Dicas de como comprar seu roteador wireless



  

O roteador wireless se transformou em um aparelho espetacular para a distribuição da internet para várias pessoas. Em curtas distâncias, o equipamento só precisa ser instalado e configurado para começar a atender o seu propósito sem precisar de constante manutenção.

Mesmo sendo fácil de manusear, a compra de um precisa ser pesquisada com atenção para não haver arrependimentos. É necessário conhecer melhor sobre a intensidade do sinal, padrão utilizado entre outros requisitos.

As operações de frequência mais comum das redes sem fio de curta distância são IEEE 802.11 b ou g. Contudo, existem outros padrões que vão de 2.4 Ghz a 5 Ghz. O mais comercializado é o 802.11 b, que sustenta uma velocidade de até 11 Mbps, o padrão g pode oferecer até 54 Mbps. Na realidade, esses padrões não passam de muitas diferenças: as taxas de transferência ficarão entre 3 Mb/s e 6,7 Mb/s.

Para quem deseja padrões de velocidades superiores que as citadas anteriormente pode procurar pelo padrão “N”, que encontrará a solução provavelmente. O padrão 802.11 n, que oferece velocidades de até 450 Mbps. Essas velocidades atendem muito bem aos consumidores de internet doméstica. Para empresas, a indicação vai para o padrão 802.11 ac, que fornece velocidades superiores a 1Gbp.

A pergunta mais frequente é se precisa gastar muito para ter uma rede Wi-Fi de qualidade. Em se tratando de casas menores e apartamentos, os roteadores mais baratos, como os citados padrões “b/g” irão atender a demanda diária do uso de internet do local. Além disso, vale citar que o padrão “N” está em progressiva queda de preço, o que em pouco tempo já vai ficar bem em conta para o uso residencial. Se pesquisar, pode-se encontrar um “N” por R$ 150.





Já o padrão “AC”, como roteador R6300, é dispensável para o uso doméstico. Além do que, esse tipo de roteador não tem um preço agradável, encontra um modelo na faixa de R$ 900 e não haverá diferença caso a internet doméstica tenha uma velocidade inferior a 100 Mbps e a rede Wireless for usada apenas para distribuição da mesma.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *