Confira aqui o que fazer para trocar o idioma e configurar o teclado do computador.

Quem já passou por uma situação de ter o teclado do PC desconfigurado provavelmente quebrou muito a cabeça para tentar resolver o problema. Isso, claro, considerando o fato de que é algo que não temos muito o hábito de ficar mexendo. Bom, deixando isso de lado e partindo da hipótese de que você não conseguiu configurar corretamente o teclado, ou, que por algum motivo, o equipamento está dando problema, ensinaremos aqui como resolver o teclado desconfigurado e consequentemente poder fazer login no Windows 10.

Fazendo login

Caso sua conta possua senha, pode ser que você não vá conseguir fazer login no sistema para poder fazer a configuração do teclado. Para dar a volta nesse probleminha, é possível selecionar o layout do teclado que se quer usar ou ainda usar o teclado virtual.

Windows 10

Passo 1: Comece clicando sobre o botão que fica à esquerda do ícone que representa a rede, logo na tela de login do Win 10, para que seja possível alterar o layout do teclado. Na sequência, tente digitar sua senha novamente.

Passo 2: Se não conseguir fazer login, a outra alternativa é usar o teclado virtual. Para fazer isso dê um clique sobre o ícone indicador de acessibilidade (à direita do ícone de rede) e depois clique em “Teclado Virtual’.

Passo 3: Dê um clique nos campos de senha e utilize o mouse para clicar nas teclas e inserir sua senha.

Para configurar:

Clique no botão “seleção de idioma” ao lado do relógio > clique no idioma atual e depois em opções > clique em adicionar um teclado.

Para remover um idioma é só clicar sobre ele e depois clicar em “Remover”.

Se você quiser alternar entre os layouts de seu teclado é só ir até o menu de seleção de idioma. É o botão que fica logo à esquerda do relógio. Porém, é bom lembrar que se caso você configurou apenas um idioma, essa opção não deverá ser exibida.

Depois de realizar as configurações que apontamos, abra um aplicativo qualquer de texto e teste se está tudo funcionando com você queria.

E pronto. É só isso! Usando essas dicas você conseguirá fazer o login em seu sistema e configurar o teclado.

Por Denisson Soares


Com uma presença marcante em 2013 com seus lançamentos, a coreana Samsung não para. Em 2014 já vem com gás total em busca de destaque no mercado, agora com o  Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro que falaremos mais para você.

Memória:

O Galaxy Tab Pro apresenta a mais recente Octa-Core chips Samsung Exynos com 3GB de RAM (alguns modelos serão lançados com Snapdragon 800). Quanto aos detalhes técnicos, estamos falando de uma combinação de quatro big.LITTLE 1.9GHz de altíssimo desempenho com núcleos Cortex A15 e quatro núcleos de 1.3GHz Cortex A7, que são famosos por sua eficiência em termos de energia. Os gráficos são atendidos pela GPU Mali-T628 MP6, que deve ser poderoso o suficiente para lidar até mesmo com os  jogos que requerem mais do aparelho.

O Tab 12.2 Pro vem em uma modelo com 32 GB de armazenamento interno e outro com 64 GB, mas tendo suporte para armazenamento expansível, com cartões microSD de até 64GB. Assim, o total de armazenamento pode chegar a 128 GB, que deve ser suficiente para a maioria dos usuários.

Internet e Conectividade:

Você pode acessar a web no Galaxy Tab 12.2 Pro  tanto através do navegador Samsung  personalizado Android, ou via o aplicativo móvel do Google Chrome (Adobe Flash não é suportado originalmente). A grande vantagem de se ter 12,2 polegadas no  Tab Pro é que ele é quase tão grande quanto o ultrabook médio, possibilitando assim ao usuário desfrutar de páginas web em seu tamanho real e formato, sem a necessidade de ampliar ou lidar com versões móveis.

A alta resolução faz uma grande diferença quando se lê, podendo-se utilizar ainda fontes menores. O  Tab 12.2 Pro vem em  um modelo com Wi-Fi-only 4G LTE habilitado. Por todos os indícios visíveis, parece que a Samsung vai lançar uma versão separada para os Estados Unidos que suporta bandas LTE específicas, e outra para o resto do mundo, que utiliza as bandas europeias e asiáticas LTE. Ambas as versões 4G também serão capazes de utilizar redes 3G. No caso de sua operadora não suportar LTE ainda, outras opções de conectividade incluem dual-channel Wi-Fi, A-GPS e Bluetooth 4.0.

Por Jaime Pargan

Samsung Galaxy Tab 12.2 Pro

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: