Muitos usuários assustam quando o Windows trava e exibe a famosa "tela azul da morte". Esse problema acontece por causa de algum problema no hardware ou software e o sistema operacional desliga para tentar recuperar os arquivos guardados nele.

A primeira coisa que o usuário precisa fazer é mudar alterações usando a ferramenta de restauração do sistema. Também há a opção de usar a central de ações do Windows para verificar o relatório criado pelo sistema quando ocorrem falhas de software ou hardware. Normalmente o Windows Update pode ter atualizações recentes da Microsoft que precisam ser iniciadas.

Outra forma de rever esse problema é verificar os drivers. Caso tenha instalado um dispositivo de hardware, é necessário verificar se o driver é o mais recente. O usuário também pode iniciar o computador no modo de segurança. Se o PC tiver apenas um sistema operacional instalado, pressione a tecla F8 repetidamente enquanto a máquina reinicia o sistema.

É importante o usuário verificar o disco rígido e a memória do computador, já que um desses dois podem causar problemas ao computador e fazer aparecer a tela azul.

Existem outras alternativas também, só que estas que serão tratadas aqui são mais difíceis de serem resolvidas. A primeira é o uso do reparo de inicialização para detectar e corrigir problemas que possam impedir que o Windows inicie. O recurso inicia automaticamente se forem detectados problemas, mas também pode ser executado manualmente.

Outra forma, ainda complexa, é a restauração do computador usando um backup de imagem. Remova CDs e DVDs do computador e reinicie a máquina apertando repetidamente o F8. Vá até a tela de opções de inicialização avançadas, escolha “Reparar” o computador.

Outra alternativa é a reinstalação do Windows. Essa é a opção mais drástica, tentativa usada para o último caso. A nova formatação pode ser feita com pen drive USB ou CD de instalação do software.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Você gosta de estar sempre conectado? Costuma carregar seu notebook para todos os lugares: escola, trabalho, viagens e ocasiões eventuais? Já pensou em ter um notebook compacto e tão leve, que nem parece que está na sua mochila? Pensando nisso, a Samsung inovou e lançou o modelo ATIV Book 9-900X3F-KD1. Que tal conhecê-lo?

Este notebook destaca-se pela beleza e design. Ele é extremamente fino, elegante e ideal para quem procura um computador distinto e sofisticado. Além disso, ele é muito prático e permite que você esteja conectado a qualquer hora por meio da rede Wireless. Assim, se você estiver no aeroporto e precisar editar documentos ou ler algum arquivo importante, é só ligar o computador e contar com uma bateria poderosa de 4 células.

A cor deste modelo, preto mineral, agrega beleza e o torna elegante, ou seja, um produto único. Transportá-lo, também, é bem simples, porque ele é tão leve e prático, que quase não vai acrescentar peso na sua bolsa ou mochila.

Uma das funções práticas do ATIV Book é que você pode sincronizar o seu smartphone com ele e aproveitar para compartilhar as funções que desejar como passar fotos, vídeos, e outros recursos que quiser.

A velocidade e o desempenho deste computador é devido à presença do processador Intel Core i5. Assim, você vai poder jogar seus jogos com uma boa velocidade e evitar os travamentos, que são tão comuns quando são abertos mais de dois programas ao mesmo tempo.

O ATIV Book 9 tem memória de 4 GB, teclado tipo ilha retroiluminado por LED, alto-falantes 4 W estéreo, microfone integrado e 1,3 megapixel HD Webcam. Para você visualizar os seus arquivos, navegar na internet e fazer leituras, a tela do notebook é de 13,3 polegadas sendo Led Full HD e antirreflexiva. O disco rígido é de 128 GB SSD Flash drive.

Gostou de conhecer sobre este notebook da Samsung? Se você quer um computador que alia beleza, design e tecnologia ele é o ideal!

Por Babi

Foto: divulgação


Tem alguns momentos que parece que a internet está mais lenta que o normal e muitas vezes deixando o usuário impossibilitado de usar a sua rede por completa. Contudo, existem algumas dicas que podem mudar essa situação e deixar a internet mais veloz. Para fazer isso, alguns programas fazem esse trabalho e prometem melhorar a velocidade da conexão.

Primeiramente, o usuário precisa fazer um teste para saber se a internet está normal ou lenta, para saber como anda a conexão, o internauta pode fazer uma avaliação aqui http://www.speedtest.net/. Acontece é que com o tempo a navegação vai ficando comprometida por causa de arquivos temporários que o próprio computador vai salvando e não descarta, forçando o próprio usuário a fazer isso manualmente.

Para fazer esta limpeza, o internauta pode acessar as configurações do navegador e jogar no lixo endereços da web que foram visitados (que se encontra no “Histórico”) e até mesmo o cache que guarda diversas informações que aceleram momentaneamente o carregamento das páginas. O programa mais conhecido para realizar este trabalho é o CCleaner.

Caso o usuário perceba pelo teste que sua internet está abaixo do previsto, ele pode baixar os programas Netspeeder e o Download Accelerator Plus que melhoram a conexão. O que acontece é que a navegação pode estar recebendo instabilidades, que podem ser contornadas por esses programas citados. Esses aplicativos fazem pequenas alterações no navegador, como compressão de imagens e do código HTML das páginas.

Alguns internautas têm mais problemas com a visualização de vídeos. Para isso, os programas Speedbit Video Accelerator e Bywifi Video Streaming Downloader atuam como auxiliares no carregamento de vídeos.

Caso os downloads sejam os causadores da lentidão da internet, existem os softwares Orbit Downloader e o Download Accelerator Plus que funcionam como divisores de arquivo em diversas partes, o que pode ajudar a aumentar a velocidade dos downloads.

Depois desses procedimentos, o usuário pode voltar no medidor de velocidade de internet e avaliar se houve uma melhora da conexão. Lembrando que o internauta precisa incluir nesse parâmetro a rotina de uso, velocidade real de conexão e o hardware da máquina.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


A cada ano, mais e mais usuários são adeptos a internet sem fio para o uso em qualquer parte da casa, local do trabalho ou nas ruas. A sociedade moderna acaba exigindo das pessoas uma interação rápida com soluções e conexão a todo o momento.

Para isso, vários locais já possuem roteador wireless para o compartilhamento da internet com várias pessoas, contudo poucas pessoas sabem que um computador comum, com Windows 7, pode ser transformado em uma rede de wireless.

Nas dicas que seguem no texto, o usuário vai descobrir que é possível fazer do seu computador uma rede de distribuição de conexão para outro dispositivo. Primeiramente, o usuário precisa baixar e instalar o Free WiFi Hotspot.

Quando o processo estiver concluído, o internauta vai abrir o programa e preencher os primeiros campos do quadro com o nome em que deseja para fazer a conexão sem fio e de forma personalizada, além de escolher uma senha para dar segurança a conexão.

Feito isso, o usuário vai escolher uma fonte em que o computador vai obter o acesso à rede, como é o caso da conexão a cabo, o Ethernet, o Bluetooth ou Wi-Fi. Para dar início aos trabalhos, o usuário precisa clicar em “Start”.

Pelo computador, o usuário poderá confirmar se a conexão já está disponível. Contudo, para funcionar corretamente, o computador que criou a distribuição da conexão pelo Free WiFi Hotspot não pode ser conectado como ponto de acesso do programa instalado. Enfim, para realizar o teste da conexão, o usuário precisa fazê-lo em outro dispositivo, como, por exemplo, em um smartphone, tablet ou até mesmo em outro computador.

Concluindo o processo e bem sucedido a conexão, o usuário já sabe como distribuir internet para outras máquinas. O instrumento é bastante útil para casos de aparelhos específicos que têm permissão apenas para conectar a uma rede local.

O Free WiFi Hotspot consegue compartilhar a conexão para outros dispositivos que não são permitidos acessarem a internet por redes externas. 

Por Carolina Miranda


O mercado tecnológico mundial é, sem sombra de dúvidas, um dos mais movimentados de todo o mundo. Toda essa movimentação, bem como a atualização de aparelhos e também lançamentos de novos, principalmente em eletrônicos e eletroeletrônicos, se deve ao fato de que muitas pessoas em todo o mundo já estão habituadas com a tecnologia da atualidade.

No Brasil, um dos aparelhos de grande sucesso no mercado nacional é o notebook. São várias as marcas que atuam no mercado brasileiro, dessa forma, a concorrência é grande e o número de aparelhos também.

Sendo assim, você sempre irá encontrar aquele aparelho específico que atenda as suas necessidades. Dentre as marcas que atuam no Brasil, podemos destacar a Dell, empresa americana de hardwares que possui um dos melhores padrões de notebooks do mercado internacional.

Para quem está em busca de um notebook com poderosas configurações de hardware uma boa indicação é o Dell Inspiron 14R, que dispõe de excelentes configurações e funcionalidades que vão atende as suas necessidades.

Esse notebook é extremamente indicado para aqueles que desejam usar um programa com gráficos mais pesados como, por exemplo, softwares de edição de vídeos e imagens em alta resolução, jogos considerados “pesados” entre outros.

Com processador Intel Core i7 de quarta geração, memória RAM de 8GB, placa de vídeo dedicada com 4GB de memória o Inspiron 14R é um dos melhores notebooks do mercado. O sistema operacional do aparelho é justamente o Windows 8, além disso, ainda podemos destacar o designer do mesmo que é muito prático e arrojado, facilitando o transporte do mesmo.

O Inspiron 14R já está disponível nas melhores lojas brasileiras, bem como por meio da internet através das lojas virtuais. O seu preço inicial sugerido varia bastante de acordo com a loja entre outros motivos, porém você deve encontrá-lo a partir de R$ 2.600,00.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Quando foram lançados, os netbooks criaram uma grande expectativa de mercado. A ideia era repetir o sucesso dos notebooks, entretanto, o retorno foi bem abaixo do esperado, razão pela qual se cogita deixar de fabricar os pequenos computadores. Diferente foi o sucesso dos tablets, já que estes bateram recordes de venda.

O Netbook Android 4.1 representa um fusão dos aparelhos supramencionados, já que apresenta características de ambos. Entretanto, isso não significa necessariamente que o produto seja completo, mas, ainda assim se trata de uma boa aquisição.

As principais características são: memória flash interna 4GB, memória expansível até 64GB por cartão SD, conexão Wi – Fi padrão, duas portas USB, saída HDMI de alta resolução, Câmera digital integrada de 0,3 MP, dentre outras características secundárias.

Vale ressaltar que, por se tratar do sistema android, o aparelho possibilita se baixar mais de 700 mil aplicativos, os quais muitos são gratuitos, enquanto outros apresentam, de um modo geral, preços ínfimos. Assim, é possível se economizar em relação ao windows, principalmente com o office, haja vista que é possível baixar gratuitamente aplicativos bem similares.

Por sua vez, o aparelho apresenta algumas limitações típicas de aparelhos portáteis, como uma tela menor e uma certa dificuldade em se utilizar o teclado para selecionar e clicar em programas. Assim, é aconselhável carregar um mouse USB, o que permtite concluir as tarefas com maior rapidez.

Com relação à bateria, vale destacar que é similar a um carregador de celular, razão pela qual funciona em qualquer tomada. A duração média, caso não se esteja conectado a uma bateria, são de três horas de duração.

O preço acessível é outro fator interessante no aparelho, pois se acha boas opções no marcado em torno de quatrocentos reais. Considerando que a maioria dos aplicativos úteis para o cotidiano são gratuitos, é certo que se trata de uma boa aquisição.

No que tange ao teclado, além da mencionada dica referente ao uso do mouse, não raras vezes o teclado vem desconfigurado, dificultando na hora de acentuar e digitar alguns sinais de pontuação. Isso pode ser resolvido com os próprios aplicativos disponíveis na loja virtual, sendo que, ambora alguns não seja gratuitos, não irão custar mais do que seis dólares.

Enfim, de um modo geral, vale a pena adquirir o aparelho em comento. Este não se limita a execuções de tarefas simples, como ler e-mails e ter acesso às redes sociais, pelo contrário, é possível ir mais além.

Dessa forma, de uma maneira geral , vale a pena adquirir o referido produto, já que a bateria tem duração razoável, é fácil para se transportar, apresenta muitos aplicativos similares ao windows de forma gratuita, bem como tem um preço acessível.

Por Renan Valmeida do Nascimento

Foto: divulgação


O roteador wireless se transformou em um aparelho espetacular para a distribuição da internet para várias pessoas. Em curtas distâncias, o equipamento só precisa ser instalado e configurado para começar a atender o seu propósito sem precisar de constante manutenção.

Mesmo sendo fácil de manusear, a compra de um precisa ser pesquisada com atenção para não haver arrependimentos. É necessário conhecer melhor sobre a intensidade do sinal, padrão utilizado entre outros requisitos.

As operações de frequência mais comum das redes sem fio de curta distância são IEEE 802.11 b ou g. Contudo, existem outros padrões que vão de 2.4 Ghz a 5 Ghz. O mais comercializado é o 802.11 b, que sustenta uma velocidade de até 11 Mbps, o padrão g pode oferecer até 54 Mbps. Na realidade, esses padrões não passam de muitas diferenças: as taxas de transferência ficarão entre 3 Mb/s e 6,7 Mb/s.

Para quem deseja padrões de velocidades superiores que as citadas anteriormente pode procurar pelo padrão “N”, que encontrará a solução provavelmente. O padrão 802.11 n, que oferece velocidades de até 450 Mbps. Essas velocidades atendem muito bem aos consumidores de internet doméstica. Para empresas, a indicação vai para o padrão 802.11 ac, que fornece velocidades superiores a 1Gbp.

A pergunta mais frequente é se precisa gastar muito para ter uma rede Wi-Fi de qualidade. Em se tratando de casas menores e apartamentos, os roteadores mais baratos, como os citados padrões “b/g” irão atender a demanda diária do uso de internet do local. Além disso, vale citar que o padrão “N” está em progressiva queda de preço, o que em pouco tempo já vai ficar bem em conta para o uso residencial. Se pesquisar, pode-se encontrar um “N” por R$ 150.

Já o padrão “AC”, como roteador R6300, é dispensável para o uso doméstico. Além do que, esse tipo de roteador não tem um preço agradável, encontra um modelo na faixa de R$ 900 e não haverá diferença caso a internet doméstica tenha uma velocidade inferior a 100 Mbps e a rede Wireless for usada apenas para distribuição da mesma.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Lançado pela Asus, o Phonepad não obteve os resultados e muito menos a aceitação necessária. O dispositivo nada mais é  que um “alguma coisa”. Podemos tê-lo como um tablet com tela de sete polegadas (caramba gente! Isso é grande mesmo!) vendido com um smartphone, um super phabet de sete polegadas ou ainda um tablet com conexão 3g que é capaz de fazer ligações.

Com relação à tela, vale ressaltar que o já popular Galaxy Note II com suas 5,8 polegadas já é considerado um dispositivo com uma tela grande demais, e isso quando nos referimos a portabilidade do aparelho e não da usabilidade.

Talvez, já que ninguém até agora sabe ao certo o motivo, uma das coisas que mais dificultaram o “marketing” de vendas do Asus Phonepad fosse exatamente a falta de definição sobre qual categoria ele pertencesse.

Outro ponto que vale a pena chamar a atenção é o fato de que em alguns lugares o dispositivo tem sido chamado de Fonepad 7 enquanto que por aqui o termo usado é Fonepad 2. E isso levando em consideração ainda o modelo anterior era chamado somente de Fonepad, sendo que (confuso, não?) é o mesmo produto. Então continuaremos a falar sobre o Fonepad 2, já que foi assim que a fabricante apresentou o produto.

Se tablet, phablet ou smartphone, a dúvida vai continuar uma vez que ele é relativamente grande demais para fazer a junção das vantagens de um tablet e as praticidades apresentadas pelos smartphones.

Com relação a configuração o Fonepad 2 traz uma configuração um pouco mais atualizada. Há a presença do Atom Z2560, que conta com dois núcleos que rodam a 1,6 GHz. A GPU pode ser considerada poderosa: É uma PowerVR SGX544MP2.

Em termos comparativos não é possível apenas compará-la aos chips ARM com quatro núcleos como também desempenha muito bem a função de desempenhar a função multitarefa que foi apresentada na primeira geração. Já para a memória RAM são 1 GB, lembrando que é o mínimo exigível para que o aparelho possa rodar o Android 4.2 Jelly Bean.

Entre as desvantagens apresentadas pelo aparelho destacamos o fato de que ele não é um smartphone (nada contra esses aparelhos) e, sim, um tablet com capacidade de fazer ligações; a tela apresenta uma ótima qualidade, porém poderia ter a mesma resolução apresentada pelo Nexus 7 2013, ou seja, 1920×1200. Por fim, também poderia haver conectividade com a 4G.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


O atual mercado tecnológico oferece aos seus diversos clientes em todo o mundo uma grande quantidade de aparelhos de ultima geração que são lançados visando atender melhor a necessidade dos exigentes clientes.

Para aqueles que estão em busca de um ultrabook de grande qualidade e capaz de rodar jogos de ultima geração, saibam que a Micro-Star International (MSI) lançou recentemente o seu ultrabook que é voltado para os gamers.

Caso ainda não saibam o mais novo lançamento da MSI é justamente o GS60 Ghost Pro que entre as suas principais novidades podemos destacar justamente a placa gráfica da Nvidia com a nova arquitetura Maxwell e tela quase Ultra HD com resolução de 3K, o que permite ao mesmo rodar com folga a grande maioria dos games mais recentes em suas configurações máximas e de execução.

Esse ultrabook da MSI vem equipado com tela de 15,6 polegadas e a resolução 3K como foi citado acima. Vale ressaltar que esta resolução trata-se de 2880 x 1620 uma das melhores do mercado. Além disso, podemos ainda destacar o designer do aparelho e sua leveza, o que deixa o ultrabook ainda mais prático. Ao todo o aparelho possui espessura de 19,5 milímetros e pesa menos de dois quilos, peso muito baixo em relação a ouros ultrabooks para gamers que se encontram no mercado.

É importante destacar que o aparelho em questão não foi projeto para agradar apenas os gamers, isso mesmo, ele dispõe de uma configuração robusta em geral, na qual podemos destacar: processador Core i7, armazenamento SSD duplo, suporte Wi-Fi e etc.

Se você está interessado em adquirir o aparelho, saiba que ainda terá de esperar um pouco mais, o mesmo só deve chegar ao mercado brasileiro em abril.

O preço do mesmo sairá bastante salgado no Brasil, em torno de R$ 5 mil ou R$ 6,5 mil, sem os impostos. Além disso, o preço final irá variar de acordo com a escolha do consumidor em optar ou não por configurações adicionais.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Os notebooks precisam crescer cada vez mais para alcançar seus objetivos e atingir um público consumidor cada vez maior. E, para isso, uma das melhores táticas é, sem sombra de dúvidas, investir em aparelhos que sejam bons para jogos.

O mercado de games é um dos que mais se desenvolve no mundo, e os notes precisam usar dessa força para ficarem ainda mais contemporâneos e modernos. Sendo assim, com efeito, já foram criados uma série de laptops perfeitos para jogos e que, certamente, serão bastante procurados pelos gamers de plantão. Seja bem como for, vamos ao que de fato interessa.

Alienware M17x: Esse é provavelmente o melhor notebook em termos de jogos. Ele é de alta customização. Possui um processador intel core i7-3720QM, 8GB de RAM, Nvidia GeForce GTX 680M de placa de vídeo e tela de 18.4 polegadas. Seu design também é incrível e ele vem com ferramentas que possibilitam uma jogabilidade de primeira linha.  Seu preço, ao menos aqui no Brasil, será de  R$ 7000 (sete mil reais).

Digital Storm x17: Esse é considerado o melhor laptop para os jogadores profissionais. A tela com 1080p mostra imagens em alta qualidade, e os 16GB de memória RAM dão suporte para sua alta performance.  Pois bem, o fato é que o preço desse notebook é o seguinte: R$ 5200 (cinco mil e duzentos reais). Ele vale a pena porque também tem uma resolução incomparável.

 AVADirect Clevo P170EM: Embora tenha um visual simples e singelo, o  AVADirect Clevo P170EM é muito bom e sua peformance para jogos é uma das mais completas quando estamos falando de notebooks feitos para games.  Sua bateria, em todo o caso, dura mais ou menos três horas e seu preço atual é de  R$ 3.000,00.

Aqui, com efeito, explanamos somente sobre três notes de qualidade para o mundo dos jogos. O fato é que muitas novidades ainda virão. É  o mercado tecnologico agregando cada ves mais novidade.

Por Jaime Pargan

Foto: divulgação


Para muitos, não é nenhuma surpresa que extensões que prometem deixar seu Facebook colorido são vírus que irão espalhar malware e spams pela sua rede social. Porém, agora existe uma nova variação destas extensões que ainda é novidade para muitos, a promessa de deixar o seu feed de notícias com temas musicais. Esta promessa pode ser novidade, mas surge com o mesmo propósito das antigas extensões, dominar perfis e espalhar vírus através deles.

Nomeada de “Facebook Music ThemeScam”, a ameaça apontada pela equipe do Avast, promete mudar a cara da sua rede social incluindo uma música de fundo. Entretanto, HonkaZika, um dos especialistas da empresa, investigou e percebeu que foram curtidas automaticamente 32 fotos, pessoas, grupos, etc.

Ele até divulgou um screenshot das atividades suspeitas que o Facebook passou a realizar após a instalação da extensão. As curtidas até parecem inofensivas, mas são um problema muito mais amplo do Facebook como um todo.

Em uma tela com uma foto comum de uma pessoa, foi possível observar que a mesma estava com 37 mil curtidas. Uma boa parte delas, provavelmente a maioria, é referente à auto curtidas de outras pessoas que também foram infectadas com o vírus.

O pesquisador também conseguiu encontrar um segundo script em execução, que continuava adicionando auto curtidas, fazendo com que algumas páginas acumulassem mais de 1 milhão de curtidas. O objetivo destas páginas é serem infladas para serem comercializadas com mercados obscuros, possibilitando a golpistas anunciarem produtos e serviços de qualidade duvidosa que espalham mais outras ameaças.

No entanto, Zika afirmou que não foi encontrado nenhum código capaz de danificar o seu computador. Apenas foram encontradas ações como os scripts para distribuir likes automaticamente, a mudança de tema do Facebook e a execução de um arquivo mp3.

Aos facebookianos, aconselhamos mais atenção nos momentos de lazer usando a rede social, afinal ninguém que viver uma surpresa desagradável.

Por Jaime Pargan


Para quem não deseja ser pego de surpresa com as "novidades" maliciosas que surgem todo dia no web, saiba como nesse artigo. Foi criado por pesquisadores da Universidade de Liverpool um novo vírus de computador que possui um comportamento semelhante ao vírus da gripe, ou seja, ele é espalhado pelo ar, sem ao menos depender de um computador para se propagar. Denominado “Chameleon”, o vírus utiliza as redes Wi-Fi para alcançar as suas vítimas.

O vírus fica no ponto de acesso ao invés de infectar o computador, recolhendo informações de qualquer pessoa que passar pelo ponto. Ele é suficientemente inteligente para ignorar sistemas mais bem protegidos, ou seja, sempre que topa com informações criptografadas, o vírus não se ocupa em descobri-las, passando para um próximo alvo.

O professor de segurança de rede da Universidade de Liverpool, Alan Marshall, explicou que o malware não afeta a forma como os dispositivos se comportam, ele só coleta e envia as informações contidas neles. Ele então usa as máquinas para chegar a outras redes Wi-Fi e continuar se proliferando.

Da mesma forma que uma gripe, o vírus atua mais rapidamente em regiões mais populosas onde, consequentemente, existe uma maior quantidade de redes onde o vírus pode afetar.

Pelo fato do Chameleon ficar alojado no ponto de acesso ao invés de ficar no computador, smartphone ou tablet, as soluções convencionais de segurança não são capazes de combatê-lo. Mas ninguém precisa se desesperar com medo de uma possível infecção e pela falta de armas para poder se proteger; atualmente o vírus só existe em laboratório onde os pesquisadores já vem estudando e trabalhando para criarem uma “vacina” para o vírus.

Nossa vontade é que este vírus permaneça em laboratório e não caia em mãos erradas, que não seja criado nenhum outro malware semelhante a este ou que, caso isso ocorra, a criação da vacina já tenha sido concluída.

Por Jaime Pargan


Para quem gosta de notebooks, com efeito, a principal dica é, sem sombra de dúvida, ficar de olho nas novidades e tendências do mercado. Nesse ano de 2014, por exemplo, muitos pontos diferenciais devem ser as marcas registradas desses aparelhos que, com a chegada dos tablets, passaram a ter uma queda em termos de vendas.

Seja lá como for, para superar essas questões, as grandes empresas e marcas do setor, estão investindo cada vez mais em modernidade, conforto e toques contemporâneos para conquistar seus clientes.  O fato foi que após a realização da IFA, principal reunião sobre notebooks do mundo que ocorreu na Alemanha, os especilaistas em notebooks chegaram ao veredicto de que muita coisa precisa ser feita.

Pois bem, os notes, a partir de agora, irão investir pesado em novas funções, em estratégias que possam, por assim dizer, então superar os tablets e outros dispositivos móveis que vem diminuindo a força dos notebooks.

O Ultrabook é uma das principais armas para alcançar os objetivos desejados pelas grandes marcas. Um exemplo disso, por sua vez, é o Ultrabook da linha Vaio, da Sony, que, com um dos designs mais bonitos e com recursos que superam a maioria dos notebooks comuns, tem tudo para ser um campeão de vendas.

Outro note que vem com tudo é o IdeaPad Yoga 2 Pro, da Lenovo. Esse aparelho possui uma das melhores resoluções e tem tela de 13 polegadas. No mais, de acordo com especialistas, o fato é que outras novidades ainda vão surgir até o final desse ano de 2014. 

É preciso que os notebooks comecem a se reinventar, afinal de contas, os tablets, smartphones e demais dispositivos móveis estão sempre com novidades, detalhes que explicam suas boas participações no mercado.

Fique de olho nessas dicas  e escolha o notebook ideal para você. São muitas as opções.

Por Juan Wihelm

Foto: divulgação


A possibilidade de se economizar energia nos aparelhos portáteis, embora se pareça uma tarefa difícil pode ser simples. Muitos sabem que a bateria de um notebook pode durar pouco, porém algumas dicas já permitem que o uso da bateria possam se tornar mais constantes.

O primeiro passo é ficar de olho na hora da compra. Verifique junto ao vendedor as principais características e detalhes sobre a bateria que acompanha o notebook. Os modelos mais modernos apresentam baterias compostas por íons de lítio, também chamadas de baterias de lítio.

As baterias de lítio possui uma tecnologia especial que as tornam mais leves e geralmente não costumam "viciar". Não é possível ter uma precisão quanto ao tempo de vida útil de uma bateria e, por mais que seja nova, ela pode variar e sua resistência acaba dependendo do tipo de uso que se faz do aparelho.

O uso simples do notebook como ler e editar textos em máquinas mais básicas, garante que a bateria possa durar mais. Já o uso de programas mais pesados, como editores de imagem e vídeo, ou até mesmo jogos com configurações avançadas, fazem com que bateria durem muito pouco. Por isso é necessário saber avaliar as tarefas que serão executadas em uma máquina portátil, antes de efetuar a compra. 

Seguem algumas dicas para aumentar a vida útil das baterias: Escurecer a tela do notebook ajuda na economia de energia; A opção de energia deve ser personalizada de acordo com cada sistema operacional; Evite não conectar outros dispositivos móveis sequencialmente; Efetuar a limpeza geral nos arquivos do notebook também ajuda (e muito) na economia de energia;

Nunca deixar o equipamento exposto ao sol ou ao calor excessivo é uma ótima preventiva já comprovada; Nunca recarregar a bateria sem que ao menos o sinalizador represente 20% ou 30% restantes: Muitas vezes pecamos em querer prevenir que a bateria se acabe e conectamos o carregador antes do tempo indicado. O procedimento faz com que as garantias de qualquer bateria se tornem inválidas, além de ficarem sujeitas ao vício de eletricidade.

Por Luciana Ávila


O Tablet Multilaser M8, apesar do baixo preço, foi classificado na categoria 5 estrelas por seus atuais proprietários. Devido a concorrência, hoje o modelo custa em torno de R$ 349,00 (cerca de 40% mais em conta) e vem despertando a curiosidade de pessoas que procuram por qualidade e baixo preço.

Com o sistema operacional Android 4.1 e tela de 8 polegadas, ele oferece uma capacidade para 4 GB de memória e 1 GB de memória RAM, ideal para quem precisa fazer um uso simples do dispositivo. Além disso, a fabricante está disponibilizando até seis meses de acesso grátis na revista digital que fica a escolha do cliente. As opções são IstoÉ, IstoÉ Dinheiro, IstoÉ Gente, Status, Menu, Motorshow, Planeta e Dinheiro Rural. A IstoÉ e IstoÉ Dinheiro contam com 3 meses de degustação, devido ao seu conteúdo semanal, mas já pode ser um prato cheio para quem não abre mão desses tradicionais veículos de comunicação.

Ao comprar o Tablet Multilaser M8, o cliente vai receber um email de confirmação com o banner da Editora Três para ter o acesso escolhido por três ou seis meses, de acordo com a revista, após um breve cadastro e instalação do aplicativo. O aplicativo poderá ser baixado tanto no iTunes App Store como na Google Play e a Editora Três será a  única responsável por todo o processo de cadastro e disponibilização do conteúdo digital.

Sobre as características do Tablet Multilaser M8, o mesmo vem com revestimento que resiste é oleosidade e impressões digitais deixadas em seu toutch, tela com resolução de 800X600, bateria recarregável de até 72 horas, Processador Dual Core 1.6 Ghz e pesa pouco mais de quinhentos gramas apenas.

Embora simples, a Multilaser já teve qualidade comparada a HP e, apesar de não oferecer uma câmera com excelente resolução (2.0 e 0.3 apenas), o mesmo foi citado como um dos dispositivos de baixo valor mais indicados para a prática de jogos.

Por Luciana Ávila

Foto: divulgação


Com a novidade do Chromebooks, a Samsung lançou nesta quarta-feira (12) no Brasil e aposta no sucesso de vendas. O melhor é que o Chromebook é fabricado aqui mesmo. O notebook se parece com o Acer C710, que possui o Chrome OS, outra opção da Samsung. Corpo leve, design bem fino, 16 GB de armazenamento, Wi-Fi (sem 3G), compensando com os 100 GB para arquivos no Google Drive.

O Chromebook da Samsung vem fornecido com um processador dual-core Exynos 5 com 1.7 GHz – fabricado pela própria empresa – 2 GB de RAM e tela de 11,6 polegadas. A companhia ainda afirma que a inovação consegue atender todas as necessidades do consumidor brasileiro, além de trazer uma experiência de grande nível.

O diretor da Samsung, Tony Firjam, afirmou que a Samsung pegou um notebook de linha e colocou o Chrome OS, desenvolvendo esse equipamento para rodar o sistema. E, querendo dar um ar de notebook com preço acessível, Firjam assegurou que o Samsung Chromebook não é para um, e sim para todos.

E parece que a fala não é somente da boca pra fora. A corporação vai mesmo tentar vender o notebook com um preço mais em conta. A Samsung acredita que consegue por R$ 1.099 fazer o produto ter um grande espaço no mercado brasileiro.

O diretor da empresa ainda afirma que, com o passar do tempo, a Samsung poderá oferecer preços cada vez melhores. Ele não quis comparar o preço brasileiro com o americano, afinal os impostos por aqui encarecem muito mais do que nos Estados Unidos.

Para quem se interessou, vão aí mais detalhes: corpo de 1,1 Kg e 17,5 mm de espessura (leveza bem atraente), 16 GB de memória SSD e, de acordo com a fabricante, bateria com duração de até 7 horas.

E os ansiosos não precisarão esperar muito para adquirir o produto. Ele estará disponível para comercialização já no próximo sábado (15) nas lojas da Samsung, em pontos de venda de diversas lojas do Brasil e no e-commerce.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Nos dias de hoje a Acer consiste em uma das marcas que mais vendem notebooks no Brasil. Em termos práticos, existe tamanha variedade que, fazer uma escolha, pode representar objetivo difícil. A marca é dedicada e tem estereótipo entre os especialistas por rodar games de última geração sem problemas com travação. Conheça alguns exemplos interessantes:

Acer Aspire E: Apesar de menos quantidade de RAM quando se compara com as características gerais do Aspire V3, não se pode ignorar o fato de que o aparelho ganha no que tange às características do processador.

De acordo com parte dos especialistas o valor da máquina não ultrapassa a casa de R$ 1.800. De forma prática, o notebook é ideal às pessoas que possuem o interesse de jogar games que não são pesados.

Acer Aspire V3: De acordo com o site Tech tudo, especialista em tecnologia de computadores, esse modelo está entre os principais no Brasil quando o assunto é custo-benefício. De forma prática o processador Intel Core ajuda na velocidade para rodar os programas. Com custo um pouco além do que R$ 1.600, traz sistema operacional Windows 08.

Acer Aspire V5: Tem valor um pouco maior do que os modelos anteriores. Porém, o site Tech tudo indica que vale a pena fazer o investimento ao levar em conta as capacidades que se fazem presentes na placa de vídeo e que aumentam o nível de qualidade do visual dos games jogados no notebook.

Acer Aspire S5: Apesar de custar quase R$ 3.000, o aparelho no hardware não difere em nível a se considerar ao comparar com os três primeiros notebooks comentados nessa matéria. Porém, tem algo vantajoso, ou seja, o nível de portabilidade. Tela de 14 polegadas.

Acer Aspire S6: Preço de quase R$ 5.000. Conta com a portabilidade das versões “S” e o poder de hardware dos modelos “V” da Acer.

Por Renato Plantier

Foto: divulgação


O maior buscador de conteúdo da internet do mundo lançou seu novo filtro de buscas, com alguns recursos adicionais no menu de pesquisa. Quando um usuário for pesquisar algo na sua página inicial do Google, ele verá uma pequena descrição sobre o site, além do link para a página. Um menu dinâmico também foi adicionado, mudando conforme a busca. A grande novidade não foi liberada para todos os usuários do Google, mas ele estará disponíveis para todos em algumas semanas ou meses, dependendo do país.

Após fazer a busca, o internauta verá o nome do site na cor cinza. Clicando no nome, ele verá uma breve descrição sobre o site, o título e o endereço que aparecem todos em um balão. Porém, nem todos os sites terão essa descrição habilitada.

Esta função estará presente somente em páginas da web com um grande número de visitas e que já sejam “famosas” na internet. Todas as informações das páginas sairão da base de dados do Google, o Knowledge Graph. Esta tecnologia melhorou o motor de pesquisas do site com diversas informações de semântica de várias fontes.

A barra de buscas também sofreu algumas alterações, mudando dinamicamente, de acordo com os temas das buscas. “Web” sempre será o primeiro do menu. Os outros, como “imagens”, “notícias”, “vídeos” e “mapas” mudarão de posição de acordo com o que você pesquisa mais.

Caso você faça muitas pesquisas no “shopping”, por exemplo, este passará a ser o primeiro da lista, depois do item “web”. Praticamente o menu irá se mover e mudar de posições, dependendo de como cada usuário o utiliza nas suas pesquisas.

Um filtro de aplicativos também foi incorporado, disponibilizando diversos serviços adicionais que podem ser úteis na busca. Para ver os apps, basta clicar no item “mais” no final da lista. Opções como o “tradutor”, “docs” e “livros” estarão presentes.

Por Danilo Gonçalves

Foto: divulgação


Foi lançado o Toughpad FZ-M1 na Consumer Electronics Show (CES) 2014, pela empresa Panasonic. A companhia criou o mais leve e fino tablet do mundo, com 1,2 centímetros de espessura. Ele irá se unir à linha Toughpad, com modelos já lançados meses atrás. A versão utiliza o sistema operacional Windows 8.1 e vem com um processador Core i5 da Intel. O aparelho é bem reforçado com novos metais, sendo resistente a água, poeira e quedas.

O novo tablet possui uma tela com resolução de 1200×800 pixels sensível ao toque, podendo ser manuseada com luvas que cobrem os dedos. Haverá duas versões: com 128 GB e 256 GB. Ambas terão 8 GB de memória RAM e recursos adicionais de segurança.

O chip Trusted Platform Module e o chip com tecnologia antirroubo da Intel vêm incorporados ao aparelho. O tablet pode ser considerado potente, visto que ele vem com um processador Intel Core de quarta geração. Ele é o único de 7 polegadas que possui esse processador, tornando-se único no mercado.

O dispositivo é bem leve, pesando apenas 550 gramas e tendo 1,2 centímetros de espessura. Porém, ele não possui um acabamento moderno, como os outros tablets da empresa. Ele possui várias conexões como entrada USB 3.0, leitor de código de barras, Smartcard, bluetooth 4.0 e Wi-Fi.

Pode vir incluído suporte à conexão 4G, que vem sendo implantada no Brasil aos poucos. Bateria de longa duração, câmera de alta resolução e outros recursos adicionais. Ele poderá ter uma caneta para movimentos mais precisos na tela, anexada ao dispositivo.

Ele não foi desenvolvido para o uso comum, e sim para o uso executivo. Por ser leve, ele poderá ser adotado por diversas empresas e profissionais. Segundo executivos da Panasonic, ele poderá ser lançado no primeiro semestre de 2014. Seu preço é elevado, custando US$ 2.099 nos EUA. Não há datas para o lançamento aqui no Brasil.

Por Danilo Gonçalves

Foto: divulgação


Esse ano será cheios de novidades para as pessoas que amam tecnologia e tudo o que é relacionado com o mundo dos computadores. O grande barato, todavia, é que a Intel vai lançar, ainda esse ano, novos processadores cheios de modernidade. A empresa, por sua vez, prometeu construir novos chips com a tecnologia Haswell. Seja bem como for, a verdade é que essas novidades estão previstas para  o segundo trimestre. 

No entanto, para alertar nossos leitores, tudo isso são conversas, boatos que ainda não ganharam caráter oficial, mas que, mesmo assim, já despertam o interesse de todos os que estão ansiosos por mudanças tecnológicas e práticas no âmbito dos processadores, a chamada alma do computador

No mais, de acordo com pesquisas e de uma investigação por meio de fontes de natureza internacional, a questão é que a Intel vai atualizar e melhorar seus processadores Intel Core, Pentium e Celeron. Serão construídos, por seu turno, 20 modelos com tecnologia Haswell.

Essa nova arquitetura será para os modelos Core i3, i5 e i7. Assim sendo, por meio dessa expectativa, um pormenor parece certo: os computadores poderão, num futuro nem tão distante, adquirir seus processadores de alto desempenho como o Core i3-4360, Core i5-4590 

O Core i5-4690K e o devem ser lançados provavelmente no final de julho de 2014.  Assim, com promessas de novas placas mãe, novos processadores mais modernos e com tecnologia Haswell, A Intel promete aumentar ainda mais seus lucros e conquistar ainda mais clientes fiéis para essa nova temporada que se aproxima.

Seja lá como for, apesar da presente informação ser extraoficial, tudo indica que a Intel está sim trabalhando muito para revolucionar ainda mais o mundo dos processadores de alto nível. Assim, caso tudo isso seja confirmado, os fãs de computadores e tecnologia de forma geral já podem comemorar essas novidades que serão para o segundo trimestre do ano em vigor.

Agora esperar para ver se, na verdade, a Intel vai mesmo atualizar as linhas de seus componentes e investir em novos processadores. 

Por Juan Wihelm


Criado para um consumo relativamente baixo em termos de energia e com uma durabilidade consideravelmente grande de uso o Inovattio INO-1010 pode, sem sombra de dúvidas, ser  tido com um computador ideal para empresas. O mesmo não pode ser dito para uso doméstico. Vejamos alguns detalhes técnicos:

O foco do Inovattio INO-1010 não é mesmo a potencia, mas sim a produtividade. Para algumas pessoas esse ponto é considerado como algo negativo, mas se pensarmos bem não é assim. O computador traz integrado a si um processador Intel Core 2 Duo, são 500 GB para armazenamento e 4GB de memória RAM. O sistema operacional presente é o Windows 7 de 64 bits. Um ponto que convém ressaltar é que ele não conta com placa de vídeo dedicada.

O Inovattio INO-1010 é especialmente indicado para aquelas empresas onde os computadores precisam ficar ligados por muito tempo. E, isso, contando com os funcionários que tendem a deixar seus aparelhos ligados mesmo quando vão embora.

A classificação “tudo em um” pode perfeitamente ser aplicada ao Inovattio INO-1010. O monitor, por exemplo, também tem a função de torre de CPU. A tela é mediana contando com 22 polegadas e uma resolução de 1680 por 1050 px.

Agora entre as coisas “curiosas” do Inovattio INO-1010 está o suporte do aparelho. Acreditem ou não ele tem um formato de cone que sem dúvida faz qualquer um se lembrar daqueles chapeuzinhos de festa. Mas é exatamente nesse “chapéu-suporte” que ficam os componentes do computador. De acordo com os desenvolvedores do produto a ideia é de que isso possibilite uma ventilação mais adequada  bem como uma refrigeração satisfatória dos componentes do aparelho.

De acordo com os testes realizados por um site especializado no setor o PC se saiu até bem nesse ponto já que não esquentou anormalmente. Um ponto a mais para o aparelho uma vez que a maior parte dos computadores da categoria já “pegam fogo” durante os benchmarks.

Voltando a economia o INO-1010 chega a atingir 68 watts de consumo. Para se ter ideia, um PC convencional consumiria cerca de 600 watts.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


O Instituto Gartner divulgou recentemente previsões nada agradáveis para o mercado de computadores em 2014. De acordo com as informações levantadas pelo referido instituto, 2014 será o “ano limite” onde os dispositivos móveis – como os tablets e smartphones, por exemplo – irão deixar os computadores bem para trás.

Conforme os dados analisados pela Gartner, apenas neste ano cerca de 2,5 bilhões de aparelhos serão introduzidos no mercado. Desse total, mais ou menos a metade (cerca de 1,1 bilhão) deverá funcionar com o sistema operacional móvel do Google, o Android.

A distribuição apresentada para essa nova leva de aparelhos foi feita da seguinte maneira: Aparelhos portáteis representam uma fatia de 1,9 bilhões de dispositivos, enquanto que desktops ou notebooks ficam com uma parcela de 600 mil aparelhos.

Não é nem preciso dizer que a diferença é significativa, mas de acordo com a empresa o motivo de isso ocorrer é basicamente pelo fato de que os “ultramobiles” (termo usado pelo instituto para tablets, celulares, smartphones com telas enormes, etc.) estão cada vez mais integrados ao mercado e dominando o mesmo. Essa aceitação surge a partir do momento em que grande parte desses dispositivos podem, em muitos casos, servir como computadores pessoais.

De acordo com as informações, o total de aparelhos que deverá ser disponibilizado para o mercado em 2014 deverá superar em mais de 7% o índice registrado em 2013. A parte boa é que todos os seguimentos deverão registrar um relativo aumento. Claro que nesse meio os computadores estão de fora. Os ultramobiles é que ficarão com a  maior fatia, sendo que o aumento previsto será de cerca de 54% mais aparelhos nas lojas. Já os smartphones comuns devem apresentar uma leve alta de 5%.

Voltando ao Android, a Gartner informa que o sistema deverá estar presente em mais da metade dos aparelhos no mercado até o ano de 2016. Por enquanto, em 2014, a parte que cabe ao sistema será de 45%, um bom aumento em comparação com os 38% por cento obtidos em 2013.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


A revolução que os smartphones trouxeram junto com seus sistemas operacionais alavancaram uma série de possibilidades, além de trazer comodidade ao dia a dia das pessoas. Essas características, aliadas às inovações tecnológicas que vêm surgindo mundo afora, levam algumas empresas a acreditar em uma conectividade que possibilite ao usuário uma experiência mais duradoura com seu smartphone/tablet. É o caso da Lenovo, que parece acreditar muito nessa experiência.

A empresa aposta em novas telas capazes de fazer com que os usuários se conectem em sistemas Android de maneira similar à experiência que já têm em seus smartphones e tablets. Atribuindo ainda mais utilidade ao que antes era possível apenas em computadores de mão.

O ThinkVision 28 possui uma tela de 28 polegadas com uma incrível resolução 4K com densidade de 157 ppi. A tela traz funcionalidades extras de conectividade e processamento, tudo funcionando perfeitamente através de um dispositivo Android.

A ideia é criar uma experiência única entre o usuário do sistema Android com a comodidade do desktop. As facilidade do sistema operacional mais famoso do mundo dos smartphones, como o toque na tela, sem a necessidade de mouse ou teclado, tudo em um lugar cômodo e eficiente. Espera-se que o novo mecanismo traga ao usuário uma incrível central multimídia, capaz de satisfazer suas necessidades básicas de entretenimento como jogos, filmes, vídeos e música. Tudo baseado em aplicativos Android.

O novo equipamento, destinado a casas e escritórios, deve chegar com compatibilidade ao Android KitKat, conectividade WiFi, Bluetooth 4.0, DisplayPort, Ethernet, um incrível NFC chip NVIDIA Tegra 4i, além de 3 portas HDMI, entrada para cartão micro SD e múltiplas entradas USB. Como se não fosse suficiente, o modelo vem com uma memória RAM de 2GB e 32 GB de disco rígido.

A previsão é de que o modelo ThinkVision 28 da Lenovo será lançado em julho no mercado internacional com preço em torno de US$ 1 mil. Sem dúvida alguma a Lenovo está tentando fazer do ano de 2014 o ano da sua marca no mercado.

Por Halifas do Bonfim

Foto: Divulgação


Os notebooks, para o ano de 2014, não serão mais os mesmos. Sim, a tendência atual é inovar e ter vários tipos e estilos de dispositivos móveis. Afinal, de acordo com especialistas da área da tecnologia, a moda para esse ano é ir para muito além do convencional.

Por isso, na hora de comprar seu novo gadget, não tenha receio de escolher aparelhos com mais recursos e com colorações e designs ainda mais modernos e diferenciados. É que, como apontam essas novas tendências, a grande surpresa é que os notebooks estão ficando cada vez mais híbridos.

Evandro Filho, especialista em tecnologia da informação da Universidade de Fortaleza, afirmou que os dispositivos para 2014 serão mais contemporâneos e com telas mais sensíveis ao toque, de modo a facilitar a interação entre o dono e a máquina. Olhando assim, com efeito, aprece pouca coisa, mas o fato é que essas mudanças pequenas estão levando o mundo da tecnologia para uma esfera cada vez mais ampla e dinâmica, modificando assim o homem e seu comportamento.

A psicóloga Deyseane Lima, que leciona uma disciplina chamada "Psicologia e relações virtuais" discorda das opiniões que defendem que os notebooks estão chegando ao fim por conta de novos mecanismos. Para ela, os notes estão se reinventando assim, como híbridos, e ainda possuem muita novidade para mostrar.

Temos notebooks meio tablets e que vem com uma série de configurações diferenciadas. Na CES International do ano passado, e olha que estamos falando da maior feira do mundo do setor tecnológico, vimos muitas surpresas em relação aos gadgets. Para 2014, no entanto, a sensação dos notes híbridos ainda estará em vigor, mas, naturalmente, muitos modelos modernos também devem ser apresentados ao público.

Assim, podendo utilizar seu dispositivo como laptop, tablet, modo display ou o convencional desktop, o fato é que o consumidor só tem a lucrar com essas novas configurações.

Por Juan Wihelm

Foto: Divulgação


Pensando em agregar ainda mais valor e versatilidade ao mercado, a Acer vem em uma crescente inimaginável desde o ano de 2010. De lá pra cá se tornou a terceira maior fabricante de PCs no mundo. Não muito distante das novidades que embalam o mercado tecnológico, a gigante de Taiwan tem investido boa parte do seu tempo em melhorias. É o caso do novo Tablet A1-830, anunciado recentemente.

As novidades no A1-830 vão do designer à resolução de tela, passando por um melhoramento considerável no processador em relação ao seu antecessor. O novo tablet contará com uma resolução de 1024 pixels de largura por 768 de altura, tudo muito bem distribuído na sua atraente tela LCD de 7,9 polegadas. Mas o charme fica por conta do preço que, na sugestão inicial, fica na casa dos US$ 149,90.

Para rodar o Android 4.2.1 Jelly Bean com precisão e sem muitos erros para o usuário, a Acer apostou em um processador Atom Z2560 com 1,6 GHz de velocidade. Um dos atrativos da marca para esse modelo é a incrível memória RAM de 1 GB. No disco rígido, estarão disponíveis 16 GB à vontade para o consumidor usufruir, podendo ser expandido por meio de cartões micro SD.

Fora suas funcionalidades de potência no processamento de dados, uma das características mais úteis do novo modelo é a bateria que consegue manter o dispositivo ativo por nada menos que sete horas e meia a cada recarga.

Detalhes das câmeras ainda não foram revelados, mas sabe-se que a câmera traseira será capaz de gravar vídeos em full HD e a frontal terá uma resolução de 720p. Com todos os detalhes ainda guardados a sete chaves pela fabricante.

Alguns acessórios também estarão disponíveis para o mercado, como o teclado Acer Crunch, que pode ser dobrado para se tornar um suporte para o tablete. Há ainda o Acer Crunch Cover que se dobra em vários ângulos para suporte do aparelho, além de ser produzido em microfibra e estar disponível em várias opções de cores.

A expectativa é que o A1-830 esteja disponível já no início do ano de 2014.

Por Halifas do Bonfim

Foto: Divulgação


A Samsung é uma daquelas companhias que não se cansam de ir estrada adentro, tanto que, de acordo com alguns rumores que circulam na rede, ela já anda planejando o desenvolvimento de uma nova linha de aparelhos já para 2014. O site SamMobile vazou algumas informações sobre o assunto.

De acordo com as mesmas, a empresa se prepara para anunciar no mercado uma nova linha de tablets batizada de Galaxy Pro. Mesmo sem nada ter sido confirmado, com toda certeza é possível encontrar alguns detalhes técnicos sobre os novos planos da companhia.

De acordo com as informações, a linha planejada será composta por três aparelhos, que terão tamanhos diferentes. São os seguintes: Galaxy Tab Pro 8.4, que conta com uma tela de 8,4 polegadas, Galaxy Tab Pro 10.1 com as dimensões do nome e, por fim, o Galaxy Note Pro 12.2 que terá uma tela de 12,2 polegadas.

Os rumores sugerem que todos serão disponibilizados nas cores preta e branca. Os aparelhos também contarão com Wi-Fi e 4G LTE. Em relação às duas opões de dimensões menores, de 8,4 e 10,1, serão 16 GB de armazenamento interno. Já a versão maior contará com 32GB.

Apesar de muita gente por aí estar otimista com relação às novidades, o fato é que a data oficial de lançamento ainda não foi divulgada. Mas, de acordo com o site citado acima, suas fontes dentro da Samsung dizem que deverá ocorrer antes de Março. Outro dado interessante é que não existem informações em relação ao hardware dos dois primeiros dispositivos. Há apenas alguns poucos detalhes obtidos por meio de uma suposta foto vazada.

Essa nova linha da Samsung deverá ser desenvolvida com foco em usuários que desejam fazer uso dos aparelhos no trabalho e não apenas como um recurso de entretenimento. Outros rumores sugerem que a linha ainda trará uma caneta S Pen, bastante parecida a usada pela linha Galaxy Note de Smartphones.

Por Denisson Soares

Foto: Divulgação


Ele vai chegar para integrar o time dos super tablets. Tudo porque terá uma tela de resolução tão poderosa, que no ano de 2014, será o item de cobiça para quem atua no universo empresarial ou no segmento educacional. Trata-se do iPad 12,9”, o super computador de tela LED que é a promessa da Apple para 2014.  

A resolução da sua tela será de 2048 x 1536 pixels, associado a todos os aplicativos que os usuários irão precisar para trabalhar ou se entreter, com toda a leveza do mais novo lançamento da Apple. Une-se a esses atributos, o design sempre inovador que faz parte da geração de super tablets da companhia americana.

A noção de preço ainda é um mistério, já que está agendado para o final de 2014 o lançamento do iPad 12,9” da Apple, no entanto, já começaram as expectativas para quem gosta de tecnologia e gosta de usá-la para desenvolver todos os segmentos da vida.

Para os curiosos, a boa notícia é de que já circulam pela grande rede mundial imagens de outros grandes lançamentos da Apple como o iPad 5 e o mini 2. Ao menos é um consolo para saber o que aguardam, para o próximo ano, os loucos por tecnologia.  

Não se pode esquecer que as concorrentes não ficarão paradas, vendo a Apple avançar, o que deixa a entender que a Samsung, entre outras companhias, também prometem lançar moderníssimos tablets. A expectativa mesmo é que a Samsung lance em 2014, o seu tablet com tela flexível, câmera frontal de 3 megapixels e até 32 GB de memória. O preço dele também é um mistério ainda, o que atiça ainda mais a ansiedade de compradores de tecnologia.

Mas, o ano novo está chegando, é só aguardar as novidades que vêm por aí e que chegarão ao Brasil com todo o vapor.

Por Michelle de Oliveira

iPad 12,9 polegadas

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: