Modelo é fácil de transportar, tem tela destacável e une tecnologia de ponta, poder de processamento e praticidade.

A HP lançou o ZBook, considerado o mais poderoso do mundo, graças à sua poderosa configuração. O ZBook é um notebook voltado para aqueles usuários que realmente precisam de um equipamento com altíssimo poder computacional, só que de forma mais prática. Antigamente, quando se falava em um computador muito poderoso, logo pensava-se em um equipamento enorme dentro de uma sala, com ar-condicionado ligado, mas a HP mostrou que isso é coisa de passado.

O ZBook x2 não é só fácil de transportar, ele ainda tem tela destacável, unindo tecnologia de ponta, poder de processamento e praticidade. O modelo foi revelado em uma conferência realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos e este é o primeiro workstation a ser disponibilizado neste formato.

O lançamento oficial está previsto para o próximo mês de dezembro e já é grande o número de interessados, afinal, ter uma máquina tão potente, que pode ser transportada facilmente para todo lugar é o sonho de muitos profissionais da área de tecnologia. O valor deve ficar na média de R$ 5,5 mil e apesar de muita gente achar que é muito dinheiro para um notebook, é só lembrar que este não é um modelo para o usuário comum e sim para quem realmente precisa do 'melhor do mundo'.

Quem precisa de grande capacidade gráfica e alto poder de processamento, encontra neste modelo a união perfeita de tudo isso com a facilidade de poder levá-lo de casa para o trabalho sem nenhum problema.

O processador é Intel Core i7, 8ª geração e a tela oferece o que há de mais moderno em qualidade de imagem, pois é 4K. Alguns podem reclamar que é de apenas 14 polegadas, o que realmente pode dificultar para quem trabalha com edições de imagens, vídeos, gráficos, mas a intenção era torná-lo prático para o transporte. O modelo ainda vem com uma GPU Quadro M620 e 32GB de memória RAM. O espaço para armazenamento interno de 2TB completa esta máquina, que oferece espaço de sobra para salvar tudo que precisa, inclusive os arquivos mais pesados.

E os interessados devem analisar ainda o brinde que garante 20% de desconto para quem assinar o pacote 'Creative Cloud da Adobe'. Para alguns é vantajoso, outros nem tanto, cabe a cada um analisar e ver o que é melhor neste caso.

Outro ponto positivo a favor do ZBook x2 é que ele vem com diversas conexões, bem diferente dos demais laptops e tablets que estão chegando ao mercado. São 2 conectores USB-C, entrada USB 3.0, tem entrada para cartão de memória SD e ainda conta com porta HDMI e até entrada para fones de ouvido.

E a HP pensou em tudo, tanto é que o modelo traz uma caneta, a Wacom EMR, com mais de 4 mil níveis de sensibilidade a pressão. Como é um notebook voltado para profissionais da área, esta caneta não poderia ficar de fora.

Para suportar tudo isso, a bateria promete não deixar ninguém na mão, garantindo até 10 horas quando for recarregada totalmente. Se levarmos em consideração tudo que o modelo oferece, aguentar 10 horas é realmente algo incrível.

O ZBook x2 é um modelo pensado para não deixar nada a desejar e até os profissionais mais exigentes que conferiram a configuração do notebook reconheceram seu poder. É uma forma de atender ao mercado, já que estes profissionais também querem praticidade no trabalho e o notebook é a sua ferramenta de produção.

Vai ser difícil a concorrência conseguir desbancar o lançamento da HP, que ainda caprichou no preço. O ZBook x2 promete ser um líder de vendas no segmento, já que até agora nenhuma empresa falou em lançar algo parecido.

Por Russel

HP ZBook x2


Saiba aqui as vantagens e desvantagens de cada uma das marcas de impressora.

Quando se trata de tecnologia em relação a impressoras, podemos ver que duas das grandes fabricantes no Brasil oferecem uma grande oferta em relação a modelos e atrativos, mas qual escolher? Existem diversos critérios que você pode utilizar para decidir, levando em consideração as suas necessidades e as características das impressoras.

Se interessou? Então confira a seguir o post que preparamos.

Impressora da HP ou da Epson? Qual é a melhor opção?

Hoje em dia é praticamente indispensável o uso de uma impressora e com as novas tendências tecnológicas, a concorrência está muito acirrada. Assim, as marcas tentam se manter ativas no mercado oferecendo diversas opções e atrativos aos seus clientes, sendo que o forte dessa competitividade nos dias de hoje – devido à crise – está nas comparações de preços.

Com preços bem semelhantes desde seus modelos mais simples até os mais completos, na comparação os modelos HP e Epson, a economia estará a partir das trocas de cartuchos. O modelo da marca Epson possui troca de cartuchos mais barata, porém, o seu manuseio requer um pouco de habilidade por parte do consumidor, que terá que se deslocar quase sempre à uma assistência técnica, caso não consiga efetuar a troca.

Sendo assim, é preciso considerar o custo-benefício nessa questão, já que pode ser que você economize na compra, mas acabe gastando mais no fim das contas, graças a custos acerca de manutenção e idas à assistência. Cabe a você julgar o que sairá mais vantajoso acerca das suas condições, tanto de disponibilidade de tempo e dinheiro para deslocamento quanto da habilidade que tem para lidar com esse tipo de tecnologia.

Como a HP possui cartuchos com preços mais elevados em relação à marca Epson, acaba se sobressaindo, devido a não necessidade desta locomoção do aparelho até alguém especializado.

Caso a pessoa que estiver adquirindo o produto da marca Epson não queira usar cartuchos, uma das opções que a marca dá é adquirindo um modelo de tanque de tinta que possui uma capacidade maior de compactação, ajudando assim na questão da economia em impressões. É preciso ter precaução somente em relação ao nível de tinta, uma vez que a impressora tende a esbanjar no nível de tinta para cada folha que se deseja imprimir. Procure manter esse fator regulado.

Podemos notar que em alguns modelos entre as marcas HP e Epson, quando se trata de relação às cores, a marca Epson possui cores mais vivas. Sendo assim, se sobressai em relação a outros modelos, mas esse fator pode variar dependendo do modelo da impressora. Então se você se preocupa com a estética do aparelho, é bom que você pesquise as opções da Epson, já que elas apresentam mais diversidade.

Para quem usa o modelo também como item de decoração (para combinar um escritório, por exemplo), uma boa opção é uma impressora compacta, que são mais encontradas na marca Epson do que na HP.

Ambas as marcas tem opções sem fio de impressora, além de darem a possibilidade de realizar a impressão através de dispositivos sem fio, usando tecnologia Wi-fi. Acerca do suporte, tanto a Epson quanto a HP possuem assistência autorizadas espalhadas em todo o território nacional. O site oficial das marcas oferecem diversas informações. Além disso, a HP identifica a impressora no próprio portal, sem que haja necessidade de estar inteirado acerca das questões técnicas da máquina para acessá-la.

Em conclusão, constatamos que as duas marcas tem impressoras de qualidade. O que deve ser considerado é o seu perfil enquanto usuário, isto é, quais são as suas necessidades, o que espera da impressora, quanto pode pagar por ela, etc.

David Ferreira


Convocação se deve ao risco de superaquecimento dos dispositivos.

A Hewlett-Packard (HP), uma famosa marca no segmento de tecnologias, anunciou no último dia 24 de janeiro que, por necessidade, irá expandir o seu recall nas baterias de notebooks para a América do Norte e para o Brasil. Os motivos dados pela empresa são importantes, uma vez que foi identificado um superaquecimento nos dispositivos, podendo acarretar, assim, em um superaquecimento nos mesmos, resultando em possíveis danos ou, inclusive, em fogo.

As baterias afetadas possuem os seguintes códigos: 6BZLU, 6CGFQ, 6CGFK, 6CZMB, 6DEMH, 6DEMA, 6DGAL e 6EBVA. Esses estão sempre impressos na parte traseira do notebook.

Foram contabilizados e incluídos no programa, no total, 101 mil baterias comercializadas junto aos laptops da marca, isso entre o período de março do ano de 2013 até outubro de 2016. Esse recall dá continuidade e expande, portanto, o primeiro recall feito pela HP no mês de junho de 2016, quando, no período, foi realizado o reparo de aproximadamente 41 mil baterias em notebooks produzidos pela organização.

Além da marca em questão, foram ainda encontrados defeitos em baterias de outras empresas multinacionais e com grande renome no mercado tecnológico, como é o caso da Compaq, Envy, ProBook, Pavillion e Compar Presario.

Algumas cargas que foram vendidas de forma separada também acabaram sendo afetadas pela falha. Os aparelhos chegaram no Brasil importados e comercializados vindo dos países de origem.

Além dos reparos necessários no País, o mesmo recall ainda está englobando alguns componentes que estão sendo vendidos nos Estados Unidos, sendo que boa parte aparece em outras localidades, como Canadá e México.

Com um recall motivado pelo recebimento de informações e casos de incêndio em laptops no Canadá, além de outros oito outros de superaquecimento e derretimento de baterias nos Estados Unidos, a HP tem enfrentado problemas na justiça com os seus clientes insatisfeitos. É o caso de um pedido de ressarcimento por danos nos EUA, no qual a marca precisou pagar US$ 1 mil ao dono de uma propriedade em que houve danos com o dispositivo.

Contatos e informações importantes para possíveis dúvidas

Se você está em dúvidas sobre se a sua bateria está incluída no recall da HP, acesse o site da HP e baixe o software que foi produzido para a identificação do seu notebook. O endereço eletrônico para esse é http://www8.hp.com/.

Além disso, ainda foram disponibilizados telefones para contato para falar com algum dos atendentes no Brasil. Os números são: 0800-709-7751 ou 4004-7751. O último citado abrange somente a região metropolitana de São Paulo.


Novo notebook possui ótima configuração para as tarefas do dia a dia e chegará ao mercado em outubro.

Os notebooks de baixo custo equipados com o sistema operacional do Google, o Chrome OS, estão cada vez mais populares entre os consumidores de todo mundo, em especial nos Estados Unidos. Os Chromebooks são uma excelente alternativa para os que buscam a mobilidade do notebook com um preço bastante em conta. A HP, uma das fabricantes que investe no modelo, anunciou o lançamento do Chromebook 11 G5.

Trata-se de um laptop com uma tela touchscreen (sensível ao toque) de 11 polegadas. Vale a pena ressaltar que todos os notebooks com o Chrome OS, incluindo o novo notebook da HP, passarão a executar aplicativos Android, o que lhes garante milhões de apps presentes na Google Play Store. Com isso, os aparelhos ficaram mais atraentes e certamente o Chromebook 11 G5 está na lista. Ele conta com uma tela sub HD de 11,6 polegadas. Haverá uma versão que contará com Gorilla Glass, resolução HD e tecnologia IPS.

Por dentro o notebook conta com um processador Intel Celeron N3060 de 1.6 GHz. Tal potência é suficiente para as principais tarefas do dia-a-dia, como navegar na internet, assistir vídeos, utilizar editor de textos e verificar emails e redes sociais.

Um dos pontos mais fortes do Chromebook 11 G5 é sua bateria. A HP garante que o laptop pode aguentar até 11 horas sem precisar estar conectado a uma tomada de energia. Ao adicionar a tecnologia de tela sensível ao toque em computadores de baixo custo, a HP sai na frente de suas concorrentes, como Asus e Samsung, que também fabricam notebooks da linha Chromebook.

O laptop da HP adota linhas comuns da fabricante em seus outros notebooks com Windows. Por isso, os usuários podem esperar uma boa qualidade de acabamento. Tanto o logo da HP como o logo da linha Chromebook estão presentes na tampa do notebook.

O Chromebook 11 G5 deverá chegar ao mercado norte-americano em outubro deste ano. A HP ainda não divulgou nenhuma previsão de preço para o laptop. A empresa também não afirmou se pretende lançar o computador para o Brasil. Devido ao baixo preço, a empresa poderá pensar na possibilidade de comercializar o produto em terras brasileiras no próximo ano.

Por William Nascimento


HP faz recall de baterias por superaquecimento. Há risco até de pegar fogo

A exemplo do que ocorre no setor de automóveis, a HP acabou entrando na “onda” e anunciou que estará fazendo o recall de baterias dos seus principais notebooks vendidos mundialmente (o que inclui o Brasil). A chamada envolve os produtos fabricados no período entre o mês de março de 2013 e agosto de 2015. De acordo com a fabricante os seguintes modelos poderão estar afetados: HP Pavilion, Compaq Presario, HP ENVY, HP ProBook e HP Compaq.

Entretanto, a marca informa também que os problemas devem ser encontrados em menos de 1% dos modelos adquiridos no período citado acima.

O recall é justificado. De acordo com a HP, as baterias defeituosas poderão correr o risco de apresentar um superaquecimento o que eventualmente pode fazer com que as mesmas peguem fogo e acabem ferindo os usuários dos aparelhos.

A HP divulgou um comunicado avisando que se o problema for identificado o recomendado é que o usuário faça a remoção da bateria defeituosa o mais rápido possível.

Com a finalidade de ajudar os usuários dos aparelhos a identificarem o problema a HP disponibilizou em seu site o chamado HP Battery Program Validation Utility. Para acessar clique aqui.

O software do site da empresa irá fazer uma análise que dura cerca de 30 segundos e informará ao consumidor se sua bateria se encontra entre aquelas identificadas com o problema.

A HP informa que é preciso que o usuário tenha instalado em sua máquina o Microsoft .Net Framework 4.5.2 e HP Software Framework para que a aplicação possa rodar de maneira correta.

Se preferir o consumidor também poderá fazer essa consulta manualmente. Para isso ele deverá informar no formulário de requisição o número de série de seu aparelho e o código de barras da bateria.

Aliás, por meio do mesmo formulário no site da HP o cliente que tiver seu equipamento entre os modelos afetados poderá pedir uma nova peça. Após o preenchimento do formulário ele irá receber um email para confirmação do pedido.

Quando a nova bateria solicitada for enviada ele também receberá uma mensagem que conterá o código de rastreamento para que possa fazer o acompanhamento da remessa.

Por fim, a HP informou também que profissionais que fazem uso de 10 ou mais aparelhos com potencial risco um processo diferente para a validação e também substituição foi criado. Nesse caso específico é necessário entrar em contato por meio do email LABulkBattery@hp.com.

Por Denisson Soares


O aparelho deve chegar ao mercado norte americano no fim de maio e não deve demorar para chegar ao Brasil

A empresa HP (Hewlett-Packard) está ampliando as suas linhas de computadores portáteis e no dia 16 de maio fez a divulgação do novo modelo EliteBook 1030. A linha HP EliteBook é conhecida por possuir um design sofisticado e recursos completamente voltados para o mundo corporativo.

Sendo um computador portátil produzido diretamente para o mercado profissional, o uso do HP EliteBook 1030 é ideal para as empresas ou para os profissionais que necessitam realizar tarefas mais complexas com um ultraportátil Premium, fino, leve e eficiente.

Na construção do novo modelo, a empresa fez uso de um chassi de metal adequado para display de 12.2 polegadas, Gorilla Glass na tela de 13.3 polegadas, resolução Full HD (1920 x 1080) ou QHD+ (3200 x 1800), processadores da série Intel Core M, bateria com duração de 13 horas, memória de armazenamento interno de 512GB ou 256GB, memória RAM de 16GB, portas USB 3.0, conexão HDMI, sistema operacional Windows 10, teclado retroiluminado e alto falantes fabricados pela Bang & Olufsen.

O novo notebook da HP se destaca pela sua bateria. Apesar de ser um notebook pequeno, com a tela medindo somente 13.3 polegadas, a sua bateria tem longa durabilidade e é muito silenciosa. A empresa garantiu que a bateria do novo notebook dura 13 horas quando está na resolução Full HD e 9 horas quando está na resolução QHD+.

Quanto ao design do aparelho, o visual é muito limpo, chegando a ser comparado ao visual dos MacBooks. A estrutura é completamente feita em metal, fina e o aparelho não necessita de ventilação, devido possuir o processador Core M. As teclas são a prova d`água, o que garante proteger muitos usuários desastrados.

No quesito de áudio, o aparelho promete um resultado melhor do que os áudios dos seus concorrentes MacBooks, contendo o alto-falante da empresa dinamarquesa Bang & Olufsen e a modernização Clear Sound da HP para a amplificação.

Com a chegada ao mercado norte-americano prevista para o final de maio ou início de junho, esse novo modelo terá um valor estimado de US$1249,00 nos Estados Unidos e no Brasil custará aproximadamente R$4.400,00. Infelizmente não serão todos os países que terão o privilégio de receber o novo modelo tão rápido assim.

Aline Aparecida Feitosa Dias


Novo computador custa US$ 1.249 e é mais fino que o Macbook da Apple.

Praticamente todos os dias são anunciados novos equipamentos tecnológicos. Celulares com câmeras que fotografam ou filmam com melhor qualidade, memória maior, baterias mais duradouras. São muitos os atrativos que os engenheiros da tecnologia constroem para que o novo aparelho mereça uma maior atenção perante o público.

Dessa forma, a empresa americana HP (Hewlett-Packard) lançou hoje, 05 de abril, seu novo notebook, o Spectre, durante um evento na França. Intitulado como o notebook mais fino do mundo, inclusive superando o Macbook. O novo modelo desenvolvido pela empresa tem 10,4 mm de espessura, além de contar com processador Intel Core i5 ou i7, tela de 13,3 polegadas com resolução em HD , 8 GB de RAM e 1,11 kg. Além disso, esse notebook também tem um bom desempenho ao suportar programas pesados, como o de edição de imagens.

A HP lança esse novo produto de olho no mercado de notebooks Premium, com preços acima de R$ 4.000 reais. Este segmento representa 15% do total de computadores vendidos em 2015, segundo o IDC Brasil. Outro ponto que merece destaque é a duração da bateria, que é de 9 horas e 45 minutos. Dessa forma, a pessoa ao adquirir esse equipamento também economizará na utilização da rede elétrica, fazendo assim a sua conta de energia elétrica ficar mais barata.

Com o lançamento previsto para o mês de maio nos Estados Unidos, o Spectre está orçando a partir de US$ 1.249 dólares, o que em reais significa na cotação atual R$ 4.479 reais. Não há previsão para a comercialização no Brasil.

A HP ainda disponibilizou para esse equipamento três entradas de USB e todas servem para a bateria recarregar.

O design é um ponto a parte. O chassi é feito em alumínio, o teclado de fibra de carbono e a tela de Gorilla Glass. Como dito acima, esse equipamento é voltado para o consumidor que procura produtos luxuosos, esse mercado vem ganhando cada vez mais adeptos, pois muitas pessoas precisam da máxima qualidade de um produto para a realização de trabalhos, como é o caso de um designer ou de alguém que precise editar fotos, pois computadores mais potentes fazem toda diferença no resultado final do trabalho.

Por Isabela Castro.


Aparelho é voltado para uso profissional e custará cerca de US$ 899.

Há alguns dias, a HP anunciou o lançamento do híbrido HP Elite X2 (voltado para empresas), que por ser híbrido, poderá ser usado como tablet e notebook. O modelo estará disponível no mercado a partir de janeiro do ano que vem, nos Estados Unidos, com pré-venda iniciada no último dia 23. Com tela de 12 polegadas (30 cm), protegida com Gorilla Glass 4, Full HD, espessura de 8,1 milímetros e pesando menos de 1 kg, o novo portátil é indicado para uso de profissionais de empresas e pode ser utilizado tanto na posição vertical como na horizontal, devido a um suporte incorporado com 150 graus de ajustamento. Leve, com design slim e moderno, o novo Elite X2 reúne qualidade, sofisticação e praticidade, facilitando a vida do usuário. O aparelho possui processador Intel Core M vPro, 4 ou 8 GB de RAM e tecnologia SSD com até 512GB.

O híbrido vem com uma caneta HP Active, com sensores de pressão, os quais auxiliam no controle das linhas, no momento de uso na tela. Além da caneta, há também opções de dois teclados, o teclado HP Advanced e o HP Travel, os quais apresentam tamanho normal. O primeiro possui um leitor de cartão inteligente, a fim de aumentar a segurança no início da sessão. Já o segundo é mais fino, como um teclado “para viagem”, sem deixar de ser completo. O usuário, assim, pode escolher usar o teclado de sua preferência, como também optar pela caneta, quando estiver viajando ou considera-la mais viável, o que lhe oferece uma maior comodidade.

Além de todas essas características, o híbrido tem bateria de longa duração, portas para a ligação de dispositivos: como a USB Type-C (com suporte para a tecnologia Thunderbolt) e a USB 3.0, bem como conta com suporte para Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.0.

No quesito segurança, o Elite X2 vem equipado com recursos como: o HP Sure Start com Proteção Dinâmica, o HP Client Security, TPM e, de forma opcional, um leitor de impressões digitais ou leitor de cartões inteligente, o qual, como já mencionado, vem inserido ao teclado HP Advanced. Todos esses recursos juntos tem por objetivo a proteção do híbrido, assim como dos dados do usuário.

Além do lançamento previsto para janeiro de 2016, nos Estados Unidos, com preços a partir de US$ 899, o aparelho possivelmente estará disponível na Europa, a partir do dia 7 de janeiro, por 999€, com teclado vendido separado, por 159€.

Por Helem Franco


Notebook posso excelentes configurações e promete agradar gamers e profissionais que precisam de uma máquina de alta performance. Preço do notebook deverá chegar a R$ 15 mil.

A HP lançou o seu novo notebook de alta performance. O gadget foi desenvolvido visando profissionais para os quais se faz necessário um alto investimento para aquisição de configurações top de linha mundiais.

É possível escolher entre cinco sistemas operacionais na compra do ZBook Studio: Windows 7 Professional, Windows 8.1 Pro, Windows 10 Home, Ubuntu Linux e FreeDOS 2.0. O processador preferencial é o Intel Xeon Core i7 quad-core, mas ele também pode ser adquirido com i7 ou i5 dual-core. Para completar o desempenho, o notebook possui chipset Mobile Intel QM 87, memória RAM de 32 GB e opções de placas de vídeo NVidia DDR5 de 1 GB ou 2 GB de memória RAM dedicada. A alternativa a qualquer placa NVidia é a AMD FirePro.

O portátil pode vir em versões com tela de 1920×1080 pixels ou 3200×1800 pixels de resolução 4K, todas de LED e antirreflexo com 15,6 polegadas.

Para todos as modelos, as entradas de série para conectividade são sete, entre elas três portas USB 3.0 e uma 2.0, além de uma entrada VGA e uma saída para fone de ouvido. A webcam HD de 720 pixels também é de série. Assim como o teclado resistente a respingos e com iluminação auxiliar.

A bateria tem autonomia para até 11 horas de uso constante.

A estreia no varejo dos Estados Unidos será no próximo mês, custando a partir de U$$ 1.699, cerca de R$ 6.440. Ainda não foi divulgada uma data para chegada no Brasil, mas provavelmente será no primeiro semestre do próximo ano e o valor deverá ficar entre R$ 8 mil e R$ 15 mil, faixa de preço dos aparelhos equivalentes de Dell, Apple, Microsoft e Samsung.

Mesmo destinado a gamers, engenheiros, designers e todo tipo de profissional que necessita de um notebook potente, a compra da workstation estará diponível para qualquer consumidor. Porém, não recomenda-se gastar milhares de reais em um aparelho cujo uso doméstico não explorará nem 30% da capacidade. Além de existir muitas outras opções domésticas de até R$ 2 mil com bom desempenho doméstico.

Bruno Klein


Tela do modelo faz uma rotação de 360º, podendo ser utilizado como tablet.

O mercado de notebooks e tablets cresce cada dia mais. Esses itens, essenciais para nosso dia a dia, têm evoluído cada vez mais, e trazendo novas soluções para que nosso trabalho se torne mais fácil. Com esses dispositivos nós podemos ter até momentos de diversão.

Pensando nisso, as gigantes do mundo da informática têm investido pesado em criar dispositivos que realmente nos atendam e que sejam práticos de carregar, úteis e que funcionem bem em todas as situações.

E, a HP não podia ficar fora dessa. Essa respeitada marca traz sempre inovações para o mercado da Informática. A mais atual é o poderosíssimo HP Pavillion X360.

Esse notebook conversível, como é conhecido no site oficial, foi lançado sob o slogan: “Quebre as Regras”. Isso porque o dispositivo é um 2 em 1, ou seja, um notebook que se converte em tablet, mas, com um diferencial: ele tem uma tela touchscreen otimizada que rotaciona 360° para que você tenha a comodidade de usar o dispositivo como quiser. Isso facilita a sua utilização, já que, diferente dos conversíveis que são destacáveis, o HP Pavillion X360 tem tudo em um aparelho só.

E as vantagens de se ter essa tela rotacional são muitas. Se você quiser utilizar como notebook, deixe a tela em 90° e você terá o conforto do teclado para utilizar. Caso seu objetivo seja assistir um vídeo, deixe a tela em 270°, e você terá o apoio do teclado na superfície, enquanto a tela lhe exibirá o que desejar. Também nesse ângulo, você pode utilizá-lo como um console e ter mais diversão com seus jogos. Por fim, gire 360° e seu notebook estará convertido em um tablet.

O HP Pavillion X360 conta com uma potente configuração, sendo ideal até para serviços robustos. Ele é equipado com um processador Intel Celeron Dual Core, possui 4 Gb de memória Ram e 500 Gb de HD. A sua tela é de 11.6 polegadas, permitindo uma excelente visualização de tudo que quiser. Além disso, conta com portas USB, saída HDMI, Wi-Fi, Bluetooth e adaptador de rede.

O HP Pavillion X360 vem com o Windows 8.1 instalado de fábrica, que pode ser atualizado gratuitamente para o Windows 10.

Certamente que o HP Pavillion X360 é um excelente 2 em 1, e lhe atenderá como você necessita.

Por Isaque Cipriano

 

HP Pavillion X360

 

HP Pavillion X360

Fotos: Divulgação


A HP lançou este mês o SlateBook x2, que de longe parece um netbook, mas na verdade é um tablet híbrido. O aparelho possui um teclado encaixável que dá um conforto no uso. A sua negativa é o sistema adotado, o Android, que restringe as possibilidades se comparado aos sistemas de desktop. Ainda há uma outra baixa, o seu preço no Brasil será de R$ 1.899.

SlateBook x2 é considerado bonito e bem moderno, contudo, no quesito portabilidade deixa um pouco a desejar. Com o conjunto teclado e tablet, ele pesa 1,4 kg. Com esse peso levado na bolsa ou na mochila, depois de um tempo ele começa a incomodar. O peso agrega as infelizes medidas de 284 x 212 x 20 mm. Além disso, a bateria é naquele formato “tijolo”, o que pesa ainda mais.

O teclado apresenta quatro possibilidades de entrada, três no lado direito (HDMI, carregar e “Play”) e uma no esquerdo (USB), além do espaço para fone de ouvido. Na tela, as entradas ficam situadas na parte de baixo do display, escondidas quando em contato com o teclado. O tablet possui ainda um slot de cartão SD, conta com porta de carga própria e possui fone de ouvido e microfone.

Na parte de baixo da tela ficam as caixas de som, nas extremidades. Na parte de cima, há antena de WLAN, câmera frontal e iluminação para webcam.

A tela utilizada possui 10,1 polegadas e é bem confortável de ser manipulada. O aparelho possui uma boa resolução Full HD e um zoom em ícones menores, o que facilita a leitura. O sistema operacional utilizado é o Android Jelly Bean 4.2.2 e o tablet possui um processador móvel Nvidia Tegra 4. O tablet é capaz de rodar jogos sem travar. Outros aplicativos também rodam facilmente.

O HP SlateBook x2 tem duas câmeras: uma traseira com 2 megapixels e uma frontal apenas VGA. As duas possuem recursos para regular a qualidade da imagem a situação, mas sem muitas novidades quando comparadas às câmeras de tablets.

Por Carolina Miranda


No momento do MWC 2014 a HP aproveitou para anunciar seu novo notebook, o Pavilion x360. Só que, ele não se enquadra somente no que chamamos de notebook: ele pode também se transformar em um tablet, pois sua tela tem um espectro de quase 360º de mobilidade, o que deu raiz ao nome do gadget.

O novo notebook e tablet da HP, o Pavilion X360 pode ser chamado de Multiuso. Mas, no comparativo dos dois quesitos, ele funciona melhor como notebook. Ele é um laptop compacto, bem acabado e leve, mas muito grande e pesado para um tablet, com seus 1,4 kg. Quando ele “vira” um tablet, o teclado e o trackpad ficam exibidos do outro lado, desativados.

O que chama mais atenção do Pavilion X360 é o seu design. Na parte interna, próximo ao teclado, o acabamento é de alumínio e uma carcaça externa de plástico duro para dar resistência. Ao mesmo tempo em que a sensação é de um notebook delicado por dentro, externamente ele demonstra ser robusto e forte. E há um detalhe interessante: o plástico, quando debaixo da luz, apresenta pequenos pontos luminosos. É parecido com glitter, em que o usuário pode escolher entre a cor vermelhar e cinza.

O que desanima no novo notebook/tablet da HP é a tela de 11,6 polegadas. Atende bem aos comandos e tem boas cores, contudo a visibilidade dele é ruim para o usuário que não está exatamente de frente à tela. Outra desvantagem é que quando utilizado como notebook, a tela é instável, tremendo de maneira cavalar a cada toque.

O teclado é bem macio, prazeroso de usar. Tem um conforto extremo e as teclas não parecem acumular a oleosidade dos dedos. O X360 também tem um som exemplar nas duas saídas e, por isso, possui em sua característica o selo Beats Audio, o que qualifica ainda mais o equipamento.

O preço é bem atraente pelas suas qualificações. Ele será vendido a partir de US$ 399, o que seria cerca de R$ 950.

Ficha técnica: chip Intel 64-bit, 4 ou 8 GB de RAM e hard drive de 320 GB, 500 GB, 720 GB ou um híbrido de 500 GB.

Não há previsão de chegada no Brasil e nem seu preço por aqui. O que se sabe é que a novidade chegará ao mercado americano e europeu neste mês (março). 

Por Carolina Miranda

HP Pavilion x360

Foto: Divulgação


A escolha de um notebook acarreta diversas preocupações, pois, além de uma ferramenta utilizada para entretenimento, o notebook é, em sua grande maioria, utilizado no ambiente de trabalho e escolar.

Ao escolher um notebook para compra é necessário saber se este aparelho será bem utilizado de acordo com as necessidades do consumidor. Uma pessoa que sempre estará ao lado de seu notebook deve escolher um modelo leve, por exemplo. Assim como profissionais que utilizarão diversos programas devem escolher um aparelho com um bom processador e memória.

O essencial é lembrar que, se escolhido um aparelho que não lidará com o que o consumidor necessita, ele desperdiçará seu dinheiro em algo que não utilizará com proveito.

Há notebooks com ótima configuração e também com um bom preço, conheça alguns:

Dell Inspiron 14-2630 – tem o processador Intel Core i5; vem com 750 GB em seu HD e 6GB de memória RAM. Sua faixa de preço é de R$ 1.899,00;

Samsung 500P4C-AD1 – seu processador é o Intel Core i5; tem 500 GB de HD e 4 GB de memória RAM. É encontrado na faixa de preço de R$ 1.800,00;

HP 1000-1460 br – seu processador é o Intel Core i5; possui 500 GB de HD e 4 GB de memória RAM. É encontrado na faixa de preço de R$ 1.799,00;

Asus VX077H – seu processador é o Intel Core i5; vem equipado com o sistema operacional Windows 8; possui 6 GB de memória RAM. Sua faixa de preço é em média de R$ 2.199,00;

Acer V5-471P-6875 – seu processador é o Intel Core i5; possui 500 GB de HD e 6 GB de memória RAM. É encontrado na faixa de preço de R$ 2.999,00.

A grande parte destes notebook apresenta uma configuração ótima para o funcionamento de jogos e programas pesados. Fique atento ao escolher um notebook, pois assim terá a chance de adquirir um bom aparelho que lhe seja útil por alguns anos e atenda a todas as suas necessidades.

Por Luiz Guilherme Feliciano Palazzo

Dell Inspiron 14-2630

Dell Inspiron 14-2630

Foto: Divulgação


O mercado brasileiro receberá dois novos notebooks híbridos da HP. Os aparelhos, batizados de HP Split x2 e HP EliteBook Revolve, combinam a praticidade de um tablet com as funcionalidade de um laptop. Os dois dispositivos conta com telas de alta definição, hardware avançado e Windows 8 como sistema operacional. O HP Split x2 já está disponível para compra por R$ 2,9 mil e o EliteBook Revolve chegará em novembro custando R$ 6.599.

Os dois contam com características bem parecidas e foram desenvolvidos para usuários que estão procurando potência e muita praticidade. A grande diferença é a forma de usá-los como tablet. Enquanto que o Split x2 possui tela removível o EliteBook Revolve só precisa ser “dobrado” sobre o seu teclado para virar um tablet.

De acordo com Claudio Raupp, vice-presidente do grupo de impressão e sistemas pessoais da HP, os clientes da empresa, tantos os corporativos quanto os consumidores finais, procuram sempre aparelhos que os ajudem a acessar e compartilhar conteúdos em qualquer lugar que estejam. Raupp disse que os dois notebooks híbridos são aparelhos de uma nova geração e exemplos dos novos compromissos da companhia com a evolução da experiência da computação, pois são capazes de oferecer para os consumidores que eles sejam produtivos no escritório, em casa ou até mesmo no trânsito.

O HP Split X2 conta com processador Intel Core i3 ou i5 de quarta geração, tela de 13, 3 polegadas sensível ao toque, memória RAM de 8 GB, armazenamento interno de 64 ou 128 GB SSD, webcam de 2 megapixels e áudio Beats.

Já o EliteBook Revolve poderá vir equipado com tela de 11,6 polegadas, processador Intel Core i3, i5 ou i7 e SSD de até 256 GB. Sua bateria é capaz de durar cerca de 80% mais que a geração anterior. Mesmo que ele seja mais poderoso a nova versão é mais fina e mais leve que sua antecessora.

Por Felipe Santos Bonfim

HP EliteBook Revolve HP SplitX2

 


HP Envy 17A HP, que estava um pouco sumida frente as demais concorrentes, anunciou o lançamento do primeiro notebook do mundo com um sensor de movimento Leap Motion. Trata-se de uma versão do Envy 17, com especificações iguais ao modelo de partida, contudo será capaz de reconhecer determinados gestos do usuário. O dispositivo custa US$ 1.049 (equivalente a R$ 2.415).

O notebook terá capacidade de reconhecer movimentos feitos com as mãos e os dedos, em uma velocidade de 290 quadros por segundo, o que garante uma precisão superior à média. O sensor está disposto embaixo do teclado do notebook.

O usuário deve calibrar o sensor na primeira vez que for utilizá-lo, após a calibragem, o sensor fica ativo por padrão, sendo possível ativá-lo e desativá-lo de acordo com a preferência do usuário.

Semelhante ao sensor usado no Xbox 360 Kinect e no Samsung Galaxy S4, a tecnologia Leap Motion poderá ser usada em mais de 100 aplicativos já desenvolvidos, contudo a expectativa é que surjam mais aplicativos, aumentando significativamente esse número, com o lançamento de outros produtos similares.

O Envy 17possui um processador Intel Core i3, i5 ou i7, memória RAM de até 8 GB, placa de vídeo NVIDIA, HD de 1 Terabite e outros.

Por Robson Quirino de Moraes


O HP Envy X2 é um híbrido de computador e tablet. Com uma tela de 11,6 polegadas, o aparelho possui 30,3 cm de largura, conta com 20,6 cm de altura e pesa apenas 700 gramas. O diferencial deste modelo é a bateria secundária, que proporciona mais autonomia ao computador. O teclado tem acabamento externo em alumínio e parte interna de plástico.

O processador presente no Envy X2 é um Intel Atom Z2760, com clock de 1.8 GHz. Além disso, o modelo possui 2 GB de Memória RAM. Não bastasse isso, o HP Envy X2 ainda possui uma unidade SSD de 64 GB e conta com capacidade expansiva de armazenamento usando um cartão microSD. O sistema operacional utilizado é o Windows 8, da Microsoft.

A tela do aparelho possui a resolução de 1.366 x 768 pixels e pode registrar até cinco toques simultaneamente. A boa qualidade de imagem alia-se ao bom ângulo de visão e ao sistema de áudio que não decepciona.

O teclado deste modelo apresenta portas USB 2.0, HDMI, conector de fones de ouvido, conector para o carregador e um slot para a utilização de cartões SD.

Algo diferente no modelo são os botões de força e volume, que ficam na parte traseira do aparelho. Ele foi projetado para ser utilizado no modo paisagem, mas também é possível utilizá-lo na vertical, já que possui um sensor que faz a rotação automática da imagem.

Por Robson Quirino de Moraes


O mercado de tablets híbridos vem crescendo bastante nos últimos meses e não é novidade que grandes marcas decidam investir nessa novidade. Dessa vez foi a HP que decidiu lançar dois novos modelos.

O primeiro dos lançamentos, é o SlateBook x2 que conta com um poderoso hardware, principalmente por usar o novo processador da Nvidia, o Tegra 4. Além de contar com o sistema operacional Android 4.2.2.                O SlateBook x2 conta com o processador Tegra 4 quad-core de 1,8Ghz, uma tela de LED IPS de 10,1 polegadas com a resolução de 1920×1080 (fullHD), uma câmera frontal que captura imagens em 720p e uma traseira que consegue capturar na resolução de 1080p, além de tudo isso conta com 2 gb de memória interna e suporte para cartões microSD.

Já o segundo lançamento é o Split 2, que conta com a plataforma Windows 8. O hardware desse também não fica atrás do primeiro lançamento, conta com um processador Intel Core i3 ou i5 Ivy Bridge, tela de LED IPS de 13,3 polegadas com uma resolução de 1366×768, armazenamento interno de 128 GB, 2 GB de memória RAM e uma câmera frontal que faz vídeos de 1080p e uma traseira com o sensor de 8 megapixels

Os dois aparelhos chegam as lojas a partir de agosto. O Slatebook x2 vai custar algo em torno de US$ 479,99 e o Split X2 chega por US$ 799,99.

Por Henrique Nicolau


Os ultrabooks, famosos notebooks finos, estão ganhando cada vez mais espaço no mercado da computação. Sendo assim, as empresas começam a investir em peso nesses modelos.. 

A HP, por exemplo, não perde tempo, e no final de 2012 lançou em terras brasileiras o modelo Envy 4.

Esse modelo apresenta um design incrível, sua estrutura metalizada chama muito atenção logo de início, apesar de design não ser o principal requisito de um consumidor quando procura uma máquina nova. Não tem como negar que o Envy 4 ganha alguns pontos pelo excelente acabamento externo.

O modelo ainda conta com 4 GB de memória RAM, processador Intel Core i5 de terceira geração, conexão bluetooth e sistema operacional Windows 8. 

A máquina que pesa cerca de 1,8 kg demonstra um ótimo resultado quando o assunto é velocidade. Além de rápida, tem facilidade em executar vários programas ao mesmo tempo sem nenhum tipo de travamento. A inicialização do sistema leva cerca de apenas 10 segundos. 

Os interessados em adquirir essa super máquina, terão de desembolsar cerca de R$3.400,00, que é o preço base na maioria das lojas. Apesar de parecer um preço meio salgado, é um bom investimento já que se trata de um excelente ultrabook de última geração. 

Por Jonathan Alves


A HP está lançando seu mais novo PC Pavillion que tem diversos atrativos.

O Pavillion 20 vem com uma tela de 20 polegadas e APU Dual Core AMD E11200 de 1.4GHz.

A novidade é que o equipamento será vendido com o sistema operacional Linux na sua versão mais atual com o Umbutu já instalado de fábrica.

O Pavillion também conta com uma GPU Radeon HD7310 que utiliza seus 4 GB de memória RAM para obter uma boa resolução de imagens gráficas. A máquina também vem com HD de 500GB, leitor de cartão de memória, 2 portas USB 2.0 e mais 2 portas 3.0.

A tela de 20 polegadas deixa a desejar, mas consegue exibir com muitos detalhes a interface do Umbutu, pois tem uma resolução de 1600×900 pixels comandada pela GPU Radeon. Foi uma grande ideia que a empresa teve quando colocou o Umbutu ao invés de utilizar o tradicional Windows como sistema operacional.

O modelo é o pioneiro da marca que trouxe o Linux para ser comercializado em outros países. Até agora a única empresa que fabricava máquinas com Linux instalado era a Dell.

O Pavillion está sendo vendido na Europa por 1.000 euros.

Por Mariana Rodrigues


Mais uma fabricante entra na onda dos chromebooks. De acordo com o site The Verge, a HP em breve poderá lançar o Pavilion Chromebook. O produto contará com SSD de 16 GB, bateria com autonomia de até 4 horas e sistema operacional Chrome.  

O chromebook foi desenvolvido para as pessoas que precisam estar sempre online e usam bastante os serviços de armazenamento na nuvem, ou seja, que não precisam de um hardware muito potente para guardar arquivos.

Segundo o site, o novo computador da HP ainda contará com processador Intel Celeron 847 de 1,1 GHz, memória RAM de 2 GB, podendo ser expandida para até 4 GB, webcam TrueVision e entrada para cartões de memória multi-formatos.

Para se destacar a HP teria optado por um tamanho de tela de 12,1 polegadas, maior do que o escolhido pelas concorrentes Lenovo, Acer e Samsung que é de 11,6.

A Google ainda não obteve o resultado esperado devido às limitações do próprio sistema operacional. Por outro lado, o produto agrada os consumidores devido ao seu baixo custo.

Ainda que os Chromebooks tenham sido criados para usuários que utilizam mais a internet eles têm perdido espaço para os tablets e ultrabooks, que possuem configurações mais robustas e igualmente portáteis.  

Caso a HP mantenha a faixa de preço dos chromebooks do mercado, é possível que o Pavilion Chromebook se destaque por possuir melhores especificações técnicas e uma tela maior.

Por Felipe Santos Bonfim


Durante a CES 2013, a HP apresentou dois novos notebooks que integram a linha Sleekbook. Ambos os aparelhos apresentados têm medidas suficientes para serem ultrabooks, porém não são.

Os dois novos dispositivos contam com APU da AMD, tela de 15.6 polegadas, 1366 x 768 pixels de resolução, teclados grandes com a parte numérica completa e baterias removíveis. Além disso, os dois notebooks são praticamente o mesmo modelo, porém a diferença é que um deles vem com tela sensível ao toque.

A versão que não tem tela touchscreen será vendido com memória RAM de 4 GB, APU Trinity A6 e capacidade interna de armazenamento de 500 GB. Já a versão com tela touch, que é mais potente, contará com APU Trinity A8, capacidade interna de armazenamento de 750 GB e memória RAM de 6 GB. Em questão de espessura, o primeiro modelo possui 21 milímetros e o segundo tem 23 milímetros.

Ambas as versões dos notebooks possuem a HP CoolSense, para potencializar o sistema de refrigeração, garantindo mais conforto. Ainda, os dois aparelhos poderão ser comprados em três opções de cores.

Conforme a HP, os notebooks devem chegar ao mercado até o final de fevereiro, pelo preço de US$ 499, no modelo sem tela touch, e US$ 699, no modelo com tela touch.

Por Guilherme Marcon


A HP irá lançar um novo dispositivo híbrido que conta com Windows 8 e que irá competir no mercado de notebooks/tablets. O modelo em questão é o Envy x2, que tem previsão de chegar ao mercado entre o final de setembro e o início de novembro, já que a Microsoft finalmente apresentou seu novo sistema operacional, em um evento que aconteceu na última sexta-feira.

Agora, após um longo período, a HP finalmente resolveu revelar o preço do aparelho.

No mercado americano o híbrido chegará custando 850 dólares, aproximadamente 1.722 reais sem impostos. O valor é bem mais alto do que o cobrado pelo Surface RT, mas é claro que deve-se levar em consideração alguns pontos importantes.

O Envy x2 conta com processador x86, em vez dos processadores ARM, o que da ao aparelho a possibilidade de usufruir da versão completa do novo sistema operacional da Microsoft.

Além disso, o modelo da HP tem tela maior, são 11,6 polegadas com 1366×768 pixels de resolução. Vale lembrar que, ao contrário do Surface RT o Envy x2 conta com o teclado já incluso no preço, ou seja, não há a necessidade de adquirir um capa como acontece no aparelho da Microsoft.

Como dito anteriormente, o modelo chegará em breve as lojas dos Estados Unidos, porém não há  nenhuma previsão sobre seu lançamento aqui no Brasil.

Por Felipe Santos Bonfim


Recentemente, a HP lançou mais um aparelho para integrar a sua linha de desktops. O novo computador, chamado de Pavilion P6-2220, é destinado aos consumidores domésticos e trata-se de uma máquina simples, porém muito eficiente para aplicativos cotidianos e tarefas comuns, tendo em vista o seu processador Core i3 de 3.3 GHz.

O novo desktop possui memória RAM limitada, sendo de apenas 2 gigabytes. Além disso, o computador possui a versão Home Premium do Windows Seven como sistema operacional.

O aparelho também possui chipset H61 da Intel, placa gráfica Intel HD Graphics e capacidade de armazenamento de 1 terabyte em disco rígido convencional. Além disso, o dispositivo pode ser configurado para possuir a sintonização de TV digital ou então, ao invés do processador Core i3, vir com Celeron G460 e HD de 500 gigabytes. Não bastasse isso, ainda estarão presentes duas portas USB 3.0 e quatro portas USB 2.0.

O novo dispositivo já foi lançado no Japão pelo preço de US$ 630, que equivale a aproximadamente R$ 1.282.

Por Guilherme Marcon


Para quem está em busca de adquirir o que há de mais moderno em computadores Desktop, aqueles que você usa em casa, a HP, linha de impressoras e demais produtos de segmento tecnológico, está com mais um lançamento para Home Offices: o desktop Pavilion p6-2220jp/CT. O novo computador desenvolvido para uso doméstico,  é uma máquina simples, porém eficiente, para o uso de aplicativos que realizam tarefas cotidianas.

O Pavilion p6-2220jp/CT já vem com Core i3 de 3,3 GHz, com amplo poder de armazenamento, placa gráfica embutida (a Intel HD Graphics), com possibilidade de acesso à sinal de TV digital através de um dispositivo que é vendido separadamente.

O novo computador da HP possui também duas portas USB 3.0 e quatro USB 2.0, vem com 2GB de memória RAM DDR3, disco rígido de 1TB, e com Windows 7 Premium. Não há vendas no Brasil, mas quem quiser comprar de outros países, onde já está sendo comercializado, como Japão, onde foi fabricado, e EUA, o valor para adquirir o produto é de 49.980 Ienes e US$ 630, respectivamente, que  em reais fica em torno de R$ 1.282.

Por Monique Mota


Como todos sabem, a HP tem planos de lançar um novo ultrabook muito potente no mercado, porém a fabricante resolveu adiar um pouco a data de lançamento prevista. Mesmo que o novo equipamento já esteja em pré-venda, os pedidos só começarão a ser enviados a partir do dia 22 de junho deste ano, exatamente duas semanas depois do previsto.

O modelo mais simples do novo ultrabook da HP vem com 4 GB de memória RAM, Webcam de 720p, processador Intel Core i5 Ivy Bridge de terceira geração com 1.7 GHz, armazenamento interno em SSD com capacidade de 128 GB e monitor com resolução de 1366 x 768 pixels em uma tela de 13.3 polegadas.

As pessoas que desejarem podem adquirir um modelo do aparelho com upgrades específicos, personalizando o dispositivo conforme a sua necessidade e os seus gostos, algo parecido com o que a Dell já realiza na sua loja oficial.

São vários modelos disponíveis para o HP Envy Spectre XT nos Estados Unidos, sendo que os preços deles iniciam em 999 dólares para o mais simples (cerca de 2000 reais).

A HP ainda não divulgou informações sobre o lançamento do novo ultrabook no Brasil.

Por Guilherme Marcon


O mercado tecnológico receberá grandes novidades este ano e diversas fabricantes já estão anunciando suas promessas para 2012.

A HP é uma delas e anunciou esta semana o relançamento das unidades dos notebooks da linha Envy. Os modelos ganharam melhorias em suas especificações técnicas, o que transformou os aparelhos em ultrabooks.

Os modelos Envy 15, 17 e 17 3D mantiveram a maioria de suas configurações originais, porém agora eles virão equipados com os novos processadores Intel Ivy Bridge de terceira geração, com potência de 2,3 e 2,7 MHz.

A placa de vídeo também foi renovada para atender ao público que gosta de jogar games no computador, e agora o consumidor tem a opção de escolher entre duas versões de placa gráfica, a AMD Radeon HD 7750M ou a 7850M. Não há muitas diferenças entre os modelos, apenas o tamanho da tela e a possibilidade da tecnologia de três dimensões.

Os três modelos já estão disponíveis na loja virtual da HP, o Envy 15 sai pelo preço de 1.100 dólares (mais ou menos 2.212 reais), o Envy 17 custa 1.250 dólares (cerca de 2.522 reais), enquanto que o Envy 17 3D é vendido por 1.530 dólares (mais ou menos 3.086 reais).

Por Guilherme Marcon


Há poucas semanas atrás, a Hewlett-Packard (HP) estava indecisa se vendia ou não o sistema operacional móvel “WebOS”.

O tão aguardado pronunciamento da HP foi feito no dia 09 desse mês e surpreendeu tanto a imprensa quanto aos consumidores em geral.

De acordo com a empresa, o WebOS será transformado em um projeto open source (código aberto), para que dessa forma todos possam ajudar no crescimento e desenvolvimento desse sistema operacional que está em queda nos dias de hoje.

Para quem ainda não sabe, o WebOS é um sistema operacional para dispositivos móveis, que antes era produzido pela Palm Inc. (comprada pela HP no ano de 2010).

O futuro do WebOS andava em risco até pouquíssimo tempo, desde que a HP decidiu encerrar a produção do tablet TouchPad, que utilizava esse sistema operacional. Na realidade, o baixo potencial de mercado foi o que levou a Hewlett-Packard a parar de produzir o TouchPad.

Esperamos que agora o WebOS tenha um grande potencial de mercado e ofereça aos usuários uma excelente experiência como plataforma móvel.

Por Junior Beluzzo


O novo presidente executivo da Hewlett-Packard, Meg Whitman, realizou uma reunião com os funcionários da empresa, e também com os ex-funcionários da Palm, na qual ele afirmou que a HP poderia segurar o webOS, ao invés de vendê-lo.

Para quem não sabe, o webOS é um Sistema Operacional Móvel baseado em Linux, que antes era desenvolvido pela empresa norte-americana Palm Inc.

A HP introduziu o webOS em uma série de tablets chamados TouchPad. Porém, os aparelhos não tiveram uma grande aceitação do mercado.

O presidente executivo da HP ainda disse: "Se a HP decide segurar o sistema operacional móvel webOS, vamos desenvolver ele de uma forma muito significativa ao longo de um período de vários anos. É uma proposta muito difícil de realizar, mas a HP é uma das empresas que conseguem fazer essa aposta”.

Ainda existe uma segunda opção, ou seja, a de vender o sistema operacional para alguma outra empresa que possa desenvolver dispositivos com ele. Entre as empresas supostamente interessadas nessa aquisição estão: HTC, Oracle, RIM, Amazon e IBM.

Meg Whitman disse que teremos que aguardar cerca de quatro semanas para que o veredicto final seja revelado.

Por Junior Belluzzo


A HP anunciou está semana que irá fazer o Recall da Bateria dos Notebooks da marca.

O recall atinge os usuários que compraram os notebooks da marca entre agosto de 2007 e julho de 2008.

De acordo com as informações da empresa, a bateria destes notebooks correm o risco de superaquecer e causar incêndios ou queimaduras.

Confira a lista de modelos atingidos:

  • Pavillion: dv2000,dv2700, dv2500, dv6000, dv6700, dv6500, dv9000, dv9700, dv9500, dx6500, dx6000 e dx670.
  • Compaq Presario: A900, F700, C700, V3000,V3700, V3500, V6500, V6000 e V6700.
  • HP Compaq: 6510b,  6520s, 6515b, 6710b,6715b, 6710s, 6715s e 6720s.
  • HP G6000 e G7000.

Mais informações podem ser obtidos no site www.hp.com.br ou pelos telefones (11) 4004-7751 e 0800-709-7751.


Ele tem tamanho e todo o jeitão de um computador de brinquedo. Ainda mais por vir com vários adesivos coloridos do Club Penguin da Disney. Mas não se engane. O netbook HP Mini 100e é um computador de verdade. Claro, respeitadas as suas limitações em se tratando de um portátil que sai de fábrica com o Windows 7 Starter.

Recém-chegado ao Brasil, o netbook Mini 100e é a proposta da HP para um laptop educacional. E nisso ele não decepciona. Sua configuração inclui 2 GB de RAM, disco rígido de 160 GB, Wi-Fi, processador Intel Atom N455, webcam, tela LCD LED de 10.1 polegadas, software antivírus e pacote Microsoft Office 2010 com funções limitadas. Pena que o preço não tenha nada de infantil: ele sai por 1.100 reais na loja virtual da HP.

Uma grande vantagem do portátil em relação à outros do seu gênero é a sua blindagem contra as peraltagens das crianças: o Mini 100e pode cair de uma altura de 60 cm sem sofrer danos. Além disso seu teclado também suporta o derrame de líquidos.

Por Maximiliano da Rosa


O movimento “todos contra o iPad” ganha mais um importante membro. Desta vez, o tablet não funciona com Android e é fabricado por uma das gigantes dos notebooks: a HP. O Slate 500 é o primeiro tablet da nova geração de portáteis da Hewlett-Packard e, quando utilizado no modo “paisagem” (posição horizontal), lembra muito um monitor.

As especificações técnicas deste tablet são bastante interessantes. Com tela sensível ao toque e habilitada para interpretar comandos multitouch, o Slate 500 tem 8.9 polegadas para você trabalhar e se divertir. O sistema operacional deste portátil é o Windows 7 Professional, que já vem pré-instalado de fábrica.

Outros dados importantes a respeito do Slate 500 envolvem o processador de 1.88 GHz Intel Atom Z540. Para armazenar aplicativos e dados, o tablet da HP disponibiliza 64 GB de disco. Para completar, o HP Slate 500 pode ser adquirido por 799 dólares americanos.

Por Luísa Barwinski


A HP segue fazendo um certo mistério em torno da nova versão do sistema operacional WebOS 2.0. Embora tenha afirmado que o interesse da empresa em comprar a Palm tenha sido simplesmente por causa do WebOS, ninguém sabe exatamente o que a empresa está planejando. Principalemente no que diz respeito ao futuro tablet da empresa.

Enquanto isso, os fãs da Palm esperam ansiosos pelo renascimento dos produtos da empresa que praticamente inventou o smartphone. E para ter uma noção do que vem por aí, surgiram imagens do WebOs 2.0 em ação.

Embora ninguém saiba exatamente a origem das imagens, os sites de tecnologia seguem espalhando-as pela grande rede. No site a Folha.com há uma galeria para visualizar as imagens.

Por Maximiliano da Rosa


A HP apresentou nos Estados Unidos sua linha de notebooks Envy 14 e 17. Os modelos bem conhecidos dos fãs da marca ganharam design renovado e um upgrade nas especificações de hardware.

O notebook Envy 17 é o primeiro modelo 3D produzido pela HP e ganhou suporte à Blu-ray e sistema de áudio de 2.1 canais. A tela de 17 polegadas ganhou resolução Full HD graças à placa de vídeo Mobility Radeon HD 5850. Com disco de 2 Terabytes e processador Core i7 o notebook HP Envy 17 está ainda mais poderoso.

A linha HP Envy 14 também ganhou uma boa atualização de hardware e agora conta com processador Intel Core i5 de 2.8 Ghz, HD de 640 Gb, placa de vídeo Mobility Radeon HD 5650 e memória RAM de 4 GB.

Infelizmente não há previsão para a nova linha chegar ao Brasil tão cedo;

Por Maximiliano da Rosa


Mais uma empresa desafia a Apple. Desta vez foi a HP, ao lançar o Slate, seu novo tablet PC. O equipamento é mais um na briga acirrada no mercado entre este tipo de aparelho. Parece que 2010 será o ano deles.

O grande atrativo do Slate será justamente os recursos que não serão encontrados no iPad, atualmente o tablet mais aguardado do ano. Enquanto Steve Jobs afirma que o flash não é essencial para seu aparelho, empresas como a HP apostam no lado oposto, devido à parceria com a Adobe.

Graças ao flash a maioria dos sites da internet ganha movimento. É muito difícil imaginar as páginas hoje em dia sem pelo menos uma pitada desse recurso multimídia. Com isso, e aliada à capacidade de navegar na internet, a HP espera abocanhar pelo menos uma fatia do bolo da Apple, que promete liderar as vendas. Está aí uma briga que promete.

Por Maximiliano da Rosa


Segundo a HP, este notebook produzido para suprir as necessidades do uso domestico, tem todo um requinte único e uma sofisticação surpreendente.

É fabricado em alumínio e ligas de magnésio da mais alta qualidade e usa a mais avançada tecnologia para que seu usuário fique satisfeito.

Seu acabamento é suave de alto brilho com desenhos e temas dos mais variados e da mais alta beleza, o que garante durabilidade e exclusividade para um dos modelos.

Dispõe ainda da tecnologia HP BrightView, para melhorar o contraste e o brilho, com maior economia de energia, de seu monitor, aumentando a qualidade das imagens e fotografias.

Por José Alberi Fortes Junior.





CONTINUE NAVEGANDO: