Microsoft alterou a política de ativação do Windows 8



  

Preocupada com o grande índice de pirataria do seu último sistema operacional, o Windows Seven, a Microsoft resolveu alterar a política de ativação para o novo Windows 8.

A medida veio para evitar que o SO sofra com a pirataria excessiva e, sendo assim, a partir de agora as fabricantes “originais” de aparelhos não terão a permissão para utilizar a mesma chave do produto para ativar diversas cópias do aparelho.

Com o anúncio da nova política, todas as OEMs (Original Equipment Manufacturer, como são chamadas as fabricantes de produtos com Windows pré-instalado) deverão atrelar a ativação do Windows 8 à BIOS de cada um dos computadores e notebooks. Ainda, os códigos de registro deverão ser adquiridos diretamente com a Microsoft, pois foi a forma que a companhia encontrou para evitar que uma só chave seja vendida para utilização múltipla. Contudo, essa nova política implantada pela Microsoft não vai afetar o consumidor final, com exceção de quem não quer pagar para ter uma licença original.  





Ainda assim, essa nova regra que a Microsoft impôs não bloqueará a pirataria no futuro, mas impedirá que os números das vendas do novo sistema operacional acabem sendo prejudicadas demais.

Por Guilherme Marcon



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *