Notebook GT83VR TITAN SLI terá dois chips gráficos do modelo GTX1080.

Na disputa das grandes empresas no ramo de produtos eletroeletrônicos, cada vez mais as empresas buscam não só aperfeiçoar os seus produtos como também lançar algo de novo, a fim de atrair a atenção dos consumidores. É neste contexto que de maneira diversa do que ocorreu nas gerações anteriores, a renomada empresa NVIDIA, ao que tudo indica, não deverá fazer a produção de chips gráficos desenvolvidos exclusivamente para notebooks.

A fabricante tomou essa decisão devido ao fato de que a arquitetura de Pascal permite com que os mesmos componentes sejam levados de desktop para os aparelhos portáteis, ou seja, na verdade seria uma substituição, uma vez que ao invés de termos a GTX 1080M nos aparelhos notebooks, os consumidores passarão a ter acesso à GTX 1080 original.

A confirmação desta opção que a empresa fez já pôde ser comprovada por meio das especificações de alguns produtos que foram recentemente divulgados pela internet. Inicialmente, a MSI acabou deixando vazar algumas informações sigilosas sobre o seu notebook batizado com o nome de GT83VR TITAN SLI, o qual conforme o próprio nome sugere, irá trazer ao mercado uma excelente combinação de chips gráficos duplos, os quais terão módulos de memória do modelo GDDR5X.

De acordo com os dados que foram publicados na internet, esse modelo irá trazer ao mercado dois chips gráficos do modelo GTX1080, os quais terão a capacidade de acrescentar um desempenho de 40% em relação ao modelo que possui somente um chip gráfico.

Os benchmarks da MSI já estão indicando que o aparelho terá a capacidade de fazer a marcação de 9.300 pontos no 3D Mark Fire Strike Ultra, o qual consegue rodar 4K. Convém ressaltar que para desktop uma TITAN X, nos testes realizados, conseguiu marcar 4.000 pontos, enquanto a GTX 1080 utilizada também em desktop conseguiu marcar incríveis 5.000 pontos.

Os detalhes da MSI são bastante objetivos, contudo já há imagem do hardware sendo utilizado internamente no notebook da Clevo. O modelo P870DM3-G já sai de fábrica equipado com duas placas do modelo GTX 1080, o aparelho não utiliza o padrão MXM, todavia oferece uma versão personalizada pela fabricante.

Ainda há informações obtidas por meio de uma captura de tela que dão conta que a frequência o chip gráfico consegue chegar a 1,6 GHz, enquanto que a memória consegue roda a 5.005 MHz, ou seja, valor este que é idêntico ao mensurado nos módulos de placa que são utilizados nos desktops.

Por Adriano Oliveira

Notebook GT83VR TITAN SLI


Novo notebook custa US$ 2.599 e vem com sensores para rastreamento do movimento dos olhos do usuário.

Com o crescimento já sabido e nem tão recente dos smartphones, outros dispositivos como os computadores de mesa e os notebooks perderam espaço no mercado, mas continuam firmes e fortes, embora com um crescimento menor e menos lançamentos chamativos.

Uma das razões dos computadores de mesa e também os notebook ainda terem seu espaço garantido no mercado é o ramo de Games, que apresenta melhor desempenho nesses aparelhos, por suas configurações de hardware mais avançadas. Entre os notebooks, um lançamento recente, o GT72S Tobii, da MSI.

O Notebook da MSI já está sendo disponibilizado para venda após ter sido apresentado na Computex 2015, tendo como grande atrativo, inclusive para os gamers, os seus sensores para rastreamento do movimento dos olhos do usuário, que podem ser utilizados nos jogos que possuem suporte a tecnologia. Para isso, o aparelho conta com três sensores infravermelhos que se encontram na parte inferior do aparelho, logo abaixo da tela.

Os sensores fazem com que o movimento de seus olhos acabem se tornando movimentos dentro do jogo, podendo ser utilizado em jogos como Assassins Creed: Syndicate. Os sensores também podem ser comprados separadamente e ainda não possuem tantos jogos com compatibilidade com a tecnologia.

Um exemplo de uso, é o sensor utilizar o movimento de seus olhos para definir onde seu personagem dentro do jogo irá olhar, podendo observar os detalhes do cenário sem usar comandos manuais no Notebook.

O novo Notebook da MSI se encontra a venda por US$ 2.599, ou cerca de mais de R$ 10.100, na cotação atual do dólar ainda desconsiderando os impostos.

O Notebook, para aqueles que tiverem condições de fazer o investimento, certamente vale a pena, contando com uma tela de 17,3 Polegadas Full HD, processador Intel Core i7 de sexta geração com 2,7 GHz, incríveis 32GB de RAM e placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 980M 8 GB GDDR5.

Além disso, o aparelho ainda vem com o Windows 10 Home 64 bits, 1 TB de armazenamento interno no dispositivo com HDD e outros 256 GB em SSD, pesa 3,8 KG e vem como brinde pela compra do Notebook, o jogo Tom Clancy’s: The Division.

De fato, o aparelho possui um preço elevado, mas com um hardware desses certamente você demoraria um pouco para ter de investir novamente em um Notebook ou Computador Gamer.

Por Isis Genari.
 


Segundo a empresa MSI, o notebook GS40 Phantom é o mais fino da categoria. Seu preço nos EUA é de US$ 1.599,99.

Apesar da maioria dos gamers dar preferência aos desktops bem equipados existe um número crescente que procura maior praticidade e opta por notebooks. É para atender a esse grupo que a empresa MSI lançou em outubro o GS40 Phantom, que a marca diz ser o laptop mais fino da categoria. Infelizmente o produto não tem confirmação de lançamento no Brasil.

O notebook é bem portátil para um aparelho feito especialmente para jogos e consegue manter a alta performance independentemente do tamanho. Ele vem com sistema operacional Windows 10 e 16 GB de memória RAM, assim como o processador Intel Core i7 HQ Skylake, que é um pouco mais rápido que seus predecessores e até ajuda na economia de bateria segundo análises de internautas. A bateria também é um dos pontos positivos já que tem duração aceitável para um computador tão carregado. A memória do notebook é de 1 TB, espaço o suficiente para guardar jogos e arquivos grandes. O laptop da MSI não é o melhor da categoria, mas para seu tamanho (algo ao redor de 22 mm) e peso (mais ou menos 1,6 kg) tem ótimo hardware.

A tela também não deixa a desejar, ela tem 14 polegadas e resolução de 1920 x 1080, o laptop também possui tecnologia True Color que melhora a precisão das cores e deixa o visual mais atrativo, a qualidade da imagem é um dos pontos que atrai muito os consumidores desse tipo de produto. Já a placa de vídeo é uma NVIDIA GeForce GTX 970M, placa de vídeo especialmente feita para laptops topo de linha.

Nos EUA o preço do GS40 Phantom é ao redor de US$ 1.599,99 (R$ 6.117,40 de acordo com o conversor de moedas do site UOL pela cotação de 29 de novembro). O preço é certamente alto, mas está na média dos valores de notebooks de alta performance no mercado, o que pode atrair muitos consumidores. 

Por Gizele Gavazzi

GS40 Phantom

GS40 Phantom

Fotos: Divulgação


O MSI GX60 chega ao mercado com algumas propostas interessantes. Uma delas é que o notebook pode perfeitamente ser um bom substituto para o seu desktop. O motivo disso é que esse aparelho pesa nada mais nada menos do que 3,4 kg. Quem costuma carregar seu aparelho para lá e para cá vai perceber facilmente que ele não é tão confortável para ficar se carregando. Entretanto, o MSI GX60 chama a atenção em outro ponto: a sua configuração. O aparelho é poderoso o suficiente para rodar jogos pesados sem qualquer tipo de problemas, incluindo os travamentos. Quem é gamer vai gostar dessa parte.

O MSI GX60 conta com 15,6 polegadas e em relação ao hardware do aparelho são 750 GB de armazenamento interno. Para a memória RAM são 8 GB. O que move esse notebook é um processador AMD A10-4600M 2,3 GHz e um chipset Piledriver – Trinity (A70MFCH). A GPU é uma Radeon 7970M, que tem 2 GB de memória DDRS.

Nas avaliações feitas no quesito de configuração, o aparelho apresenta algumas surpresas curiosas. Na análise do PCMark 7  ele obteve 1.691 pontos. Vale ressaltar que esse número é bem menor do que o que foi obtido pelo Razer Blade Pro, que chegou a obter 5.844 pontos. Entretanto, o preço deste último também é bem maior, chegando a cifra de R$ 8.600, enquanto que o GX60 é vendido na casa dos R$ 5.999. O que mais chamou a atenção é o fato de o Avell Titanium B153 ter obtido uma pontuação superior (3.797 pontos) custando um valor relativamente mais baixo : R$2.599.

Em compensação, na avaliação feita pelo 3D mark 11, onde o foco é apenas o desempenho apresentado pela placa de vídeo, o GX60 se saiu bem, obtendo 4.660 pontos. Nessa mesma avaliação, o Razer obteve 4.184 pontos enquanto que o Avell só chegou aos 1.720 pontos.

Outro ponto que vale a pena destacar é sobre o sistema de som do notebook. A reprodução de graves não deixa a desejar e isso sem falar que o MSI GX60 conta com equalização THX TruStudio PRO, o que possibilita um experiência sonora melhorada. As conexões do aparelho estão mais para sobrar do que faltar. São quatro conectores P2, uma entrada USB 2.0, três entradas USB 3.0, leitor de cartão SD, MiniDisplayPort, HDMI, entre outros.

O MSI GX60 apresenta um visual arrojado e uma configuração considerável. O problema do aparelho é basicamente seu alto custo. Mesmo assim, é uma boa saída pra quem quer um dispositivo que apresente performance relativamente boa, um visual atrativo e teclado confortável. Entretanto, se a questão for um aparelho com foco em games, é melhor pagar mais e levar o Razer.

Por Denisson Soares


Todo mundo já conhece a MSI pelos seus notebooks gamers e agora, a empresa acaba de anunciar mais um lançamento no ramo, o GS70.

De cara, um dos principais atrativos do novo GS70 é que ele é extremamente fino para um aparelho gamer, pois tem espessura de 21,8 milímetros. Mas é claro que além de seu aspecto físico, algumas características são realmente muito atrativas para quem gosta de jogar games mais recentes e que exigem mais do seu notebook.

O primeiro destaque do MSI GS70 é um ótimo hardware, com processador Core i7 e placa GeForce 765M. Além disso, o aparelho também possui memória RAM de 16 GB em DDR3, junto de processamento gráfico de 2 GB em DDR3.

A resolução do novo notebook é de 1920 x 1080 pixels (Full HD) e o tamanho da tela é de 17,3 polegadas. Um dos diferenciais da tela também é a sua cobertura antirreflexo, que proporciona o seu uso em locais que possuem muitos focos de luz, o que prejudicaria a visibilidade do jogo.

Para complementar o aparelho, temos quatro entradas USB 3.0, uma entrada HDMI e duas portas mini DisplayPort. O notebook possui ainda compatibilidade com Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e sistema operacional Windows 8.

Ainda não foi revelada a data de lançamento e nem o preço do novo MSI GS70.

Por Guilherme Marcon


A MSI apresentou na Computex 2013 o conceito de notebook chamado Mousebook que tem o touckpad removível e funciona como mouse, assim acaba com o problema de adaptação dos usuários que migram de um desktop para um laptop. 

Ainda não tem previsão de lançamento e nem confirmação se será fabricado por ter sido apresentado como um projeto conceitual, mas chamou atenção de todos que foram na feira de eletrônicos em Taipei. 

É muito simples usar o recurso do trackpad que é em alto-relevo e bem diferente, pode ser retirado da base e ser usado como um mouse comum. Na base surge uma superfície evitando que fique um buraco por causa da retirada do trackpad. 

Para que o trackpad funcione fora da base é usado à tecnologia Bluetooth e a recarga do mouse é feita quando o dispositivo está conectado na base.

É uma ideia empolgante, mas infelizmente ainda a MSI não confirma se o projeto sairá do papel, mas a empresa está trabalhando muito nesse projeto. Resta esperar e torcer para que comercializem esse notebook prático para quem não consegue se adaptar com um aparelho sem mouse.

Por Mariana Rodrigues


A MSI anunciou recentemente sua nova linha de notebooks destinada a gamers. O lançamento ocorreu recentemente e segundo boatos os novos modelos estarão disponíveis na maior parte das lojas de tecnologia em breve.

O grande destaque dos modelos GX70 e GX60 é seu poder de processamento, sendo os primeiros modelos de notebooks a utilizar os processadores AMD A10-5750M que contam com a arquitetura Richland com quatro núcleos de processamento e uma incrível potência para rodar vários aplicativos simultaneamente.

Veja as especificações técnicas dos modelos:

MSI GX70GX70:

– Processador: Quad-Core 2,5 Ghz AMD A10-5750M;

– Sistema Operacional: Windows 8;

– Tela: Antirreflexo de 17,3 polegadas com resolução de 1920×1080 pixels;

– Placa de Vídeo: 2 GB GDDR5 AMD Radeon HD 8970M;

– Memória RAM: 8GB DDR3;

– HD: 750 GB;

– Webcam: resolução de 720p;

– Leitor Blu-Ray;

– Teclado retro iluminado de várias cores.

MSI GX60GX60:

– Processador: Quad-Core 2,5 Ghz AMD A10-5750M;

– Sistema Operacional: Windows 8;

– Tela: Antirreflexo de 15,6 polegadas com resolução de 1920×1080 pixels;

– Placa de Vídeo: 2 GB GDDR5 AMD Radeon HD 7970M;

– Memória RAM: 8GB DDR3;

– HD: 750 GB;

– Webcam: resolução de 720p;

– Leitor Blu-Ray.

Os preços ainda não foram divulgados oficialmente, mas espera-se que eles se encontrem na faixa de US$ 1.399,99 e a versão com 15,6 polegadas na faixa de US$ 1.299,99.

Por Henrique Nicolau


A MSI é uma empresa que já tem bastante fama no ramo de computadores gamers e agora está entrando com força no mercado de all-in-ones gamers também. Para tal, o novo aparelho da marca é o all-in-one AG2712.

O AG2712 não é só mais um tudo-em-um gamer, pois vem com uma configuração bastante potente, que inclui processador Core i7, tela de 27 polegadas em Full HD e placa de vídeo GeForce GTX 670M.

Além disso, a MSI resolveu caprichar nos componentes e incluiu uma porta HDMI (para que o aparelho seja ligado a um monitor ou a uma TV) e som THX. O sistema operacional do AG2712 é o Windows 8 e as demais configurações de hardware não foram especificadas pela marca. Assim, espera-se que a memória RAM tenha mais de 8 GB e que a capacidade de armazenamento interno seja bastante grande, variando entre SSD e disco rígido.

Até o momento não há informações sobre a data de lançamento do AG2712. Além disso, a empresa também não divulgou o preço do computador. Sendo assim, nos resta aguardar um novo pronunciamento oficial ou a própria chegada do dispositivo no mercado.

Por Guilherme Marcon


Com o lançamento do Windows 8, diversos aparelhos all-in-one foram anunciados por várias empresas do ramo de tecnologia. Uma destas é a MSI Computer, que anunciou a sua nova série de dispositivos tudo-em-um com o nome de AE2712.

A empresa colocou à venda dois modelos em lojas online europeias, sendo um deles o Wind Top AE2712 e o Wind Top AE2712G. Os dois são muito parecidos, porém, o segundo modelo conta com um diferencial, que é a placa de vídeo GeForce GT630M da NVIDIA, com tecnologia Optimus e 2 GB em DDR3.

Já as demais configurações são iguais nos dois aparelhos: tela de 27 polegadas em LCD, 1920 x 1080 pixels de resolução Full HD, processador Core i3 ou i5 da Intel (terceira geração), display com touchscreen, compatibilidade com SmartMedia e sistema operacional Windows 8.

Além disso, os computadores da série AE2712 contam com tecnologias que deixam os aparelhos mais econômicos, resistentes e rápidos, além de contar com sistema de armazenamento na nuvem.

Uma das lojas online que está vendendo os novos aparelhos é a Amazon UK, onde os modelos podem ser encontrados pelo preço inicial de 830 libras.

Por Guilherme Marcon


A MSI lançou o notebook CR420 que faz parte da sua a nova Série Clássica, cujo foco é no design mais fino e elegante.

A marca apostou no visual do portátil e escolheu um revestimento que dá uma sensação visual de vários efeitos e cores, dependendo da intensidade da luz, bem como resistente a arranhões.

O CR420 vem com sistema operacional Windows 7 Home, visor de 14 polegadas 16:9 wide screen, microfone, Webcam de 1.3 megapixel, HD SATA de até 500GB, memória RAM DDR3 de 2GB ou 4GB, processador Intel core i3 ou i5,  rede Wireless, novo Bluetooth V2.1 + ERD que proporciona maior velocidade de transferência de dados, além da tecnologia de retroiluminação LED que fornece uma melhor economia de energia.

O novo notebook da MSI pesa 2 kg e, por ser mais leve que os modelos anteriores da fabricante, permite ser transportado com mais facilidade.

Para conferir mais detalhes, acesse a página do CR420 no site da MSI.

Por Andrea Gomes


A onda de tablets não para, e todo mundo quer ter o seu. Aproveitando a Computex, a MSI, uma das maiores empresas de eletrônicos do mundo também anunciou o lançamento do seu concorrente do iPad. O nome não é muito original: WinPad, e dá a entender que ele viria com o sistema Windows. Mas não é nada disso. O sistema operacional do Winpad é o Google Android, que se encaminha para se tornar quase um padrão nesse tipo de dispositivo.

A tela do WinPad mede 10 polegadas, é capacitiva, e ele trará ainda uma porta USB. Com preço anunciado em 399 dólares, o tablet é mais um a vir com o chip Tegra 2 da nVidia, que promete ser bem poderoso. Mas a data de lançamento no mercado não foi revelada.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Pop





CONTINUE NAVEGANDO: