Uma das empresas mais respeitadas do ramo, a Dell promove o ingresso do netbook Latitude 2120 no país. O modelo, ideal para instituições de ensino, apresenta uma série de funcionalidades aos estudantes, entre as quais trabalhos múltiplos ao mesmo tempo por meio do processador Intel Atom N550 Dual Core.

Entre recursos empregados destacam-se opção de internet em banda larga para mobilidade em ambientes escolares, bem como recursos de videoconferência. O netbook, disponível nas tonalidades vermelha, preta e azul, é fino, característica que suscita fácil manuseio pelas crianças.

O Latitude 2120 tem a dimensão de 10,1 polegadas e apresenta microfone e webcam de dois megapixels como adicionais. A memória emplacada pela Dell ao modelo é de 1GB ou 2GB (DIMM SDRAM DDR3), LED antirreflexo de alta definição, entradas USB e RJ-45, placa de rede sem fio, entre outros. O preço sugerido ao consumidor final é de R$ 1.199,00.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Dell


Mais uma vez uma empresa aposta no computador de 100 dólares direcionada ao setor educacional. A bola da vez agora é a Marvell, fabricante de microchips, que volta a erguer a bandeira.

Na verdade não se trata de um computador propriamente dito, e sim, de um tablet. O sistema operacional ainda não foi decidido, mas com certeza não será o Windows, pois os processadores da companhia não são compatíveis com a plataforma da Microsoft.

A escolha deverá  ficar entre alguns dos sistemas portáteis atuais como Android, Symbian, WebOS, iPhone OS. Tudo dependerá de acordos que ainda não foram firmados.

As primeiras crianças a receberem o projeto deverão ser alunos da escolas do Distrito de Columbia, nos EUA.

Por Maximiliano da Rosa





CONTINUE NAVEGANDO: