Notebook é capaz de analisar o olhar do jogador para direcionar a mira em games de tiro.

A Dell tem novidades para o mercado gamer brasileiro. No início desta primeira semana de setembro a Alienware, a linha da companhia que desenvolve exclusivamente produtos para esse setor, anunciou a chegada por aqui de mais dois novos integrantes de sua linha de notebooks. Dos dois lançamentos, um já ganhou os noticiários dos principais sites especializados pela forma com que se propõe a revolucionar a maneira como jogamos nos computadores.

Para entendermos o motivo de tanto barulho em torno do aparelho, é só observarmos um aspecto do produto: A novidade dispensa o uso do joystick ou do cursor do mouse, no lugar ele analisa o olhar do jogador para poder direcionar a mira nos games de tiro.

A marca batizou a novidade de Alienware 17. Integrado, ele conta com a tecnologia para rastreamento ocular desenvolvido pela Tobii.

Mas como essa tecnologia funciona? Na verdade é bem simples. Primeiro um sensor presente no Alienware 17 identifica os olhos do usuário. Depois ele faz algumas adaptações e só. Agora é aproveitar e usar a tecnologia nos games que possuem suporte para ela. A título de curiosidade vai ter jogos para todos os gostos já que há mais de 30 títulos com suporte.

De fato, em um primeiro momento, usar o olhar para controlar a mira em jogos pode ser um pouco confuso, mas isso logo é superado. É mais uma questão de hábito mesmo.

A tecnologia da Tobii é bem simples de ser usada no novo aparelho da Dell. O jogador basicamente só precisa movimentar seus olhos para a região que quiser. Depois é mirar e atirar, aqui tanto faz se é com o joystick ou com o teclado.

De acordo com olhar do jogador para a tela, uma espécie de bolha surge e se movimenta de acordo com a direção do mesmo. Com isso, o jogador já ficará a par se o jogo em questão conseguiu ou não identificar seu movimento de visão, bem como o local para onde quer direcionar a mira.

Apesar de ter um preço inicial na casa dos R$ 9.300, no site oficial da Dell o Alienware 17 pode ser encontrado até pelo valor de R$ 14.699. Claro que a oscilação nos preços depende das configurações do aparelho.

Em sua versão inicial vamos ter um processador Intel Core (6° geração) i7-6700HQ Quad Core, 8 GB de memória e placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 970M 3GB GDDR5.

Além disso, todas as opções oferecidas podem ser personalizadas.

Por Denisson Soares


Conheça o Acer Predator 21X, o primeiro notebook de games no mundo a ter tela curva.

Como parte do evento IFA 2016, que ocorre nessa semana em Berlim, a Acer anuncia o seu Predator 21 X, primeiro notebook da categoria da indústria mundial com um monitor curvo.

O notebook é destinado a jogadores, sem restrições de orçamento e com hardware de jogos com pacotes high-end, como 7th Generation, processadores Kaby Lago da Intel, duas GeForce GTX 1080 (placas gráficas da NVIDIA em SLI) e até mesmo um teclado mecânico. O sistema não pode ser completamente considerado um computador móvel, pois é muito grande e pesado, mas ainda pode ser transportado de forma relativamente fácil. Uma das principais características é a sua exibição de tela.

A Acer Predator 21 X será o novo notebook para jogos, o carro-chefe da empresa, que contará com uma infinidade de tecnologias que nunca foram vistas em notebooks até agora. A máquina será baseada em futuros processadores da geração core da Intel, de codinome Kaby Lake. A Acer não revelou modelos exatos de CPU ou especificações, mas pelo posicionamento do notebook no mercado, é esperado que a empresa disponibilize 2 chips projetados para PCs de jogos (45W +).

Para os gráficos, a Acer planeja oferecer até duas placas de vídeo NVIDIA Geforce GTX 1080, mas outra opção, provavelmente, estará disponível também. A empresa não especifica a capacidade de armazenamento do Predator 21 X. Para esfriar o CPU, a Acer utilizará um sistema de refrigeração especialmente concebido com cinco ventiladores e várias tubulações de calor no notebook.

Enquanto o desempenho do Predator 21 X promete ser alto, a característica fundamental do notebook é o seu painel de exibição com uma curva de 21 IPS de resolução 2560 × 1080 e tecnologia de taxa de atualização dinâmica G-Sync da NVIDIA. Além de curvatura, a Acer também acrescentou sensores de rastreamento ocular infravermelho para a tela, que abre diferentes experiências ao usuário em jogos que suportam a tecnologia apropriada.

O teclado numérico do notebook não possui chaves mecânicas, mas a boa notícia é que ele pode ser invertido e se transformar em um Touchpad. Para a conectividade, o predador 21 X tem uma porta Gigabit Ethernet, com um módulo de 802.11ac 2T2R + Bluetooth Wi-Fi com duas antenas físicas no lado traseiro.

O Acer Predator 21X só será lançado em meados de 2017 e ainda não possui preço definido.No entanto, é seguro dizer que ele vai custar mais do que a média dos jogos portáteis, não só por causa de duas placas de vídeo high-end, mas também devido à exibição original e forma.

Paulo Naylan Chaves Freitas





CONTINUE NAVEGANDO: