Upgrade do Computador – Dicas e Cuidados na Hora de Fazer



  

Confira aqui algumas dicas e cuidados na hora de fazer o upgrade de seu computador.

Quando você pensa que seu computador está um pouco ultrapassado, o upgrade do mesmo pode ser uma boa saída. O PC deverá ficar mais rápido para suas funções sem eventuais engasgos. Porém, você terá de observar quais as peças que podem trazer um bom ganho em termos de performance.

O que eu devo trocar no meu computador?

O primeiro passo é identificar qual é o seu perfil de uso para o PC, para que então seja possível apontar quais peças devem ser alteradas.

Se a necessidade é para acesso à internet, música e edição de documentos, por exemplo, a memória RAM é um bom ponto a se aumentar. Se você tem menos que 2 GB de memória RAM, pense numa elevação para esse quesito.

Caso o computador é utilizado para jogos ou edição de vídeos, o upgrade é necessário para a placa de vídeo e também para o processador. É importante verificar qual é a compatibilidade da placa-mãe antes da compra das peças novas. Outro ponto importante é observar se o disco rígido conta com uma operação com mais de 80% frente a sua capacidade. Se isso acontece, é bom considerar a compra de um novo.





O cuidado para fazer o upgrade devem ser muito grande, uma vez que os componentes do seu computador vão funcionar com a troca de informações entre si. Caso um componente seja mais rápido que outro, a performance do seu computador vai ficar limitada através do componente que se apresenta mais lento.

Um bom exemplo é quando uma placa de vídeo fica limitada frente a sua performance quando o usuário conta com um processador muito antigo. Se você comprar um SSD, essa peça não vai funcionar se o seu desktop conta com uma memória RAM de apenas 512 MB.

Ou seja, antes que você parta para o upgrade é necessário que seja verificado a configuração atual do computador para a identificação das peças que são mais antigas e podem não atuar bem com as novas.

Evite os chamados gargalos (quando a peça antiga atrapalha a nova) com a verificação destes detalhes. As dicas que o texto trouxe a você serve para priorizar o seu perfil de uso para as peças que forem trocadas e evitar também gastos muito altos sem necessidade.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *