Estudo revela Falhas de Segurança em Roteadores Wi-Fi



  

Um estudo feito pela Independent Security Evaluators apontou que a maioria dos roteadores utilizados em casas e escritórios tem falhas de segurança que deixam os computadores vulneráveis a ataques de crackers (cibercriminosos, conhecidos vulgarmente como hackers).

A pesquisa foi realizada a partir de treze roteadores das marcas Linksys, Belkin, Netgear, Verizon e D-Link. Eles foram testados com as configurações padrões das fábricas e todos estavam atualizados com os mais recentes softwares das empresas.

O resultado revelou a ineficácia dos produtos contra ataques de crackers. A ISE ainda ressaltou que para se proteger desses criminosos da web o consumidor teria de ter um nível grande de conhecimento e habilidade no assunto.





A Independent Security Evaluators entrou em contato com os fornecedores dos roteadores e deu instruções para que o software dos produtos fosse atualizado. O órgão também instruiu os vendedores a enviarem instruções de atualização aos seus clientes.

A lista a baixo mostra os modelos usados no estudo da ISE. Eles estão identificados primeiramente pelo seu código de modelo e depois pelo nome da fabricante:

  • WRT310v2 – Linksys
  • WNDR4700 – Netgear
  • WR1043N – TP-Link
  • FiOS Actiontec MI424WR-GEN3I – Verzion
  • DIR865L – D-Link
  • N300, N900 e F5D8236-4 v2 – Todos da Belkin

Por Davi Pizelli



1 comentário em “Estudo revela Falhas de Segurança em Roteadores Wi-Fi

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *