 pixels.

O modelo possibilita ao usuário girar a tela em 360º e ainda permite esconder o teclado do aparelho quando ele está sendo usado como tablet. A espessura do Yoga é de apenas 1,5 cm e seu peso é de 1,3 quilos. O aparelho será vendido em diversos países (não inclui o Brasil) em outubro, ao preço de US$ 1.099.

A empresa também anunciou um tablet de 7 polegadas com sistema operacional Android 4.2 Jelly Bean. O S5000 apresenta uma tela com resolução de 1.280 x 800 pixels, possui processador de 1,2 GHz e conta com câmera de 5 megapixels. Tudo isso com um peso de apenas 240 gramas.

O S5000 possui tem conexão Wi-Fi e Bluetooth, além de 3G. O aparelho possui capacidade de armazenamento de 16 GB e aceita cartões de memória microUSB. O modelo custará o equivalente a R$ 580 no mercado europeu.

Por Robson Quirino de Moraes


LG G Pad 8.3Para definir as novas especificações do seu próximo lançamento em tablets, a LG, empresa sul-coreana de eletrônicos, decidiu perguntar aos clientes quais são suas reais necessidades. A empresa até divulgou um vídeo teaser sobre o aparelho, sugerindo um tablet ideal para diferentes públicos.

No vídeo promocional, algumas pessoas respondem o que esperam de um tablet, informam as atividades que fazem com o aparelho e como eles podem ser aperfeiçoados. Algumas pessoas falam que deveria ser maior, outras já preferem tamanhos menores. Com a pesquisa, a empresa busca conhecer as vontades dos clientes.

São poucas as informações sobre o lançamento, contudo é possível saber que modelo terá uma tela de 8,3 polegadas e resolução Full HD. O modelo terá uma espessura bem fina, leve e irá permitir uma conexão rápida e diferentes funções. É esperado que o modelo tenha um processador Snapdragon 600, um dos top de linha da companhia.

O modelo será um concorrente direto de tablets como iPad e Galaxy Tab. O lançamento será apresentado no IFA, um importante evento de tecnologia que ocorre na primeira semana de setembro em Berlim, na Alemanha.

Por Robson Quirino de Moraes


Muito se tem falado sobre os sistemas de reconhecimento facial, principalmente a utilização do que já foi desenvolvido por empresas que visam à ampliação e facilitação de suas vendas. Temos o sistema que reconhece clientes VIP e alerta o vendedor para realizar a venda, através de um banco de dados no sistema para comparação; também temos o sistema inteligente de anúncios no Japão, que mostram somente propagandas propícias para a idade e sexo do passante que puder ver o anúncio.

Mas agora a novidade vai contra esses sistemas, em busca de privacidade e descrição para o consumidor. São os protótipos de óculos que equipados com LEDs de infravermelho, barram o sistema de reconhecimento facial.

O infravermelho causaria um reflexo na câmera, sem atingir os olhos do indivíduo, e impediria o processo de reconhecimento. Apesar das informações acima, o protótipo ainda não representa uma tecnologia perfeita. Sabe-se também que ainda existem câmeras imunes à interferência de infravermelho, inutilizando a tecnologia proposta pelo óculos.

O protótipo atual não é exatamente de um óculos da moda, mas ainda está em desenvolvimento e acredita-se que pode chegar a ter uma aparência agradável para os consumidores que quiserem fugir do reconhecimento facial, preservando assim sua privacidade e descrição. 

Por Fábio G. Santos


O primeiro tablet com Windows 8, o Acer Iconia W3, é um modelo que sofreu duras críticas, principalmente por algumas características do produto. Contudo, há quem morre de amores pelo seu tamanho. Mas para conquistar um público cativo, ele terá que diminuir ainda mais o seu valor, que já é de US$ 400, isso porque o Surface RT da Microsoft está custando apenas US$ 299.

Com isso, a versão de 32 GB do Iconia W3 passará a custar US$ 299. Já a versão de 64 GB custará US$ 349. Ambas as versões estarão disponíveis na Amazon ou na Microsoft Store.

As principais características do modelo são: processador Intel Dual Core de 1.8 GHz e memória RAM de 2 GB. Além disso, o aparelho possui o Intel Graphics Media Accelerator 3650, que ajuda nos gráficos. O Iconia também possui saídas USB e micro-HDMI.

O modelo ainda apresenta duas câmeras (uma traseira e outra frontal) e bateria de 6.800 mAH.

O ponto ruim deste modelo fica por conta da resolução de 1280 x 800 pixels, menor que outros modelos concorrentes.

Por Robson Quirino de Moraes


Buscando competir no mercado de dispositivos móveis, a Intel irá fornecer processadores multímodo com tecnologia LTE. A notícia foi dada pelo vice-presidente da divisão móvel da Intel, Aicha Evans, que também afirmou que a tecnologia LTE faz com que os processadores se tornem mais rápidos e apresentem melhor desempenho.

Os processadores LTE tem sido uma escolha feita pela Intel no mercado norte-americano, pois a alta demanda de energia dessa tecnologia pode ser sanada pela capacidade da tecnologia usada pela Intel. Os novos chips LTE permitem uma mudança de rede entre LTE e 3G. Denominados multímodo XMM 7160, os chips estarão disponíveis ainda em agosto e irão substituir os chips LTE de único modo, fornecidos desde 2012 pela empresa.

O XMM irá oferecer suporte para 15 bandas LTE, apresentando consumo de energia entre 20% e 30% menor que os principais concorrentes, além de ser ter dimensões 15% menores.

A intenção é alcançar a rival Qualcomm, que é a líder no segmento de chips para dispositivos móveis.  A Qualcomm também anunciou a integração entre 3G e 4G LTE em 400 processadores da marca, contudo, ela fez isso em junho.

Por Robson Quirino de Moraes


A cidade de São Paulo receberá a Experience Intel Look Inside, um evento promovido pela Intel e varejistas que ocorre em várias cidades do mundo e que tem como objetivo apresentar aos consumidores diferentes dispositivos e produtos, incluindo Ultrabooks, Smartphones, Tablets, All-in-Ones, e entre outros. O evento é aberto ao público em geral e acontece nos dias 30 de agosto e 1º de setembro de 2013, das 10:00 às 22:00.

Os preparativos para o evento ocorrem desde maio em colaboração com fabricantes e varejistas. É uma estrutura toda personalizada para proporcionar diferentes experiências ao público, incluindo interações colaborativas e visuais, que permitem experimentar de diferentes recursos criativos da tecnologia, além da participação de diversos artistas.

Entre os nomes confirmados estão o Diretor Cristiano Crimino (do Grupo de Dança Cia Base), o DJ Cohen e os grafiteiros Minhau e Chivitz. Todos estes nomes darão palestras e irão se apresentar para o público. Além desses artistas, a Experience Intel trará o XPOGO, que utiliza uma aleatoriedade de vídeos criados em tempo real.

Haverá também obras interativas, criadas por artistas de vanguarda, que utilizam a tecnologia para fazer arte interativa.

A Experience Intel ainda permitirá que consumidores possam adquirir produtos em promoções especiais oferecidas pelos parceiros do evento.

Por Robson Quirino de Moraes


A Lenovo anunciou que irá abrir um centro para oferecer serviços especializados aos clientes da marca e da CCE, recém-adquirida pela empresa chinesa. Entre as novidades está um centro de reparos e setores para a administração e distribuição de peças. As instalações possuem uma área de 4 mil m² e, segundo a companhia, atende os padrões globais de atendimento ao consumidor.

Visando agilizar os procedimentos, o novo centro permitirá o conserto da máquina em 10% do tempo que levava anteriormente, o que garante uma entrega mais rápida. As operações começam até o fim de agosto e terá uma estrutura para atender o pós-venda de diversos produtos como smartphones, tablets, TVs e outros.

A construção do centro está ligada ao aumento do mercado da Lenovo no país, que passou a ser a segunda marca mais vendida em território nacional. A companhia criou mais de mil postos de trabalhos em diferentes unidades no país, principalmente na fábrica de Itu, em São Paulo.

Segundo a empresa ainda há muito o que se explorar no Brasil e o salto nas vendas se deu por conta de trabalho árduo e investimentos realizados desde a aquisição da CCE, no ano passado.

Por Robson Quirino de Moraes


Monitor AcerA Acer, fabricante chinesa de eletrônicos, divulgou esta semana algumas imagens de três novos monitores da marca. Trata-se dos modelos T272HUL, B276HUL e B296CL. Todos com resoluções e características surpreendentes, além de compatibilidade com as especificações de diferentes sistemas operacionais como o Windows.

O T272HUL é o primeiro deles. Com uma resolução máxima de 2560 x 1440 pixels, o monitor apresenta tela touchscreen, suporte assimétrico para inclinação em diferentes ângulos (entre 30º e 80º). O modelo ainda possui conexões VGA, HDMI, DVI, além de um hub com USB 3.0 na parte traseira. O preço deste modelo é de US$ 999.

Os outros modelos anunciados pela Acer, o B276HUL e o B296CL também podem ser usados em outros sistemas operacionais. O primeiro possui uma tela de 27 polegadas e uma resolução de 256 x 1440 pixels, enquanto o segundo tem uma tela de 29 polegadas e resolução máxima de 2560 x 1080 pixels em linha. Ambos apresentam os mesmos dispositivos que o modelo T272HUL. O valor sugerido pelos modelos é de US$ 599.

Os três lançamentos da Acer destacam-se pelo design simples, porém de bom gosto. A capacidade de interação é uma de suas principais vantagens.

Por Robson Quirino de Moraes


O Yelp é um site prático e inteligente para quem quer encontrar empresas no ramo alimentício, desde um sanduíche específico, até uma rede de restaurantes, e agora está disponível para utilização dos brasileiros.

Inicialmente os serviços serão oferecidos somente do Rio de Janeiro e São Paulo, que são os grandes centros do país. A empresa responsável pela Yelp está entusiasmada com a estreia em um país sul-americano, e considera o Brasil um país com alto potencial para o desempenho do site.

Com o Yelp é possível procurar por qualquer lugar registrado no sistema, a partir de um clique no computador, tablet, ou smartphone. Segundo informações da empresa, com a incursão do Brasil, o português passa a ser o 14º idioma em que o Yelp pode ser lido.

Para tornar essa ferramenta ativa e útil aos consumidores, é preciso que as empresas criem seus perfis e o preencham da forma mais completa possível. Assim os usuários podem criar seus perfis, selecionar lugares favoritos, e contatar os amigos.

É uma ferramenta de troca em que todos são beneficiados pela rapidez das informações, isso sem custo adicional.

Para entrar nessa rede, acesse www.yelp.com.br.

Por Fábio G. Santos


Olhe, mas não toque. É a estratégia da Microsoft para ir deixando os consumidores ainda mais tentados com o novo Xbox que ainda nem está à venda.

A vendas começarão nos Estados Unidos ainda em novembro deste ano. A empresa anunciou que o preço será de US$ 499, 499 Euros na Europa e £ 429 no Reino Unido.

A Microsoft também confirmou que o Xbox  Live Gold Memberships iria transitar para o Xbox One, bem como um novo programa, a partir de 1º julho, no qual os membros do Xbox Live Gold vão ter dois downloads de jogos gratuitos. 

Os dois primeiros jogos anunciados para o programa são Assassins Creed 2 e Halo 3. Na última terça-feira, a Microsoft também anunciou 23 títulos de lançamento para novo console, Call of Duty: Fantasmas e Battlefield 4, bem como jogos casuais como Peggle 2 e Just Dance 2014.  Infelizmente, alguns jogos que receberam muita atenção na E3 – como Titanfall e o próximo Halo – não estarão disponíveis até depois do lançamento.

O videogame será lançado concomitantemente ao Sony PlayStation 4, que será pelo menos US$ 100 mais barato.

Aos brasileiros amantes dos consoles do Xbox, a versão mais inovada do aparelho deve chegar em breve também ao país.

Por Fábio G. Santos


A fabricante chinesa Lenovo registrou maiores vendas de tablets e smartphones em relação às vendas de PCs no primeiro trimestre de 2013. Para se ter uma ideia, essa divisão da empresa registrou crescimento de 105% na receita do trimestre.

Comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento do setor da Lenovo é de 14%, representado US$ 1,2 bilhão. A empresa também registrou crescimento de 131% na venda de smartphones (11,3 milhões de unidades). Em contrapartida, a venda de PCs diminuiu 1,4% em relação ao ano passado.

O crescimento da Lenovo é surpreendente. A companhia cresceu 23%, aumentou sua área de atuação e ganhou pouco mais US$ 8,8 bilhões no último ano, o que representa um lucro líquido de mais de US$ 174 milhões.

A companhia chinesa ultrapassou gigantes como a HP e tornou-se a maior fabricante de computadores pessoais do mundo. Os dados da IDC mostram também que 42% do público da empresa está na China, contudo, ela exporta para vários países do mundo, inclusive o Brasil, onde adquiriu a CCE.

A Lenovo atua em diversos segmentos, sobretudo nos de computadores, smartphones e Smart TVs.

Por Robson Quirino de Moraes


É difícil encontrar alguém que tenha o tablet Nexus 7 e que esteja insatisfeito com o aparelho, mas a chegada do novo Nexus 7 dá mostras de que este é ainda mais eficiente, sendo considerado o melhor tablet de 7 polegadas.

O aparelho é proveniente da Google e esta mostra que é possível produzir um tablet eficiente por um baixo custo. O aparelho é eficiente porque sua tela é de alta definição, seu carregamento é feito sem a utilização de fios, seu processador é quad-core e sua memória RAM é de 2 GB. Não bastasse isso, o tablet custa apenas US$ 229 (preço estabelecido nos EUA).

Por ter bordas 3mm mais finas que o seu antecessor, o novo Nexus 7 pode ser segurado de uma forma mais confortável e aliado à sua ergonomia, pode ser manuseado com uma mão só, como exemplo, dando possibilidade de um usuário de metrô ou ônibus se segurar dentro do veículo e ainda fazer uso do novo Nexus 7.

Segundo a Google, o supracitado aparelho suporta até 9 horas de uso contínuo e para valorizá-lo ainda mais, ele possui uma câmera de 5MP, que se não é a melhor da atualidade, serve para registrar momentos únicos do usuário.

Por Vinicius Cunha


“Uma linha de produtos desenvolvida para usuários exigentes”, é assim que Glauco Rozner, o gerente da Sony Brasil para notebooks e tablets define os novos ultrabooks da linha Sony Vaio Pro. Os modelos de 11 e 13 polegadas já estão sendo comercializados no Brasil desde o fim do mês de julho.

Para quem anda meio desinformado a respeito dessa nova linha da Sony, vamos conferir algumas informações básicas: Em primeiro lugar, o que chama a atenção é o fato de que o Sony Vaio Pro 11 é tido como o Ultrabook mais leve do mercado mundial. O peso total do aparelho é de 870 gramas. Como isso pode acontecer? A resposta está basicamente na composição da estrutura do aparelho, que é feita em fibra de carbono, que a título de curiosidade é 30% mais leve e cerca de 200% mais resistente que o alumínio.

A tela desse modelo possui 11 polegadas e é sensível ao toque. O que move a máquina é um processador Intel Core i7 de quarta geração. De memória, são 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. Quem quiser ter esse modelo terá que desembolsar nada mais nada menos que R$ 5.399,00.

Já o modelo de 13 polegadas custará ao bolso do consumidor cerca de R$ 5.999,00. Neste caso, serão 8 GB de memória RAM e 128 GB de SSD.

Vale lembrar que os dois aparelhos ainda contam com a tecnologia Full HD e display Triluminos. A resolução dos ultrabooks é de 1920×1080 pixels.

Por fim, temos a bateria com a tecnologia Quick Charge. Isso significa que o aparelho pode ter uma autonomia de funcionamento de até 90 minutos com apenas 10 de minutos de carga na bateria.

As vendas desses aparelhos já estão ocorrendo tanto nas lojas Sony Store quanto no site da fabricante.

Por Denisson Soares


Todo mundo já conhece a MSI pelos seus notebooks gamers e agora, a empresa acaba de anunciar mais um lançamento no ramo, o GS70.

De cara, um dos principais atrativos do novo GS70 é que ele é extremamente fino para um aparelho gamer, pois tem espessura de 21,8 milímetros. Mas é claro que além de seu aspecto físico, algumas características são realmente muito atrativas para quem gosta de jogar games mais recentes e que exigem mais do seu notebook.

O primeiro destaque do MSI GS70 é um ótimo hardware, com processador Core i7 e placa GeForce 765M. Além disso, o aparelho também possui memória RAM de 16 GB em DDR3, junto de processamento gráfico de 2 GB em DDR3.

A resolução do novo notebook é de 1920 x 1080 pixels (Full HD) e o tamanho da tela é de 17,3 polegadas. Um dos diferenciais da tela também é a sua cobertura antirreflexo, que proporciona o seu uso em locais que possuem muitos focos de luz, o que prejudicaria a visibilidade do jogo.

Para complementar o aparelho, temos quatro entradas USB 3.0, uma entrada HDMI e duas portas mini DisplayPort. O notebook possui ainda compatibilidade com Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e sistema operacional Windows 8.

Ainda não foi revelada a data de lançamento e nem o preço do novo MSI GS70.

Por Guilherme Marcon


Na última segunda-feira, 12 de agosto, um vídeo com várias novidades sobre o Windows 8.1 e seu visual vazaram na internet. A gravação foi publicada no YouTube e revela desde temas e cores do menu iniciar até novidades dos aplicativos.

O site WinBeta foi o responsável por ter feito o vídeo, que tem um pouco mais de oito minutos de duração, e nele é apresentada uma nova página de ajuda muito mais completa, com várias dicas legais e detalhes sobre as alterações feitas na atualização. Alguns aplicativos também ganharam uma cara nova, como por exemplo, o Pessoas e o Mail.

No Mail, a Microsoft colocou uma opção bem parecida com a utilizada pelo Gmail recentemente, dando ao usuário a opção de poder filtrar suas mensagens vindas de newsletters e redes sociais. O menu iniciar e o desktop ganharam mais planos de fundo e novos sons, visuais de relógios e alarmes.

Há uma versão preview da plataforma que está disponível para os usuários que desejarem testar a futura nova edição do sistema.

Até o momento, não há nenhuma confirmação oficial feita pela Microsoft a respeito do Windows 8.1, mas a expectativa é que a empresa anuncie a chegada da atualização até o final deste ano.

Por Felipe Santos Bonfim


Console Ouya Passado o período de lançamento, o console Ouya tem se firmado no mercado, ao mesmo tempo em que levanta polêmicas por sua natureza. Feito para rodagem de jogos através do  sistema Android Jelly Bean, o console que chama atenção por suas dimensões diminutas, aos poucos vai ganhando espaço no mercado disputado pela Sony, com  o Play Station, e pela Microsoft, com a linha XBox.

Assim como seu tamanho, o baixo preço caiu no gosto dos compradores (aproximadamente R$ 200 no Brasil), resultando no esgotamento dos primeiros lotes produzidos em pouco tempo. Espera-se que em dezembro seja lançado uma quantidade limitada de boxes de jogos. Cada box terá uma característica única, como uma figura de ação ou uma camiseta, com design diferente do que é produzido para o grande público. Mas o toque de Midas do console é a possibilidade de ser uma plataforma aberta, permitindo acesso ao mercado de games como nunca antes visto, ainda com a condição de que uma parcela dos games seja gratuita.

O console pode ser visto como item de colecionador ou para gamers mais velhos, que apreciam todas as vertentes de jogos sem se concentrar em somente uma plataforma. Com aproximadamente 170 títulos, o Ouya oferece quase 200 games para serem testados antes de serem comprados em definitivo, uma grande vantagem, já que não precisa de softwares complementares para rodagem dos jogos. Pelo sistema operacional, oferece gráficos superiores aos do PS2, agradando e inclusive superando certas expectativas.

Além do visual compacto e baixo preço, outro aspecto peculiar ao console é a simplicidade no sistema de navegação, Em tempos de softwares e hardwares complexos, o Ouya surge nadando na contramão, com uma proposta diferente dos rivais, tanto na parte física quanto na parte abstrata.

Por Junior Almeida


Essa é mais uma matéria informativa que tem como objetivo trazer a dica de um tablet que está ganhando muito espaço no mercado da tecnologia atual. O aparelho em questão é o Amazon Kindle Fire HD 8.9.

Devido a sua excelente resolução de tela, o tablet é um dos dispositivos móveis mais usados nos Estados Unidos e agora também está sendo bastante procurado pelo público brasileiro.

O gadget em questão fornece para seus clientes boas mídias e recursos para as pessoas em seu lazer ou em seu campo de trabalho.

Um ponto negativo, no entanto, é que seu desempenhos em relação à Web não é dos melhores. No mais, um quesito a favor deste tablet é que ele é um dos melhores para quem gosta de ler. Para vídeos, em todo o caso, este não é o melhor aparelho. Seja como for, ele tem um design simples e funções singelas onde, sem sombra de dúvida, qualquer um pode manuseá-lo sem problemas.

A cor do aparelho é cinza-escuro e seu preço é de aproximadamente R$ 1.200,00.

Por Madson Lima de Oliveira


Sem grandes alardes, o Sony Xperia Tablet Z chegou ao Brasil. O aparelho é à prova d’água, conta com Android 4.1 e está disponível para compra na loja virtual brasileira da companhia. O preço cobrado pelo tablet é um tanto assustador,  R$ 2.599, R$ 100 mais caro que a versão do iPad com 64 GB de memória e conexão 3G.

O Xperia Tablet Z conta com processador Snapdragon S4 Pro de 1,5 GHz, memória RAM de 2 GB e armazenamento interno de 16 GB, podendo ser expandido para até 64 GB através de um cartão microSD.

A tela do aparelho é de 10,1 polegadas com resolução máxima de 1.920 x 1.200 pixels, a mesma usada na nova geração do Nexus 7. O gadget ainda possui certificado IPX55/57 e IP5X, que comprova sua resistência à água e poeira e é compatível com a rede 4G LTE do Brasil. Além disso, ele traz tecnologia NFC e sua espessura é de apenas 6,9 mm.

O Xperia Tablet Z permite criar perfis de usuário exclusivos, bloqueando o acesso a certos aplicativos, ideal para o controle dos pais quando as crianças precisam usar o aparelho. Ele ainda conta com controle remoto compatível com alguns aparelhos da Sony, como smartphones e TVs.

Por Felipe Santos Bonfim


Com o alto número de lançamentos no setor de notebooks gamers, é interessante saber quais são os melhores aparelhos do mercado.

O site The Verge disponibilizou uma lista com os melhores notebooks gamers para ajudar os consumidores na escolha, sendo que os cinco melhores são:

Alienware M17x, que conta com memória RAM de 8 GB, processador Core i7 da Intel, display com 18.4 polegadas e placa de vídeo GeForce GTX 680M da NVIDIA. No Brasil, o notebook custa cerca de R$ 7 mil.

O segundo lugar é do Digital Storm x17, que possui memória RAM de 16 GB, placa de vídeo Radeon HD 7970M da AMD e armazenamento em SSD de 120 GB ou 750 GB em HD. O valor do notebook é de R$ 5.200.

Na terceira posição ficou o AVADirect Clevo P170EM. Ele vem com memória RAM de 12 GB, processador Intel Core i7 e placa de vídeo GeForce GTX 680M. Vale lembrar que o notebook possui uma bateria que dura até 3 horas. O preço é de R$ 3 mil fora do Brasil.

O quarto melhor notebook gamer é o Battalion 101 P170EM. Este gadget possui placa de vídeo GeForce GTX 680M, memória RAM de 8 GB e 500 GB de armazenamento em HD. Quem quiser comprar esse notebook precisa desembolsar R$ 3 mil.

Já o quinto lugar ficou com o Samsung Series 7 Gamer, que tem processador Intel Core i7, memória RAM de 16 GB e placa de vídeo GeForce GTX 675M. O valor do notebook é de R$ 3 mil.

Por Guilherme Marcon


Há pouco tempo, foram divulgadas novas informações sobre o tão falado tablet da Nokia com Windows 8.

Os dados foram obtidos em sites que realizam testes de performance nos gadgets e, de acordo com eles, o tablet RX-114 (como é conhecido até então) roda com sistema operacional Windows 8 RT e conta com um processador Snapdragon 800, chip inédito para gadgets com o sistema operacional da Microsoft.

Além disso, segundo informações do GFXbench, o RX-114 terá tela HD com 1371 x 771 pixels de resolução. Infelizmente, apesar de o Windows 8 RT já “aguentar” uma tela Full HD, parece que a Nokia não tem planos para um gadget com tal configuração, ao menos por enquanto.

O suposto tablet RX-114 será o primeiro aparelho da Nokia no mercado de tablets e deverá ser uma grande aposta também para a Microsoft, depois do fracasso de vendas que foi o Surface RT. Isso, porque outras parceiras da dona do Windows, como Acer, Asus e Dell, afirmaram que o Windows RT não é uma plataforma atrativa.

Mesmo com as divulgações, a Nokia não se pronunciou a respeito do possível lançamento do seu primeiro tablet.

Por Guilherme Marcon


A Quip é uma startup fundada por ex-executivos da Google e do Facebook. A empresa se concentra no desenvolvimento de softwares para diferentes plataformas e redes sociais. Atualmente, a empresa lançou um editor de textos que promete facilitar a vida dos usuários.

Trata-se de um editor diferente dos convencionais Microsoft Word, Apple Pages ou Google Docs, pois o Quip pressupõe que o texto digitado não será impresso em papel, apesar de o editor permitir que sejam feitas impressões do conteúdo elaborado, o foco é a visualização em tablets, pcs e gadgets em geral.

O diferencial do Quip é a capacidade de se ajustar a tela a qual está sendo visualizado, outro ponto positivo é um pequeno chat que permite se comunicar com outros usuários, compartilhando documentos de forma rápida. Ele pode ser usado tanto online quanto offline, permitindo também a sincronia com vários aparelhos diferentes.

Em relação a outros editores, o Quip não deve em muitos quesitos. Ele apresenta as principais funções, além de ter diferentes opções de formatação e possibilitar a criação de tabelas, listas, inserção de imagens no corpo do texto, ente outros.

A primeira versão do editor não é completa, pois ainda não é possível utilizar múltiplas fontes e ele não apresenta um corretor ortográfico, mas é certo que haverá novas versões e esses probleminhas serão sanados.

Por Robson Quirino de Moraes


OWL - App para tabletsAgora seu tablet pode o seu maior aliado na luta contra a criminalidade, ou pelos menos pode te livrar de algumas situações sufocantes. Através de um aplicativo os donos de tablets ficarão sabendo as regiões mais frágeis da cidade no quesito segurança pública. A ideia é mapear toda a cidade e evitar que novas ocorrências aconteçam.

O programa se chama OWL e foi criado por um grupo de desenvolvedores de Rio Claro, interior de São Paulo. O idealizador do projeto disse estar cansado de tanta violência e com a ajuda de colaboradores que já foram vítimas da violência que assola o país desenvolveram este aplicativo, que além de tudo é gratuito.

O novo app pode ser utilizado tanto em tablets quanto em celulares e até computadores e mostra em tempo real as regiões mais perigosas da cidade. De um jeito bem delicado o aplicativo utiliza indicadores em forma de coruja que muda de cor de acordo com a gravidade do crime ocorrido.

O único porém do aplicativo é o de incentivar a população a fazer vinganças com as próprias mãos, atitude que pode trazer ainda mais problemas, segundo especialistas. Outro entrave é que em um país com índices absurdos de violência pode faltar espaço na tela para representar todos os crimes ou mesmo o usuário pode entrar em paranóia e não sair mais de casa.

Por Fernando Setoue


Devido à baixa nas vendas, a Microsoft anunciou no dia 15 de julho (segunda-feira) a diminuição de 30% no valor do principal tablet da marca: o Surface, que era vendido a US$ 499 e passou para o valor de US$ 349 nos Estados Unidos.

A grande disponibilidade de tablets no mercado foi o principal responsável pela diminuição do valor. A redução promete melhorar as vendas do aparelho, que foi lançado no ano passado com Windows 8 e com a difícil tarefa de competir com os modelos da Apple e da Samsung.

O Surface apresenta duas versões, com 16 ou 32 GB de armazenamento. O modelo possui ainda duas câmeras, uma frontal e outra traseira.

O tablet da Microsoft sempre foi considerado caro demais, sobretudo por conta das características e limitações.

Em decorrência da competitividade, outras marcas também reduziram os preços dos tablets. Uma delas foi a Amazon, que está cobrando US$ 170 (nos Estados Unidos) e 140 Libras (no Reino Unido) pelo Kindle HD. Outra empresa a diminuir o valor foi a Barnes & Noble, que passou a vender o Nook por US$ 129.

Por Robson Quirino de Moraes


Depois da chegada do iPad, várias empresas lançaram versões diferentes para seus tablets. A principal diferença está relacionada ao tamanho. Alguns apresentam mais e outros menos polegadas, mas nada comparado com o modelo Horizon da Lenovo. O tablet apresenta 27 polegadas de diagonal e tem diversas funções.

O modelo apresenta o Windows 8 como sistema operacional. Além disso, ele conta com processador Intel i5 ou i7, possui 8 GB de memória, tem entradas USB e HDMI, conta com HD de 1 Terabyte e possui leitor de cartão de memória.

O Horizon é quase um computador. Ele ainda vem com mouse, teclado e suporte na traseira para ficar em pé. Ele pode ser articulado para o uso em diversas posições, apresentando uma mudança suave de posição, mesmo com 8,6 quilos.

O diferencial do tablet, além do tamanho, fica por conta do software Aura. Criado pela Lenovo, o software é adaptado para seu uso em mesa. Com uma interface amigável, o Aura torna o uso do tablet mais simples, basta o usuário mover as bordas do disco central para escolher os programas que deseja usar.

A bateria do modelo dura apenas 3 horas e esse é o principal ponto negativo do Horizon.

Por Robson Quirino de Moraes


A Megaware é uma empresa brasileira, especializada na fabricação de computadores, periféricos e demais equipamentos eletrônicos. Durante a Eletrolar Show 2013, a empresa apresentou o seu mais novo protótipo. Trata-se de um híbrido de tablet ultrafino com Windows 8.

O modelo da marca brasileira pode atuar como tablet ou como notebook ultrafino com diversas possibilidades. O modelo terá um formato destacável em que a tela poderá ser separada por completo do teclado, proporcionando um uso totalmente diferente.

O modelo possui uma tela de 10 polegadas, com uma resolução ainda não confirmada pela Megaware.

O gadget ainda nem tem nome ou previsão de chegada ao mercado, contudo, a companhia afirmou que o valor do eletrônico irá girar entre R$ 1.600 e 1.800, um preço competitivo em relação aos modelos das empresas estrangeiras, desde que mostre um desempenho semelhante.

As impressões do modelo foram satisfatórias junto ao público que visitou a Eletrolar Show. As teclas são confortáveis, contudo, a sensibilidade do ecrã pode ser melhorada. Resta esperar por mais informações e as especificações do híbrido.

Por Robson Quirino de Moraes


Logo após o iPad Mini ter sido anunciado sem a tela de Retina, os rumores sobre o lançamento de uma versão com a tecnologia já começaram. Entretanto, recentemente começaram a circular novas informações de que uma versão com Retina Display não chegaria em 2013.

Até então, o que estava sendo divulgado na internet é que a Apple lançaria uma versão quase igual ao iPad Mini atual, mas com Retina Display ainda nesse ano. Porém, segundo um jornal de Taiwan, a Maçã pode estar com alguns problemas para disponibilizar uma versão desse tipo ainda neste ano.

De acordo com o rumor divulgado pelo jornal, não será possível fazer esse lançamento em 2013, porque não há telas de Retina suficientes em estoque para a produção de iPads Mini com a tecnologia. Assim, a empresa só poderá lançar uma versão do pequeno tablet no ano que vem.

Mas para não deixar o mercado do iPad Mini “parado”, a Maçã está supostamente planejando lançar uma variável do gadget com resolução melhor, mas não no nível da Retina Display. Assim, o iPad Mini 2 viria com resolução de 2048 x 1536 pixels, além de processador A6X com dois núcleos e câmera na parte de trás com 8 MP.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: