Desaparecimento dos Netbooks do mundo tecnológico



  

Com o avanço dos tablets no mercado e os inusitados lançamentos de Ultrabooks, o Netbook é pouco lembrado nos dias de hoje e já pode se afirmar que sua "fama" foi passageira.

Os Netbooks chegaram para revolucionar o mercado, porém se limitaram em relação ao baixo desempenho de processamento. Além disso, poucas fabricantes conseguiram manter um preço coerente e esses aparelhos vêm se defasando pouco a pouco, basta observar o setor.

2013 já foi considerado o ano que representou o  fim dos Netbooks, mas obviamente ainda existem algumas boas ofertas, mas que também  podem associar ao fim dessa "temporada" sem volta.

No início o tamanho foi o principal fator que atraiu milhares de consumidores a adquirirem o produto: era um dispositivo compacto e prático. Com o tempo, uma série de cores e opções também chamaram a atenção principalmente do público adolescente e jovem, mas não demorou para notar que sua limitação decepcionava em relação a alguns sistemas operacionais do Windows. Sendo assim, desde 2011 os netbooks foram perdendo espaço na preferência mundial, agravando-se ainda mais nos anos posteriores fazendo com que grandes fabricantes como a Dell, HP, Lenovo e outras abandonassem a produção dos seus equipamentos que já foram considerados "modernos".

Em cinco anos de existência (partindo para o sexto agora em 2014 com as unidades restantes), estima-se que as fabricantes não tenham investido em pesquisas complementares e desenvolvimento dessa proposta de inovação. A Microsoft também não teria se adequado à nova tecnologia, por falta de interesse ou não, mas era um fator mais que necessário para o progresso contínuo do lindo portátil.

Em um passado recente, houve registros de uma tentativa de adequação ao sistema Android do Google, porém a interação diferenciada dos Netbooks levou tudo por água abaixo.





O preço dos equipamentos nunca foram um dos mais agradáveis: um elegante Sony da linha Vaio P, por exemplo, chegou a custar entre US$ 900 e US$ 1.900.

Netbooks: mais um exemplo de altos e baixos da nova era digital.

Por Luciana Ávila

Netbooks

Foto: Divulgação



1 comentário em “Desaparecimento dos Netbooks do mundo tecnológico

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *