Dicas para Melhorar o Sinal do Wi-Fi



  

Confira o que fazer para melhorar o sinal do seu Wi-Fi.

Em um mundo totalmente interligado, onde a maioria das pessoas parece estar conectada de alguma forma, ficar sem internet é, com toda a certeza, um enorme pesadelo. Principalmente para aqueles que estão acostumados a mexer na internet constantemente.

Com a evolução dos aparelhos celulares, superando inclusive os PCs tradicionais, esta distância diminuiu ainda mais, abrindo portas para que qualquer pessoa se conecte a internet, de qualquer lugar, a qualquer hora. As próprias operadoras de telefonia vêm trabalhando fortemente para popularizar suas redes e fornecer o serviço para os usuários de smartphones.

Se antes era preciso uma “paciência de Jó” para poder acessar a internet, utilizar os computadores ou notebooks, atualmente basta um simples clique para descobrir todas as redes de WI-FI disponíveis onde você está. A verdade é que está ficando cada vez mais fácil manter-se conectado.

Além das operadoras de celular estarem trabalhando para facilitar a vida dos seus clientes, ainda existe uma infinidade de empresas dentro do mercado, todas elas fornecendo a instalação de franquias de internet dentro de casa, no trabalho, em shoppings e outros lugares públicos. O certo, é que nunca foi tão fácil entrar na internet.

Neste contexto, a rede de Wi-Fi, serviço fornecido através da instalação de internet por uma empresa, onde o sinal é distribuído através de um aparelho, conectado a linha de transmissão da empresa e tem como função repetir o sinal recebido para os aparelhos móveis. O problema é quando esta transmissão possui algum problema ou não transmite o sinal corretamente.

Para tentar ajudá-lo a resolver o problema, elaboramos algumas dicas que poderão auxiliar na melhora do desempenho na hora de utilizar a rede Wi-Fi.

A seguir, 5 dicas para melhorar o Wi-Fi:

1. Confira o seu plano de internet

O primeiro cuidado a ser tomado é procurar saber se a sua franquia de internet atende as suas necessidades. Antes de contratar é indispensável se informar quanto à velocidade do seu pacote e o seu limite de utilização. Lembrando que para cada tipo de atividade é necessário um pacote de internet diferente.

Portanto, é importante responder algumas questões como: a internet será utilizada na empresa ou em casa? Caso seja corporativa, que tipos de atividades serão realizadas? Para a internet caseira, será utilizada apenas para acesso comum a web ou o cliente deseja assistir filmes, entrar em salas de jogos virtuais, dentre outras atividades que demandam a contratação de uma franquia melhor?

Responder estas questões é primordial no ato da contratação, pois ajudará a resolver problemas futuros. Infelizmente, muitos contratam planos sem observar estes fatores e depois acabam tendo problemas na transmissão, visto que utilizou toda a sua franquia.

2. Cuidados com o Roteador





Como dito acima, o aparelho responsável por retransmitir o sinal recebido da empresa é o roteador. Para que você tenha a certeza quanto ao sinal, procure saber qual a distância máxima que o seu aparelho suporta enviar o sinal. Em ambientes muito grandes pode ser necessário utilizar um roteador mais potente ou instalar um repetidor de sinal.

Também é imprescindível manter o aparelho atualizado. Quanto mais novo o roteador, melhor o seu desempenho. Checar qual aparelho se adéqua melhor ao ambiente é fundamental. Outro cuidado é conferir qual a frequência do roteador antes de comprá-lo. Quanto menor a frequência, pior o sinal.

3. Em caso de lentidão, reinicie o aparelho

Você está utilizando a internet normalmente, seu aparelho até então funcionava muito bem, mas, de repente, o sinal começa a ficar fraco, o acesso se torna cada vez mais lento e você não consegue identificar o porquê. Uma atitude simples como desligar o roteador por 10’ e religá-lo em seguida pode resolver tudo.

Aliás, esta é uma etapa muito utilizada pelas empresas de telefonia quando os clientes ligam fazendo reclamação por falta ou lentidão de sinal do Wi-Fi. Parece simples, mas ajuda bastante.

4. Cuidados com a Segurança

Assim como você, milhões de pessoas estão à procura de uma rede Wi-Fi neste exato momento. Não sei se já reparou, mas quando se coloca para pesquisar a rede disponível, aprece uma lista centenas de nomes. A maioria está protegida por senha. Entretanto, até o mais leigo pode baixar um aplicativo para tentar descobrir qual a senha do seu Wi-Fi.

Uma das formas de minimizar este problema é tornando a sua rede oculta. Desta forma, quando as pessoas procurarem por algum sinal, a sua linha de transmissão não será relacionada. É claro que existem programas voltados para descobrir redes ocultas, todavia esta incidência é menor.

5. Velha e boa dica caseira

Ao realizar todas as etapas e a sua internet continua lenta, apele para uma solução mais amadora, mas que muitas pessoas utilizam e dizem dar certo. Embora não tenha nenhuma comprovação técnica em relação a isto. Coloque um alumínio atrás do roteador, os “especialistas amadores” garantem que esta é uma das melhores opções para melhor o sinal do Wi-Fi.

Por Juanito Carvalho

Wi-Fi



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *