Compromisso do Facebook em maneter a privacidade de seus usuários



  

Muitas pessoas ainda têm dúvidas se a nossa privacidade é mesmo mantida na internet e nas redes sociais. No caso do Facebook, por ser uma página visada e com exigências de cumprir acordos, ela é obrigada a manter a privacidade de seus usuários. Isso porque a Federal Trade Comission (FTC), agência do governo americano que fiscaliza a área do mercado, enunciou uma nota oficial à maior rede social do mundo dizendo que o Facebook tem o compromisso de usar os dados dos usuários de forma correta e dar privacidade a eles.

Como se sabe, o Facebook já prometeu guardar os dados de seus usuários e resguardar a segurança deles e, para reafirmar o compromisso a agência americana enviou o documento à rede social esta semana. O comunicado, que tem quatro páginas, está acessível na página online oficial da agência. A diretora da divisão de proteção ao consumidor da FTC, Jessica Rich, oficializa ao Facebook que as regras de proteção ao usuário devem ser cumpridas. Rich encaminha a carta diretamente à diretora de privacidade da rede, Erin Egan e, como não poderia ser diferente, envia à conselheira geral do WhatsApp, Anne Hoge, aplicativo de mensagens que foi incorporada ao grupo Facebook.

Em uma parte da nota oficial, a diretora da agência americana diz que “O WhatsApp fez várias promessas sobre a natureza de dados que coleta, guarda e compartilha. Todas elas são mais restritivas do que as usadas pelo Facebook. Queremos tornar claro que é importante que, independente da aquisição, o WhatsApp siga honrando suas promessas aos consumidores”.





O comunicado tem o objetivo de reiterar a promessa que as duas empresas fizeram de resguardar a privacidade de seus usuários. A carta inclui várias declarações feitas pelos representantes das companhias WhatsApp e Facebook sobre a questão da segurança e intimidade dos usuários. A FTC quer deixar claro que as empresas terão atenção da agência para que cumpram suas palavras, ainda mais depois do acordo bilionário feito entre as duas organizações.

A nota fecha dizendo: “Centenas de milhões de usuários confiaram informações pessoais ao WhatsApp. A equipe do FTC vai continuar a monitorar as práticas da companhia para garantir que Facebook e WhatsApp honrem as promessas que fizeram aos usuários”.

Por Carolina Miranda



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *